+

 

fish_and_cross

Sobre a Congregação Cristã do Caminho dos Santos ©

Sobre a Universal Life Church ®

 

+

Para ver e acessar ao altar de são Cipriano: ver aqui -» altar são Cipriano

INFORMAÇAO INSTITUCIONAL

 

altarSaoCiprianoCruzCelta777

SOBRE A CONGREGAÇÃO CRISTÃ DO CAMINHO DOS SANTOS – SANTERIA

 

O «altar de são Cipriano» é um altar privado de culto religioso aos santos, fundado em 2005 conformem estatutos e mandamentos constantes de um «Manifesto Doutrinário» legalmente registado e constante de registo em Oficio5244-MC ; averb. Reg. Nº 5847/2009

 

O altar de são Cipriano é uma associação religiosa informal e sem personalidade jurídica - nem fins lucrativos –  de pessoas que livremente se unem e se associam para praticar em comum a fé e devoção que professam aos santos e a Deus, e que livremente associadas se dispõem em comum –  e sem qualquer fim lucrativo – ao propósito de livremente divulgar a sua fé na doutrina religiosa do «caminho dos santos», e a fazer florescer os frutos da sua veneração aos santos e a Deus.

 

O altar de são Cipriano representa igualmente um movimento associativo de natureza religiosa – informal e sem qualquer personalidade jurídica – denominado «Congregação Cristã do Caminho dos Santos», com sede em Av. Infante D, Henrique, 43, – Setúbal, possuindo para além da sua sede, também sete outros terreiros de santo fechados e consagrados para a prática e o culto – pessoal, restrito e privado – de saberes espirituais, religiosos e ocultos.

 

Os membros fundadores da CONGREGAÇÃO CRISTÃ DO CAMINHO DOS SANTOS são pastores e reverendos ordenados pela ULC –  Universal Life Church – com sede nos Estados Unidos da América.

fish_and_crossA ULC possui presentemente 20 milhões de membros em todo o mundo, agregando todo o tipo de fés, de confissões religiosas e de crenças espirituais.

 

Os sacerdotes, reverendos, pastores e ministros ordenados pela ULC estão investidos empossados de autoridade clerical para poderem administrar todos os sacramentos religiosos, nomeadamente:

 

·         a celebração de casamentos

·         o oficio de batizados

·         o ministério de funerais.

 

Para todas as informações sobre o Altar de são Cipriano, seus Mandamentos e Estatutos, suas garantias, sua mensagem espiritual, sua doutrina religiosa, e seus trabalhos espirituais, por favor consultar: altar são Cipriano

 

altarSaoCiprianoCruzCelta777

SOBRE A UNIVERSAL LIFE CHURCH

 

FAQ - Questões fundamentais sobre a ULC

 

altarSaoCiprianoCruzCelta777

1-     Qual é a religião da ULC?

 

Resposta:

 

O fundamento teológico da ULC é a «fé» e é a «liberdade» da «fé».

 

Ou seja:

 

Para a ULC não importa a «religião» mas sim a «fé».

 

Ou seja:

 

Não importa se alguém é pastor metodista, ou reverendo anglicano, ou sacerdote de cientologia, ou rabino judeu, ou padre católico, ou baptista, ou adventista, ou Mórmon, ou Luterano, ou Evangélico – nem de qualquer outra confissão religiosa – mas sim o que importa – isso sim – é que a pessoa tenha a uma fé e que viva essa fé em liberdade, e que espalhe essa fé ao mundo em paz e concórdia com todas as demais fés.

 

Fazendo isso, está-se no espírito da ULC.

 

Os lemas fundamentais da ULC são:

 

1.     Objetivo: Evolução espiritual contínua

2.     Lema: Viver, e ajudar outros a viver bem

3.     Ensinamento basilar: Fazer tudo aquilo que está certo e que é o bem de acordo com a convicção espiritual de cada um, desde que isso não vá de encontro á liberdade nem á escolha espiritual de outrem

 

altarSaoCiprianoCruzCelta777

2-     O que é necessário para ser membro da ULC?

 

Resposta:

 

Para entrar na ULC é requerido:

 

1.     Que se seja praticante de uma determinada fé espiritual

2.     Que o proponente se identifique com os propósitos e estatutos da ULC

3.     Que o candidato submeta por escrito a sua proposta de adesão e pedido e ordenação

4.     Que a ULC analisando a candidatura submetida, dê deferimento ao pedido e aceite a admissão do candidato, que assim será sacramentado e ordenado.

 

altarSaoCiprianoCruzCelta777

1-     Qualquer pessoa pode submeter-se online ao sacramento de ordenação da ULC? E se quem se submete a uma ordenação estiver mentindo sobre a sua fé ou condição sacerdotal?

 

Resposta:

 

A ULC parte do princípio que quem se está inscrevendo o está fazendo com fé e de boa-fé, e a instituição não pode ser responsabilizada por que não assim não o fizer.

 

altarSaoCiprianoCruzCelta777

1-     Porque a ULC faz ordenações online?

 

Resposta:

 

Cremos que a ordenação é um ato de encontro entre Deus e o homem, através do qual o homem recebe o seu chamamento para servir a Deus através do sacramento do sacerdócio.

 

Pois por isso:

 

Deus pode manifestar-se na vida do homem através das mais variadas formas, e assim sendo olhai que assim está escrito:

 

Deus apareceu a Moisés numa chama de fogo, do meio de uma sarça. Moisés prestou atenção: a sarça ardia no fogo, mas não se consumia. (…) E do meio da sarça, Deus chamou-o: «Moisés, Moisés!»

 

Êxodo 3,2-4

 

Pois então:

 

a Moisés Deus manifestou-se numa sarça ardente, para o chamar á sua missão espiritual.

 

Pois então:

 

Deus manifestou-se a Moisés de uma forma direta, de uma forma pessoal, de uma forma inteiramente diferente e misteriosa – através de um arbusto – , e Deus não necessitou nem de seminários, nem de cursos académicos, nem de homens ou intermediários licenciados para se manifestar a Moisés, e chama-lo á sua missão em Deus.

 

Olhai por isso, que mais assim está escrito:

 

O espírito pousou sobre eles, e eles começaram a profetizar

Números 11,26

Pois assim se sabe:

 

Quando Deus escolhe alguém para seguir o caminho do serviço á fé, então o espirito de Deus desce nessa pessoa e assim – por essa forma pessoal e direta – essa pessoa sente o chamamento de Deus no seu coração, e é chamada ao caminho de Deus pelo próprio espirito de Deus.

 

Pois assim professamos:

 

Essa é a verdadeira e única ordenação através da qual um homem recebe o sacramento do sacerdócio, pois que o sacerdócio é um chamamento de Deus, e o chamamento de Deus é coisa em espirito sentida no espirito de cada pessoa, pois que é um chamamento inspirado por Deus e não por homem algum, nem por seminário algum, nem por licenciaturas algumas.

 

Assim sendo:

 

Não deve o homem andar ordenando a outro homem, pois quem ordena o homem é Deus em espirito manifestando-se no coração e no espirito do homem através do seu chamamento em espirito edificado.

 

Isto dito:

 

Para aqueles que contestam a ordenação online, assim dizemos:

 

Se Deus se manifestou a Moisés num arbusto, para dessa forma o chamar ao serviço do sacerdócio, então porque não pode Deus escolher também fazer esse prodígio online?, ou seja de que forma Ele quiser e entender?, pois quem pode dizer «onde» e «como» Deus se decide manifestar na vida do homem?, pois quem pode entender aos mistérios de Deus?

 

Pois por isso mesmo, assim está escrito:

 

Deus (…) realiza coisas misteriosas

Juízes 13,19

Pois então:

Aquilo que Deus faz apenas Ele sabe «como» faz, «porque» faz, e «onde» o faz, pois que isso são mistérios de Deus que a Deus pertencem.

Por isso:

 

Professamos que a ordenação é tão valida sucedendo presencialmente num seminário, como ocorrendo á distancia e online, pois que Deus é Senhor de todas as coisas que em todas as coisas se pode manifestar como Ele quiser e entender, pois que assim está escrito:

 

Deus faz tudo o que deseja no céu e na terra

Salmo 135,6

Pois por isso:

 

Deus pode fazer tudo aquilo que Ele quiser por todos os meios que Ele quiser, e nada em Deus é impossível.

 

Pois por isso, para aqueles que criticam as ordenações á distancia e online, olhai que assim está escrito:

Será que Eu sou Deus só de perto? De longe já não sou Deus?

Jeremias 23, 23-24

Pois então:

Deus é Deus quando estais perto de uma igreja, e Deus continua sendo Deus quando estais longe de uma igreja, e por isso:

As distâncias nada importam para Deus, pois que Deus é espirito, e por isso:

Deus está em todo o lado, e por isso – assim professamos – para Deus tanto é valido serdes ordenado presencialmente e perto de uma igreja, como é valido serdes ordenado online e á distancia, pois que para Deus não existem distancias, e Deus manifesta-se em todas as coisas.

Pois por isso:

 

Deus pode chamar o homem a trilhar no sacerdócio pelos caminhos que Ele escolher, e em Deus todos os caminhos são válidos através do seu mistério, conforme o foram para Moisés.

 

Assim sendo, e em resumo:

 

A nossa fé é justificada por princípios doutrinários e teológicos conforme enunciados e anunciados nesta mensagem, e a nossa fé é partilhada por 20 milhões de fiéis espalhados por todo o mundo.

 

Pois assim sendo, assim afirmamos:

 

A nossa fé é conforme os princípios e doutrina que assim anunciamos, e não consideramos a nossa fé – partilhada por 20 milhões de crentes – uma fé menor nem menos legítima que nenhuma outra fé.

 

altarSaoCiprianoCruzCelta777

1-     Quem é que pode ser membro e ordenado pela ULC?

 

Resposta:

 

Todo aquele que praticando uma fé espiritual se encontrar revisto nos princípios doutrinários da ULC.

 

Ou seja:

 

Do ponto de vista Bíblico, a ULC professa aquilo que está escrito no Salmo 101, ou seja:

 

Quem caminha no caminho dos íntegros, esse será meu ministro

Salmo 101,6

 

Pois aquilo que revela este Salmo, é:

 

«Ministro de Deus é todo aquele que caminhar no Meu caminho»

 

Ou seja:

 

É ministro de Deus todo aquele que caminho no caminho da fé e de Deus, e por isso para se ser sacerdote não é necessário senão isso mesmo, ou seja:

 

Sentir o chamamento de Deus para o sacerdócio, e caminhar no caminho da sua fé e de Deus.

 

Também na perspetiva bíblica, a ULC também professa aquilo que está escrito no evangelho de são João – 15,16 - ou seja:

 

«não foste vós que Me escolheste a Mim, mas sim fui Eu que vos escolhi a vós»

 

Pois então, assim se professa:

 

O sacramento do sacerdócio não pode ser dado por um homem a outro homem, mas sim apenas pode ser dado por Deus ao homem.

 

Pois por isso:

 

O sacramento do sacerdócio não é uma prerrogativa que um restrito número de homens possa «certificar» a outros homens através de uma «licenciatura» que um «seminário» administra a troco de dinheiro, mas antes se professa:

 

O dom de Deus para o sacerdócio é um ato não de «licenciaturas» nem de «seminários» – pagos que são a seu bom preço – mas sim é um ato de , e por isso é um mistério que é espontâneo, e é extensível a todos os homens e mulheres que sentem no seu coração o apelo de Deus e da fé e do sacerdócio.

 

E por isso:

 

Para ser investido no sacramento do sacerdócio, é apenas necessário sentir o chamamento de Deus no coração para servir em sacerdócio, e viver conforme o caminho da fé ao qual haveis sido chamados.

 

Então:

 

Todo aquele que sente o chamamento da fé e do sacerdócio de Deus, esse foi chamado por Deus a Deus, e por isso esse está sacramentado por Deus.

 

Pois assim sendo:

 

Assim observando então assim o professamos, e assim diz a nossa fé na Palavra de Deus.

 

E mais assim professa a ULC conforme assim está escrito:

 

Cada um continue a viver na condição em que o Senhor o colocou, tal como vivia quando foi chamado. È o que ordeno em todas as igrejas.(…) cada um permaneça diante de Deus na condição em que se encontrava quando foi chamado

1 Coríntios 7,17-24

Pois então:

O primeiro ensinamento que daqui se retira é que:

é Deus que chama o homem ao sacerdócio, e não é o homem que chama o homem ao sacerdócio.

Pois por isso:

Não deve ser o homem a ordenar o homem, mas sim deve ser Deus a ordenar ao homem, e essa ordenação é um chamamento que é sentido na fé do coração de cada pessoa, e por isso:

Sentindo-vos chamados por Deus, então é porque por Deus haveis sido chamados, e  a partir daí sois – verdadeiramente – ministros de Deus se em Deus caminhardes.

O segundo ensinamento que daqui se retira é que:

Cada pessoa deve permanecer como está depois de sentir o chamamento de Deus ao sacerdócio, ou seja: se éreis ricos ficais ricos, se éreis pobres permanecei pobres, se éreis eruditos permanecei eruditos, se éreis humildes então permanecei humildes, se éreis celibatários então permanecei celibatários, se éreis casados então permanecei casados, pois que olhai:

Não ides para seminários desfazer-vos de tudo aquilo que tendes – nem daquilo que sois – apenas para receberdes uma ordenação de um bispo, pois que não são os títulos adquiridos nas licenciaturas de um seminário – nem os ritos de ordenação de um bispo – que vos darão aquilo que apenas Deus vos pode dar – e deu –  e que foi o chamamento do sacerdócio.

Então:

a ULC reconhece que se sentis em vós o chamamento de Deus para o sacerdócio, e se trilhais no caminho da vossa fé, então sois – verdadeiramente – sacerdotes de Deus, e sois por isso dignos de ser acolhidos nesta Igreja, e sois verdadeiramente merecedores que se vos reconheça – legalmente e aos olhos da lei do homem – que sois pastores de Deus, pois que Ele mesmo vos fez pastores, e por isso nesta Igreja como pastores sereis aceites para – conforme a vossa fé – então praticardes os vossos ministérios. 

Pois então:

na verdade a ULC não vos ordenará pastores nem reverendos, pois quem fez isso – assim professamos – foi Deus ao dar-vos esse chamamento no coração, e pela obra do espirito no vosso espirito em vós operando.

Antes assim cremos:

ao administrar-vos o sacramento do sacerdócio – assim ordenando-vos pastores de Deus nesta igreja –  a ULC está na verdade a reconhecer esse vosso chamamento a Deus como um ato de Deus, e assim está dando ao mundo confirmação que se haveis recebido esse chamamento então é porque haveis sido por Deus a Deus chamados, e por isso haveis sido por Deus em espirito escolhidos para o sacerdócio de Deus, e assim sendo:

Ao virdes á ULC de coração aberto e guiados por fé verdadeira, então sereis acolhidos como pastores e reverendos de Deus, e assim sendo a ULC reconhece-vos e confirma – legalmente e aos olhos da lei humana – aquilo que já sentis no fundo do vosso coração, ou seja:

que Deus vos ordenou para o vosso sacerdócio de fé, e que esse sacerdócio devereis anunciar ao mundo nos termos da fé do vosso coração, e que assim sendo sois – verdadeiramente – pastores e reverendos de Deus.

Assim sendo:

é neste espirito e conforme esta doutrina que a ULC vos ministra o sacramento do sacerdócio, assim ordenando-vos e confirmando-vos pastores e reverendos de Deus.

 

altarSaoCiprianoCruzCelta777

1-     Ser membro da ULC automaticamente concede acesso a ser membro do altar de são Cipriano?

 

Resposta:

 

Não.

 

a ULC é uma congregação de sacerdotes, de pastores e de reverendos das mais variadas confissões religiosas – anglicanos, luteranos, batistas, metodistas, evangélicos, protestantes, budistas, judeus, ocultistas, católicos, etc  que ali se associam pois que se reveem nos valores religiosos comuns da ULC, e assim comungam e professam dos princípios doutrinários da ULC.

 

Assim sendo:

 

O facto de um pastor de uma certa confissão religiosa ser membro da ULC, não implica que todos os demais pastores de outras denominações religiosas – quem também sejam membros da ULC – tenham acesso á confissão religiosa de outrem, pois que cada ministério de cada pastor é um ministério pessoal e intransmissível, por isso praticado e exercido conforme os termos da própria fé pessoal de cada sacerdote.

 

Por isso:

 

Os membros fundadores do altar de são Cipriano são sacerdotes ordenados pela ULC por professarem e se identificarem com os valores e princípios doutrinários dessa igreja, pois que nela se professa – justamente – a liberdade, a tolerância e a pluralidade religiosa como o seu grande propósito espiritual e doutrinário.

 

E porem:

 

os sacerdotes do altar de são Cipriano são homens de fé iniciados na fé e nos mistérios do saber de são Cipriano conforme professados pelo altar de são Cipriano, pelo que apenas aqueles que são possuidores desse saber e desse ensinamento – e tendo sido admitidos no altar de são Cipriano – podem exercer funções sacerdotais na casa de oração de são Cipriano.

 

Assim sendo:

 

ser sacerdote afiliado na ULC não concede nenhum direito de acesso ao sacerdócio no altar de são Cipriano, da mesma forma como – conforme os próprios estatutos da ULC – também não concede direito a nenhuma espécie de privilégios nem de ingresso a nenhum dos outros ministérios nem dos cultos exercidos por todos os outros demais pastores e reverendos associados á ULC. 

 

Assim sendo, assim professa a ULC:

 

Cada sacerdote sacramentado pela ULC é ali ordenado para depois seguir o seu próprio caminho, e fundando o seu próprio ministério religioso – sozinho ou em associação com outrem – então trabalhe conforme a sua fé para espalhar a sua fé em liberdade, e sempre com respeito por todas as demais fés, para que se cumpra conforme assim está escrito:

 

e Jesus mandou-os pregar ao povo

Atos apóstolos 10,42

 

Pois então:

 

Depois de ordenados pela ULC, então cada sacerdote cumpre com este Mandamento, e segue o seu próprio caminho, exercendo o seu próprio ministério, e pregando ao povo a sua fé.

 

Por isso mesmo o lema da ULC é «somos todos filhos do mesmo universo», querendo isto dizer: somos todos – cada um com a sua fé – somos todos filhos de Deus, cada um trilhando o seu caminho em Deus pelos trilhos da sua própria fé, e por isso:

 

Cada sacerdote ordenado pela ULC é – e será sempre – um sacerdote da ULC, sendo porem que dai em diante cada um tem a liberdade para seguir em frente no mundo espalhando a sua fé, e exercendo o seu próprio ministério religioso conforme os termos da sua fé.

 

altarSaoCiprianoCruzCelta777

1-     Quando foi fundada a ULC, e por quem?

 

Resposta:

 

a ULC foi fundada em 1959 pelo reverendo Kirby J. Hensley – um antigo pastor evangélico – e após a sua morte a igreja ficou ao cargo da sua esposa Linda.  Em 2007 a igreja passou a ser presidida por André Hensley, filho do fundador.

 

altarSaoCiprianoCruzCelta777

1-     Onde está sediada  a ULC?

Resposta:

a ULC tem sede nos EUA – Modesto – Califórnia – USA -  contando presentemente com 20 milhões de membros em todo o mundo. Os ministros da ULC tem autorização legal para celebrar casamentos, baptizados e todos os demais actos sacramentais, litúrgicos e religiosos em cerca dos 50 estados dos EUA, assim como Canadá e Japão.

 

altarSaoCiprianoCruzCelta777

1-     o que professa a ULC sobre o casamento de sacerdotes, ou o celibato de sacerdotes?

Assim vos dizemos conforme a nossa fé professa, que é conforme assim está escrito:

Quem anda no caminho dos íntegros, esse será meu ministro

Salmo 101,6

Pois então:

É sacerdote de Deus todo aquele que trilha o caminho da fé em Deus, pois acaso não está escrito: «Quem anda no Meu caminho, esse será meu ministro»?

Pois então:

È ministro do reino de Deus todo aquele que crê em Deus, que guia a sua vida pela Palavra de Deus, e que procura edificar neste mundo a obra do espírito em Deus firmada.

E por isso:

Não necessitais de procurar a «sacramentos» alheios para serdes ministro de Deus, pois que sacerdote de Deus é todo aquele que procura este caminho de fé e serviço em Deus.

E por isso assim professamos que este é o verdadeiro «sacramento» de Deus, que é conforme assim está escrito:

O meu mandamento é este: «Amai-vos»

João 15,12

Pois então:

De que vale um sacramento pleno de «pompa» e ritual, se porem ele não for verdadeiro na sua essência?, e a sua essência é o amor?

E por isso:

Para nós verdadeiro «sacramento» é o «amor», pois que foi esse o mandamento de Deus, e por isso é pelo amor que sois baptizados e sacramentados em Deus, e é isso que o Senhor pretende de vós.

E por isso:

Se trilhardes no amor, e pelo amor, e para o amor, então sereis abençoados muito para além de qualquer sacramento formal.

E então:

se ainda vos subsistir duvida sobre se podereis exercer o vosso ministério sendo casado, pois então vos dizemos isto conforme assim está escrito:

Se alguém não sabe dirigir vem a sua própria casa, então como poderá dirigir bem a igreja de Deus?

1 Timóteo 3,5

Pois então:

Nisto cremos, pois que o amor é o sacramento de Deus, e por isso:

Quem não sabe o que é o amor, como poderá ser ministro do amor?, da mesma forma que quem não sabe o que é a paternidade, como poderá ser bom pai em Deus?, e da mesma forma que quem não sabe dirigir bem uma casa, então como poderá dirigir a casa de Deus?

E assim, quanto a esse tema professamos isto conforme assim está escrito:

Cada homem tenha a sua esposa, e a cada mulher o seu marido

1 Coríntios 7,2

Pois então:

Assim foi igualmente declarado:

O que importa é observar os mandamentos de Deus

1 Coríntios 7,19

E por isso:

O que importa em Deus é observar aos mandamentos de Deus com o coração, e não a que se tenha esposa ou marido, pois que isso é coisa boa, pois que é coisa que floresce do amor.

E assim sendo:

se alguém encontra a vocação do sacerdócio estando já casado, então olhai que isto assim está escrito:

Cada um continue a viver na condição em que o Senhor o colocou, tal como vivia quando foi chamado. È o que ordeno em todas as igrejas.(…) cada um permaneça diante de Deus na condição em que se encontrava quando foi chamado

1 Coríntios 7,17-24

Pois então:

Esta instrução é clara, nela não há motivos para dúvida, e assim sendo:

se Deus colocou alguém na condição de casado quando o chamou ao sacerdócio, então que esse permaneça casado, pois que é essa a instrução da Palavra da Escritura, e ela é clara.

E por isso:

Cremos – justificados nesta Palavra –  que a questão do casamento é uma questão não de «sacramentos», mas sim de consciência, e isso mesmo achou são Paulo, que assim disse:

Faça como quiser. Não peca; (…) Portanto, quem se casa (…) faz bem; e quem não se casa, procede melhor ainda

1 Coríntios 7,36.38

Pois então:

São Paulo deixou o assunto á consciência de cada um, e assim sendo:

se bem que são Paulo preferia a condição de celibato, porem:

o santo foi claro ao instruir que este assunto se tratava de uma opção livre de cada pessoa, e ele foi claro ao instruir que a opção de casar não era pecado, e se não é pecado então não pode inibir seja quem for de trilhar o caminho do sacerdócio.

E por isso:

Trata-se o casamento – assim o professamos – de uma questão de consciência pessoal, e de escolha pessoal, e jamais de um impedimento á vocação de Deus, pois como poderia o amor alguma vez ser um impedimento ao amor?, que é o maior mandamento de Deus?

Assim sendo:

Respeitamos todas as fés, e porem é esta a nossa crença.

E por isso:

Se aspirais ao sacerdócio, então estudai a Palavra de Deus, e procurai servir a Deus, e procurai auxiliar na obra do amor, e fazei-o livremente, pois que se assim o fizerdes então sereis sacerdote de Deus.

 

+

Ir para Altar são Cipriano