Author Archives: admin

Amarrações, amarrações egípcias e africanas

magia de sangue4
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações, amarrações egípcias e africanas

amarrações, amarrações amorosas, amarrações africanas, amarrações egípcias, amarrações para ter amante, amarrações para ter homem, amarrações para ter mulher, amarrações para homem casado, amarrações para mulher casada, amarrações de magia negra, amarrações poderosas,

As amarrações egípcias e africanas são amarrações de magia negra de origem egípcia, argeliana, marroquina ou africana. São amarrações com saberes que remontam aos ancestrais bruxos e feiticeiros egípcios e africanos, e são amarrações que lançam uma bruxaria e uma maldição temível sobre a pessoa que se deseja amarrar através de amarrações amorosas poderosas.

Como são feitas as amarrações egípcias e africanas?

tableta3

As amarrações egípcias e africanas são celebradas diante de um tumulo e em terrenos de cemitério, pois que é magia negra que apela a fortes espíritos e aparições.

As amarrações egípcias e africanas, um escaravelho negro – também chamado de escaravelho sagrado –  é abençoado num luar de lua cheia diante do tumulo de um defunto recente de 7 dias. Assim estando feito, o escarvalho sagrado é alfinetado e oferendado ao luar com um alfinete de prata apropriado, e é colocado na boca de um boneco Joujou. O boneco Joujou é um instrumento de magia negra com seculos de tradição na magia negra africana mais poderosa, e é um instrumento Vodu poderoso. O boneco Joujou é um boneco usado em magias negras vodu, e que foi especialmente preparado para lançar maldiçoes de magia negra e as mais fortes bruxarias a uma pessoa. Ao mesmo tempo que a celebração destas amarrações decorre, são feitas defumações de incensos ocultos, e é oferendado o sacrifício de ave negra, sendo o seu sangue aspergido sobre o boneco Joujou conforme mandam os preceitos da magia negra Vodu. Tudo é polvilhado com uma dose de pó Vodu para infestar maldição na criatura que se deseja amarrar. O pó vodu é preparado segundo formulas e procedimentos quem tem seculos de mistério, e contem ingredientes como pó de ossos de defunto, enxofre, cré sagrado, escamas de serpente negra, ervas ocultas previamente secadas e moídas, raízes negras com propriedades ocultas, e muitos outros elementos místicos que são agradáveis á conjuração de espíritos. Assim estando feito, nestas amarrações egípcias um papiro virgem com a identificação da criatura que se quer amarrar – escrita a sangue de ave negra – é também colocado na boca do boneco Joujou. No final, são feitas 6 aspersões de bebida forte sobre o boneco Joujou, e todo o trabalho deve ser sepultado a 7 passos da sepultura onde foi oficiado, e a 7 palmos abaixo da terra de cemitério.

Que efeitos tem as amarrações egípcias e africanas ?

livro-dos-mortos2

Conforme o escaravelho ficou dentro do boneco, pois também a pessoa embruxada vai ter sonhos e visões noturnas com algo subindo pela sua garganta e saindo pela sua boca. Assim como essa visão, essa pessoa começará presenciando aparições de assombrações, começará sentindo a sua alma perturbada por manifestações de espíritos, e assim persistirá em ocorrer á pessoa amarrada por estas amarrações.

Estas visões e perturbações da alma ocorrem como fruto da maldição e bruxaria que infestou essa vitima, e são visões e perturbações noturnas que se manifestam quando a bruxaria de amarrações já está bem plantada na alma da pessoa amarrada por estas amarrações. A pessoa amarrada pelas amarrações não se lembrará nem terá consciência desse tipo de visão, e porem ela no dia seguinte irá acordar com uma sensação desconfortável, ou com um pressentimento estranho, ou com uma ligeira dor de cabeça, ou até com uma indisposição física ou mental. A pessoa pode também acordar no meio da noite sem explicação, e esse fenómeno irá repetir-se recorrentemente ao longo do tempo, ou seja: isso ocorre de todas as vezes em que a pessoa teve a visão. Porem: a visão e as aparições acabarão sempre permanecendo ocultas na memoria da vitima das amarrações, sendo que ela de nada se lembrará conscientemente, para que essa pessoa não desconfie que foi embruxada, nem as pessoas á sua volta se apercebam que essa pessoa foi alvo de bruxaria, até que seja tarde demais.

Assim sendo:

amarração de magia negra3

conforme esses sonhos se intensificarem também a pessoa vai começar a falar aquilo que não quer, e vai começar a mudar os seus comportamentos, e vai acabar por alterar a sua conduta do dia para a noite, e por isso mesmo muitas mulheres se queixam do seu amado ter mudado da água para o vinho sem explicação apenas para ir acabar nos braços de outra mulher, assim como muitos homens ficam perplexos diante da sua mulher que mudou do dia para noite e saiu de casa sem qualquer explicação plausível. Há milhares de casos comprovados em todo o mundo de homens e mulheres que mudam abruptamente do dia para a noite e abandonam maridos e mulheres e filhos, para se irem entregar a amantes. Pois então: tem aí a prova que explica o motivo aparentemente inexplicável desses casos que toda a gente conhece, mas que para muitos são um mistério. Porem: não há mistério por detrás desses casos, há sim poderosa e forte magia egípcia e africana de amarrações, e mesmo para quem não acredita porem os factos falam mais alto.

Em resumo:

Conforme o escaravelho sagrado foi colocado dentro do boneco Joujou de magia negra africana, pois – da mesma forma – as amarrações egípcias infiltram-se na alma da criatura amarrada como um verme se infiltra num fruto para o comer por dentro, e a partir aí as amarrações persistem e insistem dentro dessa pessoa – moendo e remoendo na sua alma com visões e aparições e perturbações – até vencerem nessa pessoa.

Por isso:

Estando as amarrações dentro da pessoa amarrada, então demore o que demorar ela acabará por vergar e ceder, porque depois de uma criatura estar infestada pelas amarrações egípcias, então essa pessoa será em espirito atormentada no seu espirito ate chegar a um ponto de rotura, e até ceder á vontade de quem a mandou amarrar com essas amarrações.

Origens das amarrações egípcias e africanas

Esse tipo de rituais de magia negra são originalmente provindos das terras do Egipto, Argélia, Marrocos, Tunísia, Turquia, assim como são também praticadas na africa ocidental.Trata-se de magia negra de origem egípcia, marroquina ou africana, pois que o escarvalho é símbolo desse tipo de magia negra. Ao longo da historia, esse tipo de magia negra acabou por chegar á península ibérica , ( Portugal e Espanha), através de Marrocos e da grande presença que os árabes tiveram nessa área da europa ocidental durante os seculos I ao seculo XII .

Presentemente, nessas terras distantes do Norte de Africa ainda se praticam estas bruxarias, e destas magias negras recorrem especialmente as mães para prender filhos e afasta-los de mulheres cujo o casamento ou noivado lhes desagradar, assim como é usual recorrem destas amarrações as amantes que querem ter e obter os noivos ou maridos de outras mulheres.

Aviso sobre amarrações egípcias e africanas

Estas amarrações são amarrações de forte magia negra, que sendo bem lidadas dão resultados milagrosos, e porem sendo lidadas por leigos ou desconhecedores dos segredos das artes do oculto poderão causar tragedias e fatalidades nos curiosos que se metem a mexer naquilo que desconhecem. Por isso: na hora de encomendar as amarrações egípcias ou africanas, procure um bruxo treinado e experiente.

Amarrações?

Bruxarias de amarração?

Escreva-nos!

amarrações, amarrações amorosas, amarrações africanas, amarrações egípcias, amarrações para ter amante, amarrações para ter homem, amarrações para ter mulher, amarrações para homem casado, amarrações para mulher casada, amarrações de magia negra, amarrações poderosas,

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações, amarrações africanas

altar sao cipriano
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações, amarrações africanas

amarrações, amarrações africanas, amarrações de magia negra, amarrações de marido, amarrações de mulher, amarrações de amante, amarrações de namorado, amarrações de namorada, amarrações de noivo, amarrações de noiva, amarrações para fazer amor voltar, amarrações para casar,

Ouvimos falar muito sobre a prática da magia negra nos países africanos, e porem poucos conhecem a prática das amarrações de magia negra africana que aqui vamos divulgar.

Uma das ancestrais praticas de amarrações de magia negra africana é conhecida por Joujou, que é um ramo da magia negra associado ao Voudu.

Como funciona a magia negra africana Joujou ?

anabelle2

O termo Joujou deriva da palavra francesa Jouet, que significa brinquedo,  e nesta magia negra africana são usados procedimentos ocultos para capturar uma entidade espiritual e faze-la habitar num objeto como um brinquedo. Há relatos verídicos de tais brinquedos, sendo um dos mundialmente mais famosos o caso da boneca retratada no filme The conjuring e Annabele, filmes que são baseados num caso verídico testemunhado por cientistas e confirmado pelo vaticano.

Na africa ocidental, é mesmo possível encontrar templos Joujou, onde esses objectos feitos por um feiticeiro estão ali expostos tal como os santos expostos numa igreja cristã.

Os objectos impregnados de magia negra africana podem ser usados tanto para fins positivos,( como exorcismos de maus espíritos, curas de doenças do corpo, curas de enfermidades espirituais), como também podem ser usados para fins negativos, (vinganças, separação de casais, causar má sorte a um amor ou a um lar, impor ciúmes e discórdias, prejudicar a saúde de alguém, trancar os caminhos da vida e a felicidade de alguém, etc)…

Os objectos Joujou são feitos por um bruxo que usa de técnicas de magia negra africana para lançar uma entidade espiritual para dentro do objeto desejado, sendo que a partir do momento em que o procedimento está concluído, o espírito conjurado pelo bruxo irá habitar naquele objeto que se transformará num Ídolo. Esse ídolo será por isso o recetáculo de um espírito, que tanto poderá tratar-se de um espírito de antepassados, como um espírito demoníaco, ou como um espirito da natureza.

Os ídolos Joujou africanos bons são conhecidos por idem, ao passo que os ídolos Joujou africanos maus são conhecidos por mbiam. Os ídolos joujou bons são usados por feiticeiros na medicina tradicional africana para curar todo o tipo de enfermidade física ou espiritual. Já os ídolos joujou ruins são usados para causar efeitos ruins e de magia negra. Existem também Joujous africanos macho e fêmea, e esses joujou são usados conforme o sexo da pessoa que se pretende atingir com a magia negra africana. Há ídolos joujou africanos que tem seculos e seculos de existência, e são conhecidos por terem operado os maiores prodígios e resultados em casos julgados impossíveis, sendo que por isso são motivo de culto religioso e grande devoção em certos povos africanos. Há bastantes lendas sobre pessoas que – com receio da magia negra de um Joujou –  tentaram livrar-se ou destruir um Joujou, apenas para depois descobrirem que mesmo reduzido a cinzas ou destruído, porem o joujou acabou por reaparecer intacto noutro local do mundo, ou até reaparecendo na vida de quem se quis livrar desse ídolo africano de magia negra.

Os ídolos Joujou nesse aspecto constituem verdadeiras maldiçoes de magia negra, maldição essa que é quase impossível de alguém se livrar ou escapar, motivo pelo qual o Joujou de magia negra africana é um instrumento especialmente poderoso quando aplicado a amarrações, pois que assombrarão persistentemente a pessoa amarrada pelas amarrações africanas de forma poderosa, incessável e imparável. Na Africa ocidental, alguns dos mais reconhecidos artesãos fabricantes de ídolos Joujou  são chamados marabouts, que são homens santos e religiosos que conservam consigo ancestrais conhecimentos ocultos tribais quem vem passando de geração em geração ao longo dos seculos, e que fabricam tais ídolos para todos os fins, desde ajudar em assuntos materiais, assuntos de fertilidade, assuntos comerciais, assuntos familiares, assuntos de saúde física e saúde espiritual, etc.

Como são feitas as amarrações de magia negra africana?

vodu-separar-casal

Nas amarrações africanas, deve-se entregar a foto da pessoa que se pretende amarrar ao bruxo que vai celebrar as amarrações africanas. O bruxo levará a foto junto ao joujou adequado para a amarração que se pretende, sendo que o Joujou estará sempre a residir em terra onde estiver sepultado o defunto de um feiticeiro antigo ou de um antepassado que foi um homem santo. O culto dos antepassados é da maior importância na magia negra africana, e por isso o Joujou reside sempre numa terra onde houver sepultura de um feiticeiro ou de um homem santo.

Nas amarrações africanas, eis que diante do joujou – na lua certa, e há meia-noite – o bruxo ali fará a oferenda de um galo negro, o bruxo fará o sangramento do sangue na foto da pessoa, o bruxo lançará pó oculto voudu sobre a foto, e o bruxo fará a defumação de erva e incensos africanos apelativos aos demónios que se pretendem conjurar.

Nas amarrações africanas, o bruxo irá também recitar orações ancestrais de invocação de espíritos, e apenas o bruxo treinado e experiente pode fazer uso de tais litanias, pois que uma pessoa impreparada ou desconhecedora pode acabar por atrair a si mesma forças místicas que não sabe controlar, podendo acabar por sofrer uma fatalidade. Nestes procedimentos das amarrações africanas, o bruxo acaba sempre por estabelecer um contacto com o mundo do espirito ou o mundo dos espíritos já desencarnados, deles recebendo visões e revelações, mas também vendo e sentindo ocorrer á sua volta aparições e fenómenos temíveis. Por isso: na hora de pedir por amarrações de magia negra africana, consultai um bruxo experiente e sabedor, e não vá jamais meter as suas mãos em mistérios que desconhece para não acabar por sofrer consequências trágicas.

Nas amarrações africanas, assim sendo feito então o bruxo entregará a foto da pessoa que se pretende amarrar ao Joujou, assim confirmando e selado a encomenda daquela pessoa retratada naquela foto á entidade que habita no Joujou. Nas noites seguintes, seguir-se-ão oferendas consecutivas de gado maior ou menor. Nas amarrações africanas, esse gado deve ser virgem, ou seja: é gado criado apenas para o seu exclusivo uso em rituais de magia negra, e por isso cuidado e tratado conforme certos preceitos místicos e religiosos.

Que efeitos tem as amarrações africanas?

Pois assim sendo feito, então nas amarrações africanas o resultado ocorre, ou seja:

a pessoa que se quer amarrar pelas amarrações africanas ficará assim encomendada ao espírito desse joujou, significando isso:

a alma da pessoa amarrada pelas amarrações africanas será em espírito assombrada, e aparições vão em espírito atormentar o espirito e o lar dessa pessoa e das pessoas á sua volta, e assim o espirito demoníaco persistirá insistindo e persistindo a fustigar a alma dessa pessoa ate que essa pessoa vá ceder e se entregue a quem a mandou amarrar. Por isso, uma vez infestada pelas amarrações africanas, a pessoa – demore o que demorar – está condenada a ceder e entregar-se, e por isso acabará sempre cedendo e entregando-se.

Amarrações?

Amarrações africanas?

Amarrações de magia negra?

Escreva-nos!

amarrações, amarrações africanas, amarrações de magia negra, amarrações de marido, amarrações de mulher, amarrações de amante, amarrações de namorado, amarrações de namorada, amarrações de noivo, amarrações de noiva, amarrações para fazer amor voltar, amarrações para casar,

 

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

bruxaria para separar casais, bruxaria para afastar fulana rival

separar-casal
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

bruxaria para separar casais, bruxaria para afastar fulana rival,

bruxaria para separar casais, bruxaria para separar casal, bruxaria para separar homem e mulher, bruxaria para acabar com casamento, bruxaria para acabar com namoro, bruxaria para separação, bruxaria para afastar fulana rival, bruxaria para afastar rival, bruxaria para divorcio, bruxaria para separação,

Bruxaria - como funciona a bruxaria

Quantas vezes uma mulher deseja ou ama um homem, e porem esse homem encontra-se nas mãos de outra fulana rival?, ou a viver um outro relacionamento?

Pois esse é um dos dilemas mais dolorosos para uma mulher que ama um homem, e porem viu esse homem ser-lhe roubado por outra mulher, ou então esse homem é casado, ou tem uma amante, ou é noivo de outra mulher, ou namora com outra mulher. Seja qual for a situação, a verdade é que a existência de uma fulana rival pode causar um imenso tormento sentimental.

Assim sendo:

Nesses casos, a magia negra tanto pode abrir caminhos a fechar caminhos, como pode fechar caminhos a que se abram caminhos.

Quer isso dizer:

a magia negra pode – de uma forma ou de outra – enguiçar e trancar todos os caminhos na vida de um casal, e por isso a magia negra tem sido muito útil em tais assuntos envolvendo uma fulana rival, sempre com taxas de sucesso irrepreensíveis.

Para isso, deve-se fazer uso da bruxaria para separar casais.

Na bruxaria para separar casais, o alvo da bruxaria começa por ser a mulher rival, pois que se é pela carne da mulher que a vida nasce neste mundo através do milagre da gravidez e do parto, ( que é o cimento de um casamento), pois é também pela carne da mulher rival que o inverso ocorre, ou seja: é ali que se pode fazer o oposto do cimento que une, que é o espinho que desune, e assim semear a desunião e a separação de um casal.

Como é feita a bruxaria para separar casais?

terreiro4

A bruxaria para separar casais deve ser feita junto do muro de um cemitério, e esta bruxaria para separar casais deve ser celebrada em luar de lua minguante.

No chão junto ao muro do cemitério – e com cré sagrado – deve ser desenhado o sigilo oculto de um demónio específico, que é o demónio responsável pela ira, pela desarmonia e pelo desentendimento entre as pessoas. Não useis desta bruxaria sem ter profundos conhecimentos de demonologia e magia negra, pois quem invoca a entidade errada acabará colhendo efeitos errados, ou seja: acabará sofrendo na sua alma e no seu corpo os tormentos dos infernos. Por isso: quando quiser uma bruxaria para separar casais – uma bruxaria de verdade – não se meta a mexer naquilo que desconhece, e consulte um bruxo experiente, conhecedor e profissional.

Na bruxaria para separar casais, é necessário recorrer-se de uma vela negra com a forma genital feminina. Na vela deve ser inscrito o nome da mulher rival que se pretende afastar do homem, isso deve ser feito com uma estaca de prata. Depois, a vela deve ser ungida em sangue de galo preto acabado de oferendar ali junto ao muro de cemitério.

Na bruxaria para separar casais, eis que na área genital feminina devem-se cravar 5 alfinetes de prata, e sobre os alfinetes e a figura genital feminina deve-se polvilhar 3 doses de pó vodu de maldição.

saco-ossos-bruxaria

O pó vodu de maldição usado na bruxaria para separar casais, é um pó preparado em cemitério ao longo de 6 noites de Lua Cheia, e esse pó vodu é preparado conforme uma fórmula secreta na qual se faz uso de ingredientes como enxofre, ossos moídos de defunto com 7 meses de sepultura, plantas negras ocultas, cré que foi consagrado e moído em encruzilhada assombrada, pó de sangue coagulado, escamas de serpente negra, e muitos outros procedimentos vodu que são conservados em segredo há seculos.

Na bruxaria para separar casais, o uso deste tipo de pó atrai forças espirituais de trevas e malignas, infestando a criatura embruxada com uma maldição que não pode ser desmanchada nem aplacada.

Na bruxaria para separar casais, o trabalho deve ser sepultado junto do muro do cemitério, pois enquanto aquele muro ali permanecer conservando os defuntos no cemitério, pois também um muro de espinhos e tormentos será erguido entre o casal que se pretende separar. Deve-se repetir este procedimento de bruxaria para separar casais ao longo de 13 noites, e  assim estando feito então de 13 noites em 13 noites esse casal será fustigado pela maldição da bruxaria para separar casais, e assim será ate que o casal se separe, e por isso o casal separar-se-á para jamais se unir.

Que efeitos tem a bruxaria para separar casais?

sapo-negro-bruxas

Na bruxaria para separar casais, a mulher rival vai empalidecer, a mulher rival vai perder o interesse sexual pelo homem, a mulher rival vai-se desmazelar, a mulher rival vai andar triste ou apática, a mulher rival vai ficar silenciosa e fechada sem silêncios, a mulher rival vai mesmo padecer de padecimentos genitais, a mulher rival vai esfriar os seus sentimentos, e no relacionamento dessa mulher rival vão começar a ocorrer discussões, desentendimentos, desavenças e discórdias recorrentes.

Na bruxaria para separar casais, tudo isso vai suceder passo a passo, paulatinamente e gradualmente, para que ninguém suspeite que o casal foi embruxado com bruxaria para separar casal. Por isso vão haver momentos de grande inferno no casal, e depois as coisas vão serenar passageiramente, e depois vai voltar o inferno, e assim se repetirá de 13 noites em 13 noites até o casal não aguentar mais e se separar.

Bruxaria para separar casais?

Bruxaria para afastar fulana rival?

Bruxaria?

Bruxos?

Consulte-nos!

bruxaria para separar casais, bruxaria para separar casal, bruxaria para separar homem e mulher, bruxaria para acabar com casamento, bruxaria para acabar com namoro, bruxaria para separação, bruxaria para afastar fulana rival, bruxaria para afastar rival, bruxaria para divorcio, bruxaria para separação,

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações da porta oculta

espiritos
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

 

Amarrações da porta oculta

amarrações, amarrações de marido, amarrações de amante, amarrações de mulher, amarrações de esposa, amarrações de namorado, amarrações de namorada, amarrações de noiva, amarrações de noivo, amarrações de casal, amarrações para amores rejeitados,

As amarrações da porta oculta servem para abrir as portas dos assuntos amorosos mais difíceis, e por mais difíceis que sejam esses problemas de amor, porem as portas abrir-se-ão a quem recorre destas amarrações.

As amarrações da porta oculta são especialmente uteis em assuntos de um amor rejeitado, assim como quando uma pessoa endureceu o seu coração ao ponto de jurar que nunca mais regressará, e também para casos em que os rompimentos amorosos parecem impossíveis de resolver, e os reatamentos sentimentais são dados como perdidos.

Como são feitas as amarrações da porta oculta

As amarrações da porta oculta são amarrações que devem ser celebradas por um bruxo experiente e numa casa assombrada.

São Cipriano menciona a existência de casas assombradas na sua obra, onde ali se pode ler e está escrito:

a experiencia tem mostrado que alguns lugares e casas são infestados pelos espíritos que os inquietam com estrondos, aparições e outras muitas importunidades

Obra de são Cipriano, versando sobre «Espíritos diabólicos que infestam (…) », Capitulo 1º, Pag 269

Pois assim se sabe:

o fenómeno de locais e casas assombradas não é uma crendice, mas sim é um fenómeno milenar, existindo desde há seculos com provas documentadas historicamente.

Fantasmas – o que são fantasmas2

Uma casa assombrada é um local onde habitam espíritos e assombrações que vagueiam naquele espaço, e que ali permanecem para a eternidade no limbo do mundo dos mortos. Esse tipo de casa é por isso como um ponto de intersecção ou um cruzamento entre o nosso mundo dos vivos e o mundo dos mortos. Nesses locais, a presença das assombrações manifesta-se de forma muito mais forte e intensa, e por isso apenas um bruxo treinado e experiente deve ir lidar com tais fenómenos ocultos.

Nas amarrações da porta oculta, deve-se procurar pelo quarto de casal onde haja uma cama de casal, e nessa cama de casal haja falecido homem ou mulher que faziam parte do casal que habitava naquele lar.

Uma vez encontrado esse quarto, então fechar a porta do quarto de casal onde está a cama de casal em que faleceu homem ou mulher desse casal que habitava esse lar agora assombrado.

Nas amarrações da porta oculta, oferecei um galo negro ás trevas da magia negra, invocando as entidades que governam sobre os assuntos do coraçao, do amor e da luxuria.

Nas amarrações da porta oculta, usai o sangue do galo negro para imediatamente desenhar um sigilo oculto na madeira dessa porta. O sigilo deve ser invocatório de entidades do mundo dos mortos, e apenas bruxos experientes conhecem tais sigilos.

Assim estando feito, então no soalho diante da porta fechada, escrevei com o sangue do galo negro as palavras

iluminare corde suo

apud tenebris Luciferum

depois disto estar escrito em sangue, então orai e recitai a litania oculta infernal de são Cipriano.

A litania infernal de são Cipriano é uma poderosa litania oculta que apenas os bruxos conhecedores dos segredos de são Cipriano conhecem, pois que é formula milenar conservada sigilosamente há centenas de anos, e que contem 5 partes:

uma parte em Latim, uma parte em Aramaico, uma parte em Hebraico uma parte em Grego, e uma parte em Copta Egípcio.

Não devem os lábios de uma pessoa leiga e destreinada ir recitar tal litania, pois que esse curioso acabará por atrair grande maldição sobre si mesmo. Apenas deve proferir tal litania o bruxo conhecedor dos mistérios dessa formula infernal, para dela poder retirar os seus bons proveitos, sem porem se condenar ás fatalidades do corpo e da alma.

Depois de entoada a litania, enfiai por debaixo da porta a foto da criatura que quereis amarrar, enviando as fotos para o outro lado da porta, para dentro do quarto assombrado.

Vereis que a porta ficará quieta e sem movimento, e nada acontecerá. Afastai-vos da porta, e deixai o local como está.

Nessa mesma noite – ou nas noites seguintes, e quando menos se espera – escutareis a porta a fazer barulhos. A porta fará um grande barulho como se alguém a tivesse fechado com violência, ou fará um lento ranger como se alguém a estivesse a abrir lentamente, ou começará a abanar e a fazer sons como se alguém estivesse a querer arrombar a porta, ou começará a tremer como se uma grande ventania estivesse a passar pela porta, embora não haja vento nenhum na casa. Podereis também encontrar a porta aberta sem qualquer explicação, pois que não há ninguém na casa abandonada, e ninguém lhe mexeu.

Nesse momento tendes confirmação que os espíritos escutaram a vossa bruxaria.

Nesse momento, pegai na foto que está do outro lado da porta no quarto assombrado, e ide á meia-noite sepulta-la em cemitério, sempre 7 palmos abaixo de terra e ao lado de uma sepultura recente de 7 dias.

Aviso sobre as praticas de bruxaria necromante

Quando se está a sepultar a foto, é normal que se possam ver vermes na terra, ou aparecerem serpentes, ou sapos, ou cães negros, ou traças, ou gato negro, ou que se sinta frio ou calor sem explicação, ou se vejam vultos de assombrações, ou se vislumbre um fumo transparente que transpira da terra e ascende ao céu, ou se escutem sons estranhos, ou o ceu fique coberto de nuvens negras e mau tempo imprevisto, e tudo isso são manifestações de aparições a darem sinal da sua presença.

Por isso, relembramos:

estamos a lidar com magia negra que lida com espíritos do mundo dos mortos em praticas de necromancia, pelo que apenas devem lidar nestes procedimentos místicos aqueles bruxos especialmente experientes e treinados, pois que os leigos impreparados podem ali encontrar desgraças ou fatalidades.

Que efeitos tem as amarrações da porta oculta?

Fantasmas – o que são fantasmas3

Nas amarrações da porta oculta, conforme a foto da criatura amarrada foi embruxada no quarto da casa assombrada, pois também essa pessoa vitima dessas amarrações passará a ser em espirito assombrada no seu quarto todas as noites – noite apos noite – ate que ela se canse e se vá entregar ao mandante das amarrações.

Nas amarrações da porta oculta, obviamente que as assombrações sucederão mas a pessoa não se lembrará delas conscientemente, pois que a pessoa não deve suspeitar que está a ser vitima de uma bruxaria. Por isso, o processo passa-se inconscientemente.

Logo: quando a pessoa acorda não se lembrará de nada, e porem no seu espirito e na sua alma ficaram gravados os purgatórios da bruxaria que a infestaram toda a noite naquele seu quarto.

Por isso mesmo certas pessoas vitimas de amarrações acordam com uma sensação estranha e desconfortável, ou ate de mau humor, ou ate com um pressentimento negativo, ou com a sensação que tiveram sonhos perturbadores mas não se conseguem lembrar deles, ou com uma sensação que algo está errado mas que não conseguem explicar, ou sentem-se irritáveis sem explicação, ou acordam com uma ligeira dor de cabeça, ou acordam com dores ou marcas no corpo que não tem explicação plausível, pois que as pessoas atingidas por essas amarrações não se lembram mas estiveram toda a noite a ser fustigadas por uma bruxaria, e assim será ate que essas pessoas se entreguem a quem as mandou amarrar por estas amarrações, e por isso – demore o que demorar – as assombrações persistirão assombrando, e as pessoas acabar-se-ão entregando.

Amarrações?

Amarrações amorosas?

Escreva-nos!

amarrações, amarrações de marido, amarrações de amante, amarrações de mulher, amarrações de esposa, amarrações de namorado, amarrações de namorada, amarrações de noiva, amarrações de noivo, amarrações de casal, amarrações para amores rejeitados,

 

 

 

 

 

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações, amarrações de fidelidade,

fruto_proibido
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações, amarrações de fidelidade,

amarrações, amarrações de fidelidade, amarrações de fidelidade do marido, amarrações de fidelidade do amante, amarrações de fidelidade do homem, amarrações de fidelidade do noivo, amarrações de fidelidade do namorado, amarrações de fidelidade do esposo,

sapo-negro-bruxas

Não há quem amando não queira ver esse amor retribuído, e não há quem amando não queira que a pessoa amada lhe seja fiel, pois que a pérfida da infidelidade – sempre assim foi e sempre assim será – é algo extremamente doloroso.

Por isso:

Estas amarrações de fidelidade podem ser usadas para a esposa que quer garantir a fidelidade do seu esposo, como também podem beneficiar a mulher que amando um homem casado então quer garantir que esse homem não tem qualquer relação sexual com a sua esposa, como também pode ser útil á mulher que se sente ameaçada pelos ciúmes, como também pode garantir que um noivo ou namorado permanecem fieis á mulher.

Cuidai que estamos a lidar com magia negra, e por isso deve-se usar destas bruxarias apenas quando se tem a certeza daquilo que se quer, pois que os efeitos destas amarrações são fortes, e podem levar um homem á loucura se não for a bruxaria bem executada, ou se for executada em assuntos levianos.

Como são feitas as amarrações de fidelidade

As amarrações de fidelidade, devem ser celebradas junto a um pântano de água paradas, em local ermo e isolado. Nestas amarrações deve-se proceder conforme manda a obra de são Cipriano, pois que ali está escrito:

Pode-se mandar os espíritos tentar qualquer pessoa de quem desejamos qualquer coisa (…) é preciso que se note que não pode ir com o conjurador mais que duas pessoas; e não se pode fazer esta conjuração senão de noite das onze horas ate ás duas horas , e em lugares solitários.. Além disso, o conjurador deverá ir vestido de preto e nenhum dos circunstantes deverá levar sinais sagrados

Grande conjuração de magia negra,  Pag 331-332

pactos

Pois assim se sabe:

Muitos são os ocultos detalhes e segredos da magia negra, e por isso não deve o desconhecedor da complexidade destes ensinamentos ir meter-se a mexer em obra que desconhece, mas sim deve procura a bruxo conhecedor e experiente.

Assim sendo:

Entre as horas indicadas por são Cipriano, deve a amarração ser celebrada numa noite de lua cheia, junto a esse pântano perdido em local ermo e solitário.

Na feitura destas amarrações, deve-se aguardar pelo momento em que o pântano – sob o luar de lua cheia –  permite ver nevoas, fumos e neblinas que saem esfumaçando das águas paradas e ascendem ao céu noturno, pois é nesse momento que os espíritos do local estão a manifestar-se, e esse é o momento propicio á feitura destas amarrações.

Nas amarrações para fidelidade, deve-se usar-se de uma vela negra com a forma dos genitais masculinos.

Nas amarrações para fidelidade, a vela deve ser feita de gordura animal de animal negro sacrificado ás artes da magia negra numa lua cheia, e ungida com unguento de bruxas, que é um unguento oculto preparado nos sabbat das bruxas.

Nas amarrações para fidelidade, a vela de genitais masculinos é colocada no centro de pentagrama riscado no sangue da ave negra acabada e oferendar, sendo que o pentagrama deve estar traçado na margem lamacenta do pântano..

Porque usar ave negra?

Porque assim se pode ler na obra de são Cipriano:

o grande Lúcifer apareceu-lhe (…) na ocasião em que tinha imolado uma galinha preta

Obra de são Cipriano, versando sobre «Enguerimanços de são Cipriano ou prodígios do diabo», capítulo 8º, Pag 261

bruxaria - feitiçaria - magia

Pois assim se sabe:

A oferenda de ave negra é um convite poderoso á invocação de espíritos poderosos, e isso o ensinou a sabedoria oculta de são Cipriano.

Por isso, assim se deve proceder:

Nas amarrações para fidelidade, deve-se derramar o sangue fresco da ave negra sobre os genitais, sendo a ave oferendada naquele momento com faca de prata

Nas amarrações para fidelidade, deve-se alfinetar os genitais com 5 agulhas vodu de prata

Nas amarrações para fidelidade, deve-se entoar litania oculta de são Cipriano para invocar ás assombrações. O nome da criatura que se pretende embruxar com as amarrações de fidelidade deve ser acrescido á litania infernal, e deve a litania ser entoada aos espíritos e assombrações por 6 vezes.

Nas amarrações para fidelidade, no final a vela é afogada no pântano de águas estagnadas, e conforme a vela ali fica afogada nas águas paradas desse pântano, pois também a vida e o desejo sexual do homem ficará parado e estagnado senão para a mulher que mandou amarrar o homem com as amarrações de fidelidade.

Efeitos das amarrações, amarrações de fidelidade

Conforme aquele genital ali esta perdurado pelas agulhas vodu, também os genitais do homem amarrado sofrerão ardores e dores sempre que o homem desejar outra mulher

Conforme o sangue ali esta derramado sobre o genital, também o sangue do homem apenas ferverá de desejo sexual pela mulher que o mandou amarrar, e porem o seu genital ficará encarquilhado, frouxo e impotente com qualquer outra mulher.

Como resultam as amarrações de fidelidade?

Magia - segredos da magia

As amarrações de fidelidade resultam através do uso de magia negra. A magia negra funciona através do comercio oculto estabelecido entre o bruxo e as entidades espirituais com quem o bruxo estabelece contato. Nesse comercio oculto são feitas oferendas de sangue de gado negro ou de ave negra – assim como de serpente ou sapo – pois o sangue para essas entidades espirituais é como uma «moeda» espiritual, ou seja: através de cerimoniais infernais o bruxo faz o pagamento do serviço em sangue oferendado conforme as leis da magia negra, e em troca desse pagamento as entidades manifestam-se e aceitam a encomenda do pedido do bruxo, e por consequência as assombrações vem a este mundo dos vivos trabalhar da demanda que lhes foi paga.

Por isso – nas amarrações para fidelidade – é necessário um bruxo experiente para saber os termos certos em que esse comercio místico é feito, pois que é comercio selado através de sangue de oferendas negras, e o seus efeitos são poderosos.

Por isso, esta pratica magica pode dar em resultados milagrosos se for bem lidada por um bruxo experiente, como também pode resultar em efeitos negativos e trágicos se for lidada por pessoas leigas e desconhecedoras.

Por isso:

na hora de abordar os espíritos, há que saber que a magia negra deve ser encarada com muito cuidado, sabedoria e prudência.

Por isso:

na hora de recorrer ás amarrações, procure sempre um bruxo profissional e experiente.

As amarrações de magia negra – como as amarrações de fidelidade –  são as mais poderosas, e por isso muita gente tem receio de recorrer as amarrações quando celebradas por magia negra.

E porem, a verdade é esta:

«para grandes males, grandes remédios», ou seja:

um problema impossível de se resolver apenas se resolve com grandes soluções, pois para todo o problema há uma solução, mas sem a solução boa jamais se resolve o problema ruim.

Amarrações?

Amarrações amorosas?

Amarrações de fidelidade?

Escreva-nos!

amarrações, amarrações de fidelidade, amarrações de fidelidade do marido, amarrações de fidelidade do amante, amarrações de fidelidade do homem, amarrações de fidelidade do noivo, amarrações de fidelidade do namorado, amarrações de fidelidade do esposo,

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações, amarrações com poção magica

caldeirao
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações, amarrações com poção magica

amarrações, amarrações amorosas, amarrações com poções magicas, poções para amarrações, poção magica para amarrações, poção magica para amarrar amor, poções magicas para amarra mulher, poções magicas para amarrar homem, poções magicas para amarrar amante,

Bruxaria - como funciona a bruxaria

A magia negra é sempre alimentada por um comercio oculto estabelecido entre o bruxo e as entidades espirituais com que o bruxo entra em contato. Por isso, é necessário um bruxo experiente para saber os termos certos em que esse negocio místico é feito, pois quem vai abordar espíritos tem de pensar não apenas nos benefícios que vai colher, mas também deve cuidar de medir muito bem todos os efeitos que serão produzidos com esse acto místico, pois que a magia negra deve ser encarada com muito cuidado, sabedoria e prudência. Por isso: na hora de recorrer as amarrações, procure sempre um bruxo experiente, enão vá você meter as suas próprias mãos no fogo, pois quem não sabe lidar com o fogo acaba queimado. Procure por isso um bruxo profissional e experiente.

As amarrações de magia negra são as mais poderosas, e por isso muita gente tem receio de recorrer as amarrações quando celebradas por magia negra. E porem: para grandes males, grandes remédios. Quer isto dizer: se o seu assunto é grave, então recorra das amarrações de magia negra, pois caso contrario andará a perder o seu tempo com soluções que não solucionam nada.

Como fazer as amarrações com poção magica? 

Bruxaria- Essências, filtros e poções3

As amarrações – amarrações com poções magicas – devem ser celebradas aos pés de uma arvore frondosa, sempre ás 3 da madrugada, e numa  encruzilhada assombrada.

Nas amarrações – amarrações com poções magicas – deve-se usar uma taça de puro ouro, uma faca de ouro puro e 2 alianças de ouro puro . Nessa taça deve-se preparar uma infusão de certas ervas pesadas á razão de 666 gramas por cada doseamento. Deverão ser usadas ervas como rosmarinus officinalis, vanila planifólia, carum carvi, iris florentina, jasminum officinale, achlilleia milefolum, e 6 pétalas de rosa bem vermelha.

Nas amarrações – amarrações com poções magicas – a infusão deve ser feita com água pura e extraída de uma nascente em noite de luar de lua cheia.

Nas amarrações – amarrações com poções magicas – a infusão deve reagir durante 666 minutos.

Assim estando feito, dever-se-á colocar as alianças de ouro dentro da infusão. Nas alianças devem ter sido inscritos os nomes das pessoas que se desejam amarrar, e isso deverá ter sido feito por um ourives perito em artes negras, pois que a gravação desses nomes deve ser feita com o derramamento de sangue de sapo sobre as alianças enquanto que as alianças estão a ser trabalhadas, ao mesmo tempo que se entoam cânticos infernais de chamamento aos demónios.

Nas amarrações – amarrações com poções magicas – logo no mesmo momento em que as alianças são vertidas na infusão, e usando-se da faca de ouro, e bruxo deve fazer um golpe no seu dedo mindinho da mao esquerda, e deve verter 6 gotas do seu próprio sangue na infusão.

A partir do momento em que o sangue do bruxo é vertido na infusão, eis que a infusão se torna numa poção, pois que assume a forma e propriedade místicas de um pacto infernal. No momento em que a infusão se torna em poção, a bruxaria está selada, e o bruxo deve beber a poção.

Pergunta-se: mas é o bruxo que bebe a poção, e não um dos amarrados? Responde-se:

Sim, porque a poção convida á possessão de espíritos, e apenas um bruxo treinado consegue dominar e controlar tais forças. Por isso: dar uma poção destas a um leigo destreinado é algo que jamais se deve fazer.

È o bruxo que bebe a poção, assim como é o bruxo que dá 6 gotas do seu sangue, pois é o bruxo que é a porta através da qual as entidades infernais irão entrar neste mundo, e por isso é a alma e o corpo do bruxo que servem de ponte entre o mundo dos mortos e o mundo dos vivos.

È nesse momento que a bruxaria pode ser particularmente dolorosa para o bruxo, pois o bruxo que está naquela encruzilhada torna-se ele mesmo uma encruzilhada entre o mundo dos vivos e o mundo dos mortos. È através do bruxo que se canalizam os espíritos que vem a este mundo para realizar a amarração entre as duas almas que se pretendem amarrar pelas amarrações, conforme é através do bruxo que as assombrações vem a este mundo para transmitir mensagens de vidência com visões assombrosas.

Nas amarrações – amarrações com poções magicas – depois de beber a poção, o bruxo deve recitar uma ladainha infernal e oculta de amarração, e nesse momento eis que muitas coisas inexplicáveis podem suceder naquele bosque, como o aparecimento inesperado de corvos negros, de cães negros, de serpentes, de larvas, de insetos, ou a manifestações de ventos inexplicáveis, ou o som de uivos, ou a visão de aparições, ou a ocorrência de trovoadas inesperadas, nevoas ou nevoeiro inexplicável, etc. Nesse momento o bruxo deve persistir na sua ladainha infernal, pois que essas manifestações são manifestações das assombrações conjuradas e darem sinal da sua presença junto do bruxo –  incarnadas no corpo do bruxo – para aceitar o serviço encomendado. Se não se tratar de um bruxo experiente, a pessoa que vá mexer com estes fenómenos pode acabar ferida, possuída, ou pior. Por isso: entregue estes assuntos a um bruxo experiente.

No final – e sendo isto repetido por 13 noites – devem as alianças ser sepultadas de baixo das raízes da arvore frondosa que está na encruzilhada onda as amarrações foram celebradas, e ali deverão permanecer sepultadas e ocultas de olhares para sempre.

Os efeitos das amarrações com poções

pactos

Nas amarrações – amarrações com poções magicas – no momento em que as alianças são vertidas na taça com a infusão e as 6 gotas de sangue do bruxo, está-se a celebrar um casamento espiritual entre aquelas duas pessoas, um casamento eterno e um casamento selado pelos infernais poderes na magia negra.

Nas amarrações – amarrações com poções magicas – note-se que conforme nada irá deteriorar nem fazer envelhecer aquele ouro usado neste ritual, pois também nada irá fazer desgastar nem esmorecer as amarrações assim celebradas, e por isso as pessoas amarradas nestas infernais amarrações estão destinadas a terem os seus caminhos de vida para sempre ligados, entrelaçados e cruzados.

Amarrações?

Amarrações amorosas?

Poções magicas para amarrações?

Escreva-nos!

amarrações, amarrações amorosas, amarrações com poções magicas, poções para amarrações, poção magica para amarrações, poção magica para amarrar amor, poções magicas para amarra mulher, poções magicas para amarrar homem, poções magicas para amarrar amante,

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Bibliomancia, vidência através dos livros sagrados,

Magia - a magia na bíblia
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Bibliomancia, vidência através dos livros sagrados,

bibliomancia, vidência através dos livros sagrados, salmos, vidente, videntes, livro de são Cipriano, vidência de são Cipriano,

profetas

Bibliomancia é uma forma de vidência que consiste no uso de livros para contatar espíritos e obter presságios de entidades do outro mundo.

O método de empregar livros – especialmente livros sagrados – para obter revelações dos espíritos que prestem uma orientação espiritual quanto a questões que afligem o ser humano, é uma pratica mística milenar e foi difundida em muitas religiões do mundo ao longo dos seculos:

Ao longo dos milénios, os Vedas foram usados pelos Hindus, Homero foi usado pelo Gregos da Antiguidade, Ovídio e Virgílio foram usados pelos antigos Romanos, e a Bíblia – Antigo Testamento – pelos Hebraicos, assim como o Novo Testamento pelos padres Cristãos na Idade Media. Também á seculos que o livro de são Cipriano é usado por bruxos na pratica da vidência através da Bibliomancia.

Em termos gerais, a  Bibliomancia consiste no recurso à leitura de passagens aletórias de um livro, em busca de respostas ás questões propostas.

papiro1

As obras mais utilizadas para esse fim são a Bíblia, o I Ching – livro santo e de mistérios espirituais na China – e os dicionários, que na antiguidade Suméria e Babilónica era tidos como reservatórios santos e sagradas compilações de sabedoria provinda dos deuses. Na suméria, na Babilonia e no Antigo Egipto os dicionários eram considerados compêndios e recetáculos de sabedoria provinda de deuses, demónios e espirito dos mortos.

Presume-se nesta arte mística que os espíritos guiarão o vidente a encontrar as respostas certas no texto, respostas essas que se fazem revelar através da influencia das entidades que estiverem a ser consultadas.

Magia - a magia na bíblia4

No fundo, professa-se que as mãos e os olhos do médium são guiados ao texto que o espirito deseja indicar, sendo que desse texto emanam as vibrações e canaliza-se o augúrio que a entidade está a querer transmitir ao vidente, da mesma forma como sucede com as cartas de Tarot, com as runas Célticas, os Búzios africanos, os ossos Vodu, etc.

Um dos textos mais usados nesta tradição mística são os Salmos da Bíblia, que se acredita não apenas revelarem mensagens do espirito, como também possuem propriedades magicas para os mais diversos fins. Nos círculos do oculto, também á seculos que o livro de são Cipriano é usado por bruxos na pratica da vidência através da Bibliomancia.

Vidente?

Videntes?

Bruxo?

Bruxos?

Escreva-nos!

bibliomancia, vidência através dos livros sagrados, salmos, vidente, videntes, livro de são Cipriano, vidência de são Cipriano,

 

Veja tudo sobre Vidência, em: Vidência, todos os segredos

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Vidência, mediunidade, espiritismo

dados-videncia
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Vidência, mediunidade, espiritismo

vidência, mediunidade, espiritismo, vidente, videntes, médiuns, médium, espirita,

Vidência é a capacidade de entrar em contacto com os espíritos, com o mundo dos espíritos, com as almas já desencarnadas, com o mundo dos mortos, ou com as aparições e assombrações que habitam no mundo das almas. Vidente é aquele que possuindo essa capacidade, serve de mensageiro ou intermediário entre o mundo dos vivos e o mundo dos mortos, do qual recebe mensagens, augúrios, visões e sinais.

Sobre a vidência

Existem 6 tipos de capacidade paranormal de mediunidade ou clarividência, ou aquilo a que se chama de vidência, e são essas:

Vidência onírica – manifesta-se através de sonhos reveladores que mais tarde se confirmam terem acontecido ou irem acontecer tal conforme o vidente sonhou.

Vidência física – é praticada através da qual o vidente que consegue entrar em contato com o mundo dos espíritos através do toque o manuseamento de um objecto místico, tal conforme as cartas de Tarot, búzios africanos, ossos vodu, tabua Ouijá, etc.

Vidência sensitiva – manifesta-se através de sensações e pressentimentos que depois se confirmam terem acontecido ou irem acontecer tal conforme o vidente pressentiu.

Vidência psíquica – ocorre quando o vidente recebe na sua mente mensagens dos espíritos, seja através de palavras, ou de imagens, ou de pensamentos, ou de frases, sendo que essas mensagens depois confirmam ter nexo com a realidade e serem verdadeiras, seja por terem acontecido ou irem acontecer tal conforme a mensagem que foi recebida pelo vidente.

Vidência auditiva – ocorre quando o vidente escuta sons, murmúrios, melodias, sendo que esses sons correspondem a mensagens que se confirmam serem verdadeiras. Podem manifestar-se sons de vozes humanas, ou sons de animais, ou uivos de assombrações, ou todo o tipo de manifestações audíveis sem explicação numa casa ou num local,  ( tais como batidas inexplicáveis, coisas a invisíveis a arrastarem-se, etc),

Vidência visual – ocorre quando o vidente tem visões claras de locais, objectos, pessoas, ou acontecimentos, e se comprova que essas mensagens são verídicas, por terem acontecido ou irem acontecer tal conforme a mensagem que foi recebida pelo vidente.

O que é um espirita ou um vidente?

Necromância4

um espirita, ( ou um médium, ou um vidente,), serve de mensageiro através do qual os espíritos lhe falam, seja por sonhos, seja por visões, seja por pensamentos ou palavras que os espíritos lhe murmuram, seja por sensações que os espíritos lhe despertam, seja por sinais ou augúrios que os espíritos lhe revelam.

Dessa forma, o espirita – ou o médium – serve como um intermediário entre o mundo dos espíritos, (  dos espíritos já desencarnados que vivem no «outro lado», ou no mundo dos mortos), e este mundo, ou o mundo de todos nos que estamos aqui vivendo enquanto espíritos encarnados em corpos de carne e osso e sangue.

Um espirita ou um médium tem esse dom, que é a capacidade de escutar aos ecos do mundo dos mortos, e a capacidade de ver as mensagens, as visões, os augúrios e os sinais que os espíritos lhe enviam, por forma a passar essas mensagens aos vivos que ainda estão habitando neste mundo.

Habitar nessa fronteira – ou nessa franja de realidade desfocada e periclitante –  entre este mundo dos vivos e o mundo dos espíritos, não é fácil!, e pode atrair todo o tipo de moléstia e de sofrimento a quem vive ligado a ambos os mundos!, pelo que não é missão fácil e é um fardo de responsabilidade que se carrega nos ombros por toda a vida

como trabalha o espirita ou o vidente ?

Pitonisa-en-Delfos

os espíritos quando falam, eles falam através de visões, ou de sons, ou de símbolos, ou de augúrios, ou de sinais,  ou de palavras que são enviadas a quem está sintonizando-se com os espíritos, e contactando aos espíritos!

Então:

os espíritos não falam por isso nos termos que nós humanos queremos nem mandamos, mas os espíritos falam sim conforme eles querem, como eles querem, e sempre na linguagem dos espíritos, ou seja: através de mensagens, de sinais, de mistérios e de augúrios que eles entendem que devem passar do «outro lado», ( do mundo dos espíritos e dos desencarnados), para este mundo, que é o nosso mundo dos vivos e encarnados em carne e osso.

Assim sendo:

certas palavras quando são murmuradas pelos espíritos não são – por vezes – entendíveis com toda a clareza!, pois os espíritos e as aparições falam como se estivessem murmurando através de um véu muito espesso, e como se estivessem muito distantes, pois eles estão «do outro lado», (no mundo dos espíritos), e por isso os seus ecos nem sempre são fáceis de compreender com clareza, pois quando chegam a este mundo já vem algo distorcidos ou enfraquecidos, como imagens turvas e desfocadas, ou sons que atravessaram grande distancia e por isso estão abafados, ou tem muito ruido no meio.

Fantasmas – o que são fantasmas3

Os espíritos falam por vezes de forma misteriosas, e eles movem-se por caminhos insondáveis, e eles anunciam augúrios difusos, turvos, e nebulentos!, e eles manifestam-se através de sinais enigmáticos!, ou de pressentimentos!, ou de sensações!, ou de visões!, ou de aparições!, pois os espíritos – já estando desencarnados e já não tendo um corpo – então não falam com a boca e com palavras conforme nós falamos,(nós que estando neste mundo temos um corpo e uma boca para falar), mas sim os espíritos, (desencarnados que são!, e estando no lado oculto do mundo dos mortos e dos espíritos!), falam por sinais, por mensagens e por augúrios que por vezes não são nítidos!, e são sempre  algo desfocados para quem os recebe!

Então:

por isso mesmo o espirita que está recebendo essas mensagens, transmite-as conforme as está conseguindo receber, e procura sempre confirmar – junto daquele que se está consultando – sobre o significado dos símbolos, dos sons ou das imagens que está vendo e recebendo do mundo dos espíritos.

Por isso:

O vidente não adivinha nada, nem lê pensamentos, nem sabe tudo.

O vidente é apenas um mensageiro, ou seja:

ele leva aos espíritos as preocupações do consultante, e depois ele traz ao consultante as mensagens que os espíritos lhe segredaram.

Muitas das vezes o vidente – na sua função de mero mensageiro entregando mensagens alheias a si mesmo – nem sequer compreende inteiramente o conteúdo da mensagem que está a transmitir ao consultante, pois que pode conter símbolos, sinais, enigmas, visões ou augúrios que dizem respeito á vida intima ou privada do consultante – ou de alguém ligado ao consultante – e que por isso o vidente desconhece.

Por isso mesmo é sempre necessário estabelecer-se um dialogo entre o vidente e o consultante, de forma a decifrar as mensagens e os augúrios que os espíritos revelaram, e nisso apenas o consultante pode ajudar, pois apenas o consultante sabe sobre os assuntos que os espíritos lhe estão a falar.

Sobre o contato com os espíritos e as mensagens dos espíritos 

Primeira lei sobre as mensagens dos espíritos:

Os espíritos não são papagaios nem computadores. Significa isto: os espíritos não falam aquilo que você quer ouvir – e por vezes nem falam quando você quer – mas sim eles enviam mensagens, sinais, avisos e mensagens que servem para nos dar orientação.

Por outro lado: os espíritos não enviam relatórios de computador ao premir de um botão, mas sim eles – que estando no mundo sobrenatural dos desencarnados e defuntos – conseguem ver aquilo que nós não conseguimos, e por isso enviam-nos mensagens para nos guiar face áquilo que estamos a viver, guiando-nos no caminho certo quanto ao que poderemos viver se pisarmos os caminhos certos com os passos certos. Por isso: anos não nos cabe escrutinar nem esmiuçar as mensagens dos espíritos, mas sim cabe-nos é escutar, respeitar e interpretar as mensagens do espíritos e aparições.

Segunda lei sobre as mensagens dos espíritos:

Os espíritos não advinham nada. Se você está á procura de contactar os espíritos para ganhar na loteria, então desengane-se. Os espíritos do mundo dos desencarnados não adivinham nada, mas sim os espíritos dos mortos enviam mensagens, dão sinais, augúrios e avisos que servem para nos guiar aqui no mundo dos vivos.

Terceira lei sobre as mensagens dos espíritos:

As mensagens dos espíritos são para respeitar, e não para questionar.

O espirito fala aquilo que quer, da forma que quer. Cabe-nos ter os ouvidos e o entendimento para os compreender, e cabe-nos aceitar as suas mensagens.

Não vale a pena estar a insistir com um espirito ate á exaustão, porque o espirito só lhe dirá aquilo que lhe pode dizer, e o espirito apenas lhe revelará aquilo que quer revelar.

Por isso: não vale a pena querer esmiuçar nem questionar os augúrios dos espíritos. Ao contrario, cabe a quem escutou ao espirito aceitar a mensagem dos espíritos, interpretar os sinais e augúrios dos espíritos, e guiar-se pela revelação que o espirito fez.

Regras a respeitar quando se consulta os espíritos através de um vidente

Primeira regra sobre a consulta aos espíritos:

A primeira regra para se consultar aos espíritos é aquela que são Cipriano ensinou, pois olhai que assim se pode ler na obra de são Cipriano:

Repetimos de uma recomendação: não useis (…) para coisa fúteis, nem para brincadeiras, nem para lotarias, nem para nada que não seja honesto. Não brinqueis com essas coisas  (…) não penseis sequer nisso (…) é faca de dois gumes que poderá conduzir (…) a situações difíceis

Obra de são Cipriano, Pag 385

Pois por isso, assim avisa o ensinamento do santo:

O contacto com os espíritos é coisa seria que tanto pode beneficiar quem a ele recorre com seriedade e verdade, como pode bem prejudicar e desgraçar quem a ele recorre com falsidades ou má-intenção.

Pois por isso:

Quando a espirito se coloca questão falsa, então com falsidade ele responderá, e desolação do espirito retirareis, pois que espirito não é coisa para se brincar nem para ser encarado de ânimo leve.

Da mesma forma:

Jamais consulteis a um espirito por mera curiosidade, nem por leviandade, e ainda menos para testar ao espirito, pois que espirito que é consultado apenas para ser duvidado, para ser motivo de chacota, ou – simplesmente – para ser testado… esse acaba sempre infernizando-vos e fazendo da vossa vida um purgatório.

Fantasmas – o que são fantasmas2

Em resumo, o ensinamento é:

O que se dá ao espirito, é o que do espirito se recebe.

Ou seja:

Se colocardes verdade nas vossas perguntas, então do espirito colhereis verdade na resposta.

E porem:

Se mentiras, leviandades, falsos propósitos, brincadeiras ou falsidades colocardes nas vossas perguntas, então do espirito recebereis deceção, desnorte, desorientação, mentiras, desapontamento e desolação na resposta, pois que os espíritos de mortos e aparições não são coisa para se brincar.

Pois por isso, e conforme dissemos:

O que derdes ao espirito, do espirito recebereis.

Quer isso dizer:

Dai ao espirito verdade e recebereis verdade; dai-lhe mentira e recebereis mentira.

Segunda regra sobre a consulta dos espíritos

Assim se pode ler na obra de são Cipriano:

Se uma pessoa vos consultar (…) e vós não virdes nada, dizei francamente que não vistes nada: não inventeis nada para dizer. O consultante respeitar-vos-á muito mais se não conseguirdes ver nada, do que se disserdes alguma coisa inventada

Obra de são Cipriano, Pag 384

Pois assim se sabe:

A vidência não é como uma lâmpada que se liga e desliga conforme o clique de um interruptor. Por vezes os espíritos querem-se manifestar, e outra vezes eles não querem, e optam por permanecer em silencio, repousando lá nas distantes névoas das profundezas abismais do mundo dos mortos. O vidente tem de respeitar a vontade dos espíritos, e jamais forçar um contato de forma contrariada, pois que os espíritos tendem a reagir mal quando são forçados a manifestar-se contra a sua vontade.

Terceira regra de consulta dos espíritos

Os videntes estão proibidos de revelar certo tipo de mensagens, pois que assim o ensinou são Cipriano quando assim escreveu:

se uma pessoa vos consultar (…) não digais nada que possa vir a destruir um lar, ou causar sofrimento

Obra de são Cipriano, Pag 384

se uma pessoa vos consultar (…) jamais informeis o consultante sobre o dia da morte dele (…) também não aviseis a uma pessoa que ela vai ficar doente ou quem vai falecer

Obra de são Cipriano, Pag 384

Pois assim se sabe:

Certas coisas não deve o vidente revelar, pois podem ser demasiadamente perturbadoras para o consultante, e nesses casos – apesar do vidente receber a mensagem dos espíritos – deve sobre esse augúrio manter silencio e segredo.

Toda a verdade sobre a vidência e videntes

Eis assim toda a verdade sobre a vidência e videntes, para que se entenda este fenómeno, para que se desmistifiquem ideias erradas, para que se clarifiquem equívocos, e para que se recorra da vidência com a plena consciência das suas leis, assim fazendo-se bom uso da mediunidade, da vidência e dos videntes.

Amarrações?

Vidente?

Vidência?

Videntes ?

Escreva-nos!

vidência, mediunidade, espiritismo, vidente, videntes, médiuns, médium, espirita,

Veja tudo sobre a vidência através dos livros sagrados, em: Bibliomancia

 

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações, amarrações de Santeria

amarracao5
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações, amarrações de Santeria

Amarrações, amarrações amorosas, amarrações de santeria, fazer amor voltar, trazer amor de volta, amarração de homem, amarração de mulher, amarração de amante, separar casal,

Os santos são adorados em diferentes formas nas mais diversas religiões. Na religião da santeria, os santos são vistos como deidades ou espíritos. Tanto podem ser espíritos de antepassados ancestrais já há muito falecidos, como podem ser espíritos da natureza.

O sacerote que pratica a religião da santeria é chamado de santeiro, e se for uma sacerdotisa será chamada de santeira, tal como nas religiões brasileiras os sacerdotes são pais de santo ou mães de santo, e tal como na religião crista existe o padre.

A religião da santeria é uma religião iniciática, ou seja:

vodu-separar-casal

é uma religião de culto fechado a quem apenas podem aceder aqueles que foram escolhidos e convidados a entrar nos seus terreiros e templos, sendo que os seus sacerdotes devem passar por um processo iniciático de aprendizagem que demora 3 anos e decorre ao longo de 3 níveis de ensinamentos secretos.

A religião da santeria acredita em um único deus, e porem também acredita que esse deus distante e todo-poderoso tem uma serie de entidades que lhe prestam serventia, e que essas entidades ou espíritos controlam diferentes aspectos da natureza.

Também se acredita que esses espíritos e entidades habitam e manifestam-se na natureza,  e estão em todas as coisas da natureza, assim como guiam e controlam diferentes aspectos da vida humana. Essas entidades podem estar presentes no mar, no vento, na montanha, na arvore, no leão, na serpente, da gazela, no pássaro, nas nuvens, nos rios, no mar, no fogo, na chuva, na água, na madeira, no ferro, na pedra, nas estrelas, no sol, na lua,  no céu e na terra, e em todas as coisas da criação.

È a essas entidades que apelam os sacerdotes santeiros, assim como também invocam aos espíritos dos antepassados ancestrais já falecidos – que habitam no mundo dos mortos e dos espíritos – pois que se  acredita que é  através do mundo das aparições e dos mortos que se pode encontrar resposta e solução aos problemas deste mundo dos vivos..

A santeria sendo uma religião fechada atraiu muitos preconceitos e equivocos sobre o fato de que certos animais são oferendados em sacrifício no decorrer de rituais.

Qual o motivo desse tipo de oferendas?

sigilo2

Explicam os santeiros que na crença da religião da senteria o sangue oferendado em rituais é uma forma de «moeda» de troca espiritual entre este mundo dos vivos e o mundo do Àlem, seja:

Entre o mundo dos mortos, ou o mundo dos espíritos.

Ou seja:

Faz-se um negocio com as entidades espirituais, pagando-se ás assombrações com o sangue das oferendas, para que as entidades e aparições – tendo aceite esse negocio – então venham a este mundo e pratiquem as tarefas e os fins para que foram invocados. Muitos acham esta noção algo incomum, e porem a própria religião hebraica prevê a noção de sangue enquanto um elemento de comunicação com Deus e com os espíritos, pois olhai que na Biblia assim está escrito:

Porque a vida está no sangue; pelo que vos tenho dado o sangue para o derramardes sobre o altar, para fazer expiação pelas vossas almas; porquanto é o sangue que fará expiação pela alma.

Levítico 17:11

Pois então:

já na religião hebraica encontra-se a noção de que o sangue é um tributo a Deus e aos espíritos, através do qual – e da sua oferenda num altar de Deus – se alcançam benesses espirituais como a da expiação dos pecados. Como se pode comprovar, a oferenda de sangue está prevista ate na Palavra de Deus – no Antigo Testamento – e não é nada daquilo que as más publicidades lançam sobre a santeria.

mandragora_mulher

Note-se que os santeiros e santeiras são normalmente grande especialistas nos segredos místicos da ervanária, ou seja:

Os santeiros conhecem as propriedades ocultas e esotéricas das plantas, flores e ervas, e usam-nas com frequência na feitura dos seus rituais mágicos como ingredientes da sua magia milenar.

A amarrações, ou as amarrações de amor da santeria podem ser de natureza variada e podem variar de acordo com as diferentes necessidades de diferentes indivíduos.

As amarrações – nas amarrações de santeria –  podem ser usadas ​​para encontrar o amor verdadeiro, para fortalecer um amor, para trazer de volta um amor, para remover obstáculos ou intromissões a um amor, para fazer a pessoa amada assumir um compromisso amoroso, para atrair uma pessoa desejada para fins sexuais, para conquistar um amante, ou até mesmo para separar casais.

Nas amarrações, muitas das vezes o sacerdote santeiro celebra cerimonias em que usa de ervas místicas secretas, defumações, oblações e libações agradáveis aos espíritos de cemitério, sendo que todos esses preparativos são celebrados de forma a atrair alguém a sentimentos de luxuria, de paixão e de sexo. Da mesma forma são feitas oferendas de galo negro e outros tributos agradáveis aos espíritos. Estando os espíritos invocados, eles são canalizados para incorporar e fazer encosto na pessoa amarrada, e dessa pessoa as entidades e aparições não vão sair nem desencostar, e vão todas as noites trabalhar na sua alma, ate que essa pessoa amarrada pelas amarrações se entregue mansamente ao mandante dessas amarrações.

Quer amarrações ?

Escreva-nos!

Amarrações, amarrações amorosas, amarrações de santeria, fazer amor voltar, trazer amor de volta, amarração de homem, amarração de mulher, amarração de amante, separar casal,

 

 

 

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações, amarrações pelo poder de Deus

amarração de magia branca2
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações, amarrações pelo poder de Deus

amarrações, amarrações de alta magia branca, amarrações de Deus, amarrações de são José, amarrações da virgem Maria

amarração de magia branca1

São Cipriano também se valeu do poder celestial da Luz de Deus para iluminar os caminhos do amor e abrir os corações fechados, e fê-lo em inúmeros casos com grande sucesso.

Sobre a ALTA MAGIA BRANCA, assim se pode ler na oba de são Cipriano:

O segredo que eu aprendi sem que, com isso, ofendesse a Deus omnipotente

Obra de são Cipriano, capitulo «Pacto de Salomão», pag 342

Assim se sabe:

são Cipriano também aprendeu as artes da ALTA MAGIA BRANCA, que é magia que recorrendo ao celestial poder de Deus, então não ofende ao Senhor, e são amarrações que seguem conforme todos os cânones e preceitos da Palavra de Deus.

Por isso mesmo, ao ensinar uma certa bruxa sobre o grande segredo que fazia as amarrações de Deus dar resultado, são Cipriano revelou-lhe que o segredo residia no sinal da cruz, assim como na invocação certa ás forças celestiais de Luz, ou seja:

uma invocação de uma milenar e secreta litania orada em Latim no decorrer da hora do sacramento da sagrada comunhão, ( no momento da oferenda do santo vinho e hóstia consagrada),  celebrada em liturgia numa igreja.

Primeiro momento das amarrações, amarrações de Deus

Pois então:

Nestas amarrações eis que assim deve ser feito, ou seja:

No decorrer da eucaristia, eis que no momento da oferenda do santo vinho e hóstia consagrada se deve fazer o sinal da cruz, assim como se deve orar baixinho uma invocação de uma milenar e secreta litania celebrada em Latim, e assim deve ser feito no decorrer da hora do sacramento da sagrada comunhão, celebrada em liturgia numa igreja.

Segundo momento das amarrações, amarrações de Deus

hostia-eucaristia

Isso estando feito – e cuidai apenas pode faze-lo um sacerdote ordenado – eis que se deve ir o sacerdote ajoelhar num santuário consagrado a são José – caso se trate de um homem que se deseja amarrar por amarrações – ou num santuário consagrado á Virgem Maria, Nossa Senhora mãe de Deus – caso se trate de uma mulher que se deseja amarrar com amarrações.

Nesse momento e nessas amarrações, diante do santuário deve ser depositada uma hóstia consagrada e um cálice – feito de madeira de acácia – com vinho santo de eucaristia.

Assim fazendo-se, então eis que nestas amarrações conforme São José cedeu á vontade de Deus e aceitou Maria, também o homem amarrado por estas amarrações aceitará a mulher que o mandou amarrar.

Da mesma forma:

assim fazendo-se nestas amarrações, eis que conforme a Virgem Maria aceitou a vontade de Gabriel – o anjo anunciador – em conceber do seu ventre o Filho de Deus,  pois a mulher amarrada cederá com humildade e entregar-se-á ao homem que a mandou amarrar.

Ao assim fazer-se nestas amarrações, novamente deve ser orada e milenar litania secreta e oculta em latim, e isto deve ser feito em solo santo de igreja ao longo e 12 dias, sempre ao meio-dia.

Note-se que para esta segunda parte da feitura das amarrações deve ser usada uma capela particular e consagrada pela Igreja, pois que tais rituais devem estar ausentes de olhos de estranhos ou curiosos, pois a máxima discrição, respeito, devoção e secretismo devem ser salvaguardados.

Amarrações, como a Palavra de Deus as explica

profetas

Quando se fala de amarrações com recurso ao poder de Deus, qual o fundamento teológico desse ensinamento?

Pois então, olhai que assim está escrito na Palavra de Deus:

«[ Deus] os PRENDE com correntes e os AMARRA com LAÇOS »

Job 36, 8

Deus tem o poder de prender e amarrar uma alma, e a isso mesmo se chama…. «Amarrações», sendo que essa consiste numa intervenção de Deus que visa fazer o coração endurecido, desviado e rebelde, acabar por ceder e vergar-se aos destinos que Deus marcar a uma alma.

Que assim é, eis que atestam as escrituras, onde assim está escrito:

Quando os prende com correntes e os amarra com laços da aflição, é porque Ele só quer denunciar-lhes as acções (…) [ causadas] pelo orgulho. E assim, deus abre-lhes os ouvidos (…) se eles Lhe derem atenção e se submeterem, terminarão os seus dias em prosperidade e os seus anos em bem-estar. Se não obedecerem, atravessarão a fronteira da morte sem dar por isso

Job 36, 8-11

 

magia negra e Balaão

Assim se sabe que Deus pode AMARRAR uma alma em aflições, ate que ela ceda e escute a vontade de Deus. E a isso chama-mse… AMARRAÇOES.

As amarrações usadas através do poder dos santos e de Deus são um procedimento espiritual de ALTA MAGIA BRANCA que é particularmente útil em casos em que a pessoa amada é muito orgulhosa, ou o seu coração está frio e endurecido, ou é uma pessoa volúvel ás influencias de outros sujeitos rivais ou intrometidos, e por esses motivos a pessoa teima em não se entregar a quem a ama de verdade.~

Efeitos destas amarrações

Grande será o sofrimento de quem vê a pessoa amada negar-se a retribuir esse amor, e por isso grande deve ser o remedio aplicado a tal pessoa de coração irredutível.

Pois por isso, olhai que assim está escrito:

Um laço o prende pelo calcanhar e o segura firme. A corda está escondida no chão, e a armadilha no seu caminho.(…) a sua prosperidade transformar-se-á em carestia e a desgraça estará de pé ao seu lado (…) será expulso da luz para as trevas, e exilado

Job 18,10-18

Eis que assim se atesta como Deus pode «amarrar» uma alma, de forma segura e firme, e eis que assim se observa como ficará a alma «amarrada» pela própria mão do Senhor, pois que se vos revela que ela será vítima de armadilha, ela será acompanhada pela desgraça e ela será exilada de toda a felicidade e de todo o bom destino, e assim será ate que essa alma largue de resistir e se entregue a quem Deus decretou, que é o mandande das amarrações.

Eis assim que este é o poder de Deus actuando contra o coração teimoso e desviado, e eis que isto vos é revelado na Palavra das escrituras, e eis assim que clamar a Deus conforme a sua palavra não constitui pecado, mas antes e apenas é apelar ao cumprimento de todo o poder de Deus conforme revelado na sua Palavra, e em defesa do coração sofredor.

Assim e por estas amarrações, a pessoa que se recusa  entregar será em espirito o no seu espirito exilada da felicidade e da Luz de Deus ate que se canse de andar nesse purgatório, e vá com humildade entregar-se a quem destas amarrações recorreu.

Quer amarrações?

Escreva-nos!

amarrações, amarrações de alta magia branca, amarrações de Deus, amarrações de são José, amarrações da virgem Maria

 

Recomende, partilhe e vote nesta matéria
1 2 3 24