Tag Archives: trabalhos de amarração de Santeria

Amarrações do facalhão de prata

facalhao-prata4
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações do facalhão de prata, ou amarrações da espada dos anjos caídos

Há situações – sempre assim foi desde tempos imemoriais – em que a pessoa amada é irredutível, é teimosa, ou então aconteceram problemas que ela se recusa a esquecer e persiste guardando mágoa e ressentimentos!, e tudo isso será um obstáctulo ao amor.

Pois então:

Nessas situações deve-se usar a amarração do facalhão de prata, pois que são trabalhos de amarração ideais para fazer abrir corações teimosos e ressentidos com brigas, com ciúmes, com discórdias, e com todo o tipo de problemas que podem fechar um coração, e que este trabalho de amarração irá fazer abrir.

Como é feita a amarração do facalhão de prata

Na amarração do facalhão de prata é oferendado um coração de gado maior, querendo isto dizer: trata-se um coração de boi negro que foi criado, tratado e cuidado em fazendo ou machamba africana exclusivamente para ser oferendado a um ritual de magia.

A este tipo de animal é dada a beber água benta todos os domingos, assim como todas as luas cheias ele é alimentado com uma ração na qual foi esfarelada 7 porções de hóstia de igreja, e será esse animal tratado com a maior reverencia e criado de acordo com cuidados preceitos religiosos e místicos, pelo que bem se pode ver que não é fácil nem barato ter recurso a animal deste tamanho, e tratado deste jeito.

Muita gente – na sua ignorância – diz que oferendas animais são coisa do demónio, e que não devem ser praticadas. Pois a isso sempre respondemos:

Olhai que assim está escrito:

Balaão pediu a Balac: «Manda que me construam aqui sete altares e que me preparem sete bois e sete carneiros.»
Balac cumpriu as indicações de Balaão e juntos ofereceram um boi e um carneiro sobre cada altar.
Depois Balaão disse a Balac: «Fica aqui ao pé dos teus holocaustos, enquanto eu vou ver se o SENHOR vem ao meu encontro. Depois comunico-te aquilo que o SENHOR me disser.»
Balaão foi a uma colina isolada.
Deus foi ter com ele e Balaão disse-Lhe: «Mandei construir os sete altares e ofereci um boi e um carneiro em sacrifício sobre cada altar.»
O SENHOR indicou a Balaão o que devia dizer e acrescentou: «Vai de novo ter com Balac e fala da maneira que eu te disse.»

Números 23, 1-5

Pois assim se fica sabendo:

O profeta Balaão ao oferendar as oferendas animais conforme mandam os preceitos da Lei de Deus, então o Espirito de Deus escutou-o, desceu-lhe e manifestou-se-lhe.
Assim sendo:
A oferenda de animais está dita e prescrita na Bíblia!, e ela é usada há milénios conforme a Lei de Deus!, e não se pode por isso olhar apenas para as partes da Sagrada Escritura que nos interessam, e depois hipocritamente ignorar as outras partes que não nos interessam!, pois a Lei de Deus é apenas uma!
Isto explicado:
Depois de ser oferendado o coração do boi, então o restante da carne do animal será sempre bem cuidada e oferecida aos pobres e necessitados, ( para lhes saciar a fome), pois que assim se pode ler na obra de são Cipriano:

– Diz-me,[ disse Lucifer], gostas de dar esmolas aos pobres?
– Gosto. [ respondeu o aldeão ]
– Pois então, dar-lhes-ás todo o dinheiro que tens (…) Não te disse já, alma vencida, que primeiro tens que dar tudo aos pobres?

Erguimanços de são Cipriano, Cap 4º, Pag 252

Pois assim se fica sabendo:

Ensinam os ancestrais ensinamentos de são Cipriano, que os mais poderosos espíritos – neste tipo de demanda espiritual que aqui estamos tratando – exigem que depois de um ritual ser consumado, ( e eles não são fáceis nem baratos de fazer), então desse ritual se tire proveito para dar esmola e caridade aos pobres e os necessitados, e por isso:

quando se lida em trabalhos do espirito, então tudo aquilo que de um animal sobrar desses rituais,( e for bom para se consumir saudavelmente), então deve ser entregue á caridade!, para assim ajudar aos pobres e necessitados, e de forma a que toda a fome seja caridosamente saciada com tudo aquilo de carne que foi aos espíritos oferendando, a fim que se cumpra com este mandamento de são Cipriano.

Isto explicado:

O coração de gado maior é colocado – em solo sagrado de tempo de Santeria – no centro de pentagrama riscado a sangue e ladeado de sigilos ou diagramas ocultos, também esses riscados com o sangue desse mesmo boi negro oferendado.

Rodeando o pentagrama, devem estar 5 velas negras acesas e ungidas na gordura animal da oferenda de gado maior.

O coração de gado maior, (colocado no centro de um pentagrama desenhado a sangue e ladeado de sigilos ocultos, assim como de 5 velas negras ungidas em gordura animal), o coração de gado maior é batizado através de aspersões de agua benta, e esse coração será baptizado com o nome da pessoa que se deseja amarrar, sendo depois polvilhado com pó vodu, de forma a sobre ele se atrair uma conjuração de espíritos.

Assim estando feito, então o coração de gado maior é trespassado por um facalhão de prata que foi previamente ungido em óleos sagrados de Israel, assim como defumado com incensos sagrados do oriente.

Assim sendo:

Conforme o facalhão de prata trespassa e abre aquele coração, pois também a alma e o espirito da pessoa amarrada será em espirito trespassada e aberta a um poderoso feitiço, e por isso os espíritos invocados irão descer e assombrar essa pessoa pelo tempo que for necessário ate que ela vá ceder, vergar e se entregar ao mandante da amarração.

Como irá agir o facalhão de prata?

Explica-se:

O facalhão de prata representa a espada dos anjos.

facalhao-prata5Foi com a sua espada que são Jorge lutou contra o dragão, foi com a sua espada que Camael expulsou Adão e Eva do paraíso, foi com a sua espada que Uriel foi colocado ás portas do Èden para o guardar depois da expulsão de Adão e Eva, foi com a sua espada que são Miguel lutou contra Lucifer, e Lucifer, ( sendo também ele um anjo), também possui a sua espada, assim como todos os anjos originalmente caídos possuem as suas espadas.

Assim sendo:

O facalhão de prata deve ser forjado em prata pura, e deve ser trabalhado por 7 noites de lua cheia. Depois de estar feito, o facalhão deve ser ungido em óleos sagrados santos e ocultos, ( que são também altamente voláteis), sendo que nesse momento de consagração da lamina de prata, então os óleos são inflamados com uma chama, e a lamina da espada arderá como ardem as espadas flamejantes dos anjos. Nesse ritual purificador pretende-se consagrar o facalhão de prata aos espíritos, para que dai em diante não haja espirito nem criatura espiritual onde aquele facalhão não possa intervir através de um acto magico.

Pois então:
É por isso que conforme o facalhão de prata trespassa e abre aquele coração oferendado em ritual, ( coração baptizado com o nome da criatura que se deseja amarrar), pois também a alma e o espirito da pessoa amarrada serão em espirito trespassados e abertos ao poderoso feitiço das amarrações do facalhão de prata, e por isso os espíritos invocados irão descer e assombrar essa pessoa pelo tempo que for necessário ate que ela vá ceder, vergar e se entregar ao mandante da amarração.

Algumas pessoas costumam dizer:

«Mas falaram-me que a pessoa que quero amarrar tem o corpo fechado, e por isso nada entra nele»

Pois a isso respondemos:

Conforme a espada de anjos e anjos caídos entra em tudo que é espirito, pois também o facalhão de prata devidamente forjado e consagrado entrará no espirito e na alma de qualquer pessoa que se deseje abrir a um feitiço!, e contra isso não há escapatória!

Como funcionam as amarrações do facalhão de prata?

facalhao-prata1As amarrações do facalhão de prata são o trabalho ideal para situações em que alguém tem o corpo fechado e resistente a feitiços.

Da mesma forma:

As amarrações do facalhão de prata são ideais para fazer abrir corações teimosos e ressentidos com brigas, com ciúmes, com discórdias, e com todo o tipo de problemas que podem fechar um coração, e que este trabalho de amarração irá fazer abrir.

Isto explicado, voltamos a dar o ensinamento de que sempre dizemos sobre trabalhos de são Cipriano com invocação de espíritos, ou seja:

Os trabalhos de são Cipriano com invocação de espíritos começam a manifestar os seus efeitos 7 dias apos estarem concluídos, e depois de darem os seus efeitos e manifestações, então dai em diante eles persistirão em espirito insistindo e persistindo na criara amarrada ate que ela ceda!, e no momento pelos espíritos determinado ela cederá!

Por isso, explicamos conforme já antes explicamos:

Porque dizemos e professamos que demora 7 dias para que o trabalho do santo desça numa pessoa que o pediu?

Porque assim ensinou e está escrito na obra de são Cipriano:

lava-se em agua de três procedências: do mar, da cachoeira e da chuva. A seguir (…) diz-se: «Pelas sete pragas, pelas sete maravilhas(…)»

Obra de Aço de são Cipriano, Cap 3, «Estudos e experiencias de são Cipriano», versando sobre «Os sete prodígios de Siderol», Pag 112

Pois assim se sabe:

Sete são as pragas do santo, assim como sete são as bênçãos do santo.
Pois da mesma forma, quer isto dizer para aqueles que são entendidos e conhecedores no segredo e no preceito do santo:

Conforme 7 são as bênçãos do santo, e conforme 7 são as pragas do santo, pois também 7 são os dias para que a obra do santo desça neste mundo, querendo isto dizer: são necessários 7 dias para que os espíritos invocados venham a este mundo.

Pois assim sendo, eis que assim se sabe:

São necessários 7 dias apos a conclusão de um trabalho de Alta Magia – negra ou branca – para que os espíritos invocados venham a este mundo, e apos esses 7 dias os espíritos manifestar-se-ão, e depois disso – dai em diante e findo esse prazo de 7 dias – então os espritos trabalharão pelo tempo que for necessário ate que a sua obra se edifique.

E por isso:

– 7 dias é o tempo que se deve esperar com serenidade e fé, para que sejamos escutados pelos espíritos!, e dai em diante a obra dos espíritos depois desce a quem a invocou.

Pois então:

– Apos esses 7 dias, eis que a obra do espirito descerá!, e eis que ela se manifestará!, e dai em diante ela trabalhará pelo tempo que for necessário – sempre sem cessar nem parar! – ate que a pessoa amarrada se entregue.

Cuidados a ter com trabalhos de amarração de Santeria – recomendações usuais:

As amarrações do facalhão de prata são trabalhos de amarração de Santeria, e por isso são trabalhos místicos poderosos, feitos com recurso a milenares técnicas de invocação de espíritos!
Por isso:
As amarrações do facalhão de prata sendo manipuladas da forma errada – por curiosos, desconhecedores, ou leigos – então podem infestar esses leigos e curiosos de fatais possessões demoníacas, de perigosas assombrações, ou de causar grande mal ou estagnação na sua vida, ou na vida das pessoas á sua volta!, pelo que apenas deve operar neste tipo de trabalhos um mago santeiro preparado e treinado para tal demanda.
Cuidai também que:
– conforme sempre avisamos, então mais uma vez vamos repetir:
Estando as amarrações do facalhão de prata celebradas e concluídas, então é muito provável que possam ocorrerem diversos fenómenos rodeando o mago que ali foi executar as amarrações do fruto proibido, tais como:
Ocorrência de ruídos estranhos e inexplicáveis, sensações de arrepios, manifestações de assombrações, aparecimento de animais, (seja que tipo de bicho for: desde vermes, ou aves, ou cães, ou bodes, ou gatos, ou sapos, ou insectos, etc), ou acontecer ver-se coisas que se movem sem explicação logica, estranhas brisas de vento, manifestações de vultos, falhas em lanternas ou equipamentos elétricos que se tenham levado para o local, alterações de temperatura anormais, ou ate que a pessoa ali presente se sinta incomodada por pressentir estar sendo observada por uma entidade invisível.
Porem, e conforme sempre dizemos:
Isso tudo são manifestações próprias de uma destas amarrações do facalhão de prata, e que ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), por isso devem ser exercidos apenas por sacerdotes santeiros treinados em alta magia branca ou alta magia negra, e que por isso estejam treinados para lidar nestas artes ocultas!, pois que indo o curioso, o desconhecedor, ou o leigo meter as suas mãos neste tipo de trabalhos de amarração de Santeria, então eis que esses infortunados poderão acabar sendo fáceis vitimas de terríveis possessões demoníacas, por vezes fatais!, para si mesmos ou para aqueles que mais amam!
Mais dizemos:
A quem encomenda as amarrações do facalhão de prata, eis que devereis cuidar:
Neste tipo de trabalhos, ( como em todos os trabalhos que lidam com invocações de espíritos), não se deve jamais andar a toda a hora a olhar o relógio, e todos os dias olhando o calendário, e a todo o tempo caído em impaciências, duvidas e inquietações, pois olhai que assim está escrito na obra de são Cipriano:

«[Implorou Siderol]: perdão, perdão, Lúcifer (…)

[Respondeu Lúcifer]: não te disse já, (…), que na minha lei também é preciso ter paciência? »

Obra de são Cipriano, «Enguerimanços de são Cipriano ou prodígios do Diabo», capitulo 8º, pagina 260

Assim se fica sabendo:

Os prodígios de são Cipriano não ocorrem na «impaciência», mas sim eles florescem na «fé» e eles frutificam na «paciência», pois que ensina são Cipriano que o tempo dos espíritos não é o tempo das pressas picuinhas dos homens, e por isso: seja na magia branca, ou seja na magia negra, ( e seja em qualquer trabalho de invocação de espíritos), a lei dos espíritos manda ter paciência, pois acaso não está escrito: «na minha lei também é preciso paciência»?

Pois então: Seja na magia negra ou branca, eis que a obra de são Cipriano garante que com «fé» e «paciência» todos os frutos do espírito são infalíveis!, e porem agindo ao contrario então poder-se-á colher tudo ao contrario daquilo que se deseja!.

Por isso:

– A inquietação, a ansiedade e as duvidas são veneno que mata o fruto da obra do espirito, pois que a duvida é o veneno da fé, e pois que quem tendo visto os espíritos manifestarem-se então não pode mais ter duvida alguma!, mas sim deve trilhar no caminho da certeza!, e deixar os espíritos trabalhar e edificar conforme eles querem, pelo tempo que eles determinarem, e pelos caminhos que eles escolherem!

Pois por isso:

– Neste tipo de poderosos trabalhos deve-se adoptar essa postura espiritual e deixar aos espíritos trabalhar, pois eles trabalham sempre por caminhos misteriosos, e eles operam sempre por trilhos insondáveis, e eles movem-se sempre por caminhos incompressíveis, e por isso o seu fruto acaba sempre florescendo no tempo pelos espíritos marcado, e não no tempo das picuinhas impaciências humanas.

Assim sendo:

– Respeitai esta regra para do espírito colher bom fruto, ao invés de colher tudo ao contrario daquilo que se foi aos espíritos pedir.

Efeitos das amarrações do facalhão de prata

facalhao-prata3As amarrações do facalhão de prata são – conforme já explicamos – ideais para situações em que alguém é demasiadamente teimoso!, ou em que alguém tem o seu corpo fechado e é por isso muito resistente a entrarem-se feitiços.

Estando as amarrações do facalhão de prata celebradas, então conforme o coração do gado maior, ( baptizado que foi em ritual oculto com o nome da pessoa amarrada), é trespassado e aberto pelo facalhão de prata, então também o coração, a alma e o espirito dessa criatura será em espirito trespassado e aberto pelo feitiço de amarração amorosa, e dai em diante, ( estando celebradas as amarrações do facalhão de prata), então eis que espíritos serão chamados a vir do mundo dos mortos ao nosso mundo dos vivos, e assombrar a criatura amarrada!, e assim será sem misericórdia, nem perdão, nem apelo, nem agravo!, e por isso essa criatura amarrada pelas amarrações do facalhão de prata será em espírito infestada de aparições, de assombrações e de espíritos na sua alma e no seu espirito!

Por isso, vemos repetir o ensinamento de santo que sempre anunciamos, ou seja:

— Demore o que demorar, e teime o que teimar, essa pessoa, ( 7 dias apos o trabalho estar feito), será todas as noites, ( de 7 em 7 noites, e pelo tempo que for necessário), sempre em espirito e no seu espirito assombrada sem cessar, ate que essa pessoa vá ceder e se entregar ao mandante das amarrações do fruto proibido.

Por isso:

neste tipo de amarrações do facalhão de prata, a alma da pessoa amarrada será em espírito castigada, assombrada e atormentada – 7 noites após 7 noites, e pelo tempo que for necessário – por assombrações de espíritos defuntos e espíritos já partidos deste mundo!, pois que conforme naquele ritual oculto o coração de boi negro foi aberto pelo facalhão de prata, pois também o espirito dessa criatura foi aberto e ficou vulnerável ao feitiço de amarração, pois que o seu espirito foi aberto pelo facalhão de prata, que é como a espada de um anjo ou anjo caído abrindo tudo aquilo que quiser e entender.

E por isso:

A pessoa – enfeitiçada por amarrações do facalhão de prata – bem que pode andar pela rua como se nada fosse, e ela bem que pode andar todos os dias com um sorriso estampado na cara, e ela bem que pode andar a pavonear-se de felicidade com outra pessoa qualquer, que porem:

Na pessoa – enfeitiçada por amarrações do facalhão de prata – a sua alma e o seu espirito estarão sempre – todas as 7 noites que passarem, e pelo tempo que for necessário – sendo fustigados e assombrados por aparições, por assombrações e por espíritos.

Por isso:

Nas amarrações do facalhão de prata, assombrações, aparições e espíritos de defuntos persistirão, ( pelo tempo que for necessário!), fustigando e assombrando no espirito dessa criatura – sempre que ela vai dormir na solidão da penumbra do seu leito – ate que essa pessoa acabe cedendo, e se vá entregar a quem a mandou amarrar amorosamente.

Note:

Nas amarrações do facalhão de prata, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), tudo isto que aqui descrevemos – e como sempre ensinamos – irá passar-se inconscientemente na pessoa amarrada, pois que jamais se deseja que ela tenha consciência de que foi alvo de um trabalho de amarração, mas antes quer-se que ela pense que se foi entregar ao mandante da amarração de forma perfeitamente natural, embora na verdade essa criatura apenas se vá entregar porque foi em espirito – e no seu espirito – forçada a isso!!

Assim sendo:

Nas amarrações do facalhão de prata, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), os espíritos irão sempre agir na criatura amarrada de forma inconsciente, invisível e discreta na criatura amarrada, para que ela – mesmo que ande consultando a videntes ou cartomantes – não fique jamais a saber que foi o alvo de um trabalho de amarração!, e ainda menos possam as pessoas que a rodeiam ,(e que estão á volta da criatura amarrada), jamais vão sequer desconfiar que essa criatura foi alvo de uma amarração amorosa, e jamais se levantarem quaisquer suspeitas!

Então:

As amarrações do facalhão de prata, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), são indetetáveis e invisíveis!, pelo que – repetimos – são feitos de forma a não causar suspeitas nem mesmo á própria pessoa que foi enfeitiçada!, e por isso:

As amarrações do facalhão de prata, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), agem durante de noite, ( de 7 em 7 noites, sempre sem cessar, e pelo tempo que for necessário), enquanto a criatura amarrada está na penumbra do seu leito e rodeada da escuridão, ali assombrando essa criatura amarrada e trabalhando no seu espirito com aparições e assombrações, ( que ela não se lembrará quando acordar, mas que lhe deixarão marcas e cicatrizes de tormentos sobre tormentos na sua alma!), e assim ocorrerá perpetuamente de 7 em 7 noites, ( pelo tempo que for necessário), ate que essa criatura se canse de tanto tormento, e se vá entregar a quem lhe mandou amarrar!, pois olhai:
Nas amarrações do facalhão de prata, é isso que os espíritos – perpetuamente de 7 em 7 noites – ficarão murmurando, sussurrando e zurzindo todas as noites na alma da pessoa, e por isso: embora depois a pessoa conscientemente não tenha recordação disso, porem a sua alma e o seu espirito bem sabem que apenas terão sossego quando se entregarem ao mandante das amarrações do facalhão de prata, e por isso:
Nas amarrações do facalhão de prata demore o que demorar, essa pessoa – sem sequer saber nem tendo consciência porque o fez – acabará entregando-se!

Quer verdadeiros trabalhos de amarração?
Quer verdadeiras amarrações amorosas?

Escreva-nos!

amarrações do facalhão de prata, amarrações da espada de anjos caídos, trabalhos de amarração de Santeria, trabalhos de amarração vodu, trabalhos de amarração, amarrações, trabalhos de amarração com invocação de espíritos, amarrações amorosas, macumba de amarração,

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações do fruto proibido

fruto-proibido2
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Amarrações do fruto proibido

Diz o povo que:

«o fruto proibido é sempre o mais desejado.»

Pois então:
Por vezes – assim tem sido desde tempos imemoriais – isso é mesmo verdade!, e por isso as amarrações do fruto proibido são o ideal para quem deseja amarrar alguém que não suposto poder ter, ( seja por convenção social, seja por motivos familiares, seja porque se é casada, etc), ou enfim : para se poder conquistar um amante – ou uma amante – que não é licito possuir!
Olhai:
O fruto proibido foi aquele através do qual Eva foi fazer a tentação recair sobre Adão quando assim era proibido, e foi através desse fruto que Eva fez Adão cair na tentação.
Pois então:
Da mesma forma, é através da amarração do fruto proibido que uma mulher poderá fazer um homem cair na tentação, ou um homem fará uma mulher cair na tentação!, mesmo quando assim seja proibido!, e até nas mais difíceis ou constrangedoras circunstancias em que nasce um desejo irresistível por alguém que não é licito possuir amorosamente.
Na mitologia cristã sempre se diz que o fruto proibido é uma maça.
E porem:
fruto-proibido4Na verdade as velhas e milenares sabedorias de ancestrais rabinos – e fortes tradições do Midrash – professam que se trata não de uma maçã, mas sim do baga da uva!, e quem mais percebe dos milenares segredos do Antigo Testamento são os sábios hebraicos, pois foram eles que ao longo de milénios escreveram e transcreveram os textos sagrados, assim como conservaram os segredos neles contidos ocultamente.
Ou seja:
a uva quando processada e fermentada dá em vinho, por isso ela, (na forma de vinho), desinibe os homens e as mulheres, e – na verdade – Adão e Eva tendo descoberto como se embriagar com o fruto da videira, (conforme mais tarde aconteceu com Lot e as suas duas filhas – vide: Gen 19, 30-38), então desinibiram-se e cometeram o pecado da carnalidade!, coisa que Deus lhes proibiu no Èden, pois que Adão e Eva eram como irmãos num estado de pureza, e por isso Deus ter-lhes-ia ordenado , (sabendo os efeitos sedutores e inebriantes daquela baga de uva), que jamais tocassem nem processassem o fruto da videira!, coisa que Eva acabou por levar Adão a fazer!
Para além disso, as mitologias greco-romanas confirmaram esta ideia dos ancestrais rabinos, pois que a uva esteve sempre associada ao deus Baco, ás suas sacerdotisas bancantes, á ebriedade e aos rituais de luxuriosos das bacantes que eram anualmente festejados em honra do deus Baco.
Por isso:
As mais ancestrais escolas teológicas não consideram a maçã enquanto o fruto proibido, mas sim a uva, ou a baga da uva, ou o cacho da uva!, e em resumo: o seu sub-produto, que é o vinho!
Por isso mesmo, é que certas teorias do Midrash hebraico consideram que foi por esse motivo, ( para expiar o pecado de Adão e Eva que foi cometido no Èden através do vinho), que então o vinho passou a ser usado em rituais dedicados á expiação de pecados, e a Deus.
Mais tarde, o cristianismo viria a perpetuar essa tradição rabínica do fruto proibido usado como elemento redentor através do vinho da Eucaristia, sendo que:
enquanto o vinho no cristianismo representa o sangue de Cristo que nos traz redenção, pois da mesma forma o vinho nas tradições rabínicas representa a redenção pelo pecado de Adão e Eva no Èden.
Pois então:
Conforme as mais ancestrais tradições – que remontam a Adão e Eva, assim como a Lot e as suas filhas – a uva é o fruto proibido que abre a porta ao que é proibido!, então é por isso com esse fruto proibido que se podem celebrar as mais fortes magias amorosas para se colher frutos amorosos proibidos!
Como são feitas as amarrações do fruto proibido
fruto-proibido-deus-bacoAs amarrações do fruto proibido são sempre feitas numa encruzilhada deserta á volta da qual existem vinhas, e sob o luar de lua cheia.
No centro dessa encruzilhada devem ser riscados, ( com cré sagrado), sigilos ou símbolos invocatórios de espíritos.
No centro desses sigilos ou diagramas ocultos, deve ser colocada uma taça de prata que antes foi consagrada em igreja.
No centro da taça de prata consagrada em igreja, são vertidas 7 porções de vinho santo de eucaristia, pois que o vinho é o produto o fruto proibido, e que é a baga de uva. Há quem também use vinho kosher hebraico proveniente de Israel.
Na taça deve depois ser colocado – no centro do vinho – um coração de ave negra oferendado no momento, com o uso de uma faca de prata consagrada e sem imperfeições.
Porque se usa uma ave negra?
Porque assim ensina o ensinamento de são Cipriano:
Assim se pode ler na obra de são Cipriano:

Depois de estudar bem o livro (…) lançou a mão de uma galinha preta própria para as esconjurações diabólicas
Obra de são Cipriano, versando sobre «Erguimanços de são Cipriano ou prodígios do diabo», capítulo 2º, Pag 248

Pois assim sendo: a oferenda de ave negra é própria para as conjurações mais portentosas, e é preceito adequado á invocação e conjuração das mais portentosas magias.
Isto explicado:
Na taça deve ser polvilhado pó de amarração vodu, assim como sal do mar vermelho, e deve o coração ser trespassado com 5 alfinetes de prata.
Neste momento devem-se entoar 5 litanias ocultas de amarração, e assim deve ser feito de cada vez que se perpassa – com as 5 agulhas de prata – no coração colocado no vinho santo, que está na taça de prata consagrada, e que se encontra no meio de sigilos místicos riscados na encruzilhada ladeada de vinhas.
Pois então:
Nas amarrações do fruto proibido, conforme o coração que esta no vinho – que é o fruto do fruto proibido – está ali polvilhado de pó vodu e trespassado pelos alfinetes de prata consagrada, então também o coração da pessoa que ilicitamente se deseja acabará entregando-se a todos os desejos do mandate da amarração!
Cuidados a ter com amarrações do fruto proibido
As amarrações do fruto proibido são trabalhos de amarração de Santeria, e por isso são trabalhos místicos poderosos, feitos com recurso a milenares técnicas de invocação de espíritos!
Por isso:
As amarrações do fruto proibido sendo manipuladas da forma errada – por curiosos, desconhecedores, ou leigos – então podem infestar esses leigos e curiosos de fatais possessões demoníacas, ou de causar grandes tragedias ou estagnação na sua vida, ou na vida das pessoas á sua volta!, pelo que apenas deve operar neste tipo de trabalhos um mago santeiro preparado e treinado para tal demanda.
Cuidai também que:
– conforme sempre avisamos, então mais uma vez vamos repetir:
Estando as amarrações do fruto proibido celebradas e concluídas, então é muito provável que possam ocorrerem diversos fenómenos rodeando o mago que ali foi executar as amarrações do fruto proibido, tais como:
Ocorrência de ruídos estranhos e inexplicáveis, sensações de arrepios, manifestações de assombrações, aparecimento de animais, (seja que tipo de bicho for: desde vermes, ou aves, ou cães, ou bodes, ou gatos, ou sapos, ou insectos, etc), ou acontecer ver-se coisas que se movem sem explicação logica, estranhas brisas de vento, manifestações de vultos, falhas em lanternas ou equipamentos elétricos que se tenham levado para o local, alterações de temperatura anormais, ou ate que a pessoa ali presente se sinta incomodada por pressentir estar sendo observada por uma entidade invisível.
Porem, e conforme sempre dizemos:
Tudo isso são manifestações próprias de uma destas amarrações do fruto proibido, e que ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), por isso devem ser exercidos apenas por sacerdotes santeiros treinados em alta magia branca ou alta magia negra, e que por isso estejam treinados para lidar nestas artes ocultas!, pois que indo o curioso, o desconhecedor, ou o leigo meter as suas mãos neste tipo de trabalhos de amarração de Santeria, então eis que esses infortunados poderão acabar sendo fáceis vitimas de terríveis possessões demoníacas, por vezes fatais!, para si mesmos ou para aqueles que mais amam!
Mais dizemos:
A quem encomenda as amarrações do fruto proibido, eis que devereis cuidar:
Neste tipo de trabalhos, ( como em todos os trabalhos que lidam com invocações de espíritos), não se deve jamais andar a toda a hora a olhar o relógio, e todos os dias olhando o calendário, e a todo o tempo caído em impaciências, duvidas e inquietações, pois olhai que assim está escrito na obra de são Cipriano:

«[Implorou Siderol]: perdão, perdão, Lúcifer (…)

[Respondeu Lúcifer]: não te disse já, (…), que na minha lei também é preciso ter paciência? »

Obra de são Cipriano, «Enguerimanços de são Cipriano ou prodígios do Diabo», capitulo 8º, pagina 260

Assim se fica sabendo:

Os prodígios de são Cipriano não ocorrem na «impaciência», mas sim eles florescem na «fé» e eles frutificam na «paciência», pois que ensina são Cipriano que o tempo dos espíritos não é o tempo das pressas picuinhas dos homens, e por isso: seja na magia branca, ou seja na magia negra, ( e seja em qualquer trabalho de invocação de espíritos), a lei dos espíritos manda ter paciência, pois acaso não está escrito: «na minha lei também é preciso paciência»?

Pois então: Seja na magia negra ou branca, eis que a obra de são Cipriano garante que com «fé» e «paciência» todos os frutos do espírito são infalíveis!, e porem agindo ao contrario então poder-se-á colher tudo ao contrario daquilo que se deseja!.

Por isso:

– A inquietação e ansiedade e as duvidas são veneno que mata o fruto da obra do espirito, pois que a duvida é o veneno da fé, e pois que quem tendo visto os espíritos manifestarem-se então não pode mais ter duvida alguma!, mas sim deve trilhar no caminho da certeza!, e deixar os espíritos trabalhar e edificar conforme eles querem, pelo tempo que eles determinarem, e pelos caminhos que eles escolherem!

Pois por isso:

– Neste tipo de poderosos trabalhos deve-se adoptar essa postura espiritual e deixar aos espíritos trabalhar, pois eles trabalham sempre por caminhos misteriosos, e eles operam sempre por trilhos insondáveis, e o seu fruto acaba sempre florescendo no tempo pelos espíritos marcado, e não no tempo das impaciências humanas.

Assim sendo:

– Respeitai esta regra para do espírito colher bom fruto, ao invés de colher tudo ao contrario daquilo que se foi aos espíritos pedir.

Como funcionam as amarrações do fruto proibido?
as amarrações do fruto proibido são o trabalho ideal para quem deseja amarrar alguém que não se pode ter – porque é alguém proibido! – e por isso este trabalho aplica-se ás mais constrangedoras situações em que alguém deseja outrem, e porem não pode expor publicamente esse seu desejo!
Por isso:
Nesse tipo de situações, então é conveniente que seja a pessoa desejada a vir-se entregar em segredo, pois que dessa forma grandes dissabores serão evitados, e assim se poderá desfrutar com grande prazer desses secretos desejos que alguém tem por outrem, a quem não pode legitimamente possuir.
Por isso mesmo, repetimos:
fruto-proibido5– O fruto proibido foi aquele através do qual Eva foi fazer a tentação recair sobre Adão quando assim era proibido, e foi através desse fruto que Eva fez Adão cair na tentação.
Pois da mesma forma:
é através da amarração do fruto proibido que uma mulher poderá fazer um homem cair na tentação, ou um homem fará uma mulher cair na tentação!, mesmo quando assim seja proibido!, seja lá porque motivo for.
Isto explicado, voltamos a dar o ensinamento de que sempre damos sobre trabalhos de são Cipriano com invocação de espritos, ou seja:
Os trabalhos de são Cipriano com invocação de espíritos começam a manifestar os seus efeitos 7 dias apos estarem concluídos, e depois de darem os seus efeitos e manifestações, então dai em diante eles persistirão em espirito insistindo e persistindo na criara amarrada ate que ela ceda!, e no momento pelos espíritos determinado ela cederá!
Por isso, explicamos conforme já antes explicamos:
Porque professamos que demora 7 dias para que o trabalho do santo desça numa pessoa que o pediu?
Porque assim ensinou e está escrito na obra de são Cipriano:

lava-se em agua de três procedências: do mar, da cachoeira e da chuva. A seguir (…) diz-se: «Pelas sete pragas, pelas sete maravilhas(…)»
Obra de Aço de são Cipriano, Cap 3, «Estudos e experiencias de são Cipriano», versando sobre «Os sete prodígios de Siderol», Pag 112

Pois assim se sabe:
Sete são as pragas do santo, assim como sete são as bênçãos do santo.
Pois da mesma forma, quer isto dizer para aqueles que são entendidos e conhecedores no segredo e no preceito do santo:
Conforme 7 são as bençoes do santo, e conforme 7 são as pragas do santo, pois também 7 são os dias para que a obra do santo desça neste mundo, querendo isto dizer: são necessários 7 dias para que os espíritos invocados venham a este mundo.
Pois assim sendo, eis que assim se sabe:
São necessários 7 dias apos a conclusão de um trabalho de Alta Magia – negra ou branca – para que os espíritos invocados venham a este mundo, e apos esses 7 dias os espíritos manifestar-se-ão, e depois disso – dai em diante e findo esse prazo de 7 dias – então os espritos trabalharão pelo tempo que for necessário ate que a sua obra se edifique.
E por isso:
– 7 dias é o tempo que se deve esperar com serenidade e fé, para que sejamos escutados pelos espíritos!, e dai em diante a obra dos espíritos depois desce a quem a invocou.
Pois então:
– Apos esses 7 dias, eis que a obra do espirito descerá!, e eis que ela se manifestará!, e dai em diante ela trabalhará pelo tempo que for necessário – sempre sem cessar nem parar! – ate que a pessoa amarrada se entregue.
Efeitos dos trabalhos de amarração o fruto proibido
fruto-proibido3As amarrações do fruto proibido são – conforme já explicamos – ideais para situações em que se tem um desejo secreto por alguém, e porem, ( seja porque motivo for), não se pode abertamente arriscar avançar nessa pessoa, e por isso a situação exige a maior prudência, e por isso o desejável é que seja a pessoa desejava a vir comer na mão do mandante da amarração, e que tudo ocorra com a maior discrição!, assim se satisfazendo os desejos secretos que alguém tem por outrem que lhe é proibido ter.
As amarrações do fruto proibido são realizadas em encruzilhada, e dai em diante, ( estando celebradas as amarrações do fruto proibido), então eis que espíritos serão chamados a vir do mundo dos mortos ao nosso mundo dos vivos, e assombrar a criatura amarrada!, e assim será sem misericórdia, nem perdão, nem apelo, nem agravo!, e por isso essa criatura amarrada pelas amarrações do fruto proibido será em espirito infestada de aparições, de assombrações e de espíritos na sua alma e no seu espirito!
Por isso, vemos repetir o ensinamento de santo que sempre anunciamos, ou seja:
— Demore o que demorar, e teime o que teimar, essa pessoa, ( 7 dias apos o trabalho estar feito), será todas as noites, ( de 7 em 7 noites, e pelo tempo que for necessário), sempre em espirito e no seu espirito assombrada sem cessar, ate que essa pessoa vá ceder e se entregar ao mandante das amarrações do fruto proibido.
Por isso:
neste tipo de amarrações do fruto proibido, a alma da pessoa amarrada será em espirito castigada, assombrada e atormentada – 7 noites apos 7 noites, e pelo tempo que for necessário – por assombrações de espíritos defuntos e espíritos já partidos deste mundo!, tal conforme naquela encruzilhada o fruto proibido de Deus foi mergulhado em sangue e foi entregue aos espíritos em nome dessa pessoa amarrada, pois que essa pessoa amarrada é o fruto proibido de quem a mandou amarrar.
E por isso:
A pessoa – enfeitiçada por amarrações do fruto proibido – bem que pode andar pela rua como se nada fosse, e ela bem que pode andar todos os dias com um sorriso estampado na cara, e ela bem que pode andar a pavonear-se de felicidade com outra pessoa qualquer, que porem:
Na pessoa – enfeitiçada por amarrações do fruto proibido – a sua alma e o seu espírito estarão sempre – todas as 7 noites que passarem, e pelo tempo que for necessário – sendo fustigados e assombrados por aparições, por assombrações e por espíritos.
Por isso:
Nas amarrações do fruto proibido, assombrações, aparições e espíritos de defuntos persistirão, ( pelo tempo que for necessário!), fustigando e assombrando no espirito dessa criatura – sempre que ela vai dormir na solidão da penumbra do seu leito – ate que essa pessoa acabe cedendo, e se vá entregar a quem a mandou amarrar amorosamente.
Porem, tome nota:
Nas amarrações do fruto proibido, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), tudo isto que aqui descrevemos – e como sempre ensinamos – irá passar-se inconscientemente na pessoa amarrada, pois que jamais se deseja que ela tenha consciência de que foi alvo de um trabalho de amarração, mas antes quer-se que ela pense que se foi entregar ao mandante da amarração de forma perfeitamente natural, embora na verdade essa criatura apenas se vá entregar porque foi em espirito – e no seu espirito – forçada a isso!!
Assim sendo:
Nas amarrações do fruto proibido, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), os espíritos irão sempre agir na criatura amarrada de forma inconsciente, invisível e discreta na criatura amarrada, para que ela – mesmo indo consultar a cartomantes ou videntes – não fique jamais a saber que foi vitima de um trabalho de amarração!, e ainda menos possam as pessoas á volta da criatura amarrada jamais desconfiar que ela foi alvo de uma amarração amorosa, e jamais se levantarem suspeitas!
Então:
As amarrações do fruto proibido, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), são indetetáveis e invisíveis!, pelo que – repetimos – são feitos de forma a não causar suspeitas nem mesmo á própria pessoa que foi enfeitiçada!, e por isso:
As amarrações do fruto proibido, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), agem durante de noite, ( de 7 em 7 noites, sempre sem cessar, e pelo tempo que for necessário), enquanto a criatura amarrada está na penumbra do seu leito e rodeada da escuridão, ali assombrando essa criatura amarrada e trabalhando no seu espírito com terríveis aparições e assombrações, ( que ela não se lembrará quando acordar, mas que lhe deixarão cicatrizes de tormentos sobre tormentos na sua alma!), e assim ocorrerá perpétuamente de 7 em 7 noites, ( pelo tempo que for necessário), ate que essa criatura se canse de tanto tormento, e se vá entregar a quem lhe mandou amarrar!, pois é isso que os espíritos ficarão murmurando, sussurrando e zurzindo todas as noites na alma da pessoa, e por isso: embora depois a pessoa conscientemente não tenha recordação disso, porem a sua alma e o seu espirito bem sabem que apenas terão sossego quando se entregarem ao mandante da amarração do fruto probido, e por isso: demore o que demorar, essa pessoa – sem sequer saber nem tendo consciência porque o fez – acabará entregando-se!

Quer verdadeiros trabalhos de amarração?

Escreva-nos!

amarrações do fruto proibido, trabalhos de amarração de Santeria, trabalhos de amarração vodu, trabalhos de amarração, amarrações, trabalhos de amarração com invocação de espíritos, amarrações amorosas, macumba de amarração,

Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Trabalhos de amarração de Santeria

vodu
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Trabalhos de amarração de Santeria

Costumamos dizer nesta nossa linha da religião da Santeria:

«Na religião da Santeria somos 100% Cristãos, e porem somos também 110% santeiros e vodu!»

Olhai:
A um sacerdote cristão chama-se de padre, a um sacerdote evangélico chama-se de pastor, a um sacerdote hebraico chama-se de Rabino, a um sacerdote de Umbanda, (Umbanda é uma palavra que provem de Quimbunda de Angola), chama-se Pai de Santo, e a um sacerdote de Santeria chama-se de Santeiro ou Santeira.
Então:
Em Santeria somos santeiros, ou seja: somos sacerdotes desta nossa religião de Santeria, e nela cremos em Cristo, e professamos a nossa devoção aos santos, e por isso – porque cristo era um santo, o santo acima de todos os santos – então cremos que todos os santos são espíritos ancestrais que persistem em espirito vivendo no mundo dos espíritos.
Por isso:
cremos nas invocações dos espíritos!, e cremos nos espíritos!, e cremos nas assombrações e aparições, e professamos que os espíritos descem neste mundo conforme forem adequadamente invocados, para em espirito destinar e decretar conforme aquilo que lhes for conjurado!, e que dai em diante – 7 dias apos um trabalho de espíritos estar concluído – então os espíritos, as aparições e as assombrações permanecerão neste mundo manifestando-se, e dai em diante os espíritos permanecerão neste mundo em espirito edificando – pelo tempo que for necessário – ate que a bênção ou maldição que lhes for demandada então acabe por ser concretizada!
Os espíritos se forem bem invocados,( através dos rituais certos), podem atravessar através da fronteira ou do véu das nevoas e neblinas que separam o nosso mundo dos vivos, do mundo dos mortos.
E como se fazem as invocações de espíritos na Santeria?
vodu-1As inovações de espíritos na Santeria fazendo-se sempre em solo sagrado, (como o tereno um cemitério, ou um terreiro de santo, ou no solo de um templo de santeria , ou em encruzilhada assombrada), onde fazem-se ali se riscam diagramas ou símbolos ocultos desenhados em cré branco e sagrado, assim como com o sangue de oferendas de ave negra, aos quais se chamam pontos riscados.
Nas invocações de Santeria e vodu aos espíritos, é usado um pó místico preparado conforme as ancestrais tradições de Africa.
Nesse pó Vodu de Santeria, são usados ingredientes como sal sagrado, pó de ossos de defuntos, raízes de Adão e Eva, sementes de Violeta Africa da Tanzânia, 6 porções de sangue coagulado e migado de 6 oferendas de gado negro, coração de morcego já defumado e migado, erva do diabo de Africa, 6 porções de enxofre, pó de vísceras de oferendas de aves negras consagradas aos espíritos, favas migadas em pilão negro conforme são Cipriano ensinou nas suas magicas, pó de incenso sagrado, variadas especiarias do oriente, e um conjunto de ervas ocultas que são segredo milenar. Escusado será dizer que não revelamos aqui toda a formula do pó magico vodu, para que não vão desconhecedores ir meter as suas mãos num assunto que , ( sendo lidado por desconhecedores), lhes poderia causar infortúnios e fatalidades, e por isso mesmo é que tal forma do pó vodu permanece em segredo há seculos, e nem os cientistas – com a sua bateria de testes – nem mesmo assim ainda a conseguiram desvendar.
Nos trabalhos de amarração de Santeria, esse pó vodu é preparado ao longo de 6 luas cheias, e depois consagrado em rituais vodu – numa encruzilhada assombrada – por mais 6 luas cheias, e finalmente estará preparado para ser usado apos mais 6 luas cheias dele ter sido vertido numa pequena caixa de madeira de aveleira que foi sepultada numa sepultura de um cemitério, e ali ficou repousando com os espíritos e almas até á noite de ser exumada do cemitério para poder se usada.
Um tal pó vodu provem das mais ancestrais sabedorias e formulas ocultas da milenar Africa ,e ele é um poderoso meio de invocação das almas, dos espíritos e das aparições.
Nos trabalhos de amarração de Santeria, o pó vodu é soprado sobre um boneco vodu colocado no centro de um pergaminho virgem , no qual foram desenhados sigilos ou símbolos ocultos com o sangue de 5 oferendas de gado negro.
Nesse mesmo momento, uma ave negra sem imperfeiçoes é oferenda aos espíritos através do uso de uma catana , ( ou facão de mato usado numa machamba), sendo a catana antes oleada com uma poção sagrada, fumegada com finos tabacos africanos, e aspergida com bebida fermentada agradável aos espíritos que se estão invocando no momento do oferendamento.
Depois disso, é entoada uma litania oculta de amarração vodu, ( ás quais se chamam pontos cantados), para que conforme naquele boneco se esta trabalhando, pois também o espirito da pessoa que se deseja amarrar seja em espiro infestado e trabalhado pelos espíritos que se estão invocando.
vodu-5Em redor do ritual, são presenciadas oferendas alimentícias agradáveis aos espíritos, sendo que – conforme ensina a Bíblia – no caso de ser comida se chama oblações, e no caso de serem bebidas se chama libações.
Conforme já antes explicamos, eis que assim se faz:
Tais oferendas de comida, ( ou oblações) assim como oferendas de bebida, ( ou libações), assim como de finos tabacos, perfumes e incensos que são oferendados no ritual de Santeria ou vodu, eles devem ser sido antes preparados conforme um exigente código de confecção, pois que devem ser totalmente agradáveis aos espíritos invocados.
Por isso:
conforme a comida Kosher hebraica deve ser confeccionada segundo rigorosos procedimentos bíblicos, pois também aqui ocorre o mesmo, ou seja:
os animais devem ser oferendados sem se lhes causar qualquer sofrimento, e sempre com uma lamina pura sem quaisquer imperfeiçoes, e destinada exclusivamente aos rituais de oferendamento.
Mais:
As carnes das oferendas devem ser antes temperadas com ervas de Africa e salgadas de uma certa forma adequada.
Mais:
todas as aves e o gado que são oferecidos aos espíritos, devem antes ter sido especialmente criados da forma certa – para que sejam adequados a uma oferenda espiritual.
Mais:
os ovos que se usarem devem ser puros e sem defeito, e devem provir de uma ave negra especialmente criada para efeitos de rituais vodu.
os peixes oferendados devem ter sido pescados de fresco e talhados da forma certa sob um luar de lua cheia. Também as farinhas e os vegetais devem ser sempre provir de terrenos que foram consagrados aos espíritos, assim como os azeites e óleos usados para cozinhar devem ter sido previamente ritualizados ao longo de 7 luas.
Por ultimo:
o vinho e as bebidas fermentadas devem ter sido trabalhados de acordo com preceitos espiritais que as tornem santas e adequadas ao seu uso em rituais de oferendas aos espíritos.
Sendo um tal ritual vodu e de Santeria bem praticado, então espíritos serão conjurados e invocados a descer e escutar o pedido de amarração amorosa que se lhes vai declarar!, e assim sendo:
dai em diante esses espíritos e assombrações permanecerão em espirito trabalhando e assombrando – pelo tempo que for necessário – ate que a sua missão seja cumprida!, e eles jamais largarão a criatura enfeitiçada pelos trabalho de amarração de Santeria senão quando essa pessoa ceder e se entregar ao mandante da amarração.
Como funcionam os trabalhos de amarração de Santeria e vodu?
Como todos os trabalhos deste portento, eles começam dando efeitos 7 dias apos estarem concluídos, e depois de darem os seus efeitos e manifestações, então dai em diante eles persistirão em espírito insistindo e persistindo na criatura amarrada ate que ela ceda!, e no momento pelos espíritos determinado ela cederá!
Explicamos agora como já antes explicamos:
Porque dizemos que demora 7 dias para que o trabalho do santo desça numa pessoa que o pediu?
Porque assim está escrito na Palavra de Deus:

durante sete dias, não se afastem, porque só ao fim de sete dias é que está concluída a cerimónia da vossa consagração
Levítico 8,33

Pois então
Assim se sabe que são necessário 7 dias para que alguém seja consagrado ao espirito, (pois que Deus é espirito!, e Jesus é espirito!, e os santos são espíritos!), e por isso são necessários 7 dias para que alguém seja consagrado ao espirito, e para que dai em diante a obra do espirito desça em quem nela esta procurando consagração e auxilio!, e por isso:
7 dias é o tempo que se deve esperar com serenidade e fé, para que sejamos consagrados ao espirito!, e dai em diante a obra dos espíritos depois desça a quem a invocou.
Pois então:
Apos esses 7 dias, eis que a obra do espirito descerá!, e eis que ela se manifestará!, e dai em diante ela trabalhará pelo tempo que for necessário – sempre sem cessar nem parar! – ate que a pessoa amarrada se entregue.
Cuidados a ter com trabalhos de amarração de Santeria e vodu
Os trabalhos de amarração de Santeria e vodu são trabalhos místicos poderosos, feitos com recurso a ancestrais técnicas de invocação de espíritos!
Por isso:
Os trabalhos de amarração de Santeria e vodu sendo usados da forma errada – por desconhecedores, curiosos ou leigos – então podem infestar esses curiosos de terríveis possessões demoníacas, ou de causar grandes tragédias e estagnação á vida das pessoas á sua volta!, pelo que apenas deve operar neste tipo de trabalhos um mago santeiro preparado e treinado para tal demanda.
Cuidai também, que conforme sempre avisamos, então mais uma vez vamos repetir:
Estando os trabalhos de amarração de Santeria e vodu celebrados e concluídos, ( e eles devem ser repetidos por mais de uma dezena de noites em cemitério, ou em encruzilhada assombrada deserta que exista no meio de um campo isolado, ermo e deserto, ladeado de árvores), então é muito provável que possam ocorrerem sons estranhos, arrepios, manifestações de assombrações, aparecimento de animais, (seja que tipo de bicho for: desde vermes, ou aves, ou cães, ou bodes, ou gatos, ou sapos, ou insectos, etc), ou acontecer ver-se coisas que se movem sem explicação lógica, estranhas brisas de vento, manifestações de vultos, falhas em lanternas ou equipamentos elétricos que se tenham levado para o local, alterações de temperatura anormais, ou ate que a pessoa se sinta incomodada por pressentir estar sendo observada por uma entidade invisível.
Porem, conforme sempre dizemos:
Tudo isso serão manifestações próprias de um destes poderosos trabalhos de amarração de Santeria e vodu, e que apenas devem ser por isso praticados por sacerdotes santeiros treinados em alta magia branca ou alta magia negra, e que por isso estejam preparados para lidar nestas artes ocultas!, pois que indo o curioso, o desconhecedor, ou o leigo meter as suas mãos neste tipo de trabalhos de amarração de Santeria e vodu, então eis que esses infortunados poderão acabar sendo fáceis vitimas de terríveis possessões demoníacas, por vezes fatais!, para si mesmos ou para aqueles que mais amam!
Efeitos dos trabalhos de amarração de Santeria e vodu
vodu-3Os trabalhos de amarração de Santeria e vodu são poderosas amarrações feitas com recurso a ancestrais praticas ocultas africanas!, e por isso conforme esses rituais são assentados em cemitério ou encruzilhada ou em templo vodu, então eis que espíritos serão chamados a vir a este mundo e assombrar a criatura amarrada!, e assim será sem misericórdia, nem perdão, nem apelo nem agravo!, e por isso essa criatura amarrada será em espirito infestada de aparições, de assombrações e de espíritos na sua alma e no seu espirito!
Por isso, vamos estar repetindo o que sempre dizemos, ou seja:
– Demore o que demorar, e teime o que teimar, essa pessoa, ( 7 dias apos o trabalho estar feito), será todas as noites, ( de 7 em 7 noites, e pelo tempo que for necessário), sempre em espirito e no seu espirito assombrada sem cessar, ate que essa pessoa vá ceder e se entregar ao mandante dos trabalhos de amarração de Santeria e vodu.
Por isso:
neste tipo de trabalhos de amarração de Santeria e vodu a alma da pessoa amarrada será em espirito castigada, assombrada e atormentada – 7 noites apos 7 noites, e pelo tempo que for necessário – por assombrações de espíritos defuntos e espíritos já partidos deste mundo!, tal conforme naquele ritual de Santeria o boneco vodu, ( representando a criatura amarrada), foi ali trabalhado pelo feitiço de Santeria e vodu.
E por isso:
A pessoa – enfeitiçada por trabalhos de amarração de Santeria e vodu – bem que pode andar pela rua com um sorriso estampado na cara, e bem que pode andar a pavonear-se de felicidade com outra pessoa qualquer, que porem a sua alma e o seu espirito estarão sempre – todas as 7 noites que passarem, e pelo tempo que for necessário – sendo fustigados e assombrados por aparições, por assombrações e por espíritos.
Por isso:
Nos trabalhos de amarração de Santeria e vodu, as assombrações, as aparições e os espíritos de defuntos persistirão fustigando e assombrando no espirito dessa criatura – sempre que ela vai dormir na solidão da escuridão – ate que essa pessoa vá ceder, e se vá entregar a quem lhe mandou amarrar amorosamente.
Note-se:
Nos trabalhos de amarração de Santeria e vodu, ( conforme em todos os grandes trabalhos de Santeria), tudo isto que descrevemos – e como sempre ensinamos – passar-se-á inconscientemente na pessoa amarrada por trabalhos de amarração de Santeria e vodu, pois que jamais se deseja que ela tenha consciência de que foi alvo de uma feitiçaria de amarração amorosa, mas antes quer-se que ela pense que voltou ao mandante da amarração de forma perfeitamente natural, embora na verdade ela apenas vá voltar porque foi em espirito – e no seu espirito – forçada a isso!!
Assim sendo:
Nos trabalhos de amarração de Santeria e vodu, os espíritos irão sempre agir na criatura amarrada de forma inconsciente, invisível e discreta na criatura amarrada, para que ela – mesmo indo consultar a cartomantes, tarólogos ou videntes – não fique jamais a saber que foi vitima de um feitiço de amarração!, e ainda menos possam as pessoas que rodeiam a criatura amarrada jamais desconfiar que ela foi alvo de um feitiço de amarração amorosa, pois tudo deve parecer normal, e jamais levantar suspeitas!
Então:
Os trabalhos de amarração de Santeria e vodu são indetetáveis e invisíveis!, pelo que não causam suspeitas nem mesmo á própria pessoa que foi enfeitiçada!, e por isso mesmo eles agem durante de noite, ( de 7 em 7 noites, sempre sem cessar, e pelo tempo que for necessário), enquanto a criatura amarrada está no seu leito e rodeada da escuridão lá no seu quarto, ali assombrando essa criatura amarrada e trabalhando no seu espirito com terríveis aparições e assombrações, ( que ela não se lembrará quando acordar, mas que lhe deixarão tormentos sobre tormentos na sua alma!), e assim ocorrerá perpétuamente de 7 em 7 noites, ( pelo tempo que for necessário), ate que essa criatura se canse de tanto tormento, e se vá entregar a quem lhe mandou amarrar!, pois é isso que os espíritos vão fazer, ou seja: as assombrações ficarão murmurando, sussurrando e zurzindo todas as noites na alma da pessoa, e por isso: embora depois a pessoa conscientemente não tenha recordação disso, porem a sua alma e o seu espirito bem sabem que apenas terão sossego quando se entregarem ao mandante da amarração de Santeria e vodu, e por isso: demore o que demorar, essa pessoa – sem sequer saber nem tendo consciência porque o fez – acabará entregando-se!

Quer verdadeiros trabalhos de amarração?

Escreva-nos!

trabalhos de amarração de Santeria, trabalhos de amarração vodu, trabalhos de amarração, trabalhos de amarração com invocação de espíritos, amarrações amorosas, macumba de amarração, amarrações,

Recomende, partilhe e vote nesta matéria