O casamento de uma bruxa segundo as leis da bruxaria

encantamento
Recomende, partilhe e vote nesta matéria
O casamento de uma bruxa segundo as leis da bruxaria

Bruxas e Demónios

 

 

Dizem antigas lendas que o casamento de uma bruxa é um casamento que vai contra todas as sagradas Leis de Deus !!, ou seja:

o matrimonio ou casamento de uma bruxa, é – dizem as lendas antigas – é sempre um matrimonio cometido com 6 pecados – pois que 6 é numero do demónio – ou seja:

1

o pecado da fornicação – ou a violação dos sacramentos matrimoniais de Deus

2

o pecado da bruxaria

3

o pecado da luxuria

4

O pecado da sodomia

5

o pecado da possessão

6

o pecado da perversão da santa Eucaristia

Ou seja, e passamos a explicar:

1

Sabbat - o sabbath das bruxas6Um casamento cometido com o pecado da fornicação: é um casamento que está em violação dos sacramentos matrimoniais de Deus!, ou seja: é um casamento que nunca é celebrado oficialmente na igreja e aos olhos de Deus, e que por isso constitui o pecado da fornicação!, ou é um casamento que é feito com uma mulher antes casada em igreja e aos olhos de Deus, e que antes já traz filhos de outros casamentos ou relacionamentos!, – o que também constitui o pecado da fornicação – ou é um casamento com uma mulher que antes já foi casada por igreja mas que depois se divorciou – pois que isso é pecado aos olhos da igreja, e é motivo de se perder o direito aos sacramentos da Eucaristia – e tudo isso constitui o pecado da fornicação!, pelo que é um casamento que agrada do demónio!

2

um casameMagia - segredos da magianto cometido com o pecado bruxaria: é um casamento celebrado entre uma bruxa e um bruxo  que praticam bruxaria conjuntamente, e que praticam por isso da perversão e devassidão do demónio, pois que missa negra é mesmo isso, ou seja: a união carnal de um bruxo e bruxa vivendo em pecado e apelando ao demónio, ao invés de ser a união espiritual de um casal vivendo conforme a Lei de Deus e apelando a Deus.

A missa negra é mesmo isso, ou seja: um bruxo e uma bruxa – ou bruxos e bruxas – unido-se carnalmente diante de um altar de santos onde existem hóstias consagradas vindas de Roma, um cálice feito de madeira de Belém onde Jesus nasceu – e que simboliza o cálice da ultima ceia de Cristo – e assim como uma relíquia de incensório verdadeiro de igreja, tudo diante o qual é executado o pecado da devassidão carnal, ao oposto daquilo que é uma missa branca, que é uma missa celebrada pelo espirito e não pela carne. Ao assim se fazer, está-se a dessagrar os sacramentos da sacralidade, e está-se a apelas ás maldições dos espíritos. Toda esta profanação – para resultar – deve ser acompanhada de secretas litanias e orações em Latim – que apenas os sabedores conhecem – para invocar ás maldiçoes dos espíritos da forma certa. Assim se fazendo, ( assim como fazendo as oferendas certas aos espiritos, que apenas os sabedores sabem!!), está-se a apelar ás mais infernais maldiçoes dos espíritos de defuntos, de assombrações, e até mesmo de Deus.

Olhai por isso:

Conforme a feira é esposa de Deus então a bruxa é meretriz do Diabo, e conforme a freira vive em santidade e castidade então a bruxa vive em perversidade e pecado, e conforme o padre vive a adorar á virtude de Deus e para adorar a Nossa Senhora, então o bruxo vive para adorar ao vicio pecaminoso do Demónio e para adorar á sua Bruxa pecadora e devassa, pois é assim que a missa negra é feita, que é invertendo todos os cânones da Igreja.

Na missa negra, é realizado o pecado da profanação da Eucaristia através do qual a bruxa bebe 3 gotas de sangue do dedo mindinho do bruxo, ao invés de beber o sangue de Cristo sacralizado na Eucaristia, e assim realizando Pacto com as trevas; Da mesma forma comete-se o pecado da fornicação e do adultério diante da sagrada imagem de Jesus Cristo, assim como  diante dos santos, e na presença das hóstias consagradas do Vaticano, assim se cometendo um grave pecado de abominação, e por esse meio contraindo forma de conjurar espíritos através de secretas orações de são Cipriano. Os espíritos são assim conjurados, e eles não resistem á conjuração feita através de tamanhos pecados idos contra a os sacramentos da Eucaristia. Assim dizem as lendas medievais.

Olhai pois, que sobre missa negra, assim se pode ler na obra de são Cipriano:

a missa negra (…) nela se faz tudo ao contrario daquilo que se faz na missa romana (…) lança-se um repto ao celestial poder, e a consagração é (…) profanada (…) haverá sempre no altar um corpo nú de mulher, – a bruxa – e os fins que se deseja alcançar são sempre os mesmos: o pecado e o sexo (….)

sete pessoas se dedicam afanosamente ao arranjo das coisas necessárias á missa (…)

a teve que pagar (…) cem mil libras. È uma grosa quantia, mas (…) não faz por menos, e afinal, que são cem mil libras para quem quer satisfazer um desejo? (…) [ missa negra] promete resolver os problemas todos, por mais difíceis que sejam (…) não é verdade que o amor e também a morte obedecem a essas artes ? (…)

está escura a noite (…) emerge o sacerdote (…) que (…) oficia sobre o corpo nu de uma mulher (…) começa então o ritual. Já se encontra sob o altar o corpo magnífico da grande dama. (…) a luz das velas como que saltita pelos recantos escuros, envolve os objetos, dão contornos ao mesmo tempo suaves e excitantes àquele corpo de deusa. Sente-se no ar o perfume estranho (…) de incenso oriental (…) reina silêncio quase total (…) o sacerdote traz o cálice de outro para colocar sobre o ventre da aristocrata. O objeto sagrado vem coberto com um finíssimo pano de linha, por cima do qual foi posto um pergaminho novo onde estão escritos os desejos. Começa o padre maldito a recitar, como vos monótona (…) mas firme, as palavra do rito. a cada trecho responde (…) sacristã. o sacerdote porem um joelho na terra e beija o púbis que esta ali á mostra. A marquesa não pode evitar um estremecimento ao sentir aquele contato impuro.

Obra de são Cipriano, capitulo Missa Negra. Pag 401-405

Assim se entende:

A missa negra é uma inversão da missa branca, e por isso:

se a missa branca procura invocar as bênçãos dos poderes celestiais, então a missa negra procura invocar á mais portentosa maldição dos espíritos, e é assim que a maior bruxaria se faz, e é assim que  – dizem as antigas lendas – é o casamento da bruxa.

3

Missas negras e magia negra2um casamento cometido como pecado da luxuria: é um casamento no qual a bruxa se entrega á luxuria e aos pecados – seja com outros machos, seja através de que devassidão ou que perversão for –  e o marido aceita tudo isso, assim se invertendo e desrespeitando toda a lei do casamento conforme Deus mandou fazer !!, pois que isso é uma abominação !!, pois que Deus mandou a mulher ser obediente e respeitar o homem, e mandou o homem ser senhor do seu lar e fazer a mulher respeitar-se, pois que a mulher que vai com outros machos ou comete perversões então comete o pecado do adultério, e o homem que aceita e consente com o adultério ou com a devassidão não está a seguir os mandamentos do matrimonio conforme Deus os decretou !! , e é isso que a bruxa e o bruxo fazem para agradar ao demonio, ou seja: a bruxa entrega-se á devassidão, e o bruxo aceita que a sua consorte e a sua bruxa seja uma pecadora, e ambos aceitam que a sua vida seja vivida em pecado conforme o demonio decreta! E conforme a bruxa se entrega ao pecado, pois o bruxo entrega-se ao vicio, pois todas essas coisas são tentação do demonio, e quem serve o demonio deve viver conforme a sua lei, tal conforme quem serve a Deus deve viver segundo a Sua Lei.

4

adao e evaum casamento cometido com o pecado da sodomia: ou seja: a intimidade do casamento com a bruxa é esse essencialmente praticada por sodomia da bruxa – pois que Deus mandou o homem ir e multiplicar-se, ( Genesis 9),  e por isso o contrario disso é feito pela bruxa – e por isso sexualmente – entre bruxo e bruxa – é praticada essencialmente por sodomia, coisa que aos olhos de Deus é uma abominação!, motivo pelo qual a cidade de Sodoma foi devastada por Deus!, conforme está escrito em Genesis 18

5

feitiçaria- feitiçosum casamento cometido com o pecado da possessão: ou seja: se a freira é uma mulher santa que casa com Deus, pois a bruxa é uma mulher devassa que casa com o demónio, querendo isto dizer: a bruxa promete ser eterna esposa do demónio, aceitando ser carnalmente possuída por todos aqueles que ela encontrar, e no qual o espirito demoníaco entrar e possuir por possessão demoníaca temporária.

Mais: a bruxa aceita que todas as 3 da tarde – que foi a hora em que Jesus faleceu – e todas as 3 da madrugada – que é a hora do demónio e dos espíritos – ser possuída por espíritos de luxuria, de vicio e de devassidão. Já o papel do bruxo é aceitar este casamento eterno da bruxa com o demónio, e ser obediente ás regras do demónio, e aceitar ser servo dele, e aceitar que o demónio pratique as luxurias que quiser com a sua bruxa, pois conforme o padre se resigna ás leis de Deus para viver em celibato, virtude e santidade, então também o bruxo – ao contrario – se resigna ás leis do demónio para viver casado com uma bruxa, e em vicio e pecado.

6

image004um casamento cometido com o pecado da perversão da santa Eucaristia: ou seja: o casamento da bruxa não é feito bebendo o sangue de cristo na eucaristia, mas sim bebendo 3 gotas de sangue de um bruxo, pois que se a Eucaristia de Deus manda beber o sangue de Deus, pois a Eucaristia inversa é beber 3 gotas de sangue de um bruxo no qual o demónio habita. Essas 3 gotas são extraídas com uma pica do dedo mindinho do bruxo, pois que é assim que são Cipriano ensinou que se firam pactos, pois assim está escrito na sua obra:

o diabo apareceu-lhe na figura de um corvo e disse-lhe:

– Que foi que combinamos? Não ficou assentado que assinarias a esta hora a doação da alma dos teus filhos futuros com o teu próprio sangue?

-perdoa grande senhor! – implorou siderol – perdoa , que de tudo me olvidei!

E acto contínuo, picou o dedo mindinho e assinou a escritura com sangue.

O diabo (…) disse-lhe:

– Aqui te deixo. Toma todo o outro que desejares – e dando um voo desapareceu

Obra de são Cipriano, Enguerimanços de são Cipriano ou prodígios do diabo, capitulo 9º,  Pag 262

Pois então:

É com uma pica no dedo mindinho que o sangue de um bruxo se extrai, pois que é desse jeito que o demónio assina os seus contratos com um bruxo, e porem: tem de ser uma pica no dedo mindinho de um bruxo, e não de uma pessoa vulgar que não foi escolhida pelo demonio, para que assim se faça conforme dissemos, ou seja:

o casamento da bruxa não é feito bebendo o sangue de cristo na Eucaristia de domingo ao meio-dia, mas sim bebendo 3 gotas de sangue de um bruxo á meia-noite, pois que se a Eucaristia de Deus manda beber o sangue de Deus, pois a Eucaristia inversa é beber 3 gotas de sangue de um bruxo, assim se pervertendo e corrompendo o sacramento de Santa Eucaristia

Então, e em resumo:

magia de sangueestá aí – conforme dizem as antigas lendas – o que é um casamento conforme o demónio manda !!,e que manda as bruxas fazerem !!, pois que é tudo contra a Lei que Deus ordenou!!

È assim o casamento de uma bruxa, que é vivendo em pecado, em vicio e e perversão conforme o demónio gosta, pois que é assim – dizem as lendas –que a bruxa e o bruxo recebem os dons de conjurar demónios para executar as suas bruxarias ou artes infernais.

Recomende, partilhe e vote nesta matéria