Tag Archives: historia da magia negra

Magia negra no mundo ao longo dos seculos

Amarração-da-cabra-preta
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Magia negra no mundo ao longo dos seculos

magia negra, magia negra no mundo, bruxaria, bruxos, missas negras, estudos sobre magia negra,

sigilos3

Todos nós já ouvimos sobre a Magia Negra em algum momento de nossas vidas e muitos dentre nós têm a noção de que não é algo de bom.

A maioria acredita que indivíduos que praticam magia negra tendem a verter vários tipos de influência negativa e ruim sobre si mesmos e sobre as pessoas vitimas da magia negra.

Embora tal crença tenha sempre existido desde o início da história, também se viu que muitos praticaram a magia negra apenas para alcançar algumas coisas impossíveis de alcançar neste mundo, e que não poderiam ser alcançadas de outra forma senão pela magia negra.

A principal intenção de praticar esses tipos de magia negra sempre foi invocar e manipular as forças das trevas e do demónio.

Daí muitos consideram que esse tipo de ato é mau e que, de um jeito ou de outro, acaba por prejudicar não apenas a pessoa que é vitima da magia negra, mas também acaba por ter um pesado preço espiritual no bruxo que pratica a magia negra.

Pois por isso ser verdade, é que os bruxos não cobram nada barato as suas artes ocultas, pois que de cada vez que moldam um feitiço de magia negra, e de cada vez que metem as suas mãos na magia negra, os bruxos estão a paulatinamente empenhando a sua alma ás trevas.

Uma das criticas que se fazem sobre a magia negra, é que a magia negra molda os destinos da sua vitima privando-a do livre-arbítrio, ou seja: a vitima de magia negra fica destinada a seguir pelos caminhos de vida que a magia negra decretar, quer ela queira ou não.

Tratam-se por isso de feitiços que são moldados sem o livre arbítrio da vítima, mas, por outro compreenda-se:

Pitonisa-en-Delfos

muitas das vezes não há outra forma de alcançar um objectivo impossível senão usando de meios impossíveis, ou seja: sem quebrar as regras da logica e da ciência deste mundo, e sem vergar e dobrar o tecido da existência, pois apenas assim é possível – por vezes – trazer a pessoa amada de volta quando ela se recusa a voltar, ou apenas assim é possível conseguir uma promoção laboral ou um negocio quando quem decide se recusa a dar-lhe essas benesses, ou apenas assim é possível fazer-lhe ter sorte no jogo, ou apenas assim é possível dar ou tirar potencia sexual a uma pessoa rival, ou apenas assim é possível fazer uma mulher engravidar quando os médicos já disseram que isso é impossível.

Existem várias formas de magia negra que são praticadas em diferentes regiões do mundo.

Na verdade, pelos quatro catos do mundo, existem diversos tipos de culturas que seguem diferentes praticas de magia negra.

Em diferentes regiões do mundo pratica-se magia negra em várias formas, como;

A África tem mais sacrifícios feitos de animais e oferendas de sangue, Nas regiões da América, a magia negra é de um tipo mais simples, onde há menos sacrifícios de sangue e mais apelo a espíritos de trevas e assombrações demoníacas que habitam na natureza.

Nos países asiáticos, a magia negra é usada em conjunção com as ancestrais mitologias dos deuses e espíritos de antepassados.

Nos países europeus a magia negra basicamente consiste em usar maldições e encantos de salmos, assim realizando-se  missas Negras.

Por isso, verificou-se que várias regiões e culturas diferentes têm diversas formas de magia negra.

Porem:

A verdade é que o fenómeno da magia negra existe em todas as culturas do mundo, que sempre existiu pelos quatro cantos do mundo ao longo de milhares de anos, e mesmo assim – apesar dos desenvolvimentos científicos – a magia negra sobreviveu ate aos dias de hoje, e por isso: poderão todas as culturas do mundo estar erradas?, ao longo de todos estes milhares de anos?

Mas no fundo, todas as formas de magia negra tem um traço em comum, e que é :

A magia negra basicamente tende a invocar várias forças do universo e da natureza, aproveitando-as conjurar demónios e espíritos de trevas, de forma a que neste mundo se obtenham efeitos considerados improváveis, inexplicáveis e impossíveis.

Também foi notado ao longo da historia da magia negra que muitos praticantes de magia negra também usaram a magia negra para fins de cura, ou seja:

Nalguns casos, essas práticas de magia negra também foram usadas para afastar espíritos ruins ou malignos de entrar em corpos fracos, assim como para curar doenças incuráveis que tenham uma origem espiritual, e ate mesmo para dar o dom da fertilidade a mulheres estéreis, e ate mesmo curar gado enfermo ou expurgar explorações agrícolas amaldiçoadas e limpar aguas potáveis infestadas de bruxaria.

A magia negra moderna ou contemporânea usa mais as bruxarias e as maldições, recorrendo também de sacrifícios animais e missas negras.

Porquê o recurso ás oferendas de sangue de gado negro ou ave negra?

amarracao1

O recurso ao sangue de oferendas animais negras provem da velha tradição de magia negra que considera o sangue como uma espécie de «moeda» de troca espiritual através da qual se pratica um comercio infernal entre este mundo dos vivos e o mundo dos mortos e demónios, ou seja:

faz-se um comercio infernal de «troça por troca», isto é: paga-se aos demónios com oferenda de sangue de gado negro – ou ave negra – para que os demónios e espíritos das trevas – aceitando esse pagamento – venham a este mundo executar a tarefa que lhe foi encomendada.

Porquê o recurso ás missas negras?

355

Já o recurso á missa negra funciona como a inversão de uma missa branca, ou seja:

enquanto que a missa branca tem por finalidade agradar ao espirito de Deus e faze-Lo descer a quem o invoca para d’Ele se receber as suas bênçãos e seus proveitos, já a missa negra tem por finalidade agradar ao espirito do Diabo e faze-lo subir a este mundo, para dele se receber as suas bruxarias e seus proveitos.

Por isso mesmo durante a idade média havia muitos padres, monges e abades que durante o dia celebravam a missa branca a Deus, e á noite celebravam a missa negra ao Diabo, para grande satisfação dos reis, rainhas, nobres e aristocratas que pagavam a peso de ouro esses diabólicos favores e benesses infernais.

Magia - segredos da magia

Embora a magia negra tenha sido realizada em várias regiões do mundo e de várias formas, sua influência sobre os seres humanos sempre foi quase a mesma, que é uma influencia tao poderosa que é inegável.

O fenómeno demoníaco e da magia negra já foi estudado por teólogos, antropólogos, cientistas, e ninguém conseguiu chegar a uma conclusão cientifica que explique como é que a magia negra consegue tantos prodígios impossíveis, mas o facto é que consegue!, e com resultados comprovados e que se repetem sem falhar ao longo dos seculos, e atravessando transversalmente todas as mais diferentes culturas dos quatro cantos do mundo.

Quer magia negra de verdade?

Quer missas negras de verdade?

Quer bruxaria de verdade?

Escreva-nos!

magia negra, magia negra no mundo, bruxaria, bruxos, missas negras, estudos sobre magia negra,

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Historia da magia negra, necromancia, bruxaria

pentagrama
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Historia da magia negra, necromancia, bruxaria,

magia negra, necromancia, contato com espíritos, bruxaria, feitiçaria, bruxos, historia da magia negra, historia d bruxaria, magia negra e ciência, bruxaria e ciência,

A magia negra

sigilo4

A magia negra – uma das forças espirituais mais fortes e poderosas do universo – tornou-se uma das mais confiáveis ​​e seguras fontes de soluções para problemas para as pessoas em todo o mundo. Longe vão os tempos foram em que as pessoas se encolhiam apenas diante a menção das artes das trevas e discriminavam a magia negra. No mundo moderno, a magia negra já é um fenómeno espiritual amplamente estudado, seja pela teologia, seja pela antropologia,etc.

É surpreendente notar que milhares de anos atrás, quando a magia negra surgiu pela primeira vez, foi considerada como um pecado. As pessoas que praticavam a magia negra eram perseguidas e executadas. Isso representou um momento da historia da humanidade em que a liberdade religiosa das pessoas não era respeitada. Nesses tempos vivíamos sobre uma tirania religiosa inteolerante, ignorante e que não tolerava outras religiões, e nesses tempos a magia negra foi considerada um crime geralmente punido com a morte.

Na época medieval, quando a magia negra estava no auge, também era o problema mais falado entre as pessoas. Foi amplamente praticado, mas não abertamente. Os livres debates de ideias sobre magia negra ou práticas de artes negras foram estritamente proibidas. Os ensaios de bruxas e caças ás bruxas são um tema popular, o que é familiar a todos. As pessoas foram executadas impiedosamente por praticar bruxaria e isso deu origem a um medo furioso entre as pessoas comuns em relação à magia negra. Desde a Idade Média, a magia negra floresceu e deu origem a vários ramos, o mais importante deles sendo bruxaria, feitiçaria, necromancia, etc. A bruxaria é o tipo de magia negra mais amplamente utilizado. A necromancia concentrou-se principalmente na comunicação com os mortos.

A necromancia

tabua-ouija3

A necromancia envolve principalmente a comunicação com os mortos através de várias formas, como convocar os espíritos ou fazer com que os espíritos aparecem como manifestações corporais, ou que o mundo dos mortos se manifeste em fenómenos físicos que se materializam neste mundo dos vivos.

A necromancia é considerada uma arte proibida, principalmente devido à sua conexão com os mortos. É amplamente associado ao xamanismo, embora difira disso em sua própria maneira.

Há referências à necromancia na “Odisséia” de Homero e outros textos gregos clássicos. Há também referencia á necromancia na própria Biblia, com o celebre episodio da bruxa de Endor.

A necromancia é um dos tipos mais importantes de magia negra e também é a mais eficaz e a mais complexa.

Os círculos mágicos são partes relevantes da necromancia. As práticas relacionadas à necromancia envolvem um procedimento extremamente complicado e um conjunto de muito treino e experiência são necessárias.

A necromancia remonta às antigas civilizações gregas, quando essa forma de bruxaria era extremamente comum e considerada uma parte essencial da vida de alguém.

A crença da vida após a morte foi associada á noção que conjurando os espíritos dos mortos, era possível obter revelações dos espíritos desencarnados, assim como que essas assombrações se manifestassem neste mundo com efeitos concretos. Certos necromantes antigos praticaram alguns terríveis rituais em cemitérios, mas esses rituais desapareceram gradualmente e abriram caminho para um uso mais prático.

A Necromancia é uma arte extremamente difícil de dominar e há poucos praticantes que podem realizar com êxito essas práticas. Para realizar um ritual com perfeição, é necessário um conjunto de treinos e muita experiencia para que nada dê errado.

A necromancia envolve convocar os espíritos escuros, portanto, medidas de precaução devem ser mantidas para evitar desastres ou eventos indesejáveis.

Vários textos populares falam sobre a necromancia, pois é um assunto invulgarmente encantador. Um dos livros mais famosos chamado ‘The Necronomicon’ por H.P Lovecraft, ( 20 de agosto de 1890 — 15 de março de 1937),  é um grimório de ficção estabelecido que fala sobre a necromancia. Como H.P Lovecraft concebeu o título ainda é um mistério para seus leitores, mas a inclinação do autor para a magia negra não era um segredo. O próprio H.P Lovecraft proclamou que ele foi imensamente influenciado pela literatura e escrituras gregas, onde o processo de necromancia é comum. Mesmo os textos romanos mencionam a necromancia, que H.P Lovecraft mais tarde se referiu. Curiosamente, o livro ‘necronomicon’ foi freqüentemente citado como um livro proibido devido ao seu conteúdo sobrenatural, que lidava principalmente com as artes das trevas. Mas com os fãs de H.P Lovecraft lendo e circulando em ampla base, este livro não poderia continuar proibido por muito tempo. Depois de alguns anos de sua publicação, Lovecraft escreveu pseudo-história de necronomicon, denominada “História do Necronomicon”. Este livro foi escrito principalmente para satisfazer a curiosidade dos fãs que queriam saber mais sobre o assunto e o livro de Lovecraft apenas desencadeou sua excitação sobre o assunto.

Livros que são semelhantes ao Necronomicon muitas vezes foram escritos e circulados entre as pessoas, antes e depois do lançamento do livro.

A magia negra, a bruxaria, e as provas cientificas

A magia negra é uma das fontes mais ocultas do mistério do espirito para muitos.

A bruxaria é uma das outras formas de magia negra, e é aplicada de várias maneiras, através de feitiços, encantamentos, rituais, etc.

É notável como a feitiçaria fez o caminho para a mente das pessoas e fez um nome para si mesmo como uma solução sobrenatural extremamente funcional.

É verdade que às vezes o mundo das trevas parece não ter logica segundo o raciocínio comum do ser humano, e porem:

agora mesmo os cientistas começam a descobrir que á dimensões existenciais subatómicas onde todas as leis da logica e da física se desvanecem, e entramos num universo verdadeiramente incompreensível e magico, onde tudo é feito de fenómenos antes considerados impossíveis.

Há quem – por isso –  defenda que o mundo dos espíritos, dos espectros e dos fenómenos sobrenaturais residem e provem dessas dimensões que os cientistas apenas agora começaram a detectar e conhecer.

materia_negra

Se há 1 seculo atras você dissesse aos cientistas que 90% da matéria que constitui o nosso universo não se pode ver nem tocar, e porem existe e está lá, provavelmente diriam que você era louco, porque tudo o que existe no universo é suposto poder ser tocado, pesado e medido. Porem:

agora os cientistas descobriram que afinal não sabemos onde está 90% da matéria que constitui o universo, e que essa matéria se chama de matéria negra.

O mesmo se passa com a energia que flui no universo: os cientistas descobriram que não sabem onde estão 90% da energia que flui pelo universo, e que a essa energias intocáveis chamam-lhe de energia negra.

Por isso:

cada vez mais se prova que existem outras dimensões, outros estados de materia e outros estados de energia que até hoje eram desconhecidos da ciência, e que por isso espíritos e mundo espiritual são uma realidade, e ironicamente é a ciência que está a facultar essas provas.

A história da magia negra é uma provação muito complexa e as artes das trevas tiveram que passar por vários altos e baixos para finalmente chegar a um palco tão fácil de aceitar e aplicar em vidas normais.

O processo de mudança não foi fácil, mas os praticantes e entusiastas têm sido fiéis.

A fé é o que impediu as artes das sombras de desaparecer todos esses anos. Seja bruxaria ou necromancia, as artes ocultas têm sido uma fonte de quantidades extremas de pesquisas e estudos que levaram as pessoas a acreditar e a magia negra e abraçá-la.

Hoje, a magia negra está em uma posição em que é impossível negar sua presença dentro das vidas comuns e seus efeitos são amplamente reconhecidos. Mais: a taxa de sucesso da magia negra é impecável, e é ainda mais uma razão para as pessoas confiarem nela.

A magia negra é um fenômeno complexo, mas que dá resultados concretos.

Quer bruxaria de verdade?

Quer magia negra de verdade?

Escreva-nos!

magia negra, necromancia, contato com espíritos, bruxaria, feitiçaria, bruxos, historia da magia negra, historia d bruxaria, magia negra e ciência, bruxaria e ciência, 

Recomende, partilhe e vote nesta matéria