Amarração da bruxa Évora de Portugal

bruxa-evora
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarração da bruxa Évora de Portugal, trabalhos de amarração da bruxa Évora de Portugal

o trabalho de amarração de Portugal é uma amarração feita com os saberes ocultos da Bruxa Évora – que foi a mais lendária bruxa de Portugal – e oficiada no solo de Évora, em Portugal!

Da mesma forma:

o trabalho de amarraçao de Portugal também é chamada a toda a amarração feita com os saberes e ensinamentos de são Cipriano e bruxa Évora – bruxa de Portugal – com quem são Cipriano esteve, (e com quem são Cipriano escreveu preciosos manuscritos da mais poderosa feitiçaria!), e que seja uma amarração celebrada em solo de Setúbal!, ou de Èvora!, ou de Palmela! – esse místico triângulo de terras de Portugal – pois esses solos e essas terras de Portugal foram há cerca de 3 mil anos consagrados ás entidades espirituais pagãs com as quais são Cipriano e a bruxa Évora trabalharam nas suas mais poderosas bruxarias!, e é por são solos milenarmente investidos de força mística!

Senão, olhai que assim se pode ler num dos tomos da extensa obra de são Cipriano:

Cipriano perguntava isso, porque a ele foram ministrados todos os segredos dos deuses pagãos.

Ball, Astarteia, Vénus, Carmona, foram os seus Deuses. Então, passados muitos anos ele aprendera com Satanás numa sexta-feira, as praticas da bruxaria (…)

até ao raiar do dia os dois [ a bruxa Évora e são Cipriano]  riscaram formulas e fizeram preces demoníacas  (…) estavam os dois macabros donos da grande sabedoria da magia negra (…)

Cipriano morreu degolado em Roma, e a bruxa Évora foi tambem lapidada nas ruas escuras de um lugarejo Português

Obra de são Cipriano, extraído do Tomo prateado, pag 41

Pois assim se sabe:

é de Évora – Portugal – que a bruxa Évora vem, em que a bruxa Évora viveu, em que a bruxa Évora praticou a sua poderosa bruxaria!, e no qual o seu sangue – na hora da morte – verteu!

Pois por isso:

nesse solo – dizem os ocultistas  sabedores – ainda vagueia e assombra o espírito da bruxa!, sendo que se for conjurado por bruxo e bruxa através dos saberes que a bruxa Évora ensinou…. então poderosas feitiçarias daí darão poderosos resultados!

Assim sendo:

Quando se fala em amarração, e quando se fala da mais poderosa amarração amorosa, então provavelmente a sua origem mística vem dos trabalhos de amarração da bruxa Évora de Portugal!

Olhai então:

De Portugal  provem as maiores bruxarias de todas!, pois foi aí nessa terra que em tempos ancestrais, ( numa noite de temporal), são Cipriano e a bruxa Évora, (trabalhando á luz de velas numa gruta das longínquas terras alentejanas de Évora), ali se encontraram, partilharam, escreveram e conjuraram os mais poderosos segredos de magia negra e da magia branca para todos os fins!

Assim sendo:

dizem que o espirito da bruxa Évora ainda perdura vagueando nessas terras de Évora!, e que acolhe toda a bruxaria de bruxos e bruxas que por ali, ( ou nas terras circundantes), celebrem rituais oficiados conforme os seus saberes, e invocando ao seu nome!

Da mesma forma:

tambem se diz que são Cipriano é particularmente receptivo a magias negras celebradas em Évora e Setúbal, pois são terras para onde são Cipriano fez uma longa viagem, para ali realizar uma peregrinação!

Porque fez são Cipriano uma tal peregrinação?

antes de se converter ao Cristianismo, são Cipriano estudou nos templos pagãos fenícios as artes dos sacrifícios e da magia que era oficiada á Deusa Astarteia, deusa Fenícia a quem são Cipriano prestou culto enquanto estudante – e mais tarde mestre – das ciências ocultas pagãs.

Ora:

Os Fenícios , ( com quem são Cipriano estudou as artes ocultas), quando chegaram á península de Setúbal maravilharam-se de tal forma com aquela terra, ( que vai de Setúbal a Palmela), que ali estabeleceram postos comerciais, e desde logo – antes de tudo – consagraram as terras de Setúbal e Palmela ás suas divindades!, ( ao Deus Baal e á Deusa Astarteia), e fizeram-no nesse solo lançando oferendas e sepultando sacrifícios que selaram pacto com essas ancestrais divindades!

Tanto é assim, que muitos defendem que a milenar raiz do nome «Setúbal» provem não de origem romana mas sim de origem fenicia, ou seja: a toponímia de Setúbal está ligada essencialmente ao do nome do Deus «Baal», ou seja: «Setu» «Baal».

Olhai:

Os Fenícios foram uma civilização que existiu entre 1500 a.C. e 300 a.C.,(as suas mais importantes sedes são as cidades-estado Bíblicas de Biblos, Sidon e Tiro – onde fica agora o Líbano e Israel), e que através o comercio atingiram uma extraordinária riqueza!, e tornaram-se uma super-potência comercial, naval e cultural do seu tempo.

Quando já dominavam comercialmente todo o mediterrâneo, então decidiram expandir-se ainda mais!, e passar as colunas de Hércules, ( o estreito de Gibraltar), e vir empreender comercio na península Ibérica. Vieram procurar por sal, estanho, derivados de peixe, azeite, etc, trazendo do oriente papiros, incensos, tecidos finos, adornos de ouro,  cerâmica, marfins, ovos de avestruz, seda, etc.

São Cipriano desde jovem estudou nos templos onde ainda se praticavam os saberes fenícios com sacerdotes que seguiam os mistérios religiosos dos fenícios!, e ele venerou aos deuses e deusas fenícias!, e por isso é normal que haja ouvido falar nestas distantes terras Ibéricas onde os fenícios se estabeleceram por séculos e séculos!, e onde agora estão as cidades de Setúbal, Palmela e Évora.

Senão olhai:

Os Fenícios estabeleceram feitorias, ( postos comerciais edificados em torno de um Templo erigido aos deuses Fenícios para consagrar essa terra),  desde a Arrábida, Setúbal, Palmela, Alcácer do Sal, e estendendo a sua influência ate ao Alentejo!

No séc VII e VI a.C., os Fenícios estavam habitando todo esse território!, e por isso há quem defenda que a toponímia,( o nome), de Setúbal é muito mais antigo do que se pensa!, e recua mais profundamente no tempo, muito mais do que a ocupação Romana!

Isto explicado:

Na Antiguidade, os fenícios costumavam,(para abençoar uma cidade ou uma terra), consagrar essa cidade ou terra ao seu Deus Baal, ( ou á Deusa Astarteia), e uma das formas de o fazer era também integrando o nome de «Baal» no nome da cidade, e isso sucedeu , ( por exemplo), com a cidade Bíblica de «Zebub», que uma vez abençoada passou a chamar-se «Baal-Zebub», o que mais tarde acabou originando, ( equivocadamente), o nome «Belzebu»!.
Assim sendo: certas teses etimológicas defendem que o mesmo sucedeu com o nome de Setúbal, ( ao qual foi adicionado o nome de «Baal), e que ao longo dos milénios a fonética foi-se alterando  e evoluindo ate chegarmos ao presente nome de Setúbal, da mesma forma que Lisboa originalmente chamava-se «Ulisseia», (significando: «terra de Ulisses»), e com o passar dos milénios a fonética evoluiu para «Lisseia», que milénios depois acabou por se converter em «Lisboa».

Assim sendo:

os milénios podem ter passado, e porem essas terras de Portugal permaneceu para sempre consagrada a esses intemporais Deuses e imemoriais espíritos!

Pois por isso:

Não foi por mera coincidência que são Cipriano veio em peregrinação para visitar esta distante terra sagrada para os místicos sacerdotes Fenícios!, mas sim porque o santo sabia que esta terra de Portugal, (de Setúbal a Palmela e até Évora),  tinha sido consagrada aos Deuses por essa civilização que venerava a Deusa Fenícia e o Deus Baal, e era – justamente – com essa mesma Deusa Astarteia que  são Cipriano trabalhava nas suas artes ocultas!

Da mesma forma:

não foi por acaso que a famosa bruxa Évora ficou e trabalhou nestas terras de Portugal – Évora a Setúbal –  pois que são as terras carregadas de força espiritual e vibrações místicas provindas de ter sido uma terra consagrada aos Deuses Fenícios,  nomeadamente ao Deus Baal e á Deusa Astarteia, que era invocada nas bruxarias da bruxa Évora.

Pois por tudo isso:

não foi por acaso – nem coincidência –  que os esotéricos Templários escolheram a área geográfica entre Setúbal, Palmela e Évora para edificarem uma das suas mais importantes sedes da península ibérica!, pois eles bem sabiam o poder místico que estava sepultado neste solo de Portugal que é sagrado para as ancestrais divindades pagãs.

Por isso:

o trabalho de amarração celebrado neste solo sagrado de Portugal – de Évora e Setúbal – é amarração de bruxa Évora de Portugal que apela as imemoriais espíritos e que conjura a poderosas entidades!, pelo que garante poderosos efeitos em toda a bruxaria de amarração que for nessa terra de Portugal celebrada recorrendo aos ensinamentos da bruxa Évora, e em toda a feitiçaria que for oficiada invocando aos saberes de são Cipriano!, pois olhai:

os espíritos da bruxa Évora e de são Cipriano são particularmente sensíveis e receptivos a serem invocados e chamados para este solo de Portugal que é sagrado para estas divindades veneradas pela bruxaria!, e ás quais são Cipriano e bruxa a Évora serviram com as suas ocultas artes místicas!

Como são feitas as amarrações de Portugal?

amarração Portugal é feita conforme os ensinamentos de bruxa Évora e são Cipriano, ou seja:

1

Regra geral na amarração de Portugal é sacrificada ave negra e virgem, ou é realizada uma oferenda de gado negro e virgem, assim como são desenhados selos mágicos ou assinaturas demoníacas, normalmente traçados com o sangue de oferendas animais previamente realizadas.

Explicamos:

Gado negro é aquele que é de cor negra e sem qualquer defeito nem pêlo branco.

Da mesma forma:

Gado virgem é gado que foi parido, cuidado e tratado com a única e exclusiva finalidade de ser usado e oferendando em ritual de magia negra, querendo isto dizer:

esse animal não tem qualquer outra finalidade nem serve para mais nada senão para ser oferendando em oblação de magia negra, pois ele logo á nascença – na hora que está nascendo – é misticamente entregue e consagrado a uma certa divindade!, pelo que passa a pertencer espiritualmente a essa entidade espiritual!

Em resumo:

Na hora desse gado negro ser oferendado á divindade – se tudo for feito de acordo com os rituais certos – esse ato místico constituirá uma oblação irresistível para a entidade espiritual que se está invocando!

Mais:

O uso de aves negras – sem qualquer defeito e nem uma única pena branca –  em negro ritual de magia negra provem do ensinamento dos escritos de São Cipriano, onde ali se pode ler:

o grande Lúcifer apareceu-lhe (…) na ocasião em que tinha imolado uma galinha preta

Obra de são Cipriano, versando sobre «Enguerimanços de são Cipriano ou prodígios do diabo», capítulo 8º, Pag 261

Pois assim se sabe:

o uso de ave negra em negros rituais de magia negraé procedimento do maior portento quando oficiado em conformidade com os segredos do ensinamento de são Cipriano!

2

Na amarração de Portugal de bruxa Évora e são Cipriano são usados selos ocultos desenhados (ou símbolos mágicos riscados, também conhecidos por assinaturas demoníacas e assinaturas angelicas), seja em  sangue, ou seja em tinta virgem, para garantir um  irrevogável e irresistível apelo ás entidades infernais que os saberes de são Cipriano controlam e manipulam!

3

Tudo isso é – usualmente –  realizado numa encruzilhada fémea que seja também uma encruzilhada assombrada.

Explicamos:

Uma encruzilhada assombrada é uma encruzilhada onde vagueiam fantasmas ou espíritos provindos de mortes injustas, e que por isso procuram a este mundo para contactar!

Da mesma forma:

Uma encruzilhada fémea, são aquelas que tem a forma de «T»

4

Regra geral, a amarração de Portugal são bruxarias de amarração que são oficiadas em missa negra!, que é o mais poderoso instrumento de magia negra!, ainda por cima se celebrado – como é neste altar !– em solo de Portugal que é abençoado por divindades pagãs ancestrais!, conforme em Évora e Setúbal!

Que efeitos causa amarração de Portugal?

A amarração de Portugal gera os sintomas normais e típicos de uma amarração amorosa!

E porem:

Porque esta amarração de Portugal é da mais poderosa amarração que pode haver!, então os seus efeitos são temíveis!, e o seu poder é lendário!

Que efeitos tem uma amarração da bruxa Évora de Portugal?

Uma pessoa amarrada por amarração da Bruxa Évora de Portugal será em espirito infestada de uma imensa bruxaria que em espirito lhe amarrará a alma, para ser em espirito fustigada num purgatório de tormentos em espirito infligidos na alma da pessoa amarrada por amarração de Portugal, e assim será ate que a pessoa amarrada por amarração Portugal ande sempre com o mandante da amarração no pensamento!, e que a pessoa amarrada por amarração de Portugal ande sempre com ânsias e desejos de estar com o mandante da amarração!, e que a pessoa amarrada por amarração de Portugal sinta ânsias e impulsos carnais de ir procurar amante pois que a pessoa amarrada por amarração de Portugal será infestada de irresistível desejo carnal ate se entregar ao mandante da amarração!

Pois então:

Na amarração por amarração de Portugal, podem as primeiras reações da pessoa amarrada ser contraditórias e inquietantes, pois que grande é o poderio espiritual que vai infestar-se, injetar-se e entrar na pessoa amarrada por amarração de Portugal!, e por isso:

amarração de Portugal é uma amarração de magia negra!, feita conforme o saber de bruxa Évora de Portugal, e de são Cipriano!, e assim sendo a pessoa amarrada por amarração de Portugal pode inicialmente fugir!, pode rebelar-se!, pode sofrer contratempos!, pode ter pesadelos!, ter vómitos!, sentir anormais sonolências!, pode parecer não estar em si mesma!, pode ter insónias! pode querer refugiar-se e desaparecer!, pode sentir o seu lar infestado de assombrações!, pode parecer ficar ainda mais obstinada!, pode ver aparelhos eléctricos avariarem sem explicação!, pode começar sorrindo e agindo com luxuria – ou leviandade – inesperada, tal é a força inebriante do feitiço!, pode sentir dores de cabeça – ou de costas, ou de rins, ou no peito – inesperadas!, pode sentir um frio inexplicável ou alterações de temperaturas na sua casa!, pode ver coisas desaparecerem-lhe do lar ou do trabalho sem explicação!, pode parecer mais teimosa que nunca, tal é a revolta que o seu espírito vai sentir ao sentir-se amarrado pela bruxaria!, pode sentir febres inesperadas!, pode ver avarias de carros ou aparelhos electrónicos ocorrerem inexplicavelmente!, pode ate desatar a socializar e relacionar-se, tal é a força embriagante da bruxaria que ela age como se estivesse «alcoolizada»!, pode sentir-se anormalmente cansada ou ate mesmo abatida!, pode ver lâmpadas se fundindo anormalmente!, pode parecer ficar mais fria que nunca!, poder ver infestações de insectos ocorrerem-lhe no lar!, pois olhai:

todas esses efeitos de amarração podem acontecer na pessoa que foi amarrada por amarração de Portugal, pois que amarração de Portugal vai «injectar» espiritualmente a pessoa amarrada com uma imensa «dosagem» de bruxaria!

E assim sendo:

embora  a pessoa amarrada por amarração de Portugal não tenha consciência lúcida e logica daquilo que lhe está ocorrendo, ( pois que tudo aquilo que lhe está ocorrendo está-se passando a nível espiritual, no seu espirito, na sua alma, e não na sua cabeça nem na sua racionalidade!), porem a verdade é que a amarração – que não se vendo com os olhos porem é real, e está em espirito trabalhando na alma da pessoa amarrada – a amarração está insistindo e fustigando no espirito da pessoa amarrada!, e assim sendo:

isso pode acabar despertando na pessoa amarrada por amarração de Portugal esses poderosos e adversos sintomas, e no entanto:

não haja receio!, pois que tudo isso são sintomas passageiros!, e são efeitos que a pessoa, ( por nada disto se passar conscientemente, mas sim e apenas em espirito, e no espirito), então a pessoa amarrada por amarração de Portugal jamais vai saber aquilo que lhe está acontecendo!, vai – racionalmente – achar tudo mera coincidência natural na vida!, e vai assim andar até , ( sem saber porquê!, nem como!), se ir entregar ao mandante da amarração de Portugal!, pois embora essa pessoa racionalmente não tenha consciência que deve se entregar ao mandante para os seu tormento acabar, porem o seu espirito sabe disso!, e por isso a pessoa acabará sempre – inconscientemente – cedendo ao que o seu espirito lhe estará dizendo para fazer!

Assim sendo:

por muito que a pessoa amarrada por trabalho de amarração da bruxa Évora de Portugal queira opor-se  e escapar-se, porem essa pessoa foi em espirito amarrada!, e por isso o seu corpo pode andar por onde quiser!, e a sua boca pode teimar em dizer aquilo que quiser!, e a sua cabeça pode insistir em pensar aquilo que entender!, e as suas mãos pode dar as mãos a quem essa pessoa teimar em dar!, e os seus pés podem insistir em pisar pelos caminhos que ela entender!, que porem – no final – a pessoa amarrada por amarração de Portugal, ( se o ensinamento do santo for cumprido sem desvios), vai sempre ceder!

Assim sendo:

se quereis poderosa amarração –  da mais poderosa – e então escrevei a este verdadeiro e antigo altar de são Cipriano!, pois apenas aqui essas ancestrais artes de são Cipriano e bruxa Évora são praticadas!, e apenas aqui essas bruxarias de amarração de Portugal são oficiadas em solo sagrado e que garante a conjuração das mais poderosas entidades!

Então:

Quereis uma amarração de Portugal?

Quereis o verdadeiro trabalho de amarração da bruxa Évora de Portugal?

Então:

Escrevei -nos!
Recomende, partilhe e vote nesta matéria