Caim

 

Caim foi o patriarca do primeiro assassínio, o pai humano da primeira morte e por isso, foi condenado á vida eterna nos infernos na condição de espírito terrenal e impuro, ou demónio.

Caim é referenciado na Ars Goetia, como um demónio favorecedor de disputas, assim como que concede ao homem o entendimento e influencia sobre as aves, os cães, ( entre outros animais), e as aguas. O demónio Caim também faculta saber oracular sobre o futuro.

Caim nasceu da relação sexual que ocorreu entre Eva e Lúcifer, sendo esse o motivo pelo qual Deus o rejeitou, (Caim era um nefilim, ou seja: parte humano e parte angélico, fruto de uma relação carnal entre anjo e mulher, algo que Deus repudia e que inclusive foi o motivo do Dilúvio), assim induzindo-o  á perdição.

Caim foi por isso ,( juntamente com Asmodeus, filho de Lilith e Adão), o primeiro primogénito da humanidade, que tal como o outro, acabou condenado á existência demoníaca .

Voltar