Tag Archives: amarração rápida

amarrações fortes de magia negra

sigilo4
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

amarrações fortes de magia negra

O que são as amarrações fortes de magia negra

w0-1

Quantas vezes – ninguém o negará – uma vida não cai no sofrimento, na amargura e na desgraça, por um amor que se perdeu? Quando se perde um amor, perde-se o rumo da existência, pois vida que é vida, ela é sempre sustentada pelo amor, pois é o amor que nutre a vida conforme a água e o sol é que nutrem a flor e o fruto da terra. Nenhum homem consegue viver sozinho, nenhum homem é uma rocha, e na natureza até as rochas se unem umas ás outras para formar as montanhas, quanto mais o homem que é de carne e osso. De nada valem fortunas, se o coração está sangrando e vazio. Por isso mesmo – sucede desde tempos imemoriais – quantos homens donos de reinos e fortunas acabaram na mais miserável amargura, porque conseguiram ter tudo na vida, menos o mais precioso dos bens, que é amar e ser amado?

Quantas vezes – sempre assim foi, e sempre assim será – um amor não se perde por causa de intromissões alheias? São inúmeros os obstáculos que o amor encontra neste mundo, e por isso essa historia de dizer «o que é a mim, a mim virá», isso não passa de conversa. Se isso fosse assim, então estaríamos a viver num mundo perfeito, um mundo em que tudo aquilo que é bom aconteceria sem impedimentos nenhuns, um mundo sem maldades nem obstáculos, um mundo em que basta ficar de braços cruzados e sentado a contemplar o céu, que tudo irá do céu cair sem qualquer esforço.

Isso é como aquele homem que diz: «Estou destinado a ser rico. Por isso, não vou trabalhar. Vou é ficar em casa deitado o dia todo, que o destino se encarregará de me trazer o dinheiro á minha porta, porque o que é meu a mim virá » Pois bem: quem pensa assim – todos o sabem – acabará inevitavelmente é sem trabalho, e sem nada. Na verdade, as coisas não são assim, e a verdade é que esta vida não é assim, e por isso muitas das coisas que até poderiam ser nossas, por vezes acabam sendo roubadas, tolhidas e desviadas por pessoas cobiçosas, invejosas, maldosas.

Quem já não ouviu de alguém que perdeu a pessoa amada por causa da intromissão de uma rival ?, quem já não soube historias de quem perdeu a pessoa amada por motivos de intrigas e maldades vindas até mesmo de familiares? Quem já não viu um casal feliz ver a sua vida desmanchada por causa de tanto problema que atrapalhou as suas vidas, até ao ponto da rotura?

Pois então:

isso acontece todos os dias, conforme todos os dias acontece as pessoas adoecerem, pois neste mundo ninguém está livre nem da doença, nem da maldade alheia. Por isso mesmo é que se você adoecer do corpo deve de ir ao medico, mas se adoecer da alma – pela falta de amor, ou por lhe terem cortado a linha da sua felicidade  – então você deve ir ao bruxo.

Por este ser um grave assunto, é que são Cipriano – bruxo de magia negra – estudou ao longo de décadas os mais profundos mistérios do oculto, e encontrou as mais fortes formulas místicas de magia negra e feitiços para dar cura ás enfermidades do amor, da alma e da vida, conforme os médicos dão cura ás enfermidades do corpo. A essas fortes curas milenares de poderosa magia negra, chamam-se as amarrações fortes de magia negra. Pois por isso, as bruxarias  de são Cipriano para amarrações, são – reconhecidamente – as amarrações amorosas mais poderosas que existem.

magia de sangue

Ora:

Quando se sofre de um verdadeiro problema amoroso, deve-se procurar por um verdadeiro bruxo. Bruxos sérios fazem trabalhos que recorrem ás mais fortes entidades espirituais, e normalmente fazem-no através de fortes trabalhos de magia negra. Trabalhos de magia para fins amorosos são dos mais misteriosos que existem, e a sua origem remonta perde-se nas névoas intemporais dos primórdios da humanidade. Porem: as amarrações de magia negra são das mais fortes amarrações que existem, e sendo bem lidadas são inultrapassáveis.

Não é fácil encontrar bruxos que celebrem verdadeiras amarrações de magia negra, pois a sua celebração requer conhecimentos e materiais que não estão disponíveis a qualquer pessoa, e por isso quem procura por trabalhos de magia negra deve certificar-se que está a lidar com quem entende do assunto, conforme neste altar se entende do assunto através de conhecimentos místicos seculares, e por isso neste blog se explicam todos os mistérios e segredos da magia negra.

Por exemplo:

A celebração de amarrações fortes e poderosas de magia negra é oficiada através de missas negras , e a missa negra é quase sempre acompanhada da oferenda de gado negro e virgem – gado-menor ou gado-maior – por forma a realizar poderosas conjurações de espíritos de trevas.

Ora, o que é gado negro e virgem?

Gado negro e virgem é gado preto sem qualquer imperfeição, ao mesmo tempo que é gado criado desde a sua nascença para a finalidade de ser empregue em rituais de magia negra. Tal gado é alimentado conforme certos preceitos e ritos, e é tratado de acordo com certas regras místicas, e apenas é criado para ser oferendado aos espíritos em rituais que obedecem aos ocultos ensinamentos de magia negra. Não é fácil encontrar gado assim preparado desde a nascença, pois apenas certas pessoas o sabem cuidar e preparar. Muitas das vezes esse gado pode ser exclusivamente encontrado em propriedades pertencentes a certos mosteiros e abadias, onde certas freiras ou monges se dedicam secretamente á sua procriação.

Magia - segredos da magia

Mais:

A celebração de missas negras exige o uso de materiais sagrados e consagrados, tais como vinhos de liturgia, hóstias consagradas em Igreja, óleos de unção sagrados, assim como a participação de um sacerdote ordenado, pois apenas um sacerdote investido pelos sacramentos sacerdotais tem a autoridade espiritual para perverter e inverter esses mesmos sacramentos, assim realizando o mais poderoso chamamento de magia negra que existe. Por isso mesmo, desde a idade média que existem os sacerdotes que de dia celebram as missas brancas – ou as normais liturgias a Deus – , ao passo que existem outros sacerdotes – versados nas artes do oculto – que fazem o oposto, ou seja, que de noite celebram e lidam nas missas negras dedicadas aos demónios e á magia negra.

Mais:

A celebração de trabalhos de magia negra, pressupõem o conhecimento dos ocultos sigilos místicos das artes da demonologia, sem as quais não é possível verdadeiramente invocar ás assombrações do mundo dos infernos. Os sigilos místicos são empregues por bruxos em rituais ocultos quase sempre associados a magia de sangue, e poucos sabem usar dessa magia negra. Esses conhecimentos são milenares, e tem origem em segredos que remontam aos primórdios das antigas civilizações Suméria, Fenícia, Egípcia, e até mesmo a saberes druídicos e rúnicos. Apenas verdadeiros bruxos são versados nesses ensinamentos, e tem acesso aos grimórios de demonologia onde tais conhecimentos ocultos estão conservados.

pactos

Da mesma forma:

A celebração de trabalhos de bruxaria pressupõem o uso de materiais místicos virgens e preparados conforme formulas ocultas, assim como o acesso a locais de solo sagrado como altares de igrejas, abadias, mosteiros, capelas em locais ermos, cemitérios, encruzilhadas assombradas onde se situam imagens de santos, ermidas, etc., pois apenas assim se podem conjurar as aparições infernais como poder.

Em resumo:

Tratam-se de fortes trabalhos de bruxaria , que apenas poucos sabem lidar corretamente.

Por isso:

Na hora de procurar auxílio, recorra a quem sabe de verdade.

Escreva-nos.

Estamos aqui há 20 anos dando resultados comprovados com testemunhos reais e verídicos.

Bruxos sérios ?

Bruxaria de magia negra?

Amarrações?

Escreva-nos!

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Trabalhos de amarração da vara de aveleira

vara-de-aveleira-3
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Trabalhos de amarração da vara de aveleira

A vida sem amor não é vida!, e por isso mesmo é que são Cipriano – ao longo de décadas – tanto se empenhou estudando sobre os mistérios do oculto no que diz respeito aos remédios do espirito,(que são os remédios que dão cura aos infortúnios do amor!), conforme os médicos se empenharam em estudar os mistérios e remédios da medicina, (que são aqueles que dão cura aos infortúnios do corpo), pois que de nada serve ter o corpo saudável se o espirito não estiver saudável!, e de nada serve estar vivendo, se a vida não tiver amor!, pois a vida sem amor não é vida!
Pois nesses seus estudos de são Cipriano, ( que viajou em peregrinação desde as terras da ancestral Babilónia, os milenares templos do Egipto, e viajando por toda a rota marítima mediterrânica Fenícia até ás longínquas terras da península ibérica), eis que na sua obra oculta, se pode ler sobre o uso de VARAS ou varinhas magicas aplicadas a rituais mágicos, e é sobre isso que aqui iremos esclarecer.
Olhai:
Sobre o uso de varas ou varinhas na magia, eis que observou o ensinamento de são Cipriano:
Já Moisés usou uma vara para abrir o mar !, e com uma vara Moisés fez as águas do Nilo virarem sangue!, e por isso o poder de varas devidamente consagradas por espíritos já vem descrito na bíblia!
Mais assim se sabe, pois olhai que assim se pode ler na obra de são Cipriano:
Lúcifer mandou cessar imediatamente a trovoada.

– Vais ser castigado com três mil varadas das com a vara boleante – disse Cipriano a Lúcifer.
(…) Cipriano prendeu Lúcifer (…) e depois de o ter amarrado, disse-lhe: – vou castigar-te com três mil varadas (…) modo como se deve fazer a vara boleante para castigar o demónio (…) cortar vara de aveleira(…)

Obra de são Cipriano, versando sobre «Poderes ocultos», Capitulo 15º, ou «Requerimento que são Cipriano fez para retirar (…) o demónio do inferno (…) para ser castigado com a varinha de condão», Pag 192-193

Pois então:
Assim se sabe que na verdade as varinhas ou varas mágicas, elas servem para açoitar espíritos e forças espirituais, de forma a leva-los a obedecer e cumprir com as obras que lhes são requeridas!, e por isso se as varas de aveleira podem ser usadas para fazer vergar os mais poderosos e infernais espíritos, então quanto mais não farão vergar e ceder ate o mais teimoso homem ou mulher que se queira amarrar com uma amarração amorosa!
Então:
Por isso mesmo a vara de aveleira é importante neste feitiço de amarração da vara de aveleira, pois que é com ela que se garante que os feitiços de amarração feitos deste jeito vencerão a qualquer outro feitiço de amarração que antes haja sido lançado á criatura de que se pretende amarrar.
Olhai:
A bíblia ensina que os magos do Egipto – através de VARAS – usaram de magias tao fortes quanto as magias que Moisés usou contra o Faraó do Egipto, e isso foi feito por meio de VARAS, pois olhai o Livro de Êxodo, no seu capitulo VII, onde ali está escrito:

Moisés e Aarão apresentaram-se ao faraó e fizeram como o Senhor lhes tinha ordenado. Aarão lançou a sua VARA ao chão, diante do faraó e dos seus servidores, e ela transformou-se logo numa cobra.
Porém o faraó mandou chamar os magos do Egipto e eles fizeram o mesmo com as suas artes mágicas
Êxodo 7 – 10,11

Mais assim está escrito:

Moisés e Aarão fizeram o que o Senhor lhes mandou. Aarão levantou a sua VARA e bateu na água do rio, na presença do faraó e dos seus servidores; e toda a água se transformou em sangue.
Os peixes do rio morreram e a água do rio cheirava tão mal que os egípcios não conseguiam bebê-la. E havia sangue por todo o Egipto.
Mas os magos do Egipto fizeram o mesmo com as suas artes mágicas;
Êxodo 7 – 20,22

Pois então:
assim se fica sabendo que os saberes místicos de Moisés eram poderosos!, assim como os saberes ocultos Egípcios dos magos do Egipto também eram poderosos!, e eles lidavam com o uso de VARAS magicas!
Por isso, assim se sabe:

Moisés tinha uma vara mágica com a qual o profeta e mago invocou todo o tipo de sortilégios contra o faraó do Egito, com a qual abriu o mar vermelho, e com a qual tocando num rocha fez brotar água para saciar a sede do seu povo perdido no deserto. Conferi na Bíblia, e você vai ver isso mesmo.

Da mesma forma, repetimos:

São Cipriano na sua obra também fala de vara mágica com a qual se comandam espíritos, pois ali está escrito:

Lúcifer mandou cessar imediatamente a trovoada.
– Vais ser castigado com três mil varadas das com a vara boleante – disse Cipriano a Lúcifer.
(…) Cipriano prendeu Lúcifer (…) e depois de o ter amarrado, disse-lhe: – vou castigar-te com três mil varadas (…) modo como se deve fazer a vara boleante para castigar o demónio (…) cortar vara de aveleira(…)

Obra de são Cipriano, versando sobre «Poderes ocultos», Capitulo 15º, ou «Requerimento que são Cipriano fez para retirar (…) o demónio do inferno (…) para ser castigado com a varinha de condão», Pag 192-193

Pois então:

Assim se sabe que na verdade as varas ou varinhas mágicas, elas servem para comandar espíritos e forças espirituais, levando-os a realizar as obras e demandas que lhes são requeridas!, e por isso se repete:

– Se as varas de aveleira podem ser usadas para fazer vergar os mais poderosos e infernais espíritos, então quanto mais não farão vergar e ceder ate o mais teimoso homem ou mulher que se queira amarrar com uma amarração amorosa!

Pois então:

A vara ou varinha mágica é o instrumento através do qual o mago, a bruxa, o bruxo, o feiticeiro ou a feiticeira direcionam e canalizam energia, assim como manipulam as forças astrais e entidades espirituais que antes foram conjuradas para descer.

Como realizar a amarração da vara de aveleira
Na amarração da vara de aveleira, 14 bonecos vodu, ( 1 por cada 1 dia e 1 noite – ao longo de 14 noites e 14 dias – colocados num altar de magia vodu e assentados num papiro virgem riscado com símbolos ocultos traçados a sangue de oferendas animais), serão por 14 noites e 14 dias acoitados – conforme a técnica que são Cipriano usou no texto que acima citamos! – com uma vara de aveleira, ( realizando o símbolo da cruz de Cristo!), ao mesmo tempo que sobre eles se entoa um encantamento de amarração amorosa.
Como preparar uma vara de aveleira
vara-de-aveleira-1A vara de aveleira – usada em trabalhos de amarração com vara de aveleira – deve ter sido previamente consagrada aos actos mágicos, através de um procedimento místico que a santifica, e isso deve ser realizado em solo sagrado, e ao longo de 6 luares de lua cheia.
Depois disso, a vara de aveleira deve ser talhada e esculpida com uma faca de prata numa 7ª noite de lua cheia, e no local de uma encruzilhada assombrada.
Depois disso, deve voltar-se a essa mesma encruzilhada, onde a mesma vara de veleira deve ser aspergida com água benta ao longo de 6 noites.
Depois de assim ter sido oficiado, deve-se voltar a essa mesma encruzilhada assombrada, e deve ser a vara de aveleira ser aspergida com óleos virgens consagrados de baptismo ao longo de mais 6 noites.
Finalmente, deve-se voltar á encruzilhada assombrada e aspergir, ( ao longo de 6 noites), a vara de aveleira com vinho sagrado e Eucaristia.
No final deste ciclo, deve a vara de aveleira ser levada á água do mar, e ali ser purificada, pois que a água do mar purifica de todos os pecados, e por isso a vara poderá – sem pecado – obrigar e comandar aos espíritos que empreendam na demanda e no encantamento que lhes está sendo entoada pelo mago.
Continuando a explicar como realizar a amarração da vara de aveleira
Isto explicado:
Na amarração da vara de aveleira, ao usar-se a vara de aveleira para acoitar sobre o boneco vudu – executando a cruz de Cristo – está-se a afastar da criatura amarrada todo qualquer outro trabalho que antes ela tenha sido infestada, para que assim o trabalho do santo entre nessa criatura, e vença sobre qualquer outro trabalho antes feito !! Por isso mesmo o modo de feitura desta vara de aveleira é mantido em grande segredo, pois que ele é uma das chaves de vencer sobre qualquer outro trabalho.
Apos o trabalho estar concluído, os 14 bonecos vodu são aspergidos a sangue de 14 aves negras sem defeito e consagradas á magia, e depois ardidos num holocausto celebrado em solo sagrado.

Depois de tido isto estar celebrado, então a vara de aveleira conservada em segredo num local secreto, para quem ninguém lhe possa botar os olhos nem lhe tocar, ou caso contrário o feitiço poderia virar-se do avesso!, e causar grandes tormentos a quem o mandou executar.
Por isso: amarração da vara de aveleira deve apenas ser executada por magos devidamente treinados para lidar nesse tipo de trabalho de amarração!

Que efeitos tem a amarração da vara de aveleira

vara-de-aveleira-2Conforme a vara vai vergastando o boneco vodu por 66 vezes todas as noites ao longo de 14 noites – colocado que está o boneco vodu sob papiro virgem desenhado a sangue com símbolos ocultos e diante de um ídolo de bode negro – , ( e fazendo-se sobre ele a cruz de Cristo com a vara de aveleira), pois também dai em diante, 7 dias apos a amarração da vara de aveleira estar concluída – sempre por 66 noites apos 66 noites – ( sempre sem cessar, e demore o que demorar), o espirito e a alma da criatura amarrada será vergastada num purgatório de tormentos ate que essa criatura se entregue a que lhe mandou amarrar.

Por isso:

dai em diante a pessoa que foi amarrada pelas amarrações da vara de aveleira, ela vai poder ate espernear, rebelar-se, protestar, andar com quem quiser e por onde quiser, e teimar em fazer aquilo que bem quiser e entender!, que porem:

Faça aquilo que essa pessoa fizer, e teime como ela teimar, porem a pessoa amarrada por amarração da vara de aveleira, ( demore o tempo que demorar), no final a pessoa amarrada – acabará cedendo e ficando junto do mandante das amarração da vara de aveleira.

Por isso:

nos trabalhos de amarração da vara de aveleira, dai em diante, ( 7 dias após o trabalho ter sido feito com a força das vergastadas de são Cipriano, que até aos demónios conseguem comandar !!), então – por mais teimosa que a pessoa seja! – a pessoa amarrada por amarração da vara de aveleira, ela poderá até persistir teimando e resistindo conforme quiser e entender, porem – demore o que demorar – essa criatura amarrada jamais encontrará sol que sempre brilhe nem felicidade que sempre dure, senão quando ceder e se entregar a quem lhe mandou amarrar!

Perigos do uso de amarração da vara de aveleira
A vara de aveleira tem poder de comandar ate aos espíritos demoníacos!!, e por isso quanto mais poder não terá comandando e infestando ao espirito de um homem ou mulher!, por mais teimosos que eles sejam!!
Porem:
Estar a lidar com vara de aveleira sem saber com a consagrar aos espíritos, pode fazer com que a vara se torne inútil para comandar e dirigir aos espíritos, pelo que eles poderão virar-se contra o mago que ali esta operando, como também se pode virar contra quem mandou o mago ir ali operar em seu benefício !!, e isso poderá causar infernais possessões espirituais e fatalidades no mandante da amarração, ou nas pessoas amadas em seu redor!
Por isso:
Na hora de encomendar amarrações amorosas com recurso a vara de aveleira conforme são Cipriano ensinou!, então cuidai e encomendar apenas a magos sabedores dos ocultos segredos de são Cipriano.
Quer verdadeiros trabalhos de amarração de são Cipriano?
Então:
Escreva-nos!

*
trabalhos de amarração de são Cipriano, trabalhos de amarração da vara de aveleira

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo

tableta4
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo

Os Babilónicos, os Fenícios e os Sumérios inscreviam em tabuletas, (pranchas de madeira, barro, argila, ou outro material), os seus mais ancestrais escritos. Também depois disso, os Gregos e os Romanos usaram tabuletas de chumbo para nelas inscrever todo o tipo de feitiços e maldiçoes, que depois eram enterradas junto de sepulturas, para conjurarem aos espíritos que aceitassem intervir e amaldiçoar uma certa pessoa quanto a uma certa demanda, fosse ela amorosa, ou de vingança, ou de justiça.

Mais que isso:

Os babilónicos, os Fenícios e os Sumérios, foram os primeiros povos – diz-se que por ensinamentos transmitidos por anjos, deuses e demónios – a usar dessas tabuletas para lhes inscrever formulas místicas ocultas que servissem á invocação de espíritos, que mais tarde os Gregos e Romanos vieram a também a saber a aprender.

Na Grécia e em Roma, era frequente executar bruxaria através das Placas de Maldições, ( ou tabletes de maldiçoes), que eram folhas de chumbo preparadas para a realização de actos mágicos e espirituais.

Todo o tipo de maldição inscrita nas placas ou bonecas, era denominada de «amarração», sendo que esse termo perdura até aos dias de hoje, podendo porem ser aplicado aos mais diversos fins, ou seja: para fins amorosos, ou de vingança, ou de afastamento de indesejáveis, ou de justiça, etc.

Olhai:

O termo «amarração» advém do Grego «Katadesmos», «Katadesmoi», «Katadein».

O termo deriva de um verbo encontrado nas próprias placas de maldição e que significa «prender», «amarrar», «restringir» ou «constrangir».

O termo de amarração – no seu sentido mistico – é usado por Platão na sua obra «Republica», e refere-se tanto á forma fisica das placas de maldição, ( que são «enroladas», como que «amarradas» sobre si mesmas quando o feitiço nelas inscritas esta redigido e concluído), como á própria função das mesmas placas, que é «restringir» ou «condicionar» a vida de alguém.

No latim, o termo provem de «defixio», que significa igualmente «amarrar», e que igualmente pode ser encontrado nas placas de maldição gregas e romanas.

Por isso:

o trabalho a que actualmente chamamos «amarração», não é na verdade um trabalho exclusivamente amoroso ou com fins eróticos, tal e qual hoje comummente é entendido. Na verdade, todo o trabalho de bruxaria sempre feito por via de uma maldição, ( desde os tempos mais imemoriais!), e todo esse trabalho por sua vez era denominado uma «amarração».

Explica-se:

– a amarração visava «amarrar» a pessoa visada pela bruxaria a um certo fim, a um certo destino.

Por isso se dizia que uma pessoa embruxada tinha sido «amarrada», pois a vida dessa pessoa tinha sido restringida de forma a que certo efeitos lhe sucedessem.

Daí o termo «amarração», que era igual a dizer que a pessoa fora «amarrada», ou «constrangida», ou «condicionada» de forma a que certos efeitos lhe sucedam na vida.

Na antiguidade, dizer que alguém tinha sido amarrado, era equivalente a dizer que alguem tinha sido embruxado, fosse para que finalidade fosse.

Mas o termo esotérico de «amarração» tem outra origem e explicação, esta talvez mais técnica do ponto de vista da metodologia mística.

Nesses tempos ancestrais, através do processo magico, entendia-se que a alma da pessoa visada pela bruxaria era amarrada a um espírito de um morto, sendo que o espírito desse morto iria ficar na vida da pessoa amaldiçoada, até que esse espírito do falecido fizesse cumprir o objectivo da bruxaria na vida dessa pessoa enfeitiçada.

Para melhor entender:

os cemitérios ou as suas imediações, eram por isso tidos como locais férteis para a pratica de bruxarias, porquanto neles abundavam espíritos de mortos.

A placa ou tablete de maldição, onde estavam inscritas orações de conjuro, a maldição e o nome da vitima, era amarrada á mão de um morto, ou amarrada ao corpo de um morto.

Desta forma, procurava-se que o espírito do defunto a quem a bruxaria foi amarrada, se encarregasse de ir para a vida da pessoa embruxada e cumprisse a missão que lhe foi encomendada.

No fundo, o contacto da placa ou tablete de maldição com o morto, deveria levar a vitima e ser restringida pela acção do espírito desse mesmo morto.

Como são feitos os trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo

Nos trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo, deve observar o seguinte mandamento bíblico:

Moisés e Aarão fizeram o que o SENHOR lhes mandou. Aarão levantou a sua vara e bateu na água do rio, na presença do faraó e dos seus servidores; e toda a água se transformou em sangue.
Os peixes do rio morreram e a água do rio cheirava tão mal que os egípcios não conseguiam bebê-la. E havia sangue por todo o Egipto.
 Mas os magos do Egipto fizeram o mesmo com as suas artes mágicas;
Êxodo 7 – 20,22

tableta3Pois assim se sabe:

Foi no rio Nilo que o bastão de Moisés – pelo poder de Deus – fez as suas águas transformarem-se em sangue!, e foi nesse mesmo rio Nilo que os magos do Egipto – através das artes do oculto – executaram igual feito magico.

Pois por isso:

Nos trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo o barro – do qual são feitas as tabuletas de amarração – deve ser barro lodoso e fresco colhido do rio Nilo, pois que foi aí que as maravilhas de Deus se manifestaram ao transformarem, ( com a batida do bastão de Moisés) as águas desse rio em sangue!, conforme decreto de deus!, e conforme anunciado pelo santo Moisés!, assim como foi aí que os magos do Egipto manifestaram o seu poder ao também converterem as águas do Egipto em sangue!, assim se confirmando o poder das artes ocultas e da feitiçaria Egípcia.

O barro deve ser aspergido com óleos sagrados de Israel, pois foi aí que Deus manifestou a sua presença e o seu poder através dos seus anjos e dos seus profetas!

Os tabletes de barro ou argila devem ser inscritos com 12 objetos de cunha esculpidos em prata, os quais – cada um deles – inscrevem na tablete um símbolo místico e oculto, sendo que a sequência dessas gravações esculpidas na tablete de argila produzem um forte encantamento a ancestrais espíritos!, pois que aqui se está lidando com saberes muito ancestrais!

A tablete deve ser trabalhada por 14 dias e 14 noites, ao longo das quais vão sendo feitas aspersões de sangue de 14 aves negras consagradas aos rituais de magia, assim como vão sendo feitas libações de bebida fermentada consagrada e entoadas ocultas litanias de magia.

Depois assim ter sido feito por 14 dias e 14 noites, a tablete deve ser sepultada em terreno de cemitério, de forma a quem ninguém jamais lhe possa por os olhos!, nem nela pisar!, pois se isso acontecesse então poderia o feitiço virar-se contra quem o encomendou!, e grandes desgraças poderiam ocorrer!

Por isso:

apenas deve lidar em trabalho deste poder tanto quem os sabe executar, como quem depois os sabe despachar da forma certa e local apropriado.

Que efeitos tem os trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo
tableta1Nos trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo, a criatura amarrada será infestada de possessão espiritual, conforme o Egipto foi infestado de pragas sobre pragas até que o Faraó cedesse, e acabasse por libertar o povo de Deus.
Por isso:
conforme assim sucedeu no Egipto, então também assim sucederá no espírito e na alma da criatura infestada de trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo!, e por isso essa criatura em espírito sofrerá no seu espírito um purgatório de pragas – conforme as pragas que atingiram o Egipto – e assim sucederá pelo tempo que tiver de ser, até que essa pessoa se canse de resistir, e se entregue ao mandante dos trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo!, e por isso em espírito a alma dessa pessoa não terá sossego nem conhecerá bom destino enquanto não ceder e não se entregar ao mandate dos trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo
Porem, olhai:
Conforme o Faraó do Egipto muito resistiu e teimou em não ceder ás 10 pragas que caíram sobre o Egipto, pois também a pessoa amarrada vai sempre teimar e persistir em resistir ás pragas quem em espírito vão recair sobre o seu espirito!, pois essa é a natureza do homem!

Contudo:

Conforme o Faraó do Egipto – apos as 10 pragas de Deus descerem sobre ele – acabou por ceder!, pois também a pessoa amarrada – pelos trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo – poderá resistir e teimar conforme quiser, que no final ela acabará, ( tal como o Faraó do Egipto), por ceder e vergar á vontade do santo e dos espíritos !

Por isso, olhai:

Nos trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo, a pessoa amarrada não vai virar um vegetal, nem um idiota sem vontade própria!, pois não é isso que se deseja!, pois se isso acontecesse então toda a gente ficaria suspeitando que ela foi vitima de uma amarração!, e isso iria arruinar o efeito da amarração!, pois – conforme são Cipriano ensinou – assim está escrito:

Para o bom êxito, é conveniente que (…) ninguém saiba do vosso segredo; contrariamente, perde toda a magia

Obra de são Cipriano, forças e poderes ocultos, o poder da cabeça de víbora, Pag 317

Por isso:
a pessoa amarrada por trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo, (assim como as pessoas á sua volta!), não podem desconfiar de nada!, e por isso:
a pessoa amarrada por trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo poderá sempre ser livre de teimar como quiser teimar, e ser livre de andar por onde quiser, e ser livre persistir com quem quiser, que porem a amarração em espirito nela insistirá invisivelmente no seu espirito sempre sem cessar, ate que essa pessoa se entregue!, e ela entregar-se-á!!, pois que – sendo este trabalho bem feito e bem lidado – não há quem consiga escapar de um trabalho deste poder!!
Mais:
Nos trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo, a amarração persistirá 7 dias apos 7 dias – sempre sem cessar! – em espírito fustigando no espírito da criatura amarrada, e assim será ate ela ceder!, pois enquanto essa criatura em espírito amarrada – pelos trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo – não ceder e se entregar ao mandante desse trabalho de amarração, então essa pessoa amarrada jamais encontrará felicidade que sempre dure!, e por isso essa criatura pode insistir conforme quiser insistir, e ela pode teimar conforme quiser teimar, que porem o seu espirito jamais encontrará paz duradoura senão quando essa criatura ceder ao mandante da amarração!, e dai em diante, ( demore o que demorar), a criatura amarrada cederá sempre!, pois conforme o Faraó do Egipto muito teimou ate que acabou por ceder ás 10 pragas do espirito!, pois também a criatura amarrada muito teimará até que cederá!

Quer encomendar trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo?

Então:

se pretende encomendar estes fortes trabalhos de amarração, então:

Escreva-nos!

*
trabalhos de amarração das tabuletas do Nilo, trabalhos de amarração,

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

trabalhos de amarração com hóstia de igreja

hostia-eucaristia
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

trabalhos de amarração com hóstia de igreja

Quantas vezes não acontece – sempre assim foi desde tempos imemoriais – alguém estar numa relação que se julgava ser solida e ir durar para sempre!, e depois – sem saber como, e inesperadamente ! – a pessoa amada mudar de ideias!, mudar de sentimentos!, e dizer que já não quer mais esse amor!, e afirmar que já não tem mais sentimentos!

Então:

nesses casos – de um dia para o outro ! – aquela pessoa apanhada por essa inesperada alteração de sentimentos de quem ama, vai ficar com toda a sua vida virada de pernas para o ar!, e o mundo dessa pessoa que foi abandonada vai desabar!, e essa pessoa rejeitada vai – como é compreensível – ficar sem saber que rumo dar á sua vida!, pois em muitos casos há filhos, lares e uma vida construída em torno desse relacionamento!!

Mais:

Quantas vezes isso não acontece por causa da intromissão de uma sogra?, ou de familiares invejosos?, ou de uma amante?, ou de uma nova pessoa que apareceu na vida de quem se ama?, ou de um colega de trabalho?, ou de  um ex-conjugue?

Pois bem:

Nao importa para nada ficar aí de braços cruzados a divagar sobre o motivo pelo qual esse amor definhou no coração da pessoa que você ama!, mas sim importa é curar essa moléstia amorosa!, e é recolocar essa pessoa nos trilhos do vosso amor conforme ele antes existia !!, pois olhe:

não vale a pena ficar chorando pelo leite derramado!, e ficar aí de braços cruzados olhando as nuvens passar, isso nada irá mudar!!

Por isso:

se você ama de verdade essa pessoa que esfriou os sentimentos e endureceu o coração!, então isso é uma moléstia amorosa e do espirito!, e por isso você  tem é que meter mãos á obra!, e ir entregar essa demanda do espirito nas mãos de um verdadeiro feiticeiro de são Cipriano!, da mesma forma que quem está doente do corpo deve colocar a sua moléstia nas mãos de um bom medico!

Pois então:

nesses casos, você pode recorrer dos trabalhos de amarração com hóstia de igreja, pois que são um ancestral trabalho de amarração que – sendo bem feito, e bem lidado – dá resultados irresistíveis no espirito e na alma da pessoa amarrada pelos trabalhos de amarração com hóstia de igreja.

Como são feitos os trabalhos de amarração com hóstia de igreja?

Nos trabalhos de amarração com hóstia de igreja, deve-se assistir a 7 missas de Eucaristia, sempre tomando o cuidado de antes de ir á missa tomar um banho com água do mar, que é purificadora e protegerá o feiticeiro.

Estando o feiticeiro a assistir á missa de Eucaristia, então – nos trabalhos de amarração com hóstia de igreja – no momento do padre beber o vinho e repartir a hóstia, assim como no momento em que a hóstia está a ser distribuída pelos comungantes – na hora da santa comunhão – deve o feiticeiro ficar na missa, ( não indo comungar!, e permanecendo nos lugares traseiros da igreja!), invocando uma litania infernal e oculta que apenas os ensinamentos de são Cipriano ensinam!, falando-a baixinho de forma a que ninguém consiga ouvir, sempre murmurando essa litania por 7 vezes.

Cuidai:

Essa litania não aqui a dizemos, pois que assim está escrito na obra de são Cipriano:

é preciso declarar que não expomos estas receitas diabólicas para que os leitores as pratiquem; deixamo-las aqui porque entendemos ser de utilidade saber-se de tudo quanto é bom e mau (…) alimentamos a esperança que Deus abençoará o nosso livro

Obra de são Cipriano, pag 236

Pois assim se sabe que o santo ensinou:

As receitas gerais de são Cipriano podem ser por todos lidas, e porem nem por todos devem ser praticadas aprofundadamente, pois que não devem aqueles que desconhecem ao segredo dos ensinamentos ocultos de são Cipriano ir meter a mão naquilo que desconhecendo então apenas lhes poderá causar gravoso mal, tanto para si mesmos como para outrem.

E porem também assim sabemos:

O livro de são Cipriano é livro e obra feita sempre clamando para ser abençoada por Deus.

Por isso:

são Cipriano instruiu nos seus ensinamentos que esta litania, ( assim como outros ocultos segredos das suas artes magicas!), deve permanecer em segredo!, e apenas ser lidada por conhecedores do oculto!, pois indo leigos, curiosos ou desconheceres proferi-la na hora da eucaristia e numa igreja, então poderia atrair sobre si grandes maldiçoes!., e por isso apenas quem sabe com esta arte lidar é que deve ir ali lidar!, sob pena de atrair sobre si – ou pessoas amadas – grandes tragedias ou fatalidades!

Isto explicado:

Nos trabalhos de amarração com hóstia de igreja, isto assim deve isso ser feito ao longo de 7 missas consecutivas.

hostiaAo longo desse tempo – nos dias de executar os trabalhos de amarração com hóstia de igreja –  adquirir 7 hóstias consagradas.

Para serem verdadeiras, essas santas hóstias devem ser antes abençoadas por um sacerdote, e não são fáceis de adquirir, e custam o seu bom preço!, e devem ter sido feitas num convento ou num mosteiro santificado!, pois assim serão hóstias geradas em solo sagrado.!, e devem ter sido feitas manualmente com recurso a instrumentos de prata.

Nos trabalhos de amarração com hóstia de igreja, devem tambem ser usadas as hóstias maiores que são destinadas aos sacerdotes, e não as menores que são destinadas aos fiéis.

Durante esse tempo, depois de se ir a cada uma das missas, então – nos trabalhos de amarração com hóstia de igreja – há meia-noite de cada sexta-feira posterior á missa que se foi, coloque-se a hóstia no centro de um pentagrama riscado a sangue de oferenda de gado menor negro e virgem, sem qualquer defeito, e que tenha sido previamente consagrado ao acto magico.

Nos trabalhos de amarração com hóstia de igreja, cada hóstia deve ser perfurada por um alfinete usado em rituais de boneco vodu, ( são usados 7 alfinetes de ritual vodu previamente consagrados aos espíritos!), e quando se trespassa a hóstia então deve-se dizer o seguinte encantamento:

fulano, porquanto estes alfinetes consagrados aqui estiverem pregados

então nesta hóstia e conforme esta magia,

fulano não terá sossego nem descanso enquanto não estiver na minha companhia

A hóstia consagrada representa o corpo de Cristo, e por isso conforme a hóstia estiver sendo trespassada pelo alfinete vodu, ( conforme Cristo foi trespassado pelos pregos na cruz), então também o espirito da pessoa amarrada será em espirito trespassado pela maldição do santo – uma maldição de amarração amorosa – que ali no espirito dessa criatura amarrada vai imperar sem cessar, ate que ela no corpo se entregue ao mandante dos trabalhos de amarração com hóstia de igreja.

Nos trabalhos de amarração com hóstia de igreja, assim estando feito, então hóstia – junto com os 7 alfinetes vodu – deve ser embrulhada , (enrolando-se tudo), num papiro virgem previamente consagrado.

Incómodos sentidos pelo executante

dos trabalhos de amarração com hóstia de igreja

Nos trabalhos de amarração com hóstia de igreja, as cinzas do pergaminho virgem e das hóstias nele embrulhadas – junto com os 7 alfinetes vodu – devem depois ser enterradas numa encruzilhada assombrada, sendo que nesse momento poder-se-ão escutar ruídos estranhos, ou ver sombras ou vultos, ou visionar assombrações desfocadas, ou ver animais rondando, ou sentir um frio inexplicável.

Tudo isso não deve impressionar o praticante desta magia dos trabalhos de amarração com hóstia de igreja, pois são apenas sintomas que comprovam que os espíritos estão descendo e aceitando o pedido que foi laboriosamente trabalhando ao longo de tanto tempo!

Cuidados a ter com trabalhos de amarração com hóstia de igreja

Nos trabalhos de amarração com hóstia de igreja, voltamos a repetir que são Cipriano instruiu nos seus ensinamentos que alguns dos detalhes destes trabalhos de magia devem permanecer em segredo!, e apenas porem ser lidados por conhecedores dos segredos oculto!, pois indo leigos, curiosos ou desconheceres lidar com eles na hora da eucaristia e numa igreja santificada, então esses curiosos e leigos poderiam atrair sobre si grandes maldiçoes!., e por isso apenas quem sabe com esta arte lidar é que deve nela lidar!, sob pena de atrair sobre si – ou pessoas amadas – grandes bloqueios de vida permanentes, ou até fatalidades!

Que efeitos tem os trabalhos de amarração com hóstia de igreja?

Nos trabalhos de amarração com hóstia de igreja, a criatura amarrada com os trabalhos de amarração com hóstia de igreja, será infestada de possessão espiritual, e por isso está em espírito fustigada e aprisionada!, e por isso em espírito a alma dessa pessoa não terá sossego nem conhecerá bom destino enquanto não ceder e não se entregar ao mandate dos trabalhos de amarração com hóstia de igreja.

Por isso:

Nos trabalhos de amarração com hóstia de igreja, a pessoa não vai virar um vegetal acéfalo e sem vontade própria!, pois não isso que se deseja!, pois se isso acontecesse então toda a gente ficaria suspeitando que ela foi vitima de uma amarração!, e isso iria arruinar o efeito da amarração!, pois – conforme são Cipriano ensinou – assim está escrito:

Para o bom êxito, é conveniente que (…)  ninguém saiba do vosso segredo; contrariamente, perde toda a magia

Obra de são Cipriano, forças e poderes ocultos, o poder da cabeça de víbora, Pag 317

Por isso:

a pessoa amarrada por trabalhos de amarração com hóstia de igreja , ( e as pessoas á sua volta!), não podem desconfiar de nada!, e por isso a pessoa amarrada por trabalhos de amarração com hóstia de igreja poderá sempre ser livre de teimar como quiser teimar, e ser livre de andar por onde quiser, e ser livre persistir com quem quiser, que porem a amarração em espirito nela insistirá invisivelmente no seu espirito sempre sem cessar, ate que essa pessoa se entregue!, e ela entregar-se-á!!, pois que – sendo este trabalho bem feito e bem lidado – não há quem consiga escapar de um trabalho deste poder!!

Mais:

Nos trabalhos de amarração com hóstia de igreja, conforme após 7 missas foram assistidas com infernal litania pronunciada em 7 Eucaristias, e depois 7 hostias foram 7 vezes trespassadas por 7 alfinetes vodu, pois também a amarração persistirá 7 dias apos 7 dias – sempre sem cessar! – em espirito fustigando no espirito da criatura amarrada,  e assim será ate ela ceder!, pois enquanto essa criatura em espirito amarrada – pelos trabalhos de amarração com hóstia de igreja – não ceder e se entregar ao mandante desse trabalho de amarraçao, então essa pessoa amarrada jamais encontrará felicidade que sempre na sua vida!, e por isso essa criatura pode insistir conforme quiser insistir, e ela pode teimar conforme quiser teimar, que porem o seu espirito jamais encontrará paz duradoura senão quando essa criatura ceder ao mandante da amarração!, e dai em diante a criatura amarrada cederá sempre!, pois não há forma de escapar a quem  foi infestado pelos trabalhos de amarração com hóstia de igreja

Quer encomendar trabalhos de amarração com hóstia de igreja?

Quer encomendar verdadeiros trabalhos de amarraçao e são Cipriano?

Então:

se pretende encomendar estes fortes trabalhos de amarração, então:

Escreva-nos!

*

trabalhos de amarração com hóstia de igreja, trabalhos de amarração, trabalhos de amarração em igreja,

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus

oferendas
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus

Arvore de vida da Kabalahé sabida a necessidade de se recorrer ás invocações e conjurações de espíritos para todos os fins, seja para afastar de nós aquilo que nos prejudica, ou seja para atrair a nós aquilo que necessitamos.

Desde o antigo Egipto – e muito antes desses tempos – que as mais ancestrais sabedorias ensinam como invocar ou conjurar espíritos!,e isso é uma ciência oculta que perdura ate aos dias de hoje!, que ninguém a poderá negar!, pois olhe:

ate o mais incrédulo dos homens se vê forçado a crer nos espíritos, quando por causa dos espíritos a sua vida é atingida de malefícios e má sorte !, e contra isso não há argumentos!, e por isso mesmo é que quando uma pessoa começa a sofrer de uma má sorte persistente e inexplicável que não deixa de perseguir essa pessoa, então a essa pessoa se costuma aconselhar o celebre ditado popular, que diz: «voce tem que ir á bruxa» !!

Isto dito:

nas conjurações de espíritos, deve-se colocar sobre um altar um pano branco quando se quiser fazer magia branca , ou um pano negro quando se quiser fazer magia negra.

O altar deve ser um altar previamente consagrado aos espíritos, e os panos devem ser feitos de linho virgem.

No momento da conjuração, deve-se aspergir sobre o pano – que está no altar consagrado –  óleo de Israel consagrado quando se quer um feitiço de magia branca, ou devem-se fazer aspersões de sangue de uma pequena ave negra virgem – sem qualquer defeito – quando se pretende fazer magia negra. Essa ave deve ser uma ave que foi criada desde nascença para a exclusiva finalidade de ser entregue a um ritual de magia!, sendo que por isso essa ave negra deve ser cuidada, tratada ao longo de um certo numero de luas cheias, e deve alimentada de um certo jeito especifico, ( por exemplo: apenas lhe dando de beber água benta!, e dando-lhe de comer hóstias consagradas previamente esfarinhadas na sua ração, e em certos luares específicos), por forma a que os espíritos conjurados aceitem essa oferenda enquanto um grande e ilustre chamamento que lhe é irresistível.

Para se fazerem adequadamente trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus, deve-se ter um pergaminho virgem, no qual , ( em cima do altar conforme descrevemos), se deve desenhar o sigilo ou o símbolo invocatório do espirito Exu que se pertente invocar.

Nos trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus, há vários Exus que se pondem invocar para todo o tipo de trabalho espiritual,(conforme a finalidade que se pretende),  tais como Exu Pedra Negra, Exu Belzebuth, Exu Astaroth, Exu, Exu dos Ventos, Exu Pomba Gira, Exu Quebra Galho, Exu das 7 Sombras, etc

Isto feito, então nos trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus, o feiticeiro deve obter algumas gotas do seu próprio sangue, e derrama-las sobre o pergaminho, ( por cima do sigilo ou símbolo invocatório do Exu), ao mesmo tempo que entoa adequadas litanias invocatórias dos espíritos Exus. Escusado será dizer quem sem a formula invocatória certa, este feitiço poderá virar-se contra o feiticeiro, e por isso apenas feiticeiros conhecedores dos ocultos segredos de são Cipriano os podem praticar!

Isto dito:

Assim fazendo-se, então nos trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus,  o espírito Exu invocado descerá!, e o espírito Exu manifestar-se-á de forma sobrenatural !, e dai em diante obter-se-ão os favores desse espírito Exu, pois  esse espírito Exu aceitará a demanda que lhe for apresentada!

amarracao1Cuidados a ter com os trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus

Cuidai:

apenas um sacerdote de santeria treinado e experiente poderá recorrer deste tipo de trabalho, pois indo leigos e desconhecedores meter as mãos neste tipo de procedimento oculto, então poderão esses inexperiente curiosos cometer erros, e por isso – ao invés de invocar espíritos Exus e executarem o seu pedido da forme certa – podem é acabar possuídos das maiores infestações demoníacas, ou acabando por infestar pessoas amadas á sua volta!, e isso pode acabar por dar em terríveis e dolorosas fatalidades!

Os trabalhos de amarração com invocação de espíritos, sendo manipulados da forma errada – por curiosos, desconhecedores, ou leigos – então podem infestar esses leigos e curiosos de fatais possessões demoníacas, de perigosas assombrações, ou de causar grande mal ou estagnação na sua vida, ou na vida das pessoas á sua volta!, pelo que apenas deve operar neste tipo de trabalhos um mago santeiro preparado e treinado para tal demanda.
Cuidai também que:
– conforme sempre avisamos, então mais uma vez vamos repetir:
Estando os trabalhos de amarração com invocação de espíritos celebrados e concluídos, então é muito provável que possam ocorrerem diversos fenómenos rodeando o sacerdote santeiro que ali foi executar as amarrações do fruto proibido, tais como:
Ocorrência de ruídos estranhos e inexplicáveis, sensações de arrepios, manifestações de assombrações, aparecimento de animais, (seja que tipo de bicho for: desde vermes, ou aves, ou cães, ou bodes, ou gatos, ou sapos, ou insectos, etc), ou acontecer ver-se coisas que se movem sem explicação lógica, estranhas brisas de vento, manifestações de vultos, falhas em lanternas ou equipamentos elétricos que se tenham levado para o local, alterações de temperatura anormais, ou ate que a pessoa ali presente se sinta incomodada por pressentir estar sendo observada por uma entidade invisível.
Porem, e conforme sempre dizemos:
Isso tudo são manifestações próprias de um destes trabalhos de amarração com invocação de espiritos, e que ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), por isso devem ser exercidos apenas por sacerdotes santeiros treinados em alta magia branca ou alta magia negra, e que por isso estejam treinados para lidar nestas artes ocultas!, pois que indo o curioso, o desconhecedor, ou o leigo meter as suas mãos neste tipo de trabalhos de amarração de Santeria, então eis que esses infortunados poderão acabar sendo fáceis vitimas de terríveis possessões demoníacas, por vezes fatais!, para si mesmos ou para aqueles que mais amam!

Por isso:

quando for para lançar mãos de um recurso deste poder, e quando for para lançar mão de trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus então encomendai-o a um feiticeiro sabedor das verdadeiras artes de são Cipriano, e que sabe aquilo que está a fazer!

Como garantir o sucesso de uma amarração com invocação de espíritos?

Assim ensinou e está escrito na obra de são Cipriano:

lava-se em agua de três procedências: do mar, da cachoeira e da chuva. A seguir (…) diz-se: «Pelas sete pragas, pelas sete maravilhas(…)»
Obra de Aço de são Cipriano, Cap 3, «Estudos e experiencias de são Cipriano», versando sobre «Os sete prodígios de Siderol», Pag 112

Pois assim se sabe:

Sete são as pragas do santo, assim como sete são as bênçãos do santo.
Pois da mesma forma, quer isto dizer para aqueles que são entendidos e conhecedores no segredo e no preceito do santo:

Conforme 7 são as bênçãos do santo, e conforme 7 são as pragas do santo, pois também 7 são os dias para que a obra do santo desça neste mundo, querendo isto dizer: são necessários 7 dias para que os espíritos invocados venham a este mundo.

Pois assim sendo, eis que assim se sabe:

São necessários 7 dias após a conclusão de um trabalho de Alta Magia – negra ou branca – para que os espíritos invocados venham a este mundo, e apos esses 7 dias os espíritos manifestar-se-ão, e depois disso – dai em diante e findo esse prazo de 7 dias – então os espritos trabalharão pelo tempo que for necessário ate que a sua obra se edifique.

E por isso:

– 7 dias é o tempo que se deve esperar com serenidade e fé, para que sejamos escutados pelos espíritos!, e dai em diante a obra dos espíritos depois desce a quem a invocou.

Pois então:

– Após esses 7 dias, eis que a obra do espírito descerá!, e eis que ela se manifestará !, e dai em diante ela trabalhará pelo tempo que for necessário – sempre sem cessar nem parar! – ate que a pessoa amarrada se entregue.

Por isso:

A quem encomenda os trabalhos de amarração com invocações de espíritos, eis que voltamos a avisar conforme sempre avisamos:

Neste tipo de trabalhos do espírito, ( como em todos os trabalhos que lidam com invocações de espíritos), não se deve jamais andar a toda a hora a olhar o relógio, e todos os dias olhando o calendário, e a todo o tempo caído em impaciências, duvidas e inquietações, pois olhai que assim está escrito na obra de são Cipriano:

«[Implorou Siderol]: perdão, perdão, Lúcifer (…)

[Respondeu Lúcifer]: não te disse já, (…), que na minha lei também é preciso ter paciência? »

Obra de são Cipriano, «Enguerimanços de são Cipriano ou prodígios do Diabo», capitulo 8º, pagina 260

Assim se fica sabendo:

Os prodígios de são Cipriano não ocorrem na «impaciência», mas sim eles florescem na «fé» e eles frutificam na «paciência», pois que ensina são Cipriano que o tempo dos espíritos não é o tempo das pressas picuinhas dos homens, e por isso: seja na magia branca, ou seja na magia negra, ( e seja em qualquer trabalho de invocação de espíritos), a lei dos espíritos manda ter paciência, pois acaso não está escrito: «na minha lei também é preciso paciência»?

Pois então: Seja na magia negra ou branca, eis que a obra de são Cipriano garante que com «fé» e «paciência» todos os frutos do espírito são infalíveis!, e porem agindo ao contrario então poder-se-á colher tudo ao contrario daquilo que se deseja!.

Por isso:

– A inquietação, a ansiedade e as duvidas são veneno que mata o fruto da obra do espírito, pois que a duvida é o veneno da fé, e pois que quem tendo visto os espíritos manifestarem-se então não pode mais ter duvida alguma!, mas sim deve trilhar no caminho da certeza!, e deixar os espíritos trabalhar e edificar conforme eles querem, pelo tempo que eles determinarem, e pelos caminhos que eles escolherem!

Pois por isso:

– Neste tipo de poderosos trabalhos, ( que lidam com espíritos, aparições e assombrações), deve-se adotar essa postura espiritual e deixar aos espíritos trabalhar, pois eles trabalham sempre por caminhos misteriosos, e eles operam sempre por trilhos insondáveis, e eles movem-se sempre por caminhos incompreensíveis, e por isso o seu fruto acaba sempre florescendo no tempo pelos espíritos marcado, e não no tempo das picuinhas impaciências humanas.

Assim sendo:

– Respeitai esta regra para do espírito colher bom fruto, ao invés de andar afrontando os espíritos com a postura espiritual errada, e depois colher tudo ao contrario daquilo que aos espíritos e assombrações se foi pedir.

Quais são os efeitos desses trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus?

Olhai que assim se pode ler na obra de são Cipriano:

este trabalho de alta magia, deve trazer resultados dentro de 7, 14 ou 21 dias, a contar do dia do trabalho

Obra de são Cipriano, versando sobre «A cruz de são Bartolomeu e são Cipriano – autentico tesouro de magia branca e da magia negra ou segredo da feitiçaria», capitulo 15º, «outro trabalho de magia negra» ,Pag 246

Pois assim sendo:
Os efeitos dos trabalhos de amarração com inovação de espíritos, eles começam ocorrendo 7 dias após estar o trabalho concluído, e os seus efeitos persistem renovando-se em múltiplos de 7, ou seja: eles sucedem após 7 dias do trabalho com invocação a espíritos estar concluído, e depois insistem após 14 dias, e depois persistem insistindo após 21 dias, e por ai em diante!, pois note-se:

os efeitos dos trabalhos de amarração com invocação de espíritos farão os espíritos desceram na pessoa que lhes pediu auxilio, e por isso os espíritos ficarão com essa pessoa acompanhando-a e edificando na demanda que ela pediu aos espíritos para ser tratada, e assim os espíritos permanecerão dai em diante sempre acompanhando quem lhes pediu uma demanda, ao mesmo tempo que indo e em espírito fustigando no espírito da criatura amarrada ate ela ceder, e os espíritos permanecerão em espírito ligando, atando e amarrando o espírito e o destino da criatura amarrada ao espírito e ao destino do mandante da amarração!, e assim os espíritos insistirão até que a criatura amarrada se entregue ao destino que os espíritos em espírito lhe decretaram !, e assim sucede com esta regra de 7 dias que são Cipriano ensinou.

Por isso:
Sendo os trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus bem executados e bem lidados, então os trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus começam a dar resultados e efeitos 7, 14 ou 21 dias apos estarem feitos, e daí em diante os trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus persistirão sempre insistindo na pessoa amarrada de 7 em 7 dias!, e por isso de 7 em 7 dias os trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus fustigarão na pessoa amarrada!, e por isso:

dai em diante – demore o que demorar – a pessoa que foi amarrada pelos trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus vai poder espernear, protestar, fugir, andar por onde quiser, andar com quem quiser, andar de sorriso estampado na cara e fazer aquilo que bem quiser e entender!, que porem:

Faça aquilo que essa pessoa fizer, e teime como ela teimar, porem no final a pessoa amarrada – por trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus  – ela irá sempre acabar do lado de quem lhe mandou amarrar!

Por isso:

nos trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus, dai em diante, ( outorgado com força de lei dos espíritos Exus), esses trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus serão irrevogáveis!, e por isso se é certo que a pessoa amarrada – pelos trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus – poderá até teimar fazer aquilo que quiser, que porem essa criatura amarrada jamais encontrará paz que sempre dure nem felicidade que sempre lhe sorria, senão quando ceder e se entregar a quem lhe mandou amarrar!

Note-se:
Tudo isto passar-se-á inconscientemente na criatura amarrada, pois que o feitiço de amarração, ( como todos os feitiços), é coisa do espírito!, e por isso a pessoa não saberá nem suspeitará que está enfeitiçada!, nem terá consciência disso!, e por isso mesmo essa pessoa fica livre de teimar como quiser teimar, (para que não se levante suspeitas sobre ela estar enfeitiçada!), e quando se entregar, ela entregar-se-á pensando que tudo foi algo normal que aconteceu na vida dela!, pois a pessoa não pode suspeitar que está sob um feitiço!, e por isso ela andará por aí pensando que está livre que nem um passarinho!, e sem ter consciência do inferno de purgatórios a que a sua alma esta sendo em espírito sujeita!, pois tudo isto são processos mágicos e inconscientes!

Conforme já dissemos e explicamos em vários outros feitiços, então repetimos:

Tudo isso passa-se inconscientemente, pois não é um processo que vá actuar na cabeça da pessoa, mas sim no seu espírito e em espirito!, pois não convém que a criatura amarrada sequer desconfie que foi amarrada!, pois caso contrario o efeito perder-se-ia!, pois assim ensinou são Cipriano na sua obra:

Para o bom êxito, é conveniente que (…) ninguém saiba do vosso segredo; contrariamente, perde toda a magia

Obra de são Cipriano, forças e poderes ocultos, o poder da cabeça de víbora, Pag 317

Pois assim se sabe:
na feitura do trabalho com invocação de espíritos, eis que o segredo é a chave que garante o portentoso resultado do santo.
Pois por isso:
para garantir o portento do trabalho com invocação de espíritos, eis que o trabalho com invocação de espíritos deve ser conservado no maior segredo, ou quando não eis que se poderão perder todos os empreendimentos clamados aos espiritos.
Por isso:
a criatura amarrada jamais deve sequer desconfiar que está ser em espirito amarrada!, e por isso tudo aquilo que a amarração faz deve sempre actuar inconscientemente e apenas no espirito dessa criatura!, (e jamais na sua cabeça nem na sua consciência!), pois caso ela soubesse ou tivesse consciência de estar a ser amarrada, então o feitiço perderia o seu efeito!, e poderia até voltar-se contra quem o mandou fazer!
Logo:
não fiqueis surpreendidos se a pessoa amarrada andar por aí de sorriso na cara, como se nada fosse!, pois o objectivo não é que ela fique a saber que foi vitima de uma bruxaria!, mas sim que a bruxaria atue apenas no seu espirito!, e em espirito!, ate que essa criatura – sem saber como nem porquê! – se entregue ao mandante da amarração!
Por isso:
por muito que essa criatura amarrada teime e resista, porem, ( de tanto ser em espirito fustigada 7 dias apos 7 dias pelo tempo que tiver de ser), essa criatura amarrada será em espírito e no seu espírito assombrada ate se entregar!., e por isso ela entregar-se-á sempre!!

Precauções a ter com os trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus

estando os trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus, então o pergaminho onde foi selado o selo do Exu conjurado, ( e depois selado com sangue do feiticeiro), deve ser queimado, e as suas cinzas devem ser sepultadas num cemitério de forma totalmente secreta!, pois que ninguém jamais poderá nesse local botar o seu pé!, nem o seu olho!, querendo isto dizer:

ninguem pode pisar, nem mexer, nem olhar o local onde as cinzas do pergaminho estão sepultadas!, sob risco de se perder o feitiço!, ou do feitiço se virar contra quem o mandou fazer!

Por isso, repetimos aquilo que já várias vezes dissemos:

porque tamanha obra pode tantos benefícios gerar como perigos causar, então os trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus devem ser entregues para serem feitos por quem a sabe fazer!, pois trabalhos deste poder lidam com tremendas energias e forças espirituais que não sendo bem trabalhadas, então caso contrario podem-se causar efeitos inversos aos desejados!

Porem:

fazendo-se e lidando-se corretamente com os trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus, então os seus resultados são poderosos!, e perpetuam-se sem cessar!

Quer trabalhos de amarração de são Cipriano?

Quer trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus?

Então:

se pretende encomendar os trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus, então:

Escreva-nos!

*

trabalhos de amarração com conjuração de espíritos Exus,  trabalhos de amarração com conjuração de espíritos,  trabalhos de amarração com Exus,

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarração rápida

adao e eva
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarração rápida, Amarração amorosa rápida

w4

não existe neste mundo – não haverá exagero em afirma-lo – quem amando também não queira ver esse amor retribuído!, e por isso não há pessoa que não queira ser amada, ser desejada, ser motivo de afeto, ou – no mínimo – ter a benquerença da parte do objeto do seu amor!

E porem:

Incontáveis são as vezes em que – sempre assim aconteceu deste tempos imemoriais – a pessoa que ama acaba não sendo correspondida pela pessoa amada, seja porque quem ama vê que não desperta nessa pessoa amada os afetos que gostaria, ou seja porque essa pessoa amada já manifestou afeto e porem – seja porque motivo for – acabou afastando-se.

Então:

Ninguém desconhece nem nega que esse será motivo do maior tormento para quem amando porem fica vivendo esse amor – digamos assim – sem a retribuição amorosa da pessoa que se ama!

Pois assim sendo:

nesses casos aquele que ama e quer rapidamente ver a pessoa amada voltar, aí deve-se usar de forte bruxaria de amarração rápida conforme os ensinamentos de são Cipriano, pois apenas usando de amarração rápida de são Cipriano se vai garantir que a pessoa amada que está ausente – mesmo que seja por muito tempo! – vai sentir um irresistível apelo para procurar o mandante da amarração rápida!, e por isso vai rapidamente voltar a procurar pelo mandante da amarração rápida!, e são imensos – centenas! – os casos de pessoas amadas que estando há meses e anos sumidas, porem após amarração amorosa rápida… elas reapareceram e – seja de que forma for! – reentraram na vida de quem encomendou amarração rápida!

Assim sendo:

como é feita a amarração rápida?

a amarração rápida feita conforme os ocultos saberes de são Cipriano e bruxa Évora, é amarração amorosa rápida que é feita desta forma:

1

oferendar – em encruzilhada – ave virgem, querendo isto dizer: uma ave virgem é uma ave que foi especialmente parida, criada e cuidada com a única e exclusiva finalidade de ser oferendada em ritual de magia negra, sendo que por isso é ave que foi após parida logo batizada e consagrada num luar adequado e adequado terreiro em solo sagrado!, e dai em diante foi por certo tempo cuidada e tratada conforme os preceitos da oculta magia prescrevem para todo o animal que está sendo procriado e criado para finalidades ocultas! , tudo isto para que no momento de ser oferendado, esse animal seja de irresistível agrado  aos espíritos que se estão invocando!

Então: Preparar uma ave com tamanhos cuidados místicos, com tamanhos tratamentos, e exclusivamente para ser oferendada em ritual de magia negra, é o mesmo que você ficar preparando um banquete irresistível para alguém que você quer convidar irresistivelmente!, e a quem – para que essa pessoa não falhe ao seu convite – você deve presentear com um festim de delicias, de acepipes e de finas iguarias!

Pois então: ave que se chama «virgem» é uma ave assim parida, cuidada e tratada para a exclusiva finalidade de ser oferendada num ritual de magia negra!, e por isso cuja a carne, as entranhas e o sangue, (usados da forma certa nos rituais certos!), é como uma irresistível iguaria para certo tipo de entidade espiritual!, e é por isso um chamamento que será sempre respondido!, é como um telefonema que será sempre atendido!, é como um convite que será sempre correspondido!

2

Cuidai:

tudo isto é feito ao longo de 13 dias, conforme a bruxa Évora ensinou que por 13 dias deve ser celebrada poderosa magia para poderosamente se conquistar a pessoa amada!, e conforme são Cipriano assim o anotou nos seus escritos!, e assim ficou registado nos ocultos manuscritos de são Cipriano:

decorridos 13 dias corta-se-lhe a cabeça, de um golpe só,  com facão ou machadinha bem afiado, sem que ela dê um único pio

Obra de são Cipriano conforme ancestral escrito de «Flos Sanctorum», pag 50

3

Vísceras de 13 aves oferendadas em encruzilhada são depois queimadas ou imoladas em holocausto dedicado a infernais entidades do amor!

Por outro lado:  carcaça, a cabeça e os olhos da ave branca devem, (uma ave por noite!, ao longo de 13 noites),  permanecer dentro de um pentagrama desenhado a sangue de ave negra e virgem!, enquanto de joelhos, assim se diz:

pelas chagas de Cristo, não faço isto por mal, faço apenas pelo muito amor que a pessoa «A» tem pela pessoa «B»! Que rapidamente ele de onde foi volte, e de lá de onde está venha

4

Depois disto, 6 infernais litanias de magia negra são entoadas!, e 6 rituais com bonecos vodu são oficiados!, cada um deles colocados em papiro virgem riscados com sangue, e trespassados por6 alfinetes vodu antes consagrados aos espíritos com libações de bebida fermentada!, sempre se invocando poderosas entidades para na pessoa amarrada em espírito a infestarem! e o seu espírito amarrarem!

Então:

Que efeitos tem essa amarração rápida?

A amarração rápida tem todos os sintomas de uma amarração amorosa!, e para alem disso a amarração rápida vai rapidamente descer e infestar na alma e no espírito da pessoa amarrada!, pelo que inconscientemente – sem saber porquê – essa pessoa que está sumida e desaparecida vai reaparecer na vida de quem encomendou amarração rápida, e vai reentrar na vida do mandante da amarração rápida! Isso pode acontecer pelos mais misteriosos e inesperados caminhos!, e porem: rapidamente a amarração vai estar em espírito atuando na alma e no espírito da pessoa amarrada!, e por isso ela vai acabar – de um jeito ou de outro! – reentrando na vida de quem encomendou amarração rápida!, pois que amarração rápida chama-se «amarração rápida» pois que é amarração amorosa que rapidamente desce e infesta na alma e no espírito pessoa amarrada!

Então:

quereis a amarração rápida?

quereis uma amarração amorosa rápida?

Então faça o seguinte:

quem quer da magia um resultado rápido deve recorrer rápido e rapidamente da magia!, e deve recorrer sem perder tempo e sem hesitar!, pois se ficardes a engonhar e a adiar a magia…. então depois não vos podereis queixar que da magia haveis levado resposta igual!, e por isso haveis visto os resultados a serem-vos lentos e engonhados!, pois aquilo que dais á magia é aquilo que a magia vos retribui!

Então:

se quereis a amarração rápida que rapidamente dê resultado, que expeditamente vá trazer amor de volta, e amarração rápida que dê resultado rápido para fazer amor voltar… então depois de ler estes ensinamentos não percais mais tempo para pedir essa magia de amarração rápida!

Escrevei-nos!

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

amarração que funciona

amarração de magia negra2
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

amarração que funciona

sapo-negro-bruxas

Uma amarração amorosa é um feitiço de amor, e os feitiços de amor são dos mais difíceis de fazer resultar com resultados concretos e objectivos!, pois que amarração amorosa é um feitiço de amor que lida com a mais poderosa e imprevisível força do universo: o amor!

Por isso:

no momento de encomendar uma amarração amorosa que funcione mesmo, então entregai essa missão a quem sabe mesmo os mais profundos conhecimentos ocultos, assim como a quem tem sabedoria sobre os mais ancestrais saberes místicos que são Cipriano muito descreveu na sua obra.

Então:

a amarração amorosa que funciona de verdade, é um feitiço de amor que lida com as «linhas de vida» das pessoas, querendo isto dizer:

uma amarração amorosa que funciona de verdade é um feitiço de amor que em espirito liga e une o espirito de uma pessoa a outra pessoa!, e que por isso liga os destinos e os caminhos de vida de uma pessoa aos destinos e caminhos de vida de outra pessoa!, assim destinando essas duas pessoas uma á outra!, para que aconteça o que acontecer, ( e teime a pessoa amarada como ela teimar!), porem aquilo que foi em espirito ligado acabe por neste mundo também se ligar!

Ou seja:

numa amarração amorosa que funciona de verdade, conforme duas pessoas foram em espirito ligadas e unidas, pois também neste mundo essas mesmas pessoas estarão destinadas a unir-se!, pois quem determina o destino do corpo é o espirito!, e por isso tudo aquilo que se unir em espirito acabará sempre – por muito que as pessoas resistam e ou teimem – por se unir no corpo!

A amarração amorosa que funciona de verdade e os feitiços de amor, são provavelmente dos mais antigos da história da magia, e da história da humidade.

Quer saber mais sobre as amarrações que funcionam?

Então, olhai:

Já no antigo Egipto, os ancestrais magos faziam amarração amorosa que funciona de verdade, e são Cipriano muito descreveu sobre essas técnicas místicas milenares.

No antigo Egito, ( há 5 mil anos atrás), os magos faziam amarração amorosa que funciona de verdade, e eles faziam esse feitiço de amor através fugiras de barro.

Que a magia é um facto historicamente comprovado, e que a magia era praticada pelos grandes magos do Egipto, isso São Cipriano o descreve na sua obra, onde ali se pode ler:

«toda e qualquer pessoa interessada neste tipo de leitura que tiver em casa uma Bíblia, poderá ver que no livro de Êxodo já se falava e magia.

Com efeito no capítulo em que se conta a saída dos Israelitas do Egipto, mencionam-se os encantamentos praticados pelos MAGOS DO FARAÓ.

Está assim na Bíblia.

E os encantadores do Faraó fizeram da água sangue. Estes magos eram dois, e um havia de nome Jones, e o outro Mambres»

Êxodo 7, 20

Introdução á obra de são Cipriano, Pag 15

O mesmo tipo de encantamentos, também se pode comprovar em Êxodo 7,10-13, assim como Êxodo 8, 6-8, etc

Por isso mesmo, assim diz são Cipriano na sua obra:

«admitem por isso as religiões cristãs, não apenas a católica mas também a protestante, e outrossim a judaica, as existência e os efeitos das ARTES MAGICAS»

Introdução á obra de são Cipriano, Pag 15

Assim sendo:

a magia e as artes magicas dos ancestrais magos egípcios são um FACTO!, e são Cipriano bem sabia de todos esses segredos!, e por isso são Cipriano ensinou nos seus ensinamentos como fazer a amarração que funciona de verdade, conforme os antigos magos Egípcios a faziam.

Assim explicado, eis que se revela como se fazia a amarração que funciona de verdade conforme os ensinamentos dos magos Egípcios, ou seja:

Na amarração amorosa que funciona de verdade feita no Antigo Egipto, as figuras de barro criadas pelos magos do Egipto representavam a pessoa que se desejava amarrar.

Na amarração amorosa que funciona de verdade feita no Antigo Egipto, essas figuras eram de barro pois que desde há milénios é sabido – e reconhecido – que o barro é uma substancia representativa da própria essência da criação do homem, e consequentemente da ligação do espirito do homem, ( proveniente do mundo espiritual), á carne do homem, ( proveniente do mundo físico), e essa mesma ancestral noção acabou por ficar registada na Bíblia quando se diz que Deus fez o homem a partir do barro.

Na amarração amorosa que funciona de verdade feita no Antigo Egipto, depois de se gerar uma figura de barro que representava a pessoa que se desejava amarrar, então inscreviam-se ou talhavam-se fórmulas ocultas de amarração amorosa nessa mesma figura, ( com espátula de prata virgem e pura), como se estivesse a inscrever essas formulas na carne e no espirito da pessoa amarrada por essa amarração. Também hieróglifos místicos e símbolos ocultos eram cravados e nessa figura de barro.

Mais:

Na amarração amorosa que funciona de verdade feita no Antigo Egipto, a pequena estatueta de barro era:

1

era ungida de gordura animal sacrificial, misturada em adequadas proporções de poções secretas

2

era polvilhada com pós mágicos

3

era vaporizada com incensos raros orientais

4

era aspergida com sangue de varias oferendas sacrificiais puras e virgens

Na amarração amorosa que funciona de verdade feita no Antigo Egipto, tudo isso era oficiado enquanto se entoavam ocultos encantamentos de amarração amorosa.

Para finalizar:

Na amarração amorosa que funciona de verdade feita no Antigo Egipto, eis que no final, (depois deste complexo processo místico), a figura era empalada, ( dos pés á cabeça), numa estaca metálica.

Que efeitos causa a amarração amorosa que funciona de verdade,

feita no Antigo Egipto?

Através da amarração amorosa que funciona de verdade feita no Antigo Egipto), eis que se assegurava que o pedido de amarração fosse aceite pelos deuses, e que dai em diante assim acontecesse:

Na amarração amorosa que funciona de verdade feita no Antigo Egipto, conforme a estatueta de barro representando a pessoa amarrada tinha sido empalada por uma estaca, ( e trabalhada nos rituais de amarração), então da mesma forma o espirito da pessoa representada na figura de barro ficará em espirito empalada numa estaca de padecimentos, e aprisionada num inferno de tormentos – e ali permanecerá aprisionada e sofrendo – ate que essa pessoa aceite entregar-se carnalmente a quem a mandou amarrar!, pois que enquanto essa pessoa teimar em não ceder e não se entregar carnalmente a quem a mandou amarrar… então o seu espirito assim permanecerá trespassado, aprisionado e em aflições!

Então:

Na amarração amorosa que funciona de verdade feita no Antigo Egipto, quando a pessoa amarrada se entregasse carnalmente,  então retirar-se-ia a figura da estaca na qual estava trespassada, e o inferno espiritual acabava para essa pessoa!

E porque é que a pessoa acaba entregando-se carnalmente?

Tenha em conta:

tudo isto são processos mágicos!, e por isso são processos inconscientes!

Quer isto dizer:

a pessoa amarrada não tem a mínima consciência racional de que o seu espirito está amarrado, e porem, ( mesmo essa pessoa não sabendo),  o seu espirito está amarrado e está em espirito a sofrer!, e por isso o espirito da pessoa vai sempre estar a gritar , ( dentro da pessoa), para essa pessoa ceder!, e por isso a pessoa – mesmo sem ter qualquer consciência racional, nem entender o motivo –  vai sempre acabar por ter a tendência de se ir entregar a quem a mandou amarrar!, pois enquanto assim não acontecer então o seu espirito vai estar aprisionado e trespassado num inferno de tormentos!

Então:

por isso mesmo é que embora a pessoa amarrada possa resistir, ( e até mesmo ter recções adversas ou controversas), porem a verdade é:

por muito que ela resista, porem acaba sempre entregando-se!, mesmo sem saber porquê!

Em resumo:

assim se fazia a amarração que funciona de verdade no Antigo Egipto, e assim esses saberes acabaram nas mãos de são Cipriano, e assim são Cipriano ensinou e deixou um enorme legado secreto dos grandes e antigos segredos que permitem fazer essa ancestral amarração que funciona de verdade.

Por isso:

quer uma amarração que funciona mesmo?

Então:

encomende a quem sabe!

Escreva-nos!

Recomende, partilhe e vote nesta matéria