Amarrações da água benta de são José e Virgem Maria

agua-benta
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações da água benta de são José e Virgem Maria

A vida é feita de muitos problemas, de muitos desencontros, de ciúmes, de algumas tentações que podem ocorrer fora de um relacionamento, e tudo isso pode acabar causando desavenças e afastamento num casal!, sendo que por causa disso o homem pode sentir-se traído, e pode acabar ficando inflexível, irredutível , e querendo terminar com esse relacionamento amoroso.
Pois então:
Por isso mesmo, por vezes uma mulher quer a confiança cega de um homem, para que, ( mesmo que ocorram problemas num relacionamento), esse homem persista sempre seguindo e confiando nessa mulher!
Pois então:
Nesses casos, (em que a mulher quer amarrações para ter a confiança cega do marido, ou em amarrações para a mulher ter a submissão do marido), as amarrações da água benta de são José e Virgem Maria são ideais para fazer a pessoa amada entregar-se mansa, submissa e serenamente, e confiando cegamente na mulher que mandou celebrar as amarrações da água benta de são José e Virgem Maria.
Como são feitas as amarrações da água benta de são José e Virgem Maria?
Nas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria, a foto da pessoa que se deseja amarrar é colocada no centro de um pentagrama desenhado a sangue de 6 oferendes de ave negra, sendo que tudo isso deve ser executado numa encruzilhada assombrada.
encruzilhadaPorque as encruzilhadas são tão importantes neste tipo de trabalho?
Porque assim ensina o ensinamento de são Cipriano:

o diabo infesta singularmente as cruzes formadas pelos quatro caminhos ( encruzilhada de Neuilly)
Obra de são Cipriano, versando sobre «Enguerimanços de são Cipriano ou prodígios do diabo», capítulo 2º, Pag 248

Pois assim se sabe:
Encruzilhadas infestadas de espíritos e assombrações são um poderoso local de invocação de espíritos!, e por isso nelas deve ser praticada esta magia de amarração amorosa.
Porque as oferendas de ave negra são tao importantes?
Porque assim se pode ler na obra de são Cipriano.

o grande Lúcifer apareceu-lhe (…) na ocasião em que tinha imolado uma galinha preta
Obra de são Cipriano, versando sobre «Enguerimanços de são Cipriano ou prodígios do diabo», capítulo 8º, Pag 261

Pois assim sendo: a oferenda de galinha preta ou ave negra é própria para as conjurações mais portentosas, e é preceito adequado á invocação e conjuração das mais portentosas magias negras de preta linha.
Isto explicado:
Ladeando o pentagrama devem estar 6 velas negras ardendo, tendo sido previamente ungidas em gordura animal.
Sobre a foto da pessoa é aspergida água benta que foi devidamente santificada em igreja consignada, e assim estando feito então deve ser – logo de seguida – polvilhado pó vodu de amarração sobre essa foto.
Quando se esta aspergindo o sangue e polvilhando o pó vodu, deve-se entoar 6 ocultas litanias – em latim – para fins de amarração da pessoa que ali está sendo trabalhada, e para que o espírito dessa pessoa seja infestado de assombrações e aparições.
Porque é a agua benta um ingrediente poderoso neste tipo de trabalho?
Porque é com água benta que se baptiza novamente a pessoa que está ali representada naquela foto!,e fazendo-se isso está-se abrindo um caminho para a sua alma!, e está abrindo então a porta ao feitiço de amarração que – em latim – lhe será atiçado!, de forma a que essa pessoa seja alvo de uma temível infestação de espíritos e assombrações.
Cuidai:
Por mais que essa pessoa tenha o corpo fechado, porem com este tipo de ritual os espíritos entrarão sempre nela !!, pelo que se recomenda a feitura deste tipo de feitiço quando a pessoa é particularmente teimosa!, ou quando ela é muito resistente á entrada de espíritos.
Olhai que assim ensinou são Cipriano na sua obra:

Água lustral, tu que possuis a virtude para nos fazer cristãos, e nos abre o caminho do céu, faze com que [fulano] me receba por esposa, (…) e me dê tão grande confiança como são José depositou na virgem Maria
Obra de são Cipriano, versando sobre «forças e poderes ocultos do ódio e do amor (…) praticados por são Cipriano», capítulo «trabalho com flor de laranjeira», Pag 303

agua-benta2Pois assim sendo:
Ensinou são Cipriano que a água benta pode ser usada em amarrações amorosas com resultado de grande portento, e assim sendo:
usando a agua benta, então da mesma forma que são José confiou e se entregou á Virgem Maria, ( sem reservas, e nela cegamente confiando), pois também a pessoa em espirito amarrada por este trabalho espiritual aceitará ceder e entregar-se cegamente a quem lhe mandou amarrar.
O ritual é concluído ardendo-se a foto que está no centro do pentagrama desenhado a sangue de 6 oferendas de ave negra, e que foi aspergida com água benta e pó vodu. A foto deve ser ardida através do uso de uma mistura de carvão consagrado de igreja, de óleos sagrados de Israel, e de bebida fermentada poderosa e consagrada a ritual Vodu. Dessa forma far-se-á um fogo sagrado, e selar-se-á a amarração amorosa, pois conforme os fumos sagrados esvoaçarem no ar, pois assim se fará uma poderosa invocação de espíritos e assombrações que aceitarão este requerimento espiritual de amarrações amorosas.
E assim sendo:
A agua benta rebaptizando a pessoa amarrada neste ritual, ela abre uma porta para a sua alma, e sendo o ritual bem feito e bem lidado, ( com o devido encantamento e amarração bem pronunciado 6 vezes em latim naquela encruzilhada assombrada), então dai em diante estando feitas as amarrações da água benta de são José e Virgem Maria, então a pessoa amarrada será em espírito e na sua alma infestada de espíritos, de assombrações e de aparições que irão nela fustigar de 7 em 7 noites, todas as noites – de 7 em 7 noites e se cessar – persistindo em assombra-la no seu espírito e em espírito!, e assim será aberta na sua alma a porta a um purgatório de castigos espirituais que jamais cessarão senão quando a pessoa amarrada ceder e se entregar ao mandante da amarração.

Efeitos que ocorrem apos amarrações com técnicas de trabalho de Santeria
Nas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria,( como em qualquer forte trabalho de Santeria), é bem possível que a pessoa amarrada comece tendo pesadelos, que comece escutando estranhos ruídos na sua casa, que comece vendo lâmpadas piscar sem explicação, que veja vultos ou assombrações, que sofra avarias inesperadas em todo o tipo de equipamentos eletrónicos ou mecânicos, que sofra alterações de humor inesperadas, que sinta dores de cabeça, que sinta afrontamentos, que sinta o estômago cheio e pesado sem porem nada ter comido que o justifique, que sinta um peso e cansaço em cima do corpo, que dê arrotos inesperados e sem justificação, que se sinta desorientada e tendo atitudes como se não estivesse em si mesma, que manifeste por vezes revoltada, rebelde, ou tenha atitudes desagradáveis, que se entregue – sem saber porquê – a uma certa boémia desvairada, que ande perdia por maus caminhos ou andando amorosamente com as pessoas erradas, pois essa criatura infestada por espíritos será perturbada e assombrada de todas as formas imagináveis!!, e assim será para a desorientar a um ponto em que , (estando de tal maneira perturbada, desorientada e perdida!!), essa criatura amarrada não tendo mais saída nem solução, então ela vá encontrar abrigo e segurança apenas junto de quem lhe mandou amarrar!, e se lhe entregue!
Por isso, vamos repetir o ensinamento de santo que sempre anunciamos, querendo isto dizer:
.Demore o que demorar, e teime o que teimar, essa pessoa, ( 7 dias apos o trabalho estar feito), será todas as noites, ( de 7 em 7 noites, e pelo tempo que for necessário), sempre em espírito e no seu espírito assombrada sem cessar, ate que essa pessoa vá ceder e se entregar ao mandante das amarrações da água benta de são José e Virgem Maria,
Assim sendo:
Nas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria, a alma da pessoa amarrada será em espirito castigada, assombrada e atormentada – 7 noites apos 7 noites, e pelo tempo que for necessário – por assombrações de espíritos defuntos e espíritos já partidos deste mundo!, e por isso:
a pessoa – enfeitiçada pelas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria – bem que pode andar pela rua como se nada fosse, e ela bem que pode andar todos os dias com um sorriso estampado na cara, e ela bem que pode andar a pavonear-se de felicidade com outra pessoa qualquer, que porem:
Na criatura – enfeitiçada pelas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria, – a sua alma e o seu espirito estarão sempre – todas as 7 noites que passarem, e pelo tempo que for necessário – sendo fustigados e assombrados por aparições, por assombrações e por espíritos.
Por isso:
Nas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria, eis que assombrações, aparições e espíritos de defuntos persistirão, ( sem parar, e pelo tempo que for necessário!), fustigando e assombrando no espirito dessa criatura – e assim será sempre que ela vai dormir na solidão da penumbra do seu leito – ate que essa pessoa acabe cedendo, e se vá entregar a quem a mandou amarrar amorosamente.
Veja-se:
Nas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria,( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), tudo isto que aqui descrevemos – e como sempre ensinamos – irá passar-se inconscientemente na pessoa amarrada, pois que jamais se deseja que ela tenha consciência de que foi alvo de um trabalho de amarração, mas antes quer-se que ela pense que se foi entregar ao mandante da amarração de forma perfeitamente natural, embora na verdade essa criatura apenas se vá entregar porque foi em espirito – e no seu espirito – forçada a isso!!
Por isso:
Nas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), os espíritos irão sempre agir na criatura amarrada de forma inconsciente, invisível e discreta na criatura amarrada, para que ela – mesmo que ande consultando a cartomantes ou videntes – porem não fique jamais a saber que foi o alvo de um trabalho de amarração!, e ainda menos possam as pessoas que a rodeiam ,(e que estão á volta da criatura amarrada), jamais vão sequer desconfiar que essa criatura foi alvo de uma amarração amorosa, e jamais se levantarem quaisquer suspeitas!
Assim sendo:
Nas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), são indetetáveis e invisíveis!, pelo que – repetimos – são feitos de forma a não causar suspeitas nem mesmo á própria pessoa que foi enfeitiçada!
Pois por isso:
Nas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria,, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), agem durante a noite, ( de 7 em 7 noites, sempre sem cessar, e pelo tempo que for necessário), enquanto a criatura amarrada está na penumbra do seu leito e rodeada da escuridão, ali assombrando essa criatura amarrada e trabalhando no seu espirito com aparições e assombrações, ( que ela não se lembrará quando acordar, mas que lhe deixarão marcas e cicatrizes de tormentos sobre tormentos na sua alma!), e assim ocorrerá perpétuamente de 7 em 7 noites, ( pelo tempo que for necessário), ate que essa criatura se canse de tanto tormento, e se vá entregar a quem lhe mandou amarrar!, pois olhai:
Nas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria,, ( conforme em todos os trabalhos de Santeria!), é isso que os espíritos – perpétuamente de 7 em 7 noites – ficarão murmurando, sussurrando e zurzindo todas as noites na alma da pessoa!, e assim sendo:
embora depois a pessoa conscientemente não tenha recordação disso, porem , ( nos fortes trabalhos de Santeria), a sua alma e o seu espirito bem sabem que apenas terão sossego quando se entregarem ao mandante da amarração!
Por isso:
Nas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria,, demore o que demorar, essa pessoa – sem sequer saber nem tendo consciência porque o fez – acabará entregando-se!

Cuidados a ter com trabalhos de amarração de Santeria – recomendações usuais:
cranioAs amarrações da água benta de são José e Virgem Maria, são trabalhos de amarração de Santeria, e por isso – conforme todos os trabalhos que lidam com invocações de espíritos – estes são trabalhos místicos poderosos, feitos com recurso a milenares técnicas de invocação de espíritos!
Por isso, repetimos aquilo que sempre ensinamos, ou seja:
Nas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria, ( como todos os fortes trabalhos de Santeria), sendo manipulados da forma errada – por curiosos, desconhecedores, ou leigos – então podem infestar esses leigos e curiosos de fatais possessões espirituais de perigosas assombrações, ou de causar grande mal ou estagnação na sua vida, ou na vida das pessoas á sua volta!, pelo que apenas deve operar neste tipo de trabalhos um mago santeiro preparado e treinado para tal demanda.
Cuidai também que – conforme sempre dizemos – então vamos repetir:
A quem encomenda as amarrações da água benta de são José e Virgem Maria, eis que voltamos a avisar conforme sempre avisamos:
Neste tipo de trabalhos, ( como em todos os trabalhos que lidam com invocações de espíritos), não se deve jamais andar a toda a hora a olhar o relógio, e todos os dias olhando o calendário, e a todo o tempo caído em impaciências, duvidas e inquietações, pois olhai que assim está escrito na obra de são Cipriano:

«[Implorou Siderol]: perdão, perdão, Lúcifer (…)
[Respondeu Lúcifer]: não te disse já, (…), que na minha lei também é preciso ter paciência? »
Obra de são Cipriano, «Enguerimanços de são Cipriano ou prodígios do Diabo», capitulo 8º, pagina 260

Assim se fica sabendo:
Os prodígios de são Cipriano não ocorrem na «impaciência», mas sim eles florescem na «fé» e eles frutificam na «paciência», pois que ensina são Cipriano que o tempo dos espíritos não é o tempo das pressas picuinhas dos homens, e por isso: seja na magia branca, ou seja na magia negra, ( e seja em qualquer trabalho de invocação de espíritos), a lei dos espíritos manda ter paciência, pois acaso não está escrito: «na minha lei também é preciso paciência»?
Pois então: Seja na magia negra ou branca, eis que a obra de são Cipriano garante que com «fé» e «paciência» todos os frutos do espírito são infalíveis!, e porem agindo ao contrario então poder-se-á colher tudo ao contrario daquilo que se deseja!.
Por isso:
– A inquietação, a ansiedade e as duvidas são veneno que mata o fruto da obra do espirito, pois que a duvida é o veneno da fé, e pois que quem tendo visto os espíritos manifestarem-se então não pode mais ter duvida alguma!, mas sim deve trilhar no caminho da certeza!, e deixar os espíritos trabalhar e edificar conforme eles querem, pelo tempo que eles determinarem, e pelos caminhos que eles escolherem!
Pois por isso:
– Neste tipo de poderosos trabalhos deve-se adoptar essa postura espiritual e deixar aos espíritos trabalhar, pois eles trabalham sempre por caminhos misteriosos, e eles operam sempre por trilhos insondáveis, e eles movem-se sempre por caminhos incompressíveis, e por isso o seu fruto acaba sempre florescendo no tempo pelos espíritos marcado, e não no tempo das picuinhas impaciências humanas.
Assim sendo:
– Respeitai esta regra para do espirito colher bom fruto, ao invés de andar afrontando os espíritos, e depois colher tudo ao contrario daquilo que aos espíritos se foi pedir.

Que efeitos causam as amarrações da água benta de são José e Virgem Maria?
Nas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria, a agua benta rebatizando a pessoa amarrada num ritual de são Cipriano feito por conhecedores dos ocultos segredos do santo, essa amarração abre uma porta para a alma dessa criatura, e então:

sendo o ritual – das amarrações da água benta de são José e Virgem Maria – bem feito e bem lidado, ( com o devido encantamento e amarração bem pronunciado 6 vezes em latim naquela encruzilhada assombrada), então:

Fantasmas – o que são fantasmas3dai em diante estando feitas as amarrações da água benta de são José e Virgem Maria, então a pessoa amarrada será em espirito e na sua alma infestada de espíritos, de assombrações e de aparições que irão nela fustigar de 7 em 7 noites, todas as noites – de 7 em 7 noites e se cessar – persistindo em assombra-la no seu espírito e em espírito!, e assim será aberta na sua alma a porta a um purgatório de castigos espirituais que jamais cessarão senão quando a pessoa amarrada ceder e se entregar ao mandante da amarração.

Repetimos:

Por mais que essa pessoa tenha o corpo fechado, porem com este tipo de ritual os espíritos entrarão sempre nela !!, pelo que se recomenda a feitura deste tipo de feitiço quando a pessoa é particularmente teimosa!, ou quando ela é muito resistente á entrada de espíritos.

Por isso:

Nas amarrações da água benta de são José e Virgem Maria, quanto mais a pessoa insistir em andar sorrindo e se pavoneando com outra pessoa, então mais os espíritos invocados em espirito assombrarão como aparições e espíritos na alma dessa criatura, e por isso ela jamais irá encontrar felicidade que sempre dure, ( nem paz que sempre perdure), na sua vida!, pois em espirito essa criatura estará sempre sendo assombrada e possuída por aparições, ate que se desista da sua teimosia e se vá entregar a quem lhe mandou amarrar!
Quer verdadeiras amarrações amorosas?
Escreva-nos!

amarrações amorosas, amarrações, amarração, amarração amorosa, amarrações da água benta de são José e Virgem Maria, amarrações para a mulher ter a confiança do homem, amarrações para a mulher ter a submissão do marido, amarrações para o homem andar comendo na mão da mulher, bruxaria de amarração, bruxarias de amarração, feitiços de amarração, macumba de amarração,

Recomende, partilhe e vote nesta matéria