Tag Archives: magia de sangue amarrações

Trabalhos de amarração, trabalhos de magia

vodu-1
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Trabalhos de amarração, trabalhos de magia

colarinho_sacerdotal

O sacerdote Daniel trabalha há 20 anos nos ofícios ocultos de são Cipriano, lidando assim como o fenómeno espírita e necromântico através dos saberes mais ancestrais saberes de são Cipriano.

Pois assim, pelo sacerdote e no altar de são Cipriano celebram-se amarrações, trabalhos de amarração, verdadeiros trabalhos de amarração em Portugal.

Como ?

Lidando nas mais ocultas artes da bruxaria, pelas quais se operam bruxarias, bruxarias de sao Cipriano, bruxarias de magia negra, bruxarias de amarração.

Trabalham-se assim em rituais de  bruxaria de magia negra, sendo essas bruxarias de magia negra e bruxaria luciferiana, especialmente dirigidas ás bruxarias de amor, aos trabalhos para o amor.

Através desses trabalhos de magia, fazem-se  bruxarias para amarrar a pessoa amada, bruxarias para amarrar o homem, bruxarias para amarrar o marido, bruxarias para a amarrar mulher, amarrações para ter o amante.

Em certos casos de infertilidade, ( que são fonte de grande tormento seja para a mulher como para o casal que lhe vê negada a alegria da maternidade e paternidade), aplicam-se com sucesso as mais seculares bruxarias para engravidar.

Para os assuntos de sofrimentos amorosos, opera-se em bruxarias para trazer amor de volta, bruxaria para fazer o homem voltar, bruxaria para trazer o marido de volta, trabalhos para fazer a mulher voltar, trabalhos para fazer a pessoa amada voltar.

w13

Nos casos em que se justifica, também se aplica as bruxarias para separar casal, e bruxarias para separar duas pessoas.

Em assuntos de relacionamentos difíceis ou indesejados, elabora-se bruxaria para afastar marido, trabalho para afastar conjugue, trabalhos para afastar o companheiro, bruxarias para afastar pessoas indesejadas.

Já quando o casamento é desejado e porem teima em não ocorrer, usa-se de bruxaria para casar, trabalho para amarrar o homem, trabalho para amarrar a mulher, trabalho para amarrar a pessoa amada.

Em casos delicados, é possivel também fazer trabalho para ter marido e amante, assim como bruxaria para ter mulher e amante. Também se operam em trabalhos para amarrar o homem casado, e trabalhos para amarrar a mulher casada.

E porque o amor não tem corpo nem sexo, mas sim é amor e apenas amor, também se oficiam amarrações gay, amarrações homossexuais.

w7

Assim, é possível pelos trabalhos de magia  tanto separar duas pessoas,  como amarrar duas pessoas, amarrar mulher, amarrar homem, amarrar amante, fazendo-se a amarração de marido, amarrações de marido, amarrações do homem casado, amarrações para casar, amarrações para amarrar mulher, amarrações para ter a pessoa amada, amarrações para o  amor.

O sacerdote lida por isso em amarrações de magia negra, amarrações de são Cipriano; Tratam-se de amarrações em Portugal, amarrações oficiadas no altar são Cipriano e bruxa Èvora.

Amarrações?

Trabalhos de magia ?

Escreva-nos!  

Temas:

Amarrações, amarrações amorosas, trabalhos de amarração, trabalhos de magia, trabalhos de bruxaria, trabalhos de bruxaria em Portugal, bruxaria em Portugal, bruxos em Portugal, bruxas em Portugal, amarrações em Portugal, amarrações que funcionam, trabalhos para amarrar marido, trabalhos para amarrar, homem, trabalhos para amarrar mulher, trabalhos para engravidar, trabalhos para separar duas pessoas, trabalhos para amarrar duas pessoas, trabalhos para casar, trabalhos para ter marido, trabalhos para ter amante, trabalhos para desfazer casamento, trabalhos para salvar casamento, trabalhos para evitar divorcio, trabalhos para ter divorcio, trabalhos para divorciar, trabalhos para ter marido e amante, trabalhos para ter amante e marido, bruxaria, bruxarias, bruxarias de sao Cipriano, bruxarias de magia negra, bruxarias de amarração, bruxaria de amarração, bruxaria de magia negra, bruxarias de magia negra, bruxarias de amor, bruxaria luciferiana, bruxarias para amarrar mulher, bruxarias de são Cipriano, bruxarias de amarração, bruxarias de amor, bruxarias para o amor, bruxarias para amarrar pessoa, bruxarias para amarrar homem, bruxarias para amarrar marido, bruxarias para amarrar mulher, amarrações para amante, bruxaria para engravidar, bruxaria para trazer amor de volta, bruxarias para trazer amor de volta, bruxaria para trazer homem de volta, bruxaria para trazer marido de volta, bruxarias para trazer marido de volta, bruxaria para separar casal, bruxarias para separar casal, bruxaria para afastar marido, bruxaria para ter amante, bruxaria para casar, bruxaria para separar duas pessoas, bruxarias para conseguir casar, bruxarias para salvar casamento, bruxarias para obter divorcio, bruxarias para divorciar, bruxarias para desfazer casamento, bruxaria para ter marido e amante, bruxaria para ter amante e marido, bruxaria para ter mulher e amante, bruxaria para ter amante e mulher, amarrar mulher, amarrar amante, amarração de marido, amarrações de marido, amarrações do homem casado, amarrações para casar, amarrações para amarrar mulher, amarrações de magia negra, amarrações de são Cipriano, amarrações em Portugal, altar são Cipriano, amarração de marido, amarrações para trazer amor de volta, amarração para trazer amor de volta, amarrações para trazer marido de volta, amarrações para trazer homem de volta, amarração para trazer homem de volta, amarrações para trazer mulher de volta, amarrações homossexuais, amarrações gay, feitiçaria, feitiçaria para o amor, feitiçaria para casar, feitiços para o amor, feitiços para casar,

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Trabalhos de amarração com sigilos

sigilos1
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Trabalhos de amarração com sigilos

Para se castigar alguém que não queira ceder ás solicitações amorosas, ou que insista em não se entrega a quem lhe ama, então nesses casos deve-se usar das mais fortes invocações de espíritos e assombrações!, para que sendo essa pessoa me espirito fustigada espiritualmente, então ela acabe por ceder e se entregara a quem a deseja.
Esta magia – desde já dizemos – não é tão simples como parece, e ela não é fácil de ser feita. Não obstante, ela é um trabalho de invocação de espíritos que tem a maior eficiência em casos nos quais a pessoa amada insiste numa separação ou teima num afastamento, e tudo isso ocorre por vezes pela intromissão de outras pessoas, e outras vezes sem qualquer motivo aparente, sendo que a pessoa – de um dia para o outro – muda da águia para o vinho!
Assim sendo:
Nesses casos , ( em que pessoa muda sem explicação da água para o vinho!), deve-se fazer uso dos trabalhos de amarração com sigilos conforme são Cipriano os ensinou!, pois que são Cipriano sabendo que os males do amor e do espirito são tao graves como os males da saúde e do corpo, então o santo bem se dedicou a estudar e elaborar remédios do espirito para os males do amor e do espirito, conforme os médicos – desde a antiguidade – se dedicaram a elaborar os remédios do corpo para os males da saúde e para as enfermidades do corpo!, pois são Cipriano bem entendeu que se os remédios da saúde podem prologar a vida do corpo, porem a vida do corpo não é nada sem amor!, e se a vida do corpo for uma vida afligida de infortúnio e infelicidade!
Isto explicado:
sigilo5Um dos grandes instrumentos dos trabalhos do espírito são os sigilos.
Os sigilos na religião de Santeria, ( conforme na religião vodu e umbanda), são símbolos ou diagramas que sendo bem desenhados, ( ou «riscados», conforme se diz na nossa religião), são aquilo a que se chama pontos riscados, ou seja:
são símbolos espirituais que ,( sendo desenhados no decorrer de um ritual místico bem oficiado), então são altamente conjuradores e invocatórios de espíritos!, motivo pelo qual trabalhos feitos com recurso a estes símbolos ocultos são altamente potentes!
Os sigilos podem ser desenhados em cré sagrado, em sal, ou em sangue de uma oferenda de ave negra especialmente criada para ser oferendada aos espíritos.
Normalmente executam-se rituais com os sigilos sendo desenhados com cré sagrado ou sangue de oferenda animal.
Qual a diferença entre sigilos?
Os sigilos desenhados em sal ou óleo sagrado de Israel ardendo, esses são normalmente usados para repelir espíritos maus, e para fazer afastar o mal. Esses sigilos são desenhados com sal e em torno de um circulo de sal, ( ou de um círculo de óleo sagrado de Israel ardendo), e desenhados em solo sagrado para trabalhos de limpeza espiritual.

Os sigilos desenhados em cré sagrado ou sangue de animal sacrifical são normalmente usados para atrair espíritos que se desejam invocar, e aos quais se deseja encomendar uma certa demanda, para que depois eles vão em espirito assombrar alguém, ate que essa pessoa vá ceder e se entregue á finalidade do trabalho espiritual celebrado.
O que são sigilos?
Os sigilos são diagramas ocultos ou símbolos sagrados que, (sendo incluídos num ritual espiritual devidamente celebrado), invocam a espíritos de uma forma irresistível para as entidades espirituais que estão sendo conjuradas!, pois que os sigilos são como códigos ou chaves que abrem a porta a um chamamento espiritual que sendo bem lidado, ele garante que a entidade espiritual – ali invocada num ritual – virá do mundo dos espíritos! , e ela travessará a nebulosa fronteira entre o mundo dos mortos e o mundo dos vivos!
Como usar os sigilos?
sigilo2Os sigilos, ( especialmente aqueles desenhados com cré sagrado, ou com sangue de oferenda animal sacrificial), são por isso usados como um «telemóvel» ou um «celular» que faz uma chamada do nosso mundo dos vivos para o outro mundo dos mortos, ( ou para o mundo dos espíritos, ou para o reino dos mortos), de forma a que assombrações e aparições sejam chamadas a vir ao nosso mundo dos vivos!, e em espirito operem numa certa demanda!
Quando os sigilos são desenhados – num trabalho de amarração – eles devem ser riscados em solo sagrado, e com sangue de oferenda de galinha preta ou gado negro especialmente criado para fins de oferendamento aos espíritos.
No centro do sigilo, devem ser vertidas 3 gotas de sangue do mago santeiro que está invocando ao santo e aos espíritos, pois que assim se activará o ritual.
Porque se usam as 3 gotas do sangue de um mago santeiro?
Porque assim ensinou são Cipriano na sua obra:
o diabo apareceu-lhe na figura de um corvo e disse-lhe:

– Que foi que combinamos? (…)
-perdoa grande senhor! – implorou siderol – perdoa , que de tudo me olvidei!
E acto contínuo, picou o dedo mindinho e assinou a escritura com sangue.
O diabo (…) disse-lhe:
– Aqui te deixo. Toma todo o outro que desejares – e dando um voo desapareceu
Obra de são Cipriano, Enguerimanços de são Cipriano ou prodígios do diabo, capitulo 9º, Pag 262

Pois assim se sabe:
O sangue daquele que foi aceite pelos espíritos para fazer pacto com os espíritos, esse representa a assinatura final que autentifica esse pacto para com os espíritos!
Pois por isso:
No diagrama ou sigilo oculto devem ser derramadas 3 gotas provindas do dedo mundinho do sacerdote caceteiro, pois que assim se fazendo então estar-se-á activando uma poderosa invocação de espíritos e assombrações.
Porem, avisamos:
Não deve jamais ser derramado o sangue de um leigo nem de um curioso, mas apenas sangue de um sacerdote ungido para lidar com espíritos, pois que indo o desconhecedor ou o incrédulo lidar em tais artes, então ele poderá atrair apenas grandes maldiçoes e enguiços sobre si ou as pessoas á sua volta!, tornando-se vitima de assombrações, de espectros, e todo o tipo de má-sorte!
Isto explicado:
Nesse momento, ( em que um sacerdote ungido verte 3 gotas do seu próprio sangue no centro de um sigilo desenhado com cré sagrado ou sangue de oferenda de galinha preta ou gado negro), deve ser entoada uma secreta e oculta litania em latim, e ela deve ser orada sem erros nem desvios, para que não se acabe invocando a espíritos e assombrações indesejáveis!!, ao invés de se invocar aos espíritos certos para acudirem á demanda que se está ali entregando!, pois que errando no perfeito desenho do sigilo, ou entoando erradamente essa oculta litania de latim, então o feiticeiro pode acabar sendo possuído por espíritos malignos ao invés de alcançar o bom destino que deseja edificar com a sua magia.
E porem:
Sendo este trabalho de amarração feito com sigilos ocultos acertadamente lidado, então é certo que poderosos espíritos e assombrações serão invocados!, e é certo que passados 7 dias apos estes trabalhos de amarração com sigilos estarem concluídos, então essa pessoa será em espirito e no seu espirito cercada e perseguida de assombrações e aparições que lhe irão assombrar e em espirito fustigar ate que essa criatura amarrada vá ceder!, e assim sucederá pelo tempo que tiver de ser!, e assim ocorrerá pelo tempo que tiver de passar, até que essa pessoa se vá entregar ao mandante da amarração amorosa.
Como vão funcionar os trabalhos de amarração com sigilos ?
espiritosSendo os trabalhos de amarração com sigilos bem celebrados, então dai em diante, ( como em qualquer poderoso trabalho de Santeria), a pessoa amarrada pode teimar em andar por onde quiser e com quem quiser, e ela pode teimar em andar sorrindo de felicidade ao lado de quem quiser, que porem os espíritos, aparições e assombrações estarão sempre em espirito fustigando no espirito dessa pessoa!, e assim será pelo tempo que for necessário – e que os espíritos determinarem – ate que essa pessoa se entregue a quem lhe mandou amarrar.
Nos trabalhos de amarração com sigilos,( como em qualquer forte trabalho de Santeria), é bem possível que a pessoa amarrada comece tendo pesadelos, que comece escutando estranhos ruídos na sua casa, que comece vendo lâmpadas piscar sem explicação, que veja vultos ou assombrações, que sofra avarias inesperadas em todo o tipo de equipamentos eletrónicos ou mecânicos, que sofra alterações de humor inesperadas, que sinta dores de cabeça, que sinta afrontamentos, que sinta o estomago cheio e pesado sem porem nada ter comido que o justifique, que sinta um peso em cansaço em cima do corpo, que dê arrotos inesperados e sem justificação, que se sinta desorientada e tendo atitudes como se não estivesse em si mesma, que manifeste por vezes revolta, rebelde, ou tenha atitudes desagradáveis, que se entregue – sem saber porquê – a uma certa boémia desvairada, que ande perdia por maus caminhos ou andando amorosamente com as pessoas erradas, pois essa criatura infestada por espíritos será perturbada e assombrada de todas as formas imagináveis!!, e assim será para a desorientar a um ponto em que , (estando de tal maneira perturbada, desorientada e perdida!!), essa criatura amarrada não tendo mais saída nem solução, então ela vá encontrar abrigo e segurança junto de quem lhe mandou amarrar!, e se lhe entregue!
Por isso, vemos repetir o ensinamento de santo que sempre anunciamos, querendo isto dizer:
.Demore o que demorar, e teime o que teimar, essa pessoa, ( 7 dias apos o trabalho estar feito), será todas as noites, ( de 7 em 7 noites, e pelo tempo que for necessário), sempre em espirito e no seu espirito assombrada sem cessar, ate que essa pessoa vá ceder e se entregar ao mandante dos trabalhos de amarração da tabua de Ouija.
Assim sendo:
Nos trabalhos de amarração com sigilos, a alma da pessoa amarrada será em espirito castigada, assombrada e atormentada – 7 noites apos 7 noites, e pelo tempo que for necessário – por assombrações de espíritos defuntos e espíritos já partidos deste mundo!, e por isso:
a pessoa – enfeitiçada pelos trabalhos de amarração com sigilos – bem que pode andar pela rua como se nada fosse, e ela bem que pode andar todos os dias com um sorriso estampado na cara, e ela bem que pode andar a pavonear-se de felicidade com outra pessoa qualquer, que porem:
Na criatura – enfeitiçada pelos trabalhos de amarração com sigilos – a sua alma e o seu espirito estarão sempre – todas as 7 noites que passarem, e pelo tempo que for necessário – sendo fustigados e assombrados por aparições, por assombrações e por espíritos.
Por isso:
Nos trabalhos de amarração com sigilos, eis que assombrações, aparições e espíritos de defuntos persistirão, ( sem parar, e pelo tempo que for necessário!), fustigando e assombrando no espirito dessa criatura – e assim será sempre que ela vai dormir na solidão da penumbra do seu leito – ate que essa pessoa acabe cedendo, e se vá entregar a quem a mandou amarrar amorosamente.
Note-se:
Nos trabalhos de amarração com sigilos, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), tudo isto que aqui descrevemos – e como sempre ensinamos – irá passar-se inconscientemente na pessoa amarrada, pois que jamais se deseja que ela tenha consciência de que foi alvo de um trabalho de amarração, mas antes quer-se que ela pense que se foi entregar ao mandante da amarração de forma perfeitamente natural, embora na verdade essa criatura apenas se vá entregar porque foi em espirito – e no seu espirito – forçada a isso!!
Por isso:
Nos trabalhos de amarração com sigilos, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), os espíritos irão sempre agir na criatura amarrada de forma inconsciente, invisível e discreta na criatura amarrada, para que ela – mesmo que ande consultando a cartomantes ou videntes– não fique jamais a saber que foi o alvo de um trabalho de amarração!, e ainda menos possam as pessoas que a rodeiam ,(e que estão á volta da criatura amarrada), jamais vão sequer desconfiar que essa criatura foi alvo de uma amarração amorosa, e jamais se levantarem quaisquer suspeitas!
Assim sendo:
Os trabalhos de amarração com sigilos, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), são indetetáveis e invisíveis!, pelo que – repetimos – são feitos de forma a não causar suspeitas nem mesmo á própria pessoa que foi enfeitiçada!
Pois por isso:
Os trabalhos de amarração com sigilos, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), agem durante a noite, ( de 7 em 7 noites, sempre sem cessar, e pelo tempo que for necessário), enquanto a criatura amarrada está na penumbra do seu leito e rodeada da escuridão, ali assombrando essa criatura amarrada e trabalhando no seu espirito com aparições e assombrações, ( que ela não se lembrará quando acordar, mas que lhe deixarão marcas e cicatrizes de tormentos sobre tormentos na sua alma!), e assim ocorrerá perpetuamente de 7 em 7 noites, ( pelo tempo que for necessário), ate que essa criatura se canse de tanto tormento, e se vá entregar a quem lhe mandou amarrar!, pois olhai:
Nos trabalhos de amarração com sigilos, ( conforme em todos os trabalhos de Santeria!), é isso que os espíritos – perpetuamente de 7 em 7 noites – ficarão murmurando, sussurrando e zurzindo todas as noites na alma da pessoa!, e assim sendo:
embora depois a pessoa conscientemente não tenha recordação disso, porem , ( nos fortes trabalhos de Santeria), a sua alma e o seu espirito bem sabem que apenas terão sossego quando se entregarem ao mandante da amarração!
Por isso:
Nos trabalhos de amarração com sigilos demore o que demorar, essa pessoa – sem sequer saber nem tendo consciência porque o fez – acabará entregando-se!

Cuidados a ter com trabalhos de amarração de Santeria – recomendações usuais:
sigilos3Os trabalhos de amarração com sigilos, são trabalhos de amarração de Santeria, e por isso – conforme todos os trabalhos que lidam com invocações de espíritos – estes são trabalhos místicos poderosos, feitos com recurso a milenares técnicas de invocação de espíritos!
Por isso, repetimos aquilo que sempre ensinamos, ou seja:
Os trabalhos de amarração com sigilos , ( como todos os fortes trabalhos de Santeria), sendo manipulados da forma errada – por curiosos, desconhecedores, ou leigos – então podem infestar esses leigos e curiosos de fatais possessões demoníacas, de perigosas assombrações, ou de causar grande mal ou estagnação na sua vida, ou na vida das pessoas á sua volta!, pelo que apenas deve operar neste tipo de trabalhos um mago santeiro preparado e treinado para tal demanda.
Cuidai também que:
– conforme sempre avisamos, então mais uma vez vamos repetir:
Estando os trabalhos de amarração com sigilos celebrados e concluídos, então é muito provável que possam ocorrerem diversos fenómenos rodeando o mago santeiro que ali foi executar as amarrações do fruto proibido, tais como:
Ocorrência de ruídos estranhos e inexplicáveis, manifestações de assombrações, sensações de arrepios, aparecimento de animais, (seja que tipo de bicho for: desde vermes, ou aves, ou cães, ou bodes, ou gatos, ou sapos, ou insectos, etc), ou acontecer ver-se coisas que se movem sem explicação logica, manifestações de vultos, estranhas brisas de vento, falhas em lanternas ou equipamentos elétricos que se tenham levado para o local, alterações de temperatura anormais, ou ate que a pessoa ali presente se sinta incomodada por pressentir estar sendo observada por uma entidade invisível.
Porem, e conforme sempre avisamos:
Tudo isso são manifestações próprias de um destes trabalhos de amarração com sigilos, e que ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), por isso devem ser exercidos apenas por sacerdotes santeiros treinados em alta magia branca ou alta magia negra, e que por isso estejam treinados para lidar nestas artes ocultas!, pois que olhai:
indo o curioso, o desconhecedor, ou o leigo meter as suas mãos neste tipo de trabalhos de amarração de Santeria, então eis que esses infortunados poderão acabar sendo fáceis vitimas de terríveis possessões demoníacas, por vezes fatais!, para si mesmos ou para aqueles que mais amam!
Mais dizemos:
A quem encomenda os trabalhos de amarração com sigilos, eis que voltamos a avisar conforme sempre avisamos:
Neste tipo de trabalhos, ( como em todos os trabalhos que lidam com invocações de espíritos), não se deve jamais andar a toda a hora a olhar o relógio, e todos os dias olhando o calendário, e a todo o tempo caído em impaciências, duvidas e inquietações, pois olhai que assim está escrito na obra de são Cipriano:

«[Implorou Siderol]: perdão, perdão, Lúcifer (…)
[Respondeu Lúcifer]: não te disse já, (…), que na minha lei também é preciso ter paciência? »
Obra de são Cipriano, «Enguerimanços de são Cipriano ou prodígios do Diabo», capitulo 8º, pagina 260

Assim se fica sabendo:
Os prodígios de são Cipriano não ocorrem na «impaciência», mas sim eles florescem na «fé» e eles frutificam na «paciência», pois que ensina são Cipriano que o tempo dos espíritos não é o tempo das pressas picuinhas dos homens, e por isso: seja na magia branca, ou seja na magia negra, ( e seja em qualquer trabalho de invocação de espíritos), a lei dos espíritos manda ter paciência, pois acaso não está escrito: «na minha lei também é preciso paciência»?
Pois então: Seja na magia negra ou branca, eis que a obra de são Cipriano garante que com «fé» e «paciência» todos os frutos do espírito são infalíveis!, e porem agindo ao contrario então poder-se-á colher tudo ao contrario daquilo que se deseja!.
Por isso:
– A inquietação, a ansiedade e as duvidas são veneno que mata o fruto da obra do espirito, pois que a duvida é o veneno da fé, e pois que quem tendo visto os espíritos manifestarem-se então não pode mais ter duvida alguma!, mas sim deve trilhar no caminho da certeza!, e deixar os espíritos trabalhar e edificar conforme eles querem, pelo tempo que eles determinarem, e pelos caminhos que eles escolherem!
Pois por isso:
– Neste tipo de poderosos trabalhos deve-se adoptar essa postura espiritual e deixar aos espíritos trabalhar, pois eles trabalham sempre por caminhos misteriosos, e eles operam sempre por trilhos insondáveis, e eles movem-se sempre por caminhos incompressíveis, e por isso o seu fruto acaba sempre florescendo no tempo pelos espíritos marcado, e não no tempo das picuinhas impaciências humanas.
Assim sendo:
– Respeitai esta regra para do espirito colher bom fruto, ao invés de andar afrontando os espíritos, e depois colher tudo ao contrario daquilo que aos espíritos se foi pedir.

Que efeitos causam os trabalhos de amarração com sigilos?
sigilo4Nos trabalhos de amarração com sigilos, conforme os espíritos são invocados através do símbolo oculto desenhado , ( em solo sagrado), com cré sagrado ou sangue de oferenda preta, ( e entoando-se a correta litania ou encantamento em latim, adicionando-se as 3 gotas de sangue do mago santeiro), pois também os espíritos ali conjurados aceitarão a demanda que lhe foi requerida através de requerimento oculto de santo, e dai em diante esses espíritos – conforme se manifestaram na hora de serem conjurados através dos sigilos ocultos – então daí em diante essas mesmas assombrações manifestar-se-ão no espirito da criatura amarrada!, ali em espirito atormentando e assombrado a alma dessa criatura ate que ela vá ceder e se entregar ao mandante dos trabalhos de amarração com sigilos.
Por isso:
Nos trabalhos de amarração com sigilos, quanto mais a pessoa insistir em andar sorrindo e se pavoneando com outra pessoa, então mais os espíritos invocados em espirito assombrarão como aparições e espíritos na alma dessa criatura, e por isso ela jamais irá encontrar felicidade que sempre dure, ( nem paz que sempre perdure), na sua vida!, pois em espirito essa criatura estará sempre sendo assombrada e possuída por aparições, ate que se desista da sua teimosia e se vá entregar a quem lhe mandou amarrar!

Quer verdadeiros trabalhos de amarração?
Quer verdadeiras amarrações amorosas?

Escreva-nos!

trabalhos de amarração, amarrações amorosas, amarrações, trabalhos de amarração com sigilos, o que são sigilos, bruxaria de amarração, bruxarias de amarração, feitiços de amarração, macumba de amarração,

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Encantamentos e feitiços

encantamento
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Encantamentos e feitiços

w1

Muitas pessoas perguntam qual a diferença entre feitiço e encantamento, e uma imensa confusão existe nesse assunto.

Pois por isso, assim explicamos:

O encantamento – ou o pronunciamento de palavras místicas – é uma componente de um feitiço, e não uma coisa independente de um feitiço.

Confuso?

Passamos a explicar:

Nas ciências ocultas, um feitiço é definido com um efeito sobrenatural ou magico efetuado através do uso de fórmulas escritos ou faladas, formulas essas que são milenares e secretas pois tem a capacidade de conjurar vibrações astrais e forças espirituais.

Assim sendo:

O encantamento é isso mesmo ou seja:

Uma fórmula escrita ou falada, que através de palavras de grande carga esotérica capaz de invocar entidades espirituais e de conjurar energias astrais, direcionando-as para uma certa pessoa, um certo local, um certo objeto, sempre com a finalidade de produzir um certo efeito.

Então:

Tao importante como os pozinhos, os ossos, o sangue, os óleos, as unções, os cabelos, os sacrifícios, os ritos e todos esses elementos que são comuns á realização de feitiços….. é o encantamento, pois esse é o meio através do qual tudo aquilo que está sendo manipulado num feitiço acaba resultando num apelo irresistível e num direcionamento irrecusável para as forças espirituais e energias astrais que se esta procurando chamar e direcionar.

Normalmente a energia gerada pela verbalização de um encantamento é dirigida por uma vara magica, pois apenas essa vara está investida tanto de propriedades naturais e astrais como de entidade espiritual capaz de comandar as forças conjuradas pelo encantamento; e porem: para grandes bruxos de notável e ancestral experiência, apenas a oralização do próprio encantamento já resulta no fim desejado.

Porem cuidado:

uma vez invocada uma força espiritual através do encantamento correto, ela vai cruzar a fronteira do plano astral para este plano físico, e essa entidade vai atuar na demanda que lhe foi colocada através do feitiço e dirigida através do encantamento.

E porem: em troca a entidade instruí sempre orientações que devem ser obedecidas no maior rigor para que os atos dessa força espiritual resultem no que se deseja.

assim sendo:

se isso não for feito nem respeitado, então os resultados podem virar do avesso, ok?

Isto dito:

Regra geral os encantamentos são falados com base em fórmulas ocultas que derivam de línguas consideradas ancestrais e santas, tais como o latim, o hebraico, etc….

Por isso mesmo, assim se pode ler na obra de são Cipriano:

a oração[ ou o poder da palavra mística ] é o meio que o homem tem para comunicar-se com (…) os espíritos (…) ainda hoje se diz que o hebraico é a mais antiga das línguas, e é a língua sagrada (…) ao invocar o nome de Deus e o nome do demónio, usam os homens das suas línguas. E a igreja católica usou sempre o latim

Obra de são Cipriano, capitulo «O espirito preciso do corpo, dizia em seus manuscritos são Cipriano», pag 391,392

Assim se sabe:

Línguas ancestrais – como o latim – são as línguas que devem ser usadas seja em orações, seja em encantamentos.

Então:

Todo o numerologista está consciente que do poder dos números e das palavras como forma tanto de estar atraindo como emanando todo o tipo de boas ou mas vibrações astrais.

Pois por isso os ocultistas há muito que ensinam que o plano astral – ou o espiritual – e o plano físico – ou o terreno – embora estejam separados, porem eles se relacionam e estão interagindo, sendo que certas palavras ou fórmulas geram portas ou pontes que podem momentaneamente ligar esses dois planos, assim causando certos efeitos tanto num como noutro. ´

Por isso, palavras ocultas e fórmulas místicas pronunciadas neste nosso reino físico causam vibrações que atingem o plano do mundo astral ou espiritual, ali conjurando forças e entidades para descerem no nosso reino carnal, e aqui agirem num certo sentido.

Através da vibração gerada pela palavra oculta ou pela fórmula mística, pode ocorrer um breve momento de sintonização ou uma curta janela de alinhamento entre o nosso plano físico e o plano espiritual, assim se abrindo uma breve porta – ou janela – entre o tecido que separa essas duas dimensões, e assim se chamando forças e entidades a virem á nossa realidade carnal efetuar certo tipo de finalidade.

Pois então:

se todos os elementos usados num feitiço servem tanto para agradar, atrair e alimentar a uma força ou entidade astral quando ela chega neste mundo, como para lhe indicar que tipo de missão essa entidade foi chamada para realizar, já o encantamento ou a formula magica – canalizada pela vara magica – é a chave através da qual não apenas se abre a porta entre este mundo e o outro – para que espíritos e entidades possam viajar entre ambos os planos –  como é o meio através do qual se comandam essas forças ou energias astrais, direcionando-as num certo sentido e numa certa finalidade.

Pois por isso – e apenas para que você entenda –  dito de uma forma tremendamente simplista:

se feitiço fosse carro, então todos os elementos usados num feitiço servem como combustível que indo para o motor então fará esse automóvel  andar, enquanto que o encantamento é tanto a chave que faz o carro pegar, como o volante que permite dirigir o automóvel no sentido que você quer.

Então, e fazendo uso desse exemplo, compreenda:

se você não usar dos elementos e procedimentos certos num feitiço, você no mínimo não vai ter combustível para fazer esse veiculo mover-se, ou usando do combustível errado – no limite – você pode mesmo acabar fazendo o motor rebentar.

Da mesma forma:

se você usar dos elementos e procedimentos certos e porem não possuir e encantamento certo, então você não vai ter a chave da ignição para conseguir fazer esse veículo pegar, ou no limite você pode fazer o carro pegar e porem depois não conseguir guiar esse automóvel na direcção certa, e irá acabar por cair num precipício ao invés de chegar no destino desejado, ok?

Então:

por isso mesmo a magia é um assunto da maior das complexidades, que deve ser lidado apenas por entendedores, ok?

Os místicos crêem que palavras ocultas que são oralizadas neste nosso plano físico acabam sempre tendo consequências no outro mundo, no plano espiritual, e por isso as palavras esotéricas ou fórmulas místicas faladas ou escritas neste plano material emitem vibrações que entram em contato com o plano astral, sendo que por sua vez o plano astral vai ecoar neste mundo, direcionando-se á pessoa, ao local ou ao objeto pretendido por um feitiço.

Dessa forma e através desse triângulo de interações, é que operam os feitiços, e por isso:

por consequência,  a pessoa que neste mundo é afetada pelas vibrações e forças astrais antes geradas pela influência que o encantamento teve no plano astral, essa pessoa vai acabar reagindo inconscientemente, atuando neste ou naquele sentido, pois que o plano astral assim vai insistir nessa pessoa ate que assim suceda.

Pois por isso, olhai:

magia, feitiços e encantamentos são fenómenos da grande complexidade que jamais deve ser lidada nem por incautos, nem por curiosidade, nem por leigos, pois que são fenómenos que lidam com energias e forças do plano astral que acabam sempre por ter consequências neste plano físico.

quereis feitiços ou encantamentos de verdade ?

Escreva-nos!

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Instrumentos mágicos

magia com velas7
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Instrumentos mágicos, instrumentos de magia

Existem 9 instrumentos mágicos que qualquer bruxo, bruxa, feiticeiro ou feiticeira necessitam lançar mão para ficarem causando o efeito magico que pretendem.

Então:

Vamos revelar com maior clareza, quais são os 9 instrumentos mágicos que concorrem para a boa feitura de trabalhos de magia.

varinha-magica

1

Varinha magica

a varinha magica ou a vara magica é um instrumento da maior importância para bruxos e bruxas

Moisés tinha uma vara mágica com a qual o profeta e mago invocou todo o tipo de sortilégios contra o faraó do Egito, com a qual abriu o mar vermelho, e com a qual tocando num rocha fez brotar água para saciar a sede do seu povo perdido no deserto. Ide ler a Bíblia, e você vai conformar isso mesmo.

Da mesma forma:

São Cipriano na sua obra também fala de vara mágica com a qual se comandam espíritos, pois ali está escrito:

Lúcifer mandou cessar imediatamente a trovoada.

– Vais ser castigado com três mil varadas das com a vara boleante – disse Cipriano a Lúcifer.

 (…) Cipriano prendeu Lúcifer (…) e depois de o ter amarrado, disse-lhe: – vou castigar-te com três mil varadas (…) modo como se deve fazer a vara boleante para castigar o demónio (…) cortar vara de aveleira(…)

Obra de são Cipriano, versando sobre «Poderes ocultos», Capitulo 15º, ou «Requerimento que são Cipriano fez para retirar (…) o demónio do inferno (…) para ser castigado com a varinha de condão», Pag 192-193

Pois então:

Assim se sabe que na verdade as varinhas mágicas, ou varinhas de condão, elas servem para comandar espíritos e forças espirituais, levando-os a realizar as obras e demandas que lhes são requeridas.

Pois então:

Varinha mágica é o instrumento através do qual o mago, a bruxa, o bruxo, o feiticeiro ou a feiticeira direcionam e canalizam energia, assim como manipulam as forças astrais e entidades espirituais que antes foram conjuradas para descer.

É dito que a própria varinha mágica possui um espírito ou uma energia mágica própria, pois que se sabe que é a vara que escolhe o bruxo, e não o bruxo que escolhe a varinha, motivo pelo qual a varinha acaba sempre aparecendo na vida do bruxo ou da bruxa de forma misteriosa.

amarracao1

2

Caldeirão

Caldeirão representa o útero feminino onde as forças da vida atuam, onde a gestação ocorre, e onde as forças da criação geram a vida.

Pois então: é no caldeirão que o feitiço começa sendo criado, e é no caldeirão que ele fica crescendo, multiplicando e ganhando vida, conforme um feto fica gerando e crescendo no útero.

faca-espada

3

Faca ou espada

Faca ou espada de bruxo e bruxa é um instrumento muito parecido com a varinha magica. Não é á toa que lendas como a do rei Artur falam de espadas mágicas como Excalibur, que parecem possuir alma própria, que rejeitam ser empunhadas senão por quem a espada escolheu, e que são fonte de poder sobrenatural para quem tendo sido escolhido pela espada, então está empunhando essa espada.

Pois então: tanto a vara magica como a faca ou a espada de bruxo ou bruxa funcionam de forma bastante idêntica, permitindo ao seu usuário a manipulação de forças astrais e entidades espirituais do plano astral ou espiritual. A faca é de especial importância na celebração de magia de sangue, pois é com ela que o bruxo realiza a extracção do seu próprio sangue para a feitura de rituais. Na magia negra ocorre o mesmo.

 

Magia - a magia na bíblia

4

Livro das sombras

é o livro onde o bruxo ou bruxa escrevem toda a sua experiência magica, ali descrevendo no maior detalhe as formulas, os encantamentos, os procedimentos e os rituais que usam, assim como detalhando os seus efeitos, o tempo de duração, o tempo que demoram para causar efeito, as fragilidades e os poderes de cada feitiço que experimentaram.

Sendo consagrado, o livro acaba ganhando alguma vida própria, pois acaba atraindo para si vibrações astrais e forças espirituais que atuam através dele, conforme também atuam através da vara magica e da espada magica. Por isso, por vezes quando está sendo consultado então o livro acaba misteriosamente se abrindo  na página que é útil ao bruxo ou bruxa, mesmo sem que ele faça nada para isso acontecer.

encantamento

5

Encantamento

Junto com o ritual é a parte visível do feitiço, e que é uma frase oralizada numa língua ancestral, ( como latim), ao mesmo tempo que conjugada com o movimento adequado da vara magica.

Através do encantamento – aliado com a atuação da vara magica – se faz apelo para que forças astrais e entidades espirituais do plano astral venham descer neste mundo, e sejam canalizadas num certo sentido e para uma certa finalidade mágica.

vassoura-bruxa

6

Vassoura

Essa mítica vassoura de bruxa, ela não serve para bruxa andar voando pela noite fora, mas antes:

para a bruxa,  a vassoura é um instrumento de limpeza espiritual, da mesma forma que para padre a agua benta é um meio pra limpar e expulsar más entidades.

Pois então:

vassoura de bruxa serve para essa mesma finalidade, ou seja:

para estar livrando locais e ate mesmo libertando pessoas de influencias espirituais negativas que vem para ficar atormentando alguém,  ou ate mesmo para ficar impedindo rituais de darem seus efeitos.

amarracoes666

7

Oferendas

Oferendas são elementos ou substancias deste mundo físico que possuem propriedades tanto naturais como espirituais que são agradáveis a uma certa força astral ou entidade espiritual, pelo que acabam constituindo um convite, um agrado,  e logo um jeito de estar invocando essas energias ou espíritos para descerem e ficarem disponíveis para atuar em favor do ato magico.

Ervas, comidas, bebidas, animais, carnes, secreções animais ou vegetais, minerais, cores, odores, são variados elementos e substancias que podem ser usados em oferendas.

Que tipos de oferendas existem?

Quando uma oferenda é de coisa comestível, ela se chama de oblação.

Quando uma oferenda é de coisa bebível, ela se chama de libação.

Tirando oblação e libação, então há também oferendas de velas de cores diferentes, incensos de aromas diferentes, perfumes de odores diferentes, variadas ervas, variadas especiarias, variados tabacos, e variados minerais, que usados da forma certa,( no local certo, na hora certa e do jeito certo),  ficam constituindo um apelo agradável e irresistível para certas forças espirituais e entidades espirituais que se pretenda estar convocando.

 

ciencias-ocultas

8

Ciências Ocultas

Por ciência oculta estamos falando de ciências sobrenaturais como astrologia, ou numerologia ou kabalah.

Então:

numerologia , ( ou  kabalah) – descobriram os sábios cabalistas hebraicos – é um método oculto e esotérico para traduzir e entender as influências astrais e forças espirituais que estão atuando no mapa astral e no perfil espiritual de uma pessoa, e assim tentar entender os equilíbrios espirituais que a podem conduzir em bons caminhos, da mesma forma que tentando diagnosticar os desalinhamentos astrais e desvios espirituais que a podem colocar trilhando em maus caminhos de vida.

Então:

fazendo esse diagnostico numerológico – que é efetuado através do teu nome e da tua data de nascimento – então é possível não apenas saber que harmonias ou desarmonias astrais estão jogando na tua vida e influenciando no teu espirito, como também entender que forças astrais e entidades espirituais se deve apelar para descer e repor vibrações e energias corretas na tua vida, assim te recolocando e direcionando no caminho de vida certo.

Então:

é por isso mesmo que trabalho de bruxaria acaba sendo recomendado por bruxos e bruxas apenas após – e depois –  de muito se ter analisado um certo perfil espiritual e astral através de NUMEROLOGIA, por forma a não apenas abrir caminhos nos teus desejos através da conjuração de forças astrais que te são favoráveis, como também invocando tantas e tamanhas influencias espirituais quantas as necessárias para descer numa pessoa…. até acabar – de tanto insistir – levando a pessoa que você quer a acabar trilhando vos caminhos que você quer.

dados-videncia

9

Lançamento de sortes: lançamento de Tarot, runas, ossos, conchas, etc.

Na verdade este instrumento mágico varia tremendamente de bruxo para bruxo.

Então: há bruxos que funcionam bem com Tarot, e porem há outros que funcionam melhor lançando conchinhas, e há outros que se ajeitam melhor lançando ossos, e outros ficam mais confortáveis lançando runas, e porem:

todas essas técnicas se fundamentam no mesmo principio, e que é o principio do lançamento de sortes, que está imensamente falado na bíblia.

Senão olhai:

Apóstolo Matias foi escolhido para preencher o lugar vagado por judas, justamente lançando sortes; ( Atos Apóstolos, 1, 23-26)

Então:

as sortes sagradas – ou lançamento de sortes –  foram lançadas incontáveis vezes para consultar ao espírito de Deus, assim se professando que um lançamento realizado a um espirito permite a esse espirito responder ao que se está consultando. – Conferi na Bíblia: Êxodo 28.30; Números 27.21; 1 Samuel 28.6; 1 Samuel 14:36-42; 1 Samuel 14:41; Josué  18:10; Provérbios 16, 33; Provérbios 18, 18, etc…..

Assim sendo:

o mesmo lançamento de sortes através de ossos, de conchinhas, de tarot ou de runas que certos católicos ficam apregoando se tratar de coisas do demonio, é na verdade a mesma técnica espiritual que foi usada pelo povo hebraico ao longo de milénios para ir consultar ao espirito.

Irónico, não é?

Então:

Lançando cartas de Tarot, ou lançado conchas, ou lançado runas, ou lançando ossos, tudo isso é uma forma dos espíritos que estão sendo consultados falarem a quem os esta consultando, pois eles invisivelmente – por meio de energias e forças astrais  – interferem na forma como o lançamento acaba ocorrendo e caindo na mesa, da mesma forma que espirito também fica afetando e influenciando a forma como um ponteiro se fica movendo em uma mesa de Ouijá. ( sobre o tema, ide tambem ler: consultas aos espíritos)

quereis um verdadeiro trabalho de magia?

Escreva-nos!

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

trabalhos de magia feitos em cemitérios

cranio
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

 

Trabalhos de cemitério
trabalhos de magia feitos em cemitérios

espiritosOs cemitérios são poderosos locais espirituais onde se podem fazer os mais poderosos trabalhos espirituais.

Porquê?

Porque se o corpo e o espírito estão ligados em vida, porem depois da morte ainda se mantém um elo – ténue – entre o corpo desencarnado e o espírito partido!, e por isso:

o local onde repousam imensos corpos da pessoas já desencarnadas, é sempre um local espiritualmente sensível!, ou seja:

um local propenso a que trabalhos e chamamentos aos espíritos sejam rapidamente escutados!

Não é por acaso de espectros e aparições tendem a aparecer em locais onde pessoas faleceram, ou onde pessoas estão sepultadas!, pois o solo onde corpos desencarnados ali desencarnaram ou foram sepultados, é sempre um solo favorecedor de fenómenos espirituais.

Mais:

que os espíritos mantêm um ténue elo com os seus restos mortais – ou o corpo do qual desencarnaram – isso é comprovado através das relíquias dos santos, ou seja:

das ossadas de pessoas santas, que sendo conservadas num certo local, então parecem fazer ali ocorrer milagres e fenómenos sobrenaturais espantosos!

Olhai:

um corpo é durante décadas habitado por um espírito, e o espírito que habita nesse corpo e lhe dá vida manifesta-se através do sangue que corre por todo aquele corpo, e isso o revelam as escrituras, onde assim está escrito:

Carne, quando quiserdes comer carne, fazei-o como te ordenei, porém não comerás o sangue, porque o sangue lhes serve de alma, e não deves comer a alma com a carne

Dt 12:20

Assim se fica a saber que é no sangue que reside a alma dos seres viventes.

E mais assim está escrito:

Não comais o sangue de nenhum ser vivo. Pois a vida de qualquer ser vivo é o sangue; 

Lev 17,14 

Pois mais se fica a saber:

o sangue é o receptáculo do espírito, pois se sabemos que o espírito é que dá vida ao corpo, e que o espírito foi insuflado por Deus no homem, (Génesis 2,7), então através destes versos Bíblicos, ( dos livros de Deuteronómio e Levítico),  ficamos a saber que o sopro de vida de Deus – o espírito – se alojou no sangue das criaturas viventes!

Então:

Pois por isso é que se diz que é o sangue que dá a vida ao corpo!, e que no sangue reside a alma!.

Ora então:

o sangue corre por todos os cantos de um corpo, e ele irriga até os vasos sanguíneos dos tecidos ósseos e capilares!, e por isso:

um corpo mesmo depois de desencarnado, ele vai sempre ter em si resíduos de alguma da essência espiritual que andou por ele circulando através do sangue!, e por isso mesmo é que – no caso dos santos – até ossadas de pessoas que tinham essências espirituais milagrosas, podem fazer dos locais onde são depositadas, uma fonte de fenómenos espirituais inexplicáveis.

Pois da mesma forma:

num local onde repousam as ossadas de muitas pessoas desencarnadas, também ali estão imensos elos de chamamento ás essências espirituais que outrora residiram naquelas ossadas!, e por isso mesmo é que um cemitério se torna sempre um local  catalisador para o chamamento de fenómenos espirituais!

Assim sendo:

um trabalho de magia feito num cemitério, ele é dos mais poderosas trabalhos que se podem fazer!, e apenas que detêm esta sabedoria dos ensinamentos de são Cipriano é que os pode fazer com efeitos imparáveis!

Por isso:

para fazer um trabalho em cemitério, não procure gente que não sabe o que está fazendo!, mas sim procure ao verdadeiro e antigo altar de são Cipriano, pois apenas quem sabe fazer o serviço o faz bem feito!, pois um trabalho de cemitério feito por quem sabe dá os mais impossíveis resultados nas mais desesperadas demandas! – sem trazer qualquer karma nem ter de andar vendendo a alma de ninguém! – e porem um trabalho de cemitério mal feito, pode acabar por envenenar aqueles que estava procurando ajudar!

quereis uma poderosa amarração amorosa com trabalho de cemitério?
quereis um poderoso trabalho de magia, com rituais de cemitério?
Escreva-nos!

 

 

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Magia e os elementos da natureza

images (2)
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Magia e os elementos da natureza, elementos da natureza e magia

encruzilhada_1

Conforme dissemos na nossa postagem «Magia – o que é magia ?», assim citamos:

«Magia é na verdade uma prática espiritual e religiosa, sendo que é uma crença na terra e nos poderes espirituais que residem no universo e na natureza.

Magia professa que todo o universo tem todo um lado que é a natureza física e palpável que podemos ver e sentir, assim como também possui um lado invisível e intangível que é o lado espiritual, um outro lado de energias astrais, de forças mágicas e de entidades espirituais que coabitam e e habitam em todas as coisas da natureza.»

veja também: magia - trabalhos de magia, o que é ?

Pois então:

Magia é justamente o direcionamento dessas forças astrais e energias espirituais da natureza, movendo-as para um determinado fim.

Então:

Vamos estudar os 4 elementos da natureza, (ar agua, terra e fogo), para ficar sabendo o uso que essas forças da natureza ou forças elementais podem ter em rituais mágicos.

Então:

em cada 1 dos 4 elementos da natureza residem certas propriedades astrais que são chamamento de certas vibrações do plano astral, que catalisam certas forças espirituais, e que tem maior predisposição para estar canalizando um certo tipo de entidade espiritual.

Olha:

Na natureza tudo se liga, tudo se corresponde, nada se perde, apenas tudo se transforma.

Por isso:

Todos os elementos deste mundo físico e material da natureza não acabam nem terminam neste mundo, mas sim repassam vibrações para o «outro mundo», querando isto dizer:

Todos os elementos do plano material da natureza não terminam neste mundo, mas sim possuem uma vibração ou emitem um eco que afeta o plano astral da natureza, pois que se tudo na natureza se corresponde…. então a natureza é um grande corpo universal feito de um plano físico e de um plano astral, no qual o plano material da natureza se corresponderá com o plano astral da natureza, querendo isto dizer que o plano físico se corresponde e fica se interagindo com o plano espiritual.

Pois por isso:

todas as propriedades dos elementos materiais e físicos deste mundo natural se correspondem com o mundo imaterial e espiritual do «outro lado» sobrenatural da natureza, nele causando efeitos que por consequência acabam também gerando consequências neste mundo.

Então:

Sendo as coisas deste mundo natural alimento que alimenta o corpo, pois elas também podem ser alimento que alimenta o espirito.

Da mesma forma:

Sendo as coisas deste mundo natural agentes que pode atuar no corpo, pois elas também pode ser agentes que atuam no espirito.

Ate mesmo:

Sendo as coisas deste mundo natural compostas de propriedades materiais, pois elas também pode ser compostas de propriedades espirituais e ate mesmo de essências e espíritos que nelas habitam.

Então:

Por isso mesmo na bruxaria se professa certos elementos da natureza, certos locais da natureza – e ate mesmo certos objetos – podem ser recetáculos ou recipientes de entidades espirituais e de forças astrais.

Assim sendo:

o estudo das propriedades magicas dos elementos da natureza e das propriedades magicas das forças da natureza, isso é uma das sabedorias fundamentais para qualquer bruxo ou bruxa, pois que permite a compreensão de como através deste mundo físico podemos criar efeito no mundo espiritual, e assim fazendo então causar consequente consequência de volta neste mundo material.

Pois então:

Tudo isso, (assim como um apurado estudo de astro-numerologia), deve ser observado na hora de ir oficiar ou assentar um trabalho de magia.

Pois por isso, olha:

Vamos-vos falar sobre as MAGIA E FORÇAS DA NATUREZA

AR

O ar é o alimento do corpo físico, sendo que sua privação implicaria a morte de toda a vida no nosso planeta, que é em si uma grande entidade e um imenso corpo do qual somos apenas pequenas células.

E porem: o mesmo ar que alimenta  a vida com o seu oxigénio, é o mesmo ar que causa por esse mesmo oxigénio a oxidação de todas as coisas, assim enferrujando tudo desde células vivas ate ferro, e dessa forma causando o envelhecimento e a morte.

Pois então: a própria essência da vida e a própria semente da morte, e nessa ironia que devemos olhar o ar.

Então: o ar é um elemento através do qual as mais subtis essências magicas se movem neste mundo, tanto mais que o aparecimento de fantasmas e espetros faz descer a temperatura do ar.

Pois então: pelo ar se faz grande bem, e porem pelo ar se transmite grande mal, da mesma forma que usando do ar você pode salvar alguém da asfixia, e porem usando do mesmo ar você pode ser infetado por um vírus.

Então: feitiços que invoquem o ar devem ser lidados com o maior cuidado, pois eles facilmente propagam todo o tipo de essência, todo o tipo de assombração, todo o tipo de infestação, assim como todo o tipo de alívio.

Olha:

Exemplos de uso do ar em magia:

Fumar: Povos indígenas no decorrer de rituais misticos fumam cachimbos de paz, fumam tabaco, fumam ervas, fumam essências. Já povos de origem africana fumam charuto em seus rituais. Pois então: todos eles fazem isso porque o ar conjugado com o tipo de substancia que estão inalando apela para que certas forças astrais e entidades espirituais venham fluindo pelo ar, entrando no corpo físico do Xamã ou do Feiticeiro, e ali se misturando com seus apelos, como seus desejos, com suas essências e consciências, para então esse ar e fumo uma vez expelido e exalado, então ele retorne á natureza e leve sua mensagem para o mundo do espirito.

Da mesma forma:

Incenso: o Incenso preenche o ar de aromas, de substancias e de essências que apelam para certo tipo de vibração astral e de entidade espiritual, assim conjurando essas energias e forças para descer naquele local e ali causar certo tipo de finalidade.

Então:

o AR é um elemento magico da maior importância.

 

AGUA

Água é o elemento primordial no qual a vida despontou, ela é a essência da sopa primordial na qual a vida se gerou conforme num caldeirão se faz a sopa que alimenta a fome pela vida, coisa que entre bruxos e bruxas tem grande significado justamente por este significado da génese da vida, conforme os mares tem um imenso significado por se entender que foi neles que as entidades espirituais da vida decidiram fabricar avida física e material conforme a conhecemos.

A água é tudo, senão olha:

Sem ela não conseguimos sobreviver mais de alguns dias, quando sem comer poderemos sobreviver muito mais; ela serve a higiene que nos mantem saudáveis; ela serve a culinária da qual nos alimentamos; ela refresca e dá saúde e vigor.

E porem: o mesmo mar que deu vida pode matar com maremoto, e a mesma água que mata a sede pode matar com afogamento, e o mesmo oceano que dá peixe que alimenta pode matar o pescador virando o seu barco apenas com uma única onda.

Então:

água é elemento maravilhoso, é elemento milagroso, e é porem elemento temível.

Como usar diversos tipos de água em diversos tipos de magia?

Água potável: deve ser usada em trabalhos para coisas boas para si mesmo, assim como para os outros. Usada da forma errada vai desencadear pestilência.

Água do mar: usada para trabalhos de amarrações amorosas, em assuntos amorosos de amantes, em transações financeiras mesmo as mais ilegítimas, em assuntos financeiros nos quais que quer ter ganhos rápidos mas pouco legais, para conseguir dinheiro emprestado, e por ai em diante.

Água da chuva: usada para assuntos de saúde

Água do rio: água de rio acaba sempre desembocando noutro rio, ou no mar. Então: é a água ideal para desfazer e destruir más influencia, bruxarias, invejas, olho gordo, malefícios, feitiçarias, etc.

Água de lago: essa aí tem a propriedade de estagnar ou no limite de destruir um amor. Aquilo que ficar estagnado em lago, estagnado ficará senão trabalhado por bruxou ou bruxa de verdade.

 

TERRA

Da terra nasce a vida de toda a semente, e porem na terra se enterra todo o defunto, e por isso:

a terra é a origem e o fim de toda a vida, pelo que grande respeito se deve ter pelo elemento da terra.

Na terra tudo se pode ir semear para fazer florescer, e porem na terra tudo se pode ir sepultar para jamais frutificar.

Então:

diferente tipo de terra apela para diferente tipo de finalidade magica, sendo que:

Terra de encruzilhada: em terra de encruzilhada tudo aquilo que está em impasse pode ser para sempre desimpedido, ou para sempre travado e trancado. Então: nesse ponto da terra forças espirituais do maior portento decretam portentoso decreto no trilho de vida humano.

Terra de cemitério: na terra de cemitério os maiores e mais imparáveis portentos de magia se enterram, e uma vez ali enterrados então uma sentença está decretada.

Terra de floresta ou florestação abundante: aí você pode enterrar o seu pedido para ele florescer, pois sendo para teu bem – e porem para o bem ou mal de outros – porem nessa terra o teu bem vai florescer. E porem cuidado: apenas quando depois de satisfeito então tu for desfazer aquilo que ali foi feito, então apenas aí esse bem vai parar de crescer no ponto certo que você desejou, pois olha que por vezes ter bem «demais» é como ter mal «demais», ou seja: é apenas «demais», e por isso acaba trazendo desequilíbrio e perpetuação disso mesmo.

Terra de deserto: para as terras de deserto se devem levar os males, para que eles ali fiquem perdidos e assombrando no deserto. E porem: é também no deserto que se pode ir desenterrar assombramento implacável, para ele voltar sete vezes pior e assombrar na vítima.

Terra de pedreira: para terras de pedreira se devem levar demandas difíceis de quebrar, e porem que trabalhando arduamente e paulatinamente, então acabarão sendo quebradas.

Terra de terreiro ou solo sagrado: terra de terreiro, assim como terra de adro de igreja, ou qualquer terra que seja solo sagrado, essa é terra aos espíritos consagrada e pelos espíritos abençoada. Nesse terra de solo sagrado todo o tipo de espaço pode ser preparado para acolher o assentamento e arriamento de todo o tipo de trabalho, seja ela para o maior bem ou para o pior mal, sendo que tudo que for em solo sagrado fincado ali ficará firmado.

Por último e sobre toda a terra em geral:

da terra provem, nasce e se alimenta todo o mineral, toda a erva, todo o animal, toda planta, todo o fungo,  toda a fruta, e todo o ser vivo que é usado num feitiço, pois da terra todos eles receberam o nutriente e a essência que dão a força da vida, e por isso neles reside a força da vida na terra.

Da mesma forma:

da terra provem os galhos de arbustos e de árvores com madeiras de propriedades magicas das quais são feitas as varas magicas dos magos, e que pela sua essência são recetáculo de entidades e de vibrações que coadjuvam no ato magico.

 

FOGO

Fogo é talvez o mais temível dos elementos no sentido em que é um catalisador daquilo que esta sucedendo e que vai suceder, ou seja:

Fogo de lava e vulcões conjugado com a água do mar gerou acabou gerando vida, e porem fogo ardendo e consumindo tudo aquilo que rodeia acaba destruindo a vida.

Da mesma forma:

fogo sem ar não arde, e porem fogo conjugado com ar causa a maior destruição.

Então:

fogo é aquilo que o Sol fica constantemente gerando – um fogo de natureza atómica – e esse tanto é o maior colaborador  da vida na terra, como pode ser a sua maior ameaça.

Por isso:

lidar com fogo é perigoso, tao perigoso como lidar com magia, pois que magia acaba tem a sua maior expressão do fogo que arde no caldeirão, e esse fogo acaba sempre te falando aquilo que está ocorrendo com o teu feitiço.

Por isso olha:

No caldeirão quando um certo tipo de fogo estiver ardendo de uma certa forma isso tem certo significado, ou seja:

Fogo ardendo azul: indicar de presença de forças espirituais, de assombração, de entidades, pois que quando elas se manifestam a temperatura do núcleo do fogo desce abruptamente, e fica azul.

Fogo ardendo vermelho: esta conjurando entidade do maior portento. Observa se consegue ver uma espécie de textura de magma e um vulto negro no meio, pois que é sinal de portensa entidade descida. Observa tambem fagulhas como se fossem pingos de chuva brilhante subindo ao invés da chuva que desce, pois que é sinal que feitiço esta sendo acolhido por imensa autoridade.

Fogo ardendo alaranjado: esta sendo escutado por entidade que tem competência para levar o pedido do feitiço para  quem deve receber esse pedido, e significa que feitiço esta sendo bem encaminhado.

Fogo ardendo amarelo: esta ardendo firme o pedido feito no feitiço, e porem outras manifestações tem que ocorrer para conferir que o feitiço etá sendo bem-sucedido. Sons, variação da cor da chama, assombrações, estalidos, luzes, presenças espirituais, objetos se movendo,  são muitos dos sinais que ocorrem e que indicam se bruxaria esta sendo de boa feitura, ou não.

Fogo ardendo amarelo esverdeado ou cor esverdeada: é usual em feitiços de limpeza, e assim ardendo então é sinal que está sendo bem-sucedido.

 

quereis verdadeiros feitiços de amarração amorosa?

quereis poderosas bruxarias de amarrações amorosas?

Escreva-nos!

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

trabalhos de magia feitos em encruzilhadas

encruzilhada_1
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

trabalhos de magia feitos em encruzilhadas

encruzilhada_1

Olhai que assim se pode ler na obra de são Cipriano:

no livro, surpreendentemente viu Siderol que se podia por em relações  estreitas e amigas com o Espirito Imundo(…)

– este comercio oculto – disse Victor – (…) não deslustra a nobreza de pessoa alguma, e por isso talvez eu faça a minha fortuna pactuando com Lucifer (…)

depois de estudar bem o livro, (…)e marchou sem demora ao lugar em que se cruzam os caminhos (…) porque o diabo infesta singularmente as cruzes formadas pelos quatro caminhos

Obra de são Cipriano, capitulo «Erguimanços de São Cipriano ou prodígios do diabo», secção 2º, pag 248

Assim sendo:

Citamos esta passagem da obra de são Cipriano, para que se observe o seguinte ensinamento:

ensinou são Cipriano que os espíritos tendem a manifestar-se em encruzilhadas, e mais assim será se foram conjurados através dos rituais certos e adequados.

Assim sendo:

são Cipriano assim o ensinou, pois que nas ancestrais religiões politeístas greco-romanas da antiguidade, acreditava-se que a Deusa Hecate se manifestava em aparições ocorridas em encruzilhadas, e por isso era em ermas e solitárias encruzilhadas que se edificavam estátuas á deusa Hecate, para ali se oficiarem cultos e ritos de bruxaria, pois que a Deusa Hecate era a  deusa da bruxaria, da magia, da feitiçaria.

A Deusa Hécate podia manifestar-se nas encruzilhadas sob a forma de espectros, de vultos, de fantasmas, mas também de um cão preto, ou de um lobo preto, ou de uma coruja, etc.

Quando algumas dessas manifestações ocorria – antes durante ou depois de uma bruxaria ser feita numa encruzilhada –, então era certo que a Deusa Hecate se estava a mostrar!, e que estava a aceitar o trabalho de magia que estava ali a ser celebrado e depositado!

Pois então:

Porque esse é um sitio onde as almas e espíritos tendem a afluir, então os trabalhos de magia celebrados em encruzilhadas são trabalhos de magia particularmente poderosos!, conforme também são aqueles celebrados em cemitério!, e melhor ainda é se forem oficiados numa encruzilhada que fica junto a um cemitério!, ou numa encruzilhada dentro de um cemitério!

Também escolher uma encruzilhada junto de uma árvore frondosa, ou num lugar alto, um numa planície, ou junto á água, tudo isso é importante na hora de escolher o tipo certo de encruzilhadas para se apelar ao tipo certo de entidades e energias espirituais que sejam adequadas ao trabalho de magia que se vai celebrar!

Por isso:

na hora de fazer um trabalho de magia poderoso numa encruzilhada – ou uma amarração amorosa numa encruzilhada – , não vá fazer as coisas erradamente – no local errado – e sem saber aquilo que está a fazer, mas sim entregue esse trabalho a um profissional!, encomendado uma bruxaria e um bruxo de verdade!, para depois não colher dissabores ao invés de ter vitorias!

Existem, dois tipos de encruzilhadas, e elas são:

1

as encruzilhadas masculinas, ou aqueles em forma de «+» ou de «x»

2

as encruzilhadas femininas, ou aquelas que são em forma de «T»

Na celebração de um trabalho de magia numa encruzilhada, – ou uma amarração amorosa numa encruzilhada – ,  deve-se optar por um desses tipos de encruzilhada conforme uma serie de critérios místicos, ou seja:

deve-se optar por uma encruzilhada feminina ou masculina, conforme se esteja apelando a uma entidade espiritual feminina ou masculina, ou conforme se esteja lidando com um assunto amoroso ou de outras naturezas, ( finanças, justiça, vingança, sumiços, etc), pois a conjugação desses factores é determinante na escolha do tipo de encruzilhada que se deve escolher para a feitura de um trabalho de magia.

Não deve o leigo nem o curioso andar a mexer com poderes que desconhece, pois quem faz isso pode até acertar – por mera sorte –naquilo que está a fazer, porem a maior probabilidade é que vá mexer com energias e poderosas que desconhece da forma errada e no local errado, assim acabando por atrair para si forças malévolas e mórbidas que acabarão prejudicando ao invés de ajudando!

Por isso, repete-se:

na hora de fazer um trabalho de magia poderoso numa encruzilhada, – ou uma amarração amorosa numa encruzilhada –  não vá fazer as coisas erradamente – no local errado – e sem saber aquilo que está a fazer, mas sim entregue esse trabalho a um profissional!, encomendado uma bruxaria e um bruxo de verdade!, para depois não colher dissabores ao invés de ter vitorias!, pois quando se está a lidar com trabalhos de magia feitos em encruzilhada – ou amarrações amorosas feitas em encruzilhadas – está-se a lidar com um instrumento catalisador e invocatório de poderes espirituais dos mais poderosos!, que por isso devem se lidados com cuidado!

Assim sendo:

quereis uma poderosa amarração feita em encruzilhada?

quereis um poderoso trabalho de magia feito em encruzilhada?

Escreva-nos!

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

magia, trabalhos de magia – o que é?

magis
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

magia, trabalhos de magia – o que é?

caldeirao

a palavra magia provém do persa magi ou magus, e que significa sábio.

Os magos eram os sacerdotes da religião persa. A vestimenta religiosa desses sacerdotes consistia de longos mantos escuros decorados com astros – os magos eram também astrólogos –  assim como chapéus pontiagudos, sendo que eles usavam também uma vara ou bastão.

Assim sendo:

foi por esse motivo que essa  ancestral imagem que acabou perdurar ao longo dos milénios na memoria colectiva  dos povos, e por isso acabou nos dias de hoje por retratar a clássica imagem das vestimentas de bruxos e bruxas, de feiticeiros e feiticeiras.

O sacerdotes magos eram uma casta eclesiástica hereditária, o que também muito contribuiu para a crença que ser feiticeiro e feiticeira é um ofício hereditário.

Entre os mais famosos magos da história contam-se Merlim da lenda medieval do rei Artur, assim como os três magos que visitaram e abençoaram Jesus no momento da sua nascença.

Isto explicado:

O que é magia ?

ou seja:

o que dizia são Cipriano sobre a magia?

se há coisa que são Cipriano ensinou é que a magia, é uma ciência de profunda sabedoria e imenso estudo, pois que são Cipriano viajou por 30 anos, ( desde o Egipto á Babilónia),  sempre a procurar instruir-se em todos os saberes e conhecimentos que conseguiu encontrar no reino das artes magicas.

Pois por isso mesmo,  assim se pode ler na obra de são Cipriano:

«(…) os manuscritos que ele escrevera e os apontamentos da bruxa Èvora, botou-os no fundo da sua grande arca, (…) Os manuscritos de S. Cipriano e os apontamentos da Bruxa Évora que foram encontrados na sua velha arca, foram levados para Roma e arquivados na Biblioteca do Vaticano. Estes preciosos documentos estão em língua hebraica, os quais foram traduzidos por grande sábios, tirando deles grandes proveitos para bem da humanidade»

Obra e vida de S. Cipriano, extraída do Flos Sanctorum, Pag 22, 25

Pois então:

Depois de passar três décadas procurando sabedoria oculta e estudando nos mistérios do oculto, eis que são Cipriano tudo escreveu e deixou num legado de ensinamentos místicos que comprova que magia, bruxaria e feitiçaria não são algo para ser encarado de ânimo leve, motivo pelo qual os leigos e os desconhecedores não devem ir mexer naquilo que desconhecem, para não acabarem por sofrer consequências nefastas e negativas.

Pois por isso mesmo, olha que assim está escrito na obra de são Cipriano:

Cipriano, propositadamente, tornava as suas mágicas bem difíceis de preparar, a fim de evitar que caíssem na mão de pessoas ignorantes, ou mal-intencionadas

Obra e vida de são Cipriano extraída conforme os ancestrais escritos históricos do Flos Sanctorum, Pag 48

Pois assim se sabe:

são Cipriano , ( tal como Da Vinci, o génio renascentista), escreveu a sua obra através de parábolas codificadas para que os leigos que lessem a sua obra nada dela entendessem, e porem os iniciados que lessem o texto do seu ensinamento soubessem e compreendessem aquilo que lá está oculto.

Pois por isso, olhai:

Quando estais a ler a obra de são Cipriano, tomai cuidado para não levar «á letra» tudo aquilo que ali está escrito, pois que a maioria daquilo que você está la ler não passam de codificações encriptadas, que foram assim escritas para que quem não entende fique a pensar uma coisa, e porem quem entende consiga acessar ao ensinamento oculto do santo, pois que são Cipriano sempre tomou todas as precauções para que os seus mais ocultos ensinamentos jamais fossem cai nas mãos erradas!, ou seja: nas mãos de leigos!

Assim fez são Cipriano, para que os seus ensinamentos ocultos jamais fossem praticados por pessoas desconhecedoras, pois que são saberes poderosos e que não devem jamais ser lidados por quem não esteja preparado, pois que grandes males poderiam advir tanto para o leigo desconhecedor  como para outros.

Assim dito.

Sobre magia, olha que assim se pode ler na obra de são Cipriano:

a magia é a arte de submeter as POTENCIAS DA NATUREZA á vontade humana. Entre essas potências há entidades invisíveis, espíritos, génios, evocados mediante fórmulas, orações, encantamentos, talismãs pentáculos, filtros e agentes naturais. (…) a arte da magia tem de se apoiar na ciência ou no conhecimento não somente da natureza das entidades, como também das PROPRIEDADES DOS ELEMENTOS NATURAIS.

Obra de são Cipriano, capitulo Magia, Pag 222

Assim se sabe:

são Cipriano professava que a natureza está repleta de espíritos e forças espirituais que respondem á sua invocação através de certas fórmulas e elementos naturais.

Por isso:

são Cipriano não considerava a magia algo de maligno, mas sim entendia a magia como algo tao natural quanto a ciência, ou seja:

se a ciência tenta manipular as leis da física e da química que existem na natureza, pois a magia tenta manipular as energias, as entidades e as forças espirituais existentes na natureza.

Pois por isso, assim se pode ler na obra de são Cipriano:

Os bruxedos (…) na sua forma mais pura, é uma tentativa de CONTROLAR A NATUREZA e fazer aparecer espíritos benignos e malignos

Obra de são Cipriano, capitulo Os bruxedos no tempo de são Cipriano, pag 41

Pois assim diz o saber de são Cipriano:

toda a natureza e todo o universo é composto de uma parte material, assim como é também composto de uma outra parte espiritual, sendo que ambas essas realidades coabitam e coexistem lado e lado na natureza.

Veja também: magia e os elementos da natureza

Pois então:

Os espíritos e as energias espirituais existem na natureza, e a magia faz uso dessas entidades, dessas energias e dessas forças espiritais que habitam na natureza em nossa redor, a fim de invocando-as então as fazer operar em nosso favor.

Resumindo:

a Magia é na verdade uma prática espiritual e religiosa, sendo que é uma crença na terra e nos poderes espirituais que residem no universo e na natureza.

a Magia professa que todo o universo tem todo um lado que é a natureza física e palpável que podemos ver e sentir, assim como também possui um lado invisível e intangível que é o lado espiritual, um outro lado de energias astrais, de forças mágicas e de entidades espirituais que coabitam e e habitam em todas as coisas da natureza.

Pois então:

a Magia é justamente o direccionamento dessas forças astrais e energias espirituais da natureza, movendo-as para um determinado fim.

Existem diversos exemplos de como isso é uma realidade, senão olhai:

medicina oriental – chinesa, japonesa – é uma medicina reconhecida pela medicina cientifica ocidental.

Pois então:

a medicina oriental defende que todos os seres emanam e absorvem energias vitais que existem no universo, sendo que através da aplicação de certos métodos – como a aplicação de agulhas em meridianos energéticos de um corpo humano – é possível reequilibrar as energias desse mesmo corpo humano, ou ate mesmo atrair energia positiva e expulsar energia negativa.

Da mesma forma:

Considera-se em certas filosofias orientais que a terra é um corpo vivo – conforme o corpo humano –  e que a terra possui determinados pontos ou meridianos energéticos, sendo que se diz as antigas civilizações construíram menires, templos e locais de práticas magicas nesses locais que são pontos terrenos onde vibrações astrais efluentes energéticos emanam, potenciando a prática de atos mágicos e espirituais.

Pois por isso mesmo:

Muitos afirmam – justamente por isso – que certos locais onde ocorrem muitos milagres, não são senão locais terrenos ondem existem pontos energéticos espirituais onde ali se conjugando a vibração da  de muitas pessoas no mesmo momento, então isso acaba potenciando efeitos que são os mesmos que aqueles operados pela magia.

Então:

esses assuntos não se tratam de crendices nem se superstições, mas antes são fenómenos naturais e sobrenaturais que o ser humano vem observando ao longo dos seculos, e que a humanidade tem vindo a estudar e a constatar á milhares de anos, e que mesmo hoje em dia a ciência não conseguiu desmentir, pois que:

ao contrario daquilo que se pensa, ainda hoje – em pleno sec XXI – há imensos cientistas, médicos e todo tipo de doutores a recorrer de trabalhos de magia!

Sabia disso?

Voltando aos fenómenos espirituais e da magia:

Olhai o exemplo do mau-olhado, do enguiço e do quebranto.

Em que consistem, todos esses fenómenos?

Na verdade, mau-olhado, enguiço e quebranto acaba tendo a mesma força que um feitiço, pois é uma energia direcionada que é tremendamente negativa e bloqueadora, e  que alguém – intencionalmente ou não –  lança a uma pessoa, oua uma família, ou a um estabelecimento, ou a um lar, ou a um objeto, e que infestando-se então vai morbidamente corroer essa vitima como o ácido corrói um metal…até o desfazer.

Então:

a magia funciona segundo esse mesmo princípio, tentando apelar, manipular e direcionar as energias astrais e forças espirituais que estão em todas as coisas do universo, canalizando-as para operar uma certa transformação.

Cuidai porem, para que não haja confusões:

a magia não é ilusionismo, ou seja, não se trata de tirar coelhos de cartolas, nem fazer truques com cartas.

a Magia é uma ciência oculta que lida com as forças astrais do universo e com as energias espirituais da natureza, da mesma forma que a física quântica lida com as partículas e energias subatómicas da natureza e do universo, e que sendo algo que os vossos olhos não podem ver… porem existe e é real.

Assim sendo:

O mago praticante de magia crê que todo o universo está impregnado de energias divinas, de entidades espirituais e de vibrações astrais, e que tudo isso são forças invisíveis mas reais com as quais é possível lidar tendo o conhecimento oculto e místico adequado.

Por isso:

Os magos sabem que em toda a natureza tangível – desde o mais pequeno grão de areia á maior montanha – tudo está impregnado dessa força divina intangível, espiritual e celestial.

Assim sendo:

Toda a vida está impregnada de energia espiritual que nos rodeia, que nos envolve, e que mantém o universo seguindo o seu caminho.

Por isso:

é a essa força astral e ás entidades espirituais da natureza, que os magos  dedicam a sua veneração, o seu estudo e a suas ocultas artes.

È reconhecido que as mais poderosas magias são a magia negra, e a magia de sangue.

 

Estais a procurar por um verdadeiro trabalho de magia ?

Escreva-nos!

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Oculto e ocultismo

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Oculto e ocultismo

images (2)

Breve dicionário sobre temas básicos do oculto e ocultismo

Astrologia:

Oráculo é uma resposta dada por um deus ou espírito a uma questão que lhe é colocada. A resposta de um oráculo traduz-se em revelações sobre o que vai suceder de forma a que um fim seja atingido, e a essas dá-se o nome de profecia. Uma religião é um conjunto de preceitos ou práticas por via das quais se comunica com um deus, seres celestes ou divindades. A astrologia, é um meio de produzir oráculos. Segundo a religião sibilina e de acordo com as tradições babilónicas e hebraicas, a astrologia é um processo de astromancia, ou seja: uma forma de ler nos corpos celestes a manifestação de entidades espirituais ou forças celestes.

Ocultismo (ou ciência oculta):
Crença na existência de realidades ocultas e sobrenaturais, assim de métodos susceptíveis de conhecer e manipular tais realidades transcendentais. As artes e ciências ocultas mais nobres, são: magia, adivinhação, astrologia, espiritismo. O ocultismo é constituído por um vasto corpo de conhecimentos esotéricos, que estão para alem da esfera do que é visível, ( do nosso mundo físico empiricamente cognoscível), e que procuram desvendar os segredos do mundo espiritual ou invisível.

Misticismo:
crença na possibilidade de comunicação com o divino, com o mundo espiritual, ou com uma divindade. O misticismo concede prioridade a um tipo de conhecimento ocultista e esotérico, que garante revelações inacessíveis ao conhecimento racional sobre o mundo invisível, espiritual ou sobrenatural

Magia:
Etimologicamente advêm da palavra grega «Mageía», que significa «religião dos magos»; Religião mística e esotérica que professa a crença em espíritos e forças sobrenaturais , assim como a possibilidade de contacto com essas entidades ou poderes; Saber secreto, constituído por um conjunto de conhecimentos, ritos e formulas ocultistas que se destinam a agir sobre o mundo natural, produzindo nele resultados contrários ás suas leis. A mais conhecida, forte e temida forma de magia, é a magia negra, por via da qual de apela a intervenção de demónios ou espíritos terrenais para causar a produção de certos eventos neste mundo.

Magia de sangue:

magia em que o bruxo faz uso do próprio sangue – justamente com técnicas ocultas como o uso de sigilos ocultos – para fazer a conjuração de espíritos, demónios, almas e aparições, a fim de gerar os poderosos bruxedos.

Magia negra:

magia na qual – através de processos ocultos como missas negras – se faz a conjuração de demónios, espíritos de trevas, espíritos de magia-negra e almas do oculto, com a finalidade de empreender em fortes bruxarias para diversas finalidades.

Magismo:
sistema e religião dos magos

Magos:
Antigo sacerdote religioso,  na Pérsia; praticante de magia.

Esoterismo:
Doutrina espiritual ocultista e secreta, apenas transmitida aos iniciados ou discípulos de um culto religioso.

Gnosticismo:
Doutrina crista nascida entre os Sec I e III d.C. que defende a evolução espiritual através da sabedoria ou a «gnose». A «gnose» é constituída por um saber secreto á luz do qual é possível extrair das escrituras verdades ocultas reveladoras sobre o divino e a divindade. A doutrina gnóstica, constitui a vertente mística do Cristianismo.

Kabalah:
ciência esotérica hebraica, constituída por um conjunto de métodos e conhecimentos por via dos quais é possível extrair dos textos sagrados mensagens ou saberes que neles se encontram ocultamente encerrados e apenas acessíveis aos iniciados que detêm esta ciência esotérica. A doutrina Kabalística, constitui a vertente mística do Judaísmo.

Teologia:
estudo filosófico do divino, baseado na analise das sagradas escrituras, ou dos saberes religiosos de um certo sistema.

Teosofia:
doutrina que professa não so o conhecimento filosófico e teórico das coisas divinas, como a a aplicação pratica das regras espirituais do mundo divino ao mundo terreno, de forma a se produzirem certos fins. A vertente teosófica mais conceituada do judaísmo é a Kabalah, assim como a vertente teosófica mais conhecida do cristianismo é o «Gnosticismo»

Bruxaria:
efeito ou facto que não se consegue explicar pela racionalidade nem pela lógica do mundo natural;Acontecimento atribuído á acção sobrenatural resultante de um bruxedo; acto de empregar bruxedos para atingir uma certa finalidade; sortilegios produzidos por um bruxo(a)

Feitiçaria:
acto de empregar feitiços para alcançar um certo fim; sortilégios advindos de feiticeiros(as)

Trabalho de Magia:
Serviço espiritual prestado a troco de um pagamento, e que consiste na produção de uma bruxaria ou de uma feitiçaria. O trabalho espiritual destina-se a causar certos efeitos no mundo natural, que de outra forma e sem a intervenção das entidades espirituais invocadas, não sucederiam. Um trabalho de magia resulta na produção de uma série de eventos e acontecimentos, que constituem oportunidades favoráveis para que quem encomendou o trabalho, ( se usufruir positiva e adequadamente dessas circunstancias favoráveis), possa alcançar os seus desejos. O trabalho de magia, destina-se por isso a oferecer oportunidades onde elas antes não existiam, a abrir as portas que antes estavam fechadas, a desbloquear caminhos aos desejos de quem o encomenda.

Bruxo:
aquele(a), que faz bruxaria, um praticante de ocultismo. Nas doutrinas professadas pelo Malleus Maleficarum, julga-se que o bruxo(a) ou nasce bruxo por via de uma maldição hereditária, ou se torna bruxo através de um pacto realizado com entidades espirituais. Acredita-se que o pacto com essas forças espirituais é geralmente confirmado por sangue, sendo que no caso das mulheres o pacto será selado por um acto de relações sexuais um anjo das trevas, ao passo que no caso dos homens é alcançado angariando e entregando belas mulheres a um demónio, para satisfação da luxúria infernal do mesmo. Acredita-se também que a alma do bruxo(a), fica por via desse pacto favorecida pelos favores dos espíritos de bruxaria, adquirindo assim um poder sobrenatural que diverge de pessoa para pessoa, poder esse a que se chama um dos «dons das trevas», que advêm do «poder das trevas». Acredita-se porem, que por esse mesmo pacto a alma do bruxo também fica condenada a metamorfosear-se num espírito de bruxaria para toda a eternidade.

Feiticeiro: 
aquele(a), que conhecendo as artes esotéricas dos feitiços, os realiza. Um feiticeiro(a) é apenas uma pessoa possuidora de conhecimentos esotéricos e místicos, não tem de ser um bruxo(a), pois não tem que possuir um pacto com entidades espirituais.

Sortilégio:
feitiço ou bruxaria realizados através de encantamento para influir num determinado assunto, com a intenção de propiciar um determinado fim ou objectivo.

Malefício:
processo de maleficiar alguém, (causar-lhe mal), através de um sortilégio

Encantamento:
processo místico apelatório ou invocatório de forças espirituais

Maldição:
acto ou efeito de amaldiçoar alguém ou algo através de forte imprecação, desfavorecendo o objecto da maldição na sua existência ou fins. Normalmente a Maldição, ao contrario da praga, esta associada a um processo místico consciente e voluntário , realizado para causar mal.

Bênção:
acto ou efeito de abençoar alguém ou algo, através de forte imprecação, favorecendo o objecto da bênção na sua existência ou nos seus fins.

Imprecação:
Acto de pedir algo com forte veemência, contra ou a favor de alguém.

Praga:
acto de imprecar um mal a alguém. Normalmente a praga, ao contrario da maldição, esta associada não a um processo metodológico e intencional, mas antes a um acto de involuntário de desejar mal, que acaba resultando num mal.

Amarração:
processo místico por via do qual se lança uma maldição para a vida de uma pessoa, de forma a uni-la a outra. Numa amarração, espíritos de mortos ou espíritos terrenais são convidados a entrar na pessoa amarrada, alterando-lhe o rumo da sua vida através de uma série de eventos que unirão o caminho de vida dela com a pessoa que encomendou a maldição de amarração. A amarração, ou une as vidas das duas pessoas previstas pelos encantamentos invocatórios, ou amaldiçoa a vida da pessoa amarrada de forma a que ela jamais seja feliz ao lado de outrem. Desta forma, unem-se para sempre os caminhos de vida das pessoas amarradas.

Profecia:
acto de predizer o futuro através de inspiração divina ou espiritual. A magia hebraica é um processo místico assente na metodologia profética, ou seja, apela-se ao divino para interferir no mundo terreno, sendo que o espírito actuará no profeta dizendo pela sua boca aquilo que irá fazer acontecer, em virtude do pedido que lhe foi feito.

Oráculo:
acto de predizer o futuro através da inspiração de um deus ou deusa.

Mau olhado ou quebrantar:
acto involuntário gerador de quebranto numa pessoa visada por outra com forte sentimento negativo ou de inveja; o quebranto gera debilidade, fraqueza, falta de forças, desanimo, desalento, tristeza. Como consequência, interrompe planos, cria obstáculos e vence a pessoa em todos os níveis, dominando-a pela negativismo e adversidade.

Quebranto:
efeito do mau olhado ou do acto de quebrantar.

Enguiço:
conjunto de empecilhos, infortúnios, revezes, contratempos, que desarranjam a vida de uma pessoa, família ou instituição, causando transtornos sucessivos, bloqueando caminhos e fechando portas. Enquanto que o quebranto é normalmente resultado de um mal involuntariamente transmitido por uma pessoas invejosa, ressentida ou mal-intencionada, o enguiço normalmente resulta de um malefício produzido com recurso a sortilégios de bruxaria ou feitiçaria. O Enguiço tende a fazer permanecer na vida da vítima um forte «mau agouro»
Infestação:

Infestação sucede quando forças espirituais muito negativas foram lançadas,  através de uma maldição, contra uma pessoa ou algum local, como uma casa, um lar, etc. A infestação toma conta de uma pessoa ou de um local. Quando infestada por espíritos negativos, a própria pessoa infestada, ( ou que esta em contacto com um local que foi infestado), começa a actuar de forma contrária aos seus interesses, gerando-se assim  caos e ruina a todos os níveis da sua própria vida. Conjuntamente, tudo o que é mau tende a aproximar-se da pessoa, como a própria pessoa atraísse irresistivelmente tudo o que é negativo para junto de si. Quando uma infestação se entranha fortemente numa pessoa,  eventos negativos começam inesperadamente a ocorrer e sucedem-se vez apos vez, sem parar. Passado um certo tempo, a pessoa nem se apercebe de como caiu num rumo de tamanha desgraça.
Mau Agouro: 
sucessiva, ininterrupta e devastadora má sorte que acompanha uma pessoa, família ou instituição.

Agouro:
sinais que fazem pressagiar ou prever o sucesso ou insucesso de alguém ou alguma coisa.

quer um poderoso trabalho de magia negra?

quer um poderoso trabalho de bruxaria?

Escreva-nos!

Altar de São Cipriano

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Magia segundo São Cipriano

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Magia segundo são Cipriano

Magia, o que é magia, magia segundo são Cipriano  
magis

Magia, o que é magia, a magia segundo são Cipriano

Magia.

O que é magia?,  e o que dizia são Cipriano sobre a magia?

Olha que assim se pode ler na obra de são Cipriano:

a magia é a arte de submeter as POTENCIAS DA NATUREZA á vontade humana. Entre essas potências há entidades invisíveis, espíritos, génios, evocados mediante fórmulas, orações, encantamentos, talismãs pentáculos, filtros e agentes naturais. (…) a arte da magia tem de se apoiar na ciência ou no conhecimento não somente da natureza das entidades, como também das PROPRIEDADES DOS ELEMENTOS NATURAIS.

Obra de são Cipriano, capitulo Magia, Pag 222

Assim se sabe:

são Cipriano professava que a natureza está repleta de espíritos e forças espirituais que respondem á sua invocação através de certas fórmulas e elementos naturais.

Por isso:

são Cipriano não considerava a magia algo de maligno, mas sim entendia a magia como algo tao natural quanto a ciência, ou seja:

se a ciência tenta manipular as leis da física e da química que existem na natureza, pois a magia tenta manipular as energias, as entidades e as forças espirituais existentes na natureza.

Pois por isso, assim se pode ler na obra de são Cipriano:

Os bruxedos (…) na sua forma mais pura, é uma tentativa de CONTROLAR A NATUREZA e fazer aparecer ESPÍRITOS benignos e malignos

Obra de são Cipriano, capitulo Os bruxedos no tempo de são Cipriano, pag 41

Pois assim diz o saber de são Cipriano:

toda a natureza e todo o universo é composto de uma parte material, assim como é também composto de uma outra parte espiritual, sendo que ambas essas realidades coabitam e coexistem lado e lado na natureza.

Pois então:

Os espíritos e as energias espirituais existem na natureza, e a magia faz uso dessas entidades, dessas energias e dessas forças espirituais que habitam na natureza em nossa redor, a fim de invocando-as então as fazer operar em nosso favor.

é a luz deste ensinamento que são Cipriano entende o fenómeno magico, e o que é a magia.

quer um poderoso trabalho de magia negra?

quer um poderoso trabalho de bruxaria?

Escreva-nos!

Altar de São Cipriano

Recomende, partilhe e vote nesta matéria
1 2