Tag Archives: amarraçoes para mulher voltar

Amarrações, seus elementos e segredos mágicos na Bíblia

conjuracao-espiritos
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações, seus elementos e segredos mágicos na Bíblia

w13

Ao contrário daquilo que comummente se pensa, a Bíblia tem – escrita ocultamente e apenas para quem o sabe ler e ver – um autêntico compendio de ensinamentos mágicos e místicos que foram imiscuídos encriptadamente no santo texto.

Pois bem:

todos estes elementos mágicos e segredos ocultos são usados nos processos místicos de feitura das mais fortes amarrações. Pois por isso, deixamos aqui a prova bíblica das técnicas místicas usadas na feituras das mais fortes amarrações conforme são Cipriano ensinou.

Assim sendo:

Analisemos os vários elementos mágicos usados na magia e citados na Bíblia

O incenso na magia conforme a Bíblia:

w10

Assim está escrito:

Arão fez o que Moisés ordenou e correu para o meio da assembleia. A praga já havia começado entre o povo, mas Arão ofereceu o incenso e fez propiciação por eles.

Números 16,47

Assim se sabe: uma grande praga tinha caído sobre o povo de Israel, e a oferta de incenso fez a propiciação pelo povo, ou seja: o incenso foi usado para agradar ao espirito de Deus, e para beneficiar o povo de Deus. Pois é para isso que o incenso serve: para atrair a benevolência positiva do espirito, assim como para afastar os males que afligem o sofredor, conforme o incenso afastou a praga do povo de Israel.

Mais assim está escrito:

Salomão amava o Senhor, o que demonstrava andando de acordo com os decretos do seu pai, Davi; mas oferecia sacrifícios e queimava incenso nos lugares sagrados. 

1 Reis 3,3

Salomão – grande rei Hebreu que também praticava as artes da magia – seguia os preceitos de Deus, ao mesmo tempo que oferecia incensos em locais sagrados a outras entidades e espíritos. E assim Salomão prosperou e foi o maior dos reis de Israel, tal está confirmado na Bíblia.

Pois então: o uso de incensos consagrados e adequados ás demandas e conjurações certas, isso é importante na execução de bruxarias, incluindo nas amarrações.

Pois bem: eis o uso de incensos no acto magico confirmado na Bíblia.

Formulas místicas na magia conforme a Bíblia:

amarracao1

Assim está escrito no Livro de Tobias:

2 O jovem partiu e, com ele, o anjo. Também o cão saiu com ele e os seguiu. Puseram-se ambos a caminho até que os alcançou a primeira noite. Acamparam então às margens do rio Tigre. 3 Tobias desceu para lavar os pés no rio, quando um peixe enorme, saltando da água, quis devorar-lhe o pé. Tendo ele gritado, 4 o anjo lhe disse: “Agarra o peixe e não o deixes escapar!” Tobias conseguiu agarrar o peixe e puxou-o para a terra. 5 O anjo lhe disse: “Abre-o, separa o fel, o coração e o fígado e guarda-os contigo, e joga fora as entranhas. O fel, o coração e o fígado são úteis para remédio. 6 Abrindo o peixe, Tobias colheu o fel, o coração e o fígado. Depois, assou um pedaço, comeu e salgou o resto. A seguir, continuaram juntos a viagem, até que se aproximaram da Média. 7 Então, o jovem fez ao anjo esta pergunta: “Azarias, meu irmão, que remédio existe no coração e no fígado do peixe, e no fel?” 8 O anjo respondeu: “O coração e o fígado do peixe, se os queimares diante de homem ou mulher que sofram investida de um demônio ou espírito malvado, a investida cessará e não ficará mais com eles. 9 Quanto ao fel, serve para untar com ele os olhos do que tem manchas brancas, depois sopra-se sobre elas e a pessoa fica curada” (…)

Agora, pois, escuta-me, irmão. Não te preocupes com esse demônio e aceita-a. Aliás, sei que esta mesma noite ela te será dada como esposa. 17 Quando entrares no quarto, toma do fígado e do coração do peixe e coloca-os sobre as brasas do incenso. O cheiro vai se espalhar, o demônio o sentirá, acabará fugindo, e nunca mais aparecerá em volta dela. (…)

1 Quando terminaram de comer e beber, quiseram dormir. Levaram o jovem e o acompanharam até o quarto. 2 Tobias então lembrou-se das palavras de Rafael, e retirou da sua bolsa o coração e o fígado do peixe e os colocou sobre as brasas do incenso. 3 O odor do peixe manteve à distância o demônio, que fugiu para as regiões mais remotas do Egito. Rafael 12 foi até lá, prendeu-o e logo voltou

Livro de Tobias

Os odores e certas fórmulas místicas preparadas conforme sabedorias espirituais – conforme ensinou o anjo Rafael a Tobias – afastam demónios e livram do mal. Pois da mesma forma: os odores e formulas místicas também atraem entidades beneficiadoras, e trazem aquilo que se deseja.

Pois da mesma forma: o uso de formulas misticas ocultas é importante na execução de bruxarias, incluindo nas amarrações.

Assim sendo: eis na Bíblia o fundamento das fórmulas ocultas.

Sal na magia conforme a Bíblia:

sal-mar-morto

Assim está escrito:

e faça um incenso de mistura aromática – obra de perfumista. Levará sal e será puro e santo. 

Êxodo 30,35

Assim se sabe: o sal torna puro e santo, e por isso o sal santifica e purifica, ou seja: o sal limpa e afasta todo o mal, má entidade e más presenças.

Pois então: o uso do sal, ( assim como de pós magicos), é importante na execução de bruxarias, incluindo nas amarrações.

Logo:

eis o significado magico do sal presente na Bíblia

 

Velas na magia conforme a Bíblia:

amarracao9

Assim está escrito:

O anjo de Deus apareceu numa chama de fogo, do meio de uma sarça (…) a sarça ardia no fogo, mas não se consumia

Êxodo 3,2

Pois então: conforme um anjo de Deus se manifestou a Moisés numa chama de fogo, pois assim se sabe que o espirito tem a capacidade de se manifestar numa chama de fogo, que é aquilo que é uma vela. Por isso mesmo, a vela é usada como um meio de permitir ao espirito vir  a este mundo e neste mundo manifestar-se em forma corpórea e visível.

Mais assim está escrito:

A tua palavra é lâmpada [ mesmo que: vela]
que ilumina os meus passos
e luz que clareia o meu caminho.

Salmo 119,105

Pois assim se sabe: a palavra e a presença do espírito é como uma vela que ilumina e clareia os caminhos do homem, e por isso a vela representa a presença do espirito e da sua orientação, da sua iluminação que clareia e abre caminhos. O uso da vela tem esse significado, e a cor da cada vela que é usada num ritual apela a um certo tipo de entidade espiritual que guia, orienta e clareia caminhos num certo tipo de demanda, e rumo a um certo tipo de objectivo.

Pois então: o uso de velas, ( usando-se velas da cor certa, e velas ungidas com as substancias certas, etc), é importante na execução de bruxarias, incluindo nas amarrações.

Logo:

Eis assim o significado das velas no acto magico confirmado pela Bíblia.

Pedras e minerais na magia conforme a Bíblia:

Assim está escrito:

Em se­guida, fixe nele quatro fileiras de pedras precio­sas. Na primeira fileira haverá um rubi, um topázio e um berilo;

Êxodo 28,17

Serão doze pedras, uma para cada um dos nomes dos filhos de Israel, cada uma gravada como um selo, com o nome de uma das doze tribos.

Êxodo 28,21

vodu

Neste caso, eis que pedras semi-preciosas e preciosas foram usadas para representar as 12 tribos de Israel, assim como para –  sobre essas tribos do povo de Deus – lançar a bênção e a proteção do espirito de Deus. Por isso, assim se sabe: pedras preciosas, semi-preciosas e determinados minerais são usados não apenas como simbologia ritualística, mas também como fontes de apelo e invocação de certas vibrações e energias espirituais, e sendo usadas corretamente podem servir para proteger e abençoar, assim como proporcionar e beneficiar, mas também para amaldiçoar e fazer recair terreiveis entidades. Pedras como  jaspe vermelho são mencionadas na milenar tradição hebraica como tendo sido as pedras usadas na fundação de Jerusalém, pois que atraem energias de proteção, são como muralhas espirituais.

Pois então: o uso de gemas e pedras preciosas ou semi-preciosas em rituais magicos, ( usadas para atrair as energias espirituais certas e energizar feitiços), é importante na execução de bruxarias, incluindo nas amarrações.

Logo:

Eis assim as pedras e minerais,( como elemento de actos magicos), atestadas na Biblia.

Cores na magia conforme a Bíblia:

vodu-1

Assim esta escrito:

Farás também para a porta da tenda um reposteiro de estofo azul” 

Êxodo 26.36

Pois assim sendo: conforme a cor azul foi escolhida pelo espirito de Deus para figurar na porta da tenda onde se cultuava a Deus, então a cor azul é anunciada como uma cor associada aos altares, aos templos e ao sacerdócio. È por isso uma cor que pode ser usada para se entrar em contato com o espirito, para se enviar mensagens ao espirito, para do espirito receber mensagens, assim como para se venerar ao espirito, para oficiar ritos ao espirito, para pedir ao espirito as suas benesses.

Da mesma forma, tambem assim está escrito:

“Os soldados, tendo tecido uma coroa de espinhos, puseram-lha na cabeça e vestiram-No com um manto de púrpura.” 

João 19.2

Assim sendo:

A purpura é uma cor associada com os sofrimentos espirituais, pois que foi a cor presente no momento dos padecimentos da crucificação de jesus. È também uma cor representativa da passagem deste mundo carnal para o mundo do espirito, e atrai as enegrias que proporcionam a abertura de portas e a canais entre o mundo dos vivos e mundo das almas ou o mundo do Além-túmulo.

Pois da mesma forma: o uso das cores certas nos rituais, ( seja em velas, como em vestuários, como em minerais, como em altares ou locais de invocações, etc), é importante na execução de bruxarias, incluindo nas amarrações.

Em resumo: eis a importância das cores no acto magico assim confirmada pelo texto bíblico.

Sangue na magia conforme a Bíblia:

sigilo2

Assim está escrito:

o sangue, eu vos lo dei para fazerem propiciação por vocês mesmos no altar; é o sangue que faz propiciação pela vida. 

Levitico 17,11

Pois assim se sabe: declarou o espirito de Deus que o sangue foi dado ao homem para se fazer no altar a propiciação em favor do homem, ou seja: que o sangue foi dado ao homem para que – num altar e em ritual – se apele ás benesses e á benificiaçao do espirito nas causas de demandas pelas quais o homem procura ao espirito.

Pois da mesma forma: o uso de sangue, ( seja em oferendas, seja em aspersões, seja em poções, sema a riscar sigilos ocultos, etc), é importante na execução de bruxarias, incluindo nas amarrações.

Pois bem: eis o significado do sangue no acto magico atestado e confirmado na Biblia.

Água na magia conforme a Bíblia:

agua-benta2

Assim está escrito:

Derramarei sobre vos uma agua pura, e ficareis purificados. Vou purificar-vos de todas as imundices. (…) Dar-vos-ei um coração novo, e colocarei em vós um espírito novo

Ezequiel 36,25-26

Pois assim se sabe: a água é um elemento purificador que limpa espiritualmente, e que tambem permite a canalização de novos espiritos a este mundo.

Pois da mesma forma: o uso de água abençoada, ( seja em poções, ou formulas misticas, ou actos misticos, etc), é importante na execução de bruxarias, incluindo nas amarrações.

Eis por isso a água enquanto um elemento magico confirmado na Bíblia.

Culto aos mortos na magia conforme a Bíblia:

tabua-ouija4

Assim está escrito:

Arão se pôs entre os mortos e os vivos, e a praga cessou.

Numeros 16,48

Assim se sabe: Arão pos-se entre os mortos e os vivos, e assim fazendo-o eis que se curarem as pragas dos vivos. Por isso: pelo contacto com os mortos tanto é possível gerar pragas como curar pragas. Ou seja: assim se atesta que o mundo dos mortos é tao real como o mundo dos vivos, e pelo mundo dos mortos tanto grandes trevas podem vir a este mundo, como grandes benefícios e curas se podem colher neste mundo. Eis por isso o mundo do Além-túmulo confirmado na Bíblia.

Mais assim está escrito:

[ Deus disse:] Ouço o sangue do teu irmão clamando da terra por mim

Génesis 4,10-11

Mais assim está escrito:

Durante aquela noite (…) saída das profundezas do (…) reino dos mortos (…) eles eram perseguidos por fantasmas

Sabedoria 17,13-14

Pois assim sendo: a existência de espíritos, assombrações e aparições são confirmadas pela Bíblia.

Mais assim está escrito:

Oferece o teu pão e o teu vinho sobre o túmulo dos justos

Tobias 4,17

E mais está escrito:

Não negues a tua atenção aos mortos

Eclesiástico 7,33

Pois então: o contacto com espíritos, o culto dos mortos e a invocação de assombrações e aparições do mundo do Além-túmulo é importante na execução de bruxarias, incluindo nas amarrações.

Pois bem: o mundo dos mortos, o contato com os mortos e o culto aos mortos – através de oferendas aos mortos – é confirmado na Biblia.

Oferendas alimentícias na magia conforme a Bíblia:

oferenda-alimentos

Assim está escrito:

Quando alguém fizer uma oblação a Deus, a sua oferta será de flor de farinha: sobre ela derramará o azeite e colocará incenso (…) quando ofereceres uma oblação cozinhada, será de roscas sem fermento, feitas com flor de farinha amassada com azeite; ou de bolinhos sem fermento, untados com azeite (…)

Levítico 2,1-3

Mais assim está escrito:

Oferecei também a libação de um litro de vinho

Levítico 23,13

Pois assim se sabe que libações, (oferendas de bebida aos espíritos) e oblações, (oferendas de comida aos espíritos), são instrumentos místicos que se usados corretamente emanam chamamentos agradáveis a certas energias e entidades espirituais, assim convidando á sua presença neste mundo dos vivos.

Pois da mesma forma: o uso das oferendas de bebidas, ( libações), e de comidas, ( oblações), agradáveis aos espíritos invocados, ( gerando elas vibrações de chamamento agradáveis a essas entidades), é importante na execução de bruxarias, incluindo nas amarrações.

Por isso:

Assim se confirma a importância das oferendas como elemento invocatório de vibrações espirituais e de entidades. Cada tipo de oferenda proporciona uma vibração ou energia agradável a determinado tipo de entidade espiritual, concorrendo assim para a sua conjuração bem-sucedida. Eis assim as oferendas como instrumento magico confirmadas na Bíblia.

Oferendas animais na magia conforme a Bíblia:

Fotos do verdadeiro e antigo altar místico de são Cipriano4

Assim está escrito:

Vou oferecer-Te gordos holocaustos, com o fumo de carneiros, vou imolar bois e cabritos

Salmo 66, 15

Mais assim está escrito:

Então disse Balaque a Balaão: Que me fizeste? Chamei-te para amaldiçoar os meus inimigos, mas eis que inteiramente os abençoaste.
E ele respondeu, e disse: Porventura não terei cuidado de falar o que o Senhor pôs na minha boca?
Então Balaque lhe disse: Rogo-te que venhas comigo a outro lugar, de onde o verás; verás somente a última parte dele, mas a todo ele não verás; e amaldiçoa-mo dali.
Assim o levou consigo ao campo de Zofim, ao cume de Pisga; e edificou sete altares, e ofereceu um novilho e um carneiro sobre cada altar.
Então disse a Balaque: Fica aqui junto do teu holocausto, e eu irei ali ao encontro do Senhor.
E, encontrando-se o Senhor com Balaão, pôs uma palavra na sua boca, e disse: Torna para Balaque, e assim falarás.

Números 23:11-16

Pois assim se sabe: um rei contratou o profeta Balaão para amaldiçoar o povo de Deus, mas Balaão era mago que trabalhava com o espirito de Deus, e a quem o espirito de Deus respondia. Pois Balaão edificou 7 altares onde celebrou dezenas de oferendas animais de novilho e cordeiro, e assim fazendo-o eis que o espirito de Deus lhe veio e lhe falou, pois que era pelo espirito de Deus que Balaão tanto amaldiçoava ou abençoava quem procurava aos seus serviços.

Pois da mesma forma: o uso da oferendas de animais celebradas em rituais de invocaçao é importante na execução de bruxarias, incluindo nas amarrações.

Assim sendo: eis que a oferenda de animais no acto magico está assim confirmada na Bíblia.

Ervas e raízes na magia conforme a Bíblia:

 

w2

Assim está escrito:

E foi Rúben nos dias da ceifa do trigo, e achou mandrágoras no campo. E trouxe-as a Lia sua mãe. Então disse Raquel a Lia: Ora dá-me das mandrágoras de teu filho.
E ela lhe disse: É já pouco que hajas tomado o meu marido, tomarás também as mandrágoras do meu filho? Então disse Raquel: Por isso ele se deitará contigo esta noite pelas mandrágoras de teu filho.
Vindo, pois, Jacó à tarde do campo, saiu-lhe Lia ao encontro, e disse: A mim possuirás, esta noite, porque certamente te aluguei com as mandrágoras do meu filho. E deitou-se com ela aquela noite.

Gênesis 30:14-16

Pois então: conforme foi através das influencias místicas da Mandrágora que Lia «alugou» Jacob, ( ou seja: tomou Jacob emprestado de Raquel através da magia), e assim Jacob e deitou com Lia, ( e por isso o espirito de Deus consentiu que Lia engravidasse e tivesse o quinto filho de Jacob, nascido que foi esse filho de uma noite proporcionada pela magia), então assim se sabe que certas ervas e raízes possuem fortes propriedades esotéricas que podem ser usadas para os mais diversos fins.

Pois da mesma forma: o uso das propriedades magicas de ervas e raizes, ( seja em defumaçoes, seja em poções, seja em rituais, etc), é importante na execução de bruxarias, incluindo nas amarrações.

Pois por isso: eis os segredos mágicos das ervas e raízes confirmados pela Biblia.

Amarrações?

Bruxaria?

Feitiçaria?

Escreva-nos!

 

Recomende, partilhe e vote nesta matéria