Altar de são Cipriano ©

Magias, encantamentos, magia branca, magia negra, ritos, conjuros, feitiçaria secular, conjurações, esconjurações, intercedências, invocações, rituais. Santeria, culto religioso, místico e espiritual aos santos.

 

Mestre Jorge; Mestre Daniel; Mestre Tiago; Mestre Paulo

 

 

Altar de são Cipriano e santa Maria Madalena - O caminho dos santos, Culto religioso aos santos; estatutos, fundação e constituição segundo «Manifesto Doutrinário», constante de registo em Oficio5244-MC ; averb. Reg. Nº 5847/2009 © .

 

atendimentoonline2

Veja aqui:

Trabalhos segundo saberes espirituais de s.Cipriano

Consulta gratuita:

e-mail: altar.cipriano@gmail.com

Tl: 925 709 899

altar_sao_cipriano_magia_negra_magia_branca_santeria_666

Altar são Cipriano © - Santeria – O caminho dos santos

Santuário sem fins lucrativos. Altar privado de culto religioso, místico, espiritual e esotérico.

Magia Negra e Magia Branca, o caminho das bênçãos e maldições de Deus, conforme a fé no caminho dos santos.

 

altarCiprianoMagiaNegraMagiaBrancaFeiticariaBruxaria

 

100  RELATOS VERIDICOS

mais de 100 Provas da obra e missão do Altar de São Cipriano.

Veja os mais de 100 Relatos Verídicos de Sucesso,

mais de 100 Casos de milagres operados através dos saberes de São Cipriano  


 

100
RELATOS VERIDICOS

mais de 100 casos reais e  milagres espirituais do Altar Místico de São Cipriano

 

-» Pagina 1 de Relatos verídicos

 

 

 

 

1

E eis um testemunho da intercedência de são Cipriano através da fé e dos seus saberes espirituais, e ei-lo assim:

 

«Estou a enviar este e-mail, para dizer que (…)  estou muito feliz, e é graças ao seu trabalho»

 

Carla B

 

Relato verídico conforme  e-mail de 4/4/2008

.

 

2


São Cipriano é um santo milagreiro e dele provem fortes saberes espirituais e místicos. Pois quando a intercedência de são Cipriano se manifesta, eis que no seu devido tempo o prodígio pode ocorrer, tal como ocorreu á Sr.a C.Santos. E assim, depois das intercedências no altar celebradas, eis que no tempo por Deus marcado assim a Sr.a C. Santos escreveu ao altar:

 

«Entre mim e a pessoa que amo tudo corre bem, nunca antes ela me tinha amado desta forma, o seu trabalho resultou mesmo.»

 

C. Santos

 

Relato verídico de e-mail com data de 18/8/2008

 

E tal como ela, também assim a Sr.a Maria A. escreveu:

 

«Consegui o trabalho (…) Muito importante foi eu ter aberto os olhos. Acreditei sempre, até este ano em pessoas que não devia. (…) foi bom. Estou mais forte. Mais segura (…) Agradeço o que fez por mim, e a todos os que colaboram consigo. (…) Obrigada.

 

Relato verídico conforme e-mail de 3/1/2009 

Seja pelas bênçãos de são Cipriano e de Deus, (magia branca), seja pelas maldições de são Cipriano e de Deus, (magia negra), eis que a cada pessoa Deus responde de uma forma. Assim, se procurardes com fé, eis que também em vós poderá no tempo por Deus marcado o fruto dos santos de Deus ocorrer. Para isso, eis são Cipriano aberto a acolher-vos neste altar.

 

3

A Sr.a Sónia S. tinha uma falsa amiga na sua vida. Ela contactou o altar de São Cipriano para a afastar da vida dela, pois essa mulher desejava o marido da Sr.a Sónia, e eis que ela era como erva daninha que estava envenenando o seu lar, o seu casamento e sua felicidade. O assunto foi entregue ao altar de São Cipriano, ali realizando-se missas esotéricas para auxiliar espiritualmente a Sra Sónia S.

E assim feito, eis que uma maldição foi rogada por são Cipriano, e eis que no tempo por Deus marcado como erva daninha essa mulher foi arrancada da vida da Sr.a Sonia S., e eis que a dita mulher desapareceu da vida da Sr.a Sónia. Mais uma vez, através dos saberes de São Cipriano resolvia-se um problema.

 

4

O Sr José F. desejava uma mulher mais nova, que ele amava á distância há muito tempo. Ela sempre demonstrara muita resistência aos avanços do Sr José, declarando-se apenas «uma amiga» e rejeitando qualquer relacionamento íntimo. O caso parecia perdido, mas o altar de são Cipriano recebeu-o de braços abertos. Consagrações foram celebradas no Altar de São Cipriano, de acordo com os mais secretos saberes do Santo e Bruxo milagreiro. Assim feito, no tempo por Deus marcado a dita mulher passou a actuar de forma carinhosa, amistosa, meiga e dedicada, ficando mesmo cheia de desejo sexual pelo Sr José. O Sr José teve assim a porta aberta para tudo o que ele mais desejava. Mais uma vez São Cipriano, transformou o que antes era um caminho fechado numa porta aberta á felicidade do Sr. José F. São Cipriano, continua operando milagres por todo mundo. Basta depositar nele a sua fé.

 

5

O Sr Gonçalo estava desesperado, pois a sua vida empresarial estava acabada e as dividas eram imensas. O Sr Gonçalo entregou o assunto ao altar de São Cipriano, onde se realizou um trabalho espiritual para que Sr. Gonçalo recebesse dinheiros dos clientes que lhe deviam milhões de Euros e que não lhe pagavam, ao passo que também fez um trabalho para que os bancos e credores lhe dessem tempo e espaço de manobra. Durante o trabalho do altar, o Sr Gonçalo recebeu dinheiro cobrado a clientes no valor de 3 prémios de Totoloto. Algumas das pessoas «tocadas» pelo trabalho de São Cipriano feito no Altar de São Cipriano, chegaram a vir entregar carros para pagar as suas dívidas, quando antes simplesmente nem um cêntimo pagavam. Os bancos, semana após semana, deram tempo e oportunidades de pagamento ao Sr Gonçalo, quando antes de consultar o altar lhe eram totalmente inflexíveis. E eis que assim, no tempo por Deus marcado, oportunidades e mais oportunidades foram sendo concedidas ao Sr. Gonçalo, onde antes apenas barreiras e mais barreiras haviam.

 

6

O Sr Luís estava á beira da falência, sem amigos e em risco de perder a sua noiva. O Sr Luís estava num estado psicológico e espiritual em que apenas pensava em suicidar-se. Quando procurou a ajuda do altar de são Cipriano, era a ultima tentativa de resolver os seus problemas. O altar aceitou este caso desesperado.... O assunto foi entregue a São Cipriano, e todo um processo espiritual foi celebrado em missas esotéricas com fundamento nos saberes de São Cipriano. Pois assim no tempo por Deus marcado, a vida do Sr. Luís mudou. A loja do Sr Luís passou a vender, e a falência foi ultrapassada. Os seus problemas de amizade do Sr Luis foram resolvidos. A namorada do Sr Luís voltou e tudo ficou bem. Tudo voltou á normalidade. Ate os pais do Sr Luis prosperaram na vida !! São Cipriano, continua fazendo milagres hoje, tal como fez á séculos atrás.

 

7

A menina Sónia procurava trabalho há 1 ano sem sucesso. Ela contactou o altar de são Cipriano porque o seu namorado conhecia a obra daqueles que ali trabalham e já tinha visto resultados espantosos dessa ajuda espiritual na sua própria vida. E a menina Sónia não se arrependeu. Eis que no tempo por Deus marcado, a Sr.a Sónia tinha já assinado um contrato de trabalho com uma empresa internacional e estava com os seus problemas laborais resolvidos. Quem entrega o seu problema a são Cipriano, com plena fé e confiança em São Cipriano e em Deus, encontra uma grande oportunidade de ver um milagre acontecer.

 

8

O Sr André estava devastado com a perda inesperada da sua noiva. Antes de contactar o altar de são Cipriano, a sua noiva tinha terminado um relacionamento de 7 anos e tinha-se afastado do Sr André. A noiva chegou mesmo a mudar os seus contactos pessoais e telefónicos a fim de evitar qualquer aproximação do seu ex noivo. O Sr André já tinha perdido todas a hipóteses de sequer falar com a noiva. O Sr André é um empresário de sucesso a nível internacional e a profunda depressão em que caiu estava a destruir ate mesmo a sua capacidade de trabalho. No entanto, no tempo por Deus marcado a noiva misteriosamente contactou o Sr André, confessou-lhe o seu amor e as suas saudades, tendo imediatamente voltado para o Sr André. Os negócios do Sr Andre também melhoraram e tudo voltou á perfeição !!

 

9

A Dr.a Ana L. logo após o auxilio espiritual do altar de são Cipriano , viu desaparecerem os seus problemas. O marido que a ameaçava constantemente desapareceu do mapa e no seu trabalho, ( ela é uma alta funcionária do estado, com ligações estreitas a altos cargos políticos), revelou-se-lhe quem a prejudicava e apareceu na sua vida uma alta figura da politica que a ajudou imensamente. Tudo num milagre sem igual. Assim, no tempo por Deus marcado tudo mudou. Do desespero total a Dn.a Ana L. caiu nas boas graças do patronato e viu todas as ameaças á sua felicidade afastadas da sua vida.

 

10

O Dn.a Marta S. tinha perdido todas as esperanças de recuperar o seu marido. Ele não lhe falava, ele demonstrava uma autêntica repulsa e «nojo» pela Dn.a Marta. Pois tempos passados após o trabalho espiritual no qual o problema foi entregue ao Altar de São Cipriano, onde missas esotéricas foram intensamente celebradas, o milagre aconteceu: o marido mudou completamente. Eles fizeram amor apaixonadamente e eles passaram a dormir novamente como homem e mulher, recuperando uma relação que estava perdida. O terreno que estava estéril foi transformado em terreno fértil que a Dn.a Marta teve assim a grande oportunidade de semear com o seu amor. No tempo por Deus marcado, os poderes do auxilio de São Cipriano são milagrosos, a assim o atestam as centenas de milagres que já foram operados no Altar de São Cipriano
.

 

11

A menina Marta C. estava totalmente desesperada. O seu noivo havia-a abandonado e as esperanças de um retorno eram nulas. Ele dizia que não gostava dela, ele dizia que não a queria ver mais, ele tinha cortado qualquer tipo de contactos com ela. Após o auxilio espiritual do altar de são Cipriano, no tempo por Deus marcado o impossível aconteceu e o noivado estava restabelecido. O amor voltou á vida dela e a felicidade voltou a sorrir-lhe. Recentemente a menina Marta C. escreveu ao altar, dizendo:

 

«Voce ajudou-me e nunca dinheiro nenhum vai poder pagar a gratidão que sinto por isso. Obrigado.»

 

Mais palavras para quê? Incontáveis milagres já sucederam através do Altar de São Cipriano, onde são depositados os pedidos que lhe são confiados.

 

12

A Sr.a Susana Q. tinha perdido o amor e entretanto ficou desempregada. Estava totalmente devastada e desesperada. Falou com o altar de São Cipriano, e deu inicio a um forte trabalho místico segundo missas e rituais esotéricos. Pois depois do auxílio espiritual do altar de são Cipriano, no tempo por Deus marcado a Dn.a Susana arranjou emprego. Antes disso, e depois da ajuda espiritual realizada em missas celebradas no Altar de São Cipriano, a Dn.a Susana encontrou um rapaz livre, sério a apaixonado. Todas as portas voltaram-se-lhe a abrir e foi oferecida á Dn.a Susana uma possibilidade de ser novamente feliz.

 

13

A Sr.a Maria João é uma famosa professor de Reiki e Taróloga. Estava no entanto a ser vitima de trabalhos de magia negra que afastavam se si o seu marido. Após tempos de imensas lutas espirituais, através dos rituais celebrados no Altar de São Cipriano, no tempo por Deus marcado eliminaram-se com sucesso as magias negras e o seu marido regressou ao lar. São Cipriano, é um santo milagreiro e quem encontra nele, motivo de fé, encontra também uma porta aberta para atingir a felicidade.

 

14

A Sr.a Anabela M. estava desesperada. Tinha sido abandonada por um marido infiel e os seus negócios estavam-se afundando. Os problemas eram imensos, todos ele adicionalmente agravados por uma dolorosa solidão. A Dn.a Anabela andava há 1 ano a tentar trespassar uma das suas lojas de forma a poder ultrapassar tantas dívidas e mudar a sua vida. No entanto nunca conseguia realizar esse negócio pois algo parecia sempre bloquear-lhe os caminhos. Após intensos rituais celebrados através de saberes secretos de São Cipriano, no tempo por Deus marcado o negócio que Dn.a Anabela necessitava que acontecesse realizou-se e a sua situação financeira foi totalmente recuperada. Melhor ainda, a Dn.a Anabela encontrou o amor e a felicidade. Através dos milagres de São Cipriano,  a luz e a vida foram devolvidas á Dn.a Anabela.

 

15

A Sr Lucinda nem sequer acreditava muito no mundo do oculto. Mas estava desesperada porque os seus negócios estavam completamente bloqueados. Por isso tentou uma solução desesperada e recorreu aos serviços do altar de são Cipriano. Pois após o auxilio espiritual celebrado no altar, no tempo por Deus marcado  os negócios da Dn.a Lucinda estavam a fluir normalmente, até mesmo com uma melhoria. Ela sentia-se muito melhor e foi obrigada, (nas suas própria palavras), a «dar a mão á palmatória» e reconhecer que a obra do altar de são Cipriano realmente é verdadeira e dá provas de resultados muito claros. Céptica ou não, a Sr.a Lucinda passou a acreditar depois de ter recorrido á ajuda milagreira de São Cipriano.

 

16

A Dn.a Carla estava desesperada e infeliz. Amava um homem que lhe fugia das mãos e tinha na sua vida uma mulher que lhe bloqueava todos os caminhos para a felicidade com recurso a magias negras. Também usando de magias negras através dos mais poderosos saberes de São Cipriano, a Dn. Carla «amarrou» com sucesso o homem que ela amava, sendo que eles alcançaram a felicidade que antes a Dn.a Carla julgava impossível. Ao mesmo tempo que tal sucedeu, a mulher que tanto mal fazia á Dn.a Carla ficou totalmente bloqueada, tendo mesmo adoecido. No tempo por Deus marcado Acabaram-se esses problemas na vida da Dn.a Carla, sendo mesmo que outras pessoas á sua volta que também tinham sido vitimas das magias da mulher acabaram sentindo a força do poder do trabalho de São Cipriano , vendo-se livres do mal que as dominava.

 

17

O Sr Rui G. estava desesperado pois a sua esposa tinha-o abandonado para ter um relacionamento extra-conjugal com um colega profissional dela e amigo pessoal de ambos. A dor da perda de 2 filhos e 1 mulher era grande,e  a sua dor durava há já um ano. O Sr Rui G falou com o altar de são Cipriano e deu inicio a um trabalho místico, ainda que com muitas desconfianças devido a todos os enganos a que havia sido sujeito. O assunto foi entregue ao altar de São Cipriano, e após intensas missas esotéricas dedicadas ao santo,  no tempo por Deus marcado o relacionamento da mulher do Sr Rui G. com o outro homem estava «liquidado» e «eliminado». O caminho para o reencontro entre ambos foi por isso aberto, o que nunca antes havia sucedido. A força dos trabalhos espirituais de São Cipriano, demonstrava-se mais uma vez de forma célere e devastadora.

 

18

O Sr Nuno Q há muito tempo que amava uma mulher. Mas essa mulher por diversos motivos tinha-se afastado do Sr Nuno, sendo que poucos contactos mantinha com ele, e os contactos que haviam eram puramente sociais e de amizade. O Sr Nuno estava desesperado e contactou o altar de são Cipriano. O assunto foi rapidamente entregue ao Altar de São Cipriano, onde se celebraram diversas missas esotéricas de magia negra. E assim, passado o seu tempo eis que surgiu um sinal: a mulher em questão passou a demonstrar ciúmes relativamente ao Sr Nuno, coisa que já não acontecia há muito tempo. Assim, no tempo por Deus marcado a mulher acabou fazendo uma declaração de amor, confessando os sentimentos que lhe iam no coração relativamente ao Sr Nuno Q. Tão mais milagroso foi o resultado, quanto já tinha passado meio ano e a mulher em questão estava totalmente «desligada» do Sr. Nuno Q, e após este auxílio ela lhe abriu novamente o seu coração. Mais uma vez, e através de são Cipriano porta que ontem estava fechada abriu-se, concedendo-se oportunidades de felicidade a quem sofre. São Cipriano, revela-se muitas das vezes milagreiro a quem lhe entrega a sua fé.

 

19

O Sr Jorge N. tinha namorado 7 anos com uma rapariga e o namoro, por motivos familiares, tinha terminado. Ela evitava qualquer tipo de contacto do Sr Jorge N, fosse por telemóvel, por sms, por e-mail ou pessoalmente. Ela chegou mesmo a alterar os seus contactos para evitar os contactos do Sr. Jorge N. Ela diversas vezes afirmou que estava tudo acabado, «morto e enterrado» entre eles e que, não havia qualquer hipóteses de reencontro. Tempos passados após o auxilio místico no altar de são Cipriano, o Sr Jorge N. ja tinha estado com a tão desejada rapariga nos braços , em situações sexuais e intimas, coisa que antes se julgava impossível. Ao mesmo tempo, quando a rapariga estava prestes a abandonar a terra onde ambos moram, situações «misteriosas» sucederam e impediram-na de partir. Assim,  no tempo por Deus marcado a separação foi evitada entre ambos. Assim, aquilo que era considerado impossível foi alcançado com sucesso. Os caminhos que o Sr Jorge N. viu fecharam-se-lhe diante dos olhos, foram os mesmos caminhos que se desbloquearam e voltram a abrir, através dos milagres de São Cipriano. 

 

20

A Dn.a Cristina sofria imenso num casamento que era um inferno. Um marido insensível, super possessivo e loucamente ciumento fazia a vida da Dn.a Cristina num tormento. A Dn.a Cristina estava tentando trabalhar e apenas esse facto era motivo de brigas e ofensas. Na boca do marido, a Dn.a Cristina tinha dezenas de amantes e era uma grande «vadia», coisa que não era verdade pois a Dn.a Cristina vivia para o seu lar e para o filho de ambos. A mãe da Dn.a Cristina adorava o genro e por isso, da parte da família da Dna. Cristina estava fora de questão uma eventual separação ou um divórcio. A mãe da Dn.a Cristina chegou mesmo a levar a sua filha a imensos locais, em que espíritas entravam em contacto com guias que recomendavam a filha a aguentar o casamento. Entre muitos trabalhos místicos feitos, a vida da Dn.a Cristina estava cada vez pior. A Dn.a Cristina contactou o altar de são Cipriano. Pois apos o trabalho celebrado no Altar de São Cipriano e no tempo por Deus marcado, a verdade foi descoberta. Através do altar, revelou-se aquilo que tantos outros nunca tinham feito.... através de mensagens de um familiar da Dn.a Cristina que já morreu e que ela identificou, e que ela recebeu pessoalmente em sinais, pois revelou-se que o marido da Dn.a Cristina afinal tinha tido uma amante, o que ele acabou admitindo. Na verdade, era ele que traía a sua esposa e não o inverso, como ele gritava aos sete ventos. È caso para dizer que quanto ao marido ciumento, «o bom julgador por si se julga» e que, afinal «nem tudo que reluz é ouro». O marido da Dn.a Cristina «enfiou o rabinho entre as pernas», e a mãe da Dn.a Cristina foi forçada a admitir que afinal o «santo» do seu genro tinha «pés de barro».A Dn.a Cristina teve assim a sua oportunidade de ser feliz.

 


21

A Dn.a Helena amava o Sr Luis há muito tempo. Mas o Sr Luís andava há muito tempo indeciso entre a Dn.a Helena e uma outra mulher. A Dn.a Helena procurou a ajuda do altar de são Cipriano e deu inicio a um tratamento espiritual fortíssimo. No decurso do processo místico, foi revelado á dn.a Helena o nome e descrição de um homem já falecido, que a Dn.a Helena reconheceu imediatamente como sendo um primo com o qual tinha tido um relacionamento muito próximo. Foi assim dito á Dn. Helena que esse homem, apesar de já ter falecido, contudo não tinha «partido» e continuava neste mundo tentando permanecer junto dela, o que estava causando graves problemas á vida da Dn. Helena. O problema foi assim tratado através de missas esotéricas. Passados assim tempos após a celebração das missas rituais a são Cipriano, e no tempo por Deus marcado, a Dn.a Helena contactou o altar de são Cipriano e confirmou que o Sr Luís estava finalmente muito atraído por ela. O Sr Luís andava mesmo a rondar-lhe a casa em atitudes apaixonadas, e verificou-se que a outra mulher estava sendo afastada da vida dele. Tudo resultou a 100%, e os resultados só não foram melhores porque a Dn.a Helena, contrariou as indicações que lhe foram facultadas.

 

22

A Sr.a Susana F contactou o altar de são Cipriano porque relacionamento com o seu marido estava péssimo. O marido fugia dela, tinha-lhe repulsa a quaisquer contactos físicos e estava sempre distante e frio. Passado o trabalho e no tempo por Deus marcado, a Dn.a Susana F contactou o altar de são Cipriano confirmando o espectacular resultado do trabalho e dizendo:

 

«estou-me finalmente a sentir bem na minha relação com o meu marido. As coisas melhoraram muito»

 

Mais uma vez através dos milagres de São Cipriano,  transformou-se o que estava estéril em terreno fértil para a felicidade de uma pessoa com fé.

 

23

A Dn.a Alda contactou o altar de são Cipriano porque o seu namorado estava totalmente descontrolado. Estava agressivo com ela e com a própria mãe, arranjava problemas no trabalho, não falava com ninguém e estava a isolar-se de todos os que o rodeavam. No altar de são Cipriano fez-se um poderoso clamor de auxilio espiritual, entregando o assunto aos espíritos,  e a Dn.a Alda viu pelos seus próprios olhos o que estava causando uma tão grande alteração no comportamento do seu namorado. Estando o auxilio espiritual celebrado, e no tempo por Deus marcado, ela escreveu ao altar de são Cipriano agradecendo, pois ela já se estava a relacionar bem como seu namorado, ele estava outra vez normal e sereno, ao passo que o ambiente familiar estava bom. Assim, no tempo por Deus marcado São Cipriano,  devolveu a paz a uma família, como a tantas e tantas já o santo milagreiro o fez.

 

24

O Sr João P. desejava separar-se da sua esposa e fazer a sua vida, uma vez que não era feliz junto desta. No entanto o sr João parecia não conseguir dar um passo em frente, pois cada vez que tomava uma atitude para se separar, logo começava a sentir um grande cansaço, dores de cabeça, inexplicável abatimento e dramática falta de forças. Imediatamente era possuído por ideias de regressar para casa. Tanto mais estranha era a situação, quanto o Sr João P parecia sentir-se forçado e desistir dos seus projectos mesmo contra a sua própria vontade. O Sr João P. procurou a ajuda do altar de são Cipriano, sendo que ali se entregou o assunto ao auxílio de São Cipriano e dos mais fortes espíritos. No final do trabalho espiritual, coisas muito estranhas aconteceram. No tempo por Deus marcado , o Sr João P. recebeu mensagens espirituais que lhe revelavam que a sua esposa estava a praticar magia negra para o amarrar. O Sr João não queria acreditar. Mas o Sr João teve de acreditar quando aconteceu aquilo que nunca tinha acontecido antes dele ter contactado o altar de são Cipriano… certo dia ele descobriu em sua casa instrumentos de um ritual de magia negra. O auxílio espiritual do altar de são Cipriano obrigou a verdade a vir ao cimo, revelando o que até então estava oculto. O Sr João P confessou que estava muito abalado com todas as descobertas que o trabalho do altar de são Cipriano lhe tinham revelado. Mas mais que apenas revelar as verdades ocultas, o trabalho espiritual do altar de são Cipriano desfez a amarração que a sua mulher lhe fizera. Assim, o Sr João P. teve finalmente forças para sair de casa e fazer a sua vida. Dois milagres aconteceram na vida do Sr João, que viu a verdade pelos seus próprios olhos e foi liberto das garras de uma amarração graças a São Cipriano.

 

25

O Sr Jorge R. estava desesperado e já tinha recorrido sem sucesso a outros mestres, mas sem resultados. A esposa do Sr Jorge R. estava decidida a separar-se e a acabar com o casamento e nada a fazia demover da sua decisão. Ela afirmava que já não gostava do do Sr Jorge R., que apenas via nele um amigo e o pais dos seus filhos, que nada mais existia entre eles. Pior: a esposa do Sr Jorge R. já tinha um outro homem na sua vida. O caso era desesperado. O casal já não dormia junto, as discussões eram imensas, a frieza da esposa era intransponível. O altar de são Cipriano aceitou a missão de auxiliar espiritualmente o sr. Jorge R., depositando o problema nas mãos de São Cipriano e dos espíritos sob seu comando. Pois após o trabalho do espiritual do altar de são Cipriano estar celebrado, no tempo por Deus marcado  eis que o Sr Jorge R. escreveu, dizendo:

 

«Estou novamente com a minha mulher, ela finalmente voltou a dormir na nossa cama (…)Quanto ao outro individuo, acho que ela se está a querer afastar dele(…)ela voltou para mim»

 

Os resultados foram mais uma vez a prova dos incontáveis milagres de São Cipriano, operados através do auxílio espiritual do altar de são Cipriano. O que estava morto voltou a viver. Foi assim dada uma nova oportunidade ao Sr Jorge R. para construir um renovado casamento e reconquistar a sua mulher. Os resultados só não foram inteiramente positivos , ( o outro homem não foi totalmente afastado e isso veio a causar alguns efeitos posteriores), porque o Sr Jorge R. optou por não respeitar todas as instruções do altar de são Cipriano.

 

26

Uma magia negra de São Cipriano, que funcionou a 200%.....O Sr Armindo desejava que a sua mulher voltasse para si e contactou o altar de são Cipriano. A sua mulher estava completamente desligada do Sr Armindo e «tocar» no seu coração era já impossível. Entretanto a mulher já tinha abandonado o lar e tinha iniciado uma vida nova. No entanto o altar de são Cipriano aceitou o desafio. Usaram-se de saberes de São Cipriano para realizar poderosa magia negra e Luciferiana para «cortar as pernas» á esposa do Sr. Armindo, e no tempo por Deus marcado a mulher do Sr Armindo teve acidentes de carro, perdeu inexplicavelmente o trabalho, ficou praticamente sem dinheiro nenhum, ficou totalmente desorientada e sem escapatória. A mulher do Sr Armindo chegou mesmo a desabafar, para quem queria ouvir, que estava a pensar em «ir á bruxa», tal era a dose de coisas más que lhe aconteceram. A magia negra celebrada através  dos saberes de São Cipriano, resultou a 100% , destruindo totalmente a vida da esposa dele e fechando-lhe as portas a ser feliz com qualquer outro homem.

 

27

Com o altar de são Cipriano até os resultados mais inacreditáveis são possíveis e as situações mais delicadas são vencidas. O Sr João Paulo desejava muito fazer amor com uma certa pessoa e ter um relacionamento com a mesma. O assunto era difícil pois a pessoa em questão não estava interessada. Mas o assunto era tão mais complicado quanto a pessoa em questão era do mesmo sexo que o Sr João Paulo. Apesar do enorme desafio, o altar de são Cipriano aceitou fazer um poderoso trabalho espiritual de amarração, entregando o assunto aos saberes de São Cipriano. O tormento do Sr João Paulo era grande, e por isso grande foi a luta. Porem, eis que no tempo por Deus marcado o Sr João Paulo confirmou que o seu relacionamento com a pessoa em questão havia melhorado imenso e estava excelente. A pessoa aceitou os convites que lhe foram feitos, a pessoa estava totalmente mansa, a pessoa estava aberta ao Sr João Paulo. Aquilo que parecia totalmente impossível foi vencido pelos saberes de São Cipriano…. e tornou-se possível. Os caminhos que o Sr João Paulo tinha encontrado fechados, foram rapidamente abertos. Assim o Sr João Paulo teve uma oportunidade única de lutar por aquilo que mais desejava. Tal como o sr. João Paulo, também a menina Helena pediu ajuda ao altar de são Cipriano para um caso idêntico com uma pessoa também do mesmo sexo. Uma amarração idêntica foi também realizada para a menina Helena , e igual desfecho assim se verificou. Assim se provou que com os trabalhos espirituais do altar de são Cipriano todas as barreiras, ( até as mais impensáveis), podem a seu tempo ser quebradas. Procure-se por isso com fé e certeza, e não por prazos nem com incertezas….e assim o fruto floresce e é-vos entregue.

 

28

O Sr Francisco, devido a problemas familiares complicados, já não falava com a sua filha há imensos anos. Procurou ajuda por muitos sítios e gastou fortunas. Todos aqueles que contactou, diziam-se impotentes para ultrapassar o problema devido a fortes trabalhos realizados pela sogra da sua filha. Era uma situação muito dolorosa, tanto mais que o Sr Francisco nem sequer tinha contacto com a sua pequena neta, que nunca chagara a conhecer devido aos problemas que o separaram da filha. O altar de são Cipriano aceitou o desafio, prestando o seu auxílio espiritual a um homem abatido pela dor, desgastado por tantas tentativas falhadas, e «queimado» com tanto dinheiro já gasto sem ver nada acontecer. O problema foi entregue a São Cipriano através de diversas missas esotéricas. O trabalho espiritual decorreu com normalidade tempos passados, o Sr Francisco confirmou que finalmente, no tempo por Deus marcado, a filha entrou em contacto com ele para chegarem novamente á palavra. O caminho que estava fechado há quase 10 anos foi aberto e pelas mãos dos sacerdotes do altar, que entregaram a São Cipriano aquela causa perdida. Através de São Cipriano, foi assim oferecida uma oportunidade ao Sr Francisco para ele reconstruir a sua família novamente.

 

29

A Dn.a Isabel F andava desesperada pois o seu marido andava distante, frio, ausente e tudo indicava que o seu casamento estava á beira de um colapso. A Dn.a Isabel tinha muita urgência e por isso pagou todo o valor inicial solicitado para a celebração de missas-rituais, pedindo que as coisas andassem o mais rapidamente possível. O altar de são Cipriano realizou intensas missas esotéricas, onde com fé, se intercedeu pelo problema da Dna Isabel. Assim foi, e foi melhor. No tempo por Deus marcado após a celebração dos trabalhos, a Dn.a Isabel viu pelos seus próprios olhos o seu marido mudar «da água para o vinho». O marido enviava mensagens de amor, o marido telefonava-lhe, o marido dizia-se apaixonado, o marido demonstrava ciúmes e o marido revelava mesmo medo de perder a Dn.a Isabel. Os resultados foram visíveis e foi assim oferecida á Dn.a Isabel F. uma oportunidade de reacender o amor e reavivar o seu casamento. Mais um caminho que estava fechado e que foi aberto através de São Cipriano, santo milagreiro.

 

30

A Dn.a Raquel C. procurou o altar de são Cipriano porque o seu casamento estava á beira do fim. Não havia diálogo com o marido, o marido andava a ver uma outra mulher e tudo parecia terminado. O problema foi entregue ás mãos de São Cipriano, e no tempo por Deus marcado a outra mulher foi afastada da vida do marido da Dn.a Raquel. Assim, tempos passados após a conclusão do auxílio espiritual do altar de são Cipriano, a Dn.a Raquel escreveu:

 

«As coisas durante este fim-de-semana melhoraram bastante, nós já nos falamos, e ele convidou-me para irmos sair. Fomos e foi bastante melhor. Foi muito agradável. Ele também voltou a dormir na nossa cama. Obrigado».

 

Mais uma vez, São Cipriano revela-se milagreiro em causas perdidas.

 

31

O Sr Miguel tinha sofrido uma grande perda, pois a sua esposa tinha-o abandonado. A agressividade era muita, ela só falava de dinheiro e de problemas, ela recusava-se a voltar para casa. O Sr Miguel pediu uma coisa ao altar de são Cipriano. Ele pediu:

 

«Que seja ela a entrar em contacto comigo, que seja ela a dar a cara, que seja ela a andar atrás de mim. Que ela volte para mim, porque já estou farto de andar atrás dela.»

 

Embora sendo um complicado retorno de afectos, pois a mulher do Sr Miguel estava muito distante e revoltada, o altar de são Cipriano aceitou o desafio. Um trabalho de amarração bem forte foi feito com recurso a magia negra celebrada através de saberes de São Cipriano. O trabalho foi feito no Altar de São Cipriano através de diversas missas de magia negra, e depois esteve em repouso. Depois de tudo feito, no tempo por Deus marcado a mulher amarrada entrou em contacto com o Sr Miguel. O trabalho de São Cipriano tinha causado tanto problema, tanto contratempo e tanto atraso na vida dessa mulher, que ela, com todos os caminhos bloqueados, foi forçada a virar-se para a ajuda do marido. Eles acabaram jantando, acabaram fazendo amor. Ela ficou mansa e aberta ao Sr. Miguel .O que antes era só raiva e ódio, foi transformado numa grande oportunidade para o Sr Miguel ser feliz. Os trabalhos de São Cipriano podem ajuda-lo, pois são Cipriano é milagreiro mesmo em assuntos desesperados.

 

32

Sr João Q estava totalmente desesperado. O Sr João Q. ja tinha recorrido a outros mestres, mas sem resultados palpáveis. O Sr João Q estava em grande sofrimento pois a amava imenso uma mulher, amava demais uma mulher que para ele representava a sua vida. Contudo essa mulher terminara tudo com o Sr João Q. e não queria mais sequer ouvir falar no nome dele, não queria mais nem vê-lo á frente. Para piorar ainda mais o pesadelo, a mãe dessa mulher oferecia uma incomum oposição ao relacionamento deles. A mãe dessa mulher lutava com todas as forças para impedir que a sua filha tivesse um relacionamento com o Sr João Q. As discussões, os conflitos, as guerras entre o Sr João Q e a mãe dessa mulher eram constantes. Tudo parecia por isso perdido. O Sr João Q estava desesperado, o Sr Joao Q tinha medo de ser mais uma vez enganado, mas no fim, o Sr Joao Q. ,( independentemente de «conversa fiada» que ouviu e leu por aí….), decidiu confiar no altar de são Cipriano. O Sr João Q. não olhou a meios e pagou as missas e liturgias esotéricas celebradas no altar de são Cipriano. Em troca, o altar de são Cipriano também não olhou a meios e fez o melhor dos melhores, celebrando intensas missas esotéricas a São Cipriano. E tanto foi, que tempos idos então no tempo por Deus marcado a mulher em questão a mulher amada pelo Sr João Q confessou todo o seu amor por ele, a mulher amada pelo Sr João Q defendeu-o perante a mãe e assumiu frontalmente o amor de ambos. A mesma mulher que não queria mais ver o Sr João Q. acabou fazendo amor com ele e a reconciliação aconteceu. Melhor que isso, a mae dessa mulher, a mesma que nunca aceitou o relacionamento da sua filha com o Sr Joao Q, mudou da água para o vinho e decidiu dar uma oportunidade ao Sr Joao Q. Assim, o Sr Joao Q. escreveu dizendo:

 

« quero agradecer (…) imenso pois as coisas entre mim e ela nunca estiveram tão bem».

 

O Sr Joao Q. confiou no altar de são Cipriano e entregou com fé o seu tormento ao Altar de São Cipriano. Em troca, o Sr João Q. teve tudo aquilo que mais desejava na sua vida. Todas as portas da felicidade se abriram ao Sr Joao Q. , para que ele pudesse aproveitar e agarrar essa nova vida que lhe foi oferecida. São Cipriano, é por tudo isso um santo atestadamente milagreiro.

 

33

A Sr.a Carla P estava desesperada. A sua situação financeira era insuportável, ela estava mesmo a pontos de ter de vender a sua casa. A Dn.a Carla P. pediu ajuda ao altar de são Cipriano. O altar de são Cipriano usou de poderosa magia negra, celebrada através de missas esotéricas dedicadas a São Cipriano e aos espíritos infernais comandados pelo santo. Passado algum tempo, a Sr.a Carla confessa ao altar de são Cipriano que apareceu na vida dela um homem maravilhoso, um homem pelo qual ela estava apaixonada, um homem que também estava apaixonadíssimo pela Sr.a Carla P., um homem riquíssimo e que era a salvação de todos os problemas financeiros da Sr.a Carla P. Assim através de São Cipriano,  abriu-se um caminho, não só de solução financeira, como de felicidade pessoal. No tempo por Deus marcado , o caminho foi desbloqueado, para que quem quer aproveite essa oportunidade. São Cipriano, pode ajudar de forma milagreira e expedita.

 

34

A Sr.a Fernanda estava desesperada. Ela amava um homem que contudo tinha outra mulher, e a situação estava-se perpetuando para seu grande tormento. Ela recorreu aos serviços do altar de são Cipriano, que realizou uma poderosa feitiçaria, selada em Missas esotéricas dedicadas a São Cipriano, e despachada segundo preceitos de magia negra de São Cipriano. Pois em pouco tempo, a Sr.a Fernanda informou o altar de são Cipriano que o homem em questão começou a telefonar bem mais do que antes, e mesmo aos fins-de-semana, ligando constantemente, coisa que não sucedia. Ao mesmo tempo, ela confirmou que violentas discussões estavam ocorrendo entre o homem e a outra mulher, sendo mesmo que doenças familiares, (que já existiam, mas que com o trabalho começaram a agravar-se), iam destabilizando esse outro relacionamento. Simultaneamente, a sr.a Fernanda também confessou que o homem começou a ficar bem mais meigo, e muito mais apegado a ela. O trabalho espiritual do altar de são Cipriano, conforme encomendado, no tempo por Deus marcado criou todas as condições para que a Sr. Fernanda pudesse agarrar as oportunidades criadas e ser feliz. São Cipriano, revelava assim e mais uma vez, a força dos seus milagres.

 

35

A Sr.a Tania L sentia o seu homem distante e frio. Mais uma vez uma relação caminhava a passos largos para um fim doloroso. O altar de são Cipriano aceitou realizar um trabalho de união através dos saberes de São Cipriano , e tudo mudou. A Sr.a Tania escreveu ao altar de são Cipriano, informando que depois do trabalho o seu amado estava novamente atencioso, simpático e apegado. No tempo por Deus marcado , mais uma porta que se abriu através de São Cipriano, mais uma oportunidade oferecida a quem estava sem mais esperança através dos milagres do santo.

 

36

O Sr Sergio perdera a sua namorada para um mestre de artes marciais. A sua namorada, entrando por comportamentos menos próprios, acabou envolvendo-se assim com um homem mais numa relação oculta e pouco clara. O Sr Sérgio desejava que ela abandonasse os desportos de luta, queria que ela abandonasse aquele homem, contudo ela recusava-se faze-lo. O Sr Sérgio queria o amor e queria ser feliz e por isso procurou o altar de são Cipriano. O altar de são Cipriano aceitou a missão. Tempos após o trabalho estar decorrendo no Altar de São Cipriano , a rapariga sofreu uma pesada derrota num torneio, chegando a ir parar ao hospital vertendo sangue. O trabalho espiritual feito através de São Cipriano,  entrava com toda a força na vida daquela rapariga. No entanto, o Sr Sérgio vendo que apesar do trabalho do altar de são Cipriano ser devastador, contudo a rapariga não alterava as suas condutas pouco sérias, acabou consequentemente vendo pelos seus olhos que a rapariga na verdade não merecia todo o seu dedicado amor e tanto sofrimento que ele estava passando. Por isso, São Cipriano  fez imediatamente aparecer uma nova mulher na vida do Sr Sérgio, uma mulher meiga, dedicada, sincera, de bom coração e que merecia todo o amor do Sr Sérgio. O Sr Sérgio soube reconhecer a porta que São Cipriano abriu e aceitou esse novo amor na sua vida.  No tempo por Deus marcado, o Sr Sérgio encontrou assim a felicidade que nunca teve e a paz de espírito que julgava ter perdido para sempre. Por vezes os trabalhos espirituais do altar de são Cipriano acabam abrindo as mais inesperadas portas e desbloqueando os mais imprevisíveis caminhos e, quem sabe aproveitar esses caminhos e entrar por essas portas, encontra aquilo que julgava impossível: uma felicidade enorme e de verdade.

 

37

A sr.a Vera L. estava longe de Portugal, sofrendo de amor e perdida num mar de dúvidas, confusão, depressão e infelicidade, sem saber que rumo dar á sua vida. A sr.a Vera L. contactou o altar de são Cipriano e expôs-lhe o seu caso, pedindo-lhe ajuda. No altar de são Cipriano foi realizado um trabalho de auxilio espiritual, depositando-se assim o assunto ás mãos de São Cipriano. Tempos depois e decorridos, eis que homem fantástico entrou na vida de sr.a Vera L, um homem como ela sempre sonhou e que a deixou felicíssima. A Sr.a Vera L. encontrou assim uma porta aberta para a felicidade, um caminho aberto para o amor, uma oportunidade para ter uma vida cheia de calor, atenção e carinho. Mais uma vez, no tempo por Deus marcado ,os trabalhos místicos feitos com fé em São Cipriano, desbloqueiam caminhos e concedem oportunidades que cada um pode e deve agarrar com todas as forças. Mais uma vez, São Cipriano concedeu a mais uma pessoa a felicidade tão desejada.

 

38

O Sr. Luís P estava procurando a felicidade, pois tudo parecida errado na sua vida. O amor não acontecia, e cada relacionamento era um fracasso. Tudo que o Sr Luís queria era ser feliz. O sr Luís pediu ajuda ao altar de são Cipriano. O altar de são Cipriano aceitou a missão e fez um forte trabalho através de missas esotéricas celebradas no Altar. O trabalho acabou revelando que havia um grande mal na vida do Sr Luís P., mas o altar de são Cipriano lutou ao longo de muito tempo contra o bloqueio que havia na vida do sr Luís P.

E como grande foi a luta, grande foi o resultado. O Sr Luís P. acabou escrevendo ao altar de são Cipriano, dizendo:

 

«È com grande prazer que lhe venho agradecer por tudo que fez por mim. Estou feliz como nunca julguei possível. Encontrei a mulher da minha vida, a mulher com que sempre sonhei, e estou vivendo a melhor coisa da minha vida. Nem quero acreditar que isto me esta a acontecer. Obrigado».

 

Mais palavras para quê????? No tempo por Deus marcado , as obras de São Cipriano manifestam-se verdadeiramente milagreiras.

 

39

A Sr.a Cristina M. sentia o seu marido ausente, ele estava frio como gelo e falando de separação. A Sr.a Cristina M. procurou a ajuda do altar de são Cipriano e o trabalho foi aceite. Assim foi feito um forte trabalho de amarração segundo saberes de São Cipriano. E assim foi feito, e assim aconteceu. No tempo por Deus marcado o marido da Sr.a Cristina M. começou a confessar que estava com um enorme desejo sexual pela Dn.a Cristina M. Assim o confessou e assim o fez, e ambos fizeram amor. O gelo e a frieza do marido da Sr.a Cristina M. foram quebrados e o casal foi novamente unido. Onde antes havia repulsa passou a haver atracção, onde antes havia rejeição passou a haver desejo, onde antes havia frieza passou a haver interesse, onde antes havia afastamento passou a haver paixão. O mesmo homem que fugia, foi o mesmo homem que voltou louco de desejo e doido de paixão, para se deitar com a Dn.a Cristina M. A porta desse amor estava fechada, e a porta desse amor foi aberta. No tempo por Deus marcado ,o caminho foi desbloqueado, para que a Dn.a Cristina M. pudesse aproveitar a oportunidade que lhe foi oferecida e reconquistar o seu marido.

 

40

A Sr.a Teresa estava apavorada. A sua filha era tratada de forma brutal pelo seu genro. Lamentáveis cenas de violência doméstica repetiam-se impunemente. Para piorar ainda mais o pesadelo que a Sr.a Teresa estava vivendo, a sua filha estava incompreensivelmente agressiva para consigo, quando antes havia entre mãe e filha uma estimada amizade. Ao mesmo tempo, o seu neto estava sendo privado de conviver como sempre fizera com os avos e assumindo atitudes estranhíssimas de rejeição á Dn.a Teresa. A Sr.a Teresa procurou a ajuda do altar de são Cipriano. O altar de são Cipriano aceitou o caso, havendo sido celebradas dezenas a dezenas de missas esotéricas no Altar de São Cipriano, Pois uma vez realizado o trabalho, no tempo por Deus marcado começaram-se a sentir as diferenças…. O neto passou a conviver normalmente com os avos. A filha ficou serena, mansa e aberta para com a Sr.a Teresa, restabelecendo-se a amizade que sempre houve entre mãe e filha. Dias depois, um terrível acidente atingiu o seu genro, fazendo-o pagar por todo o mal que ele fez á filha da dn.a Teresa. Assim, são Cipriano não falhou nem numa única vírgula. Os saberes infernais de São Cipriano, são temíveis e poderosos.

 

41

O Sr Nuno P desejava desapegar e destruir o seu conjugue, ao mesmo passo que queria realizar uma amarração á mulher que amava. A sua vida matrimonial apenas se manteve durante muitos anos devido aos filhos, contudo a vida de casado era um inferno que o Sr Nuno já não mais podia suportar. O Sr Nuno encomendou um trabalho de magia negra ao altar de são Cipriano para causar desgraça e desapego na sua mulher, ao mesmo tempo que amarrando a si a mulher na qual ele tinha recentemente encontrado o amor. O assunto foi assim entregue ao Altar de São Cipriano, dedicando-se ao santo dezenas de missas, com fé e devoção. Pois no tempo por Deus marcado tudo se realizou. A esposa do Sr Nuno foi acometida de uma grande e acidental desgraça que a lançou para o hospital, ao mesmo tempo que a mulher amada se abriu aos desejos do Sr Nuno. Não fosse o Sr Nuno ter falhado no cumprimento das instruções do altar de são Cipriano, e resultados teriam sido ainda mais avassaladores.

 

42

A Dn.a Helena P. estava desesperada. O homem que amava fugia-lhe, não assumia o amor deles, limitava-se a passar bons momentos para depois desaparecer sem assumir quaisquer responsabilidades. Pior: o homem que a Dn.a Helena amava tinha uma namorada que insistia em se intrometer no caminhos dela. A Dn.a Helena decidiu contactar o altar de são Cipriano e entregar-lhes o seu problema. Confiou sem reservas nem duvidas, e em troca viu resultados espantosos. Celebraram-se dezenas de missas esotéricas no Altar de São Cipriano, invocando em nome do Santo e Bruxo, poderosíssimas forças espirituais.

Assim, no tempo por Deus marcado o homem que ela ama sofreu incontáveis tormentos e complicações. Tanto aconteceu, que ele acabou ficando manso e aberto ás investidas da Dn.a Helena. A namorada dele, nesse mesmo período de tempo, foi acometida de uma grave doença cerebral e para reforçar o inferno, foi atropelada. Com tanta desgraça o namoro acabou e passados alguns meses, o mesmo homem que fugia de Dn.a Helena estava encantado com a ideia de adquirirem casa e terem uma vida comum. O poder dos trabalhos segundo são Cipriano, são por vezes tão milagreiros, como temíveis.

 

43

A Dn.a Elvira estava desesperada por causa da sua filha. A sua filha amava imenso um rapaz, contudo surgiu uma ruptura no relacionamento deles que tinha afastado completamente o namorado da sua filha. A filha da Dn.a Elvira estava em grande sofrimento e os tormentos daquela sua família estavam sendo insuportáveis. O rapaz não queria sequer ouvir falar no nome da filha da Dn.a Elvira, o rapaz recusava sequer qualquer contacto. O fim daquele namoro parecia uma realidade inultrapassável, parecia que tudo tinha chegado a um ponto final irreversível. A Dn.a Elvira contactou o altar de são Cipriano e pediu ajuda. A Dn.a Elvira tinha receio, pois antes de contactar o altar de são Cipriano tinha encomendado um outro trabalho que não tinha resultado em nada, mesmo nada. O altar de são Cipriano aceitou o desafio. O assunto foi entregue ao Altar de São Cipriano, onde se trabalhou arduamente na celebração de missas esotéricas, e depois pediu que fossem executadas certas instruções. Pois assim feito então no tempo por Deus marcado o problema estava resolvido. O rapaz voltou a contactar a filha da Dn.a Elvira, o casal de namorados teve longas conversas e momentos juntos e tudo ficou aberto para o novo inicio de um relacionamento. No tempo por Deus marcado , onde antes havia um rapaz eu não podia nem ouvir falar no nome da filha da Dn.a Elvira, passou a haver um rapaz manso e aberto aos avanços da filha da Dn.a Elvira, abrindo-se assim uma porta para o reatamento de uma relação, abrindo-se uma porta que antes estava completamente fechada. Os milagres de São Cipriano, advindos do Altar de São Cipriano, são por isso incontáveis e atestados pelos factos.

 

44

 

A Sr.a Marlene A. Sofria imenso pois o homem que ama estava sendo afastado dela por uma situação muito complicada. Uma outra mulher tinha entrado na vida do seu homem, ao passo que falsos amigos e companhias erradas estavam fazendo a cabeça desse homem, cavando um fosso entre a Sr.a Marlene e o seu amado. O trabalho do altar de são Cipriano foi árduo e longo, pois entre a Sr.a Marlene e o seu amor estavam imensas pessoas. Demorou algum tempo e um reforço, mas findo o trabalho do Altar de São Cipriano, a sr.a Marlene escreveu agradecendo.

Como ela mesma confessou pelas suas palavras com grande felicidade, a outra mulher foi afastada da vida do seu homem, ao passo que as más companhias também foram tiradas do caminho dela. O altar de são Cipriano conseguiu, nunca desistindo do trabalho e lutando espiritualmente contra tantos opositores a esta problema, ajudar a Sr.a Marlene A. a encontrar a felicidade.

No tempo por Deus marcado , São Cipriano mais uma vez operou uma vitória onde antes apenas havia derrota.

 

 

45

 

A Sr.a Cristina L.S. estava desesperada, pois morava em casa da sua mãe e dentro dessa mesma casa, junto com a sua mãe, morava uma rapariga que era uma verdadeira praga, uma verdadeira peste, uma mulher que envenenava a harmonia do lar causando grandes discussões e tormentos. A Sr.a Cristina não aguentava mais esta situação e queria desesperadamente que aquela rapariga saísse da casa da mãe e parasse de atormentar a vida dela. No entanto, a mãe da Dn.a Cristina gostava muito da rapariga e , sendo a dona da casa, isso impedia que aquela problemática mulher abandonasse aquele lar pelo seu próprio pé, coisa contra a qual a Dn.a Cristina pouco podia fazer.  O altar de são Cipriano aceitou este trabalho sem hesitar, conduzindo missas e rituais de intercedência a favor a Dn. Cristina  Assim, no tempo por Deus marcado a rapariga estava fora de casa da Sr.a Cristina, e a paz no lar voltou a imperar. Não apenas isso, como se abriu a porta a uma nova felicidade na vida amorosa da Dn.a Cristina.

 

» VER PAGINA 2 RELATOS VERIDICOS »

 


 
ESTES SÃO APENAS 100 CASOS DE PESSOAS QUE CONFIARAM NO ALTAR DE SÃO CIPRIANO, DEPOSITARAM A SUA FÉ ÁS MAOS DE SÃO CIPRIANO,  E VIRAM RESULTADOS ACONTECER NAS SUAS VIDAS.
SÃO CIPRIANO TEM OPERADO CENTENAS DE MILAGRES POR TODO O MUNDO. POR ISSO, LUTE E NÃO DESISTA. QUEM SABE, VOCE TAMBEM PODE SER AGRACIADO COM UM MILAGRE. ENTREGUE A SUA FÉ E O SEU PROBLEMA AO ALTAR DE SÃO CIPRIANO

 

 

Sobre os Relatos verídicos:

Todos os relatos expostos são casos verídicos, e resultam de descrições fiéis de processos documentados e arquivados por www.altarsaocipriano.com. Os presentes relatos retratam com fidelidade eventos verídicos sucedidos em sequencia de tratamentos espirituais facultados por Altar de São Cipriano, ao abrigo do «c» do Artigo 6º dos Termos e Condições de prestação dos serviços de www.altarsaocipriano.com

 

 

 

www.altarsaocipriano.com ©

 

 

 

Veja também:




 

Como funciona a bruxaria

 

Bruxaria e religião

 

Bruxaria e magia

 

Feitiçaria

 

Malefícios

 

Os 9 dons espirituais

 

Profecias e bruxarias na historia de humanidade

 

Astrologia

 

Astrologia babilónica

 

Como realizar magia negra e magia branca

 

Malleus maleficarum

 

Sabbath

 

Missas Negras

 

Magia Negra

 

Bruxas e demónios

 

Vidência

 

Sobre Necromancia

 

Dicionário de demónios – demonologia

 

Demonografia

 

Magia e São Agostinho

São Cipriano

Os 6 dons das Trevas, e as 5 formas de Magia Negra

 



[VOLTAR a MAGIA NEGRA, MAGIA BRANCA.]