Trabalhos de amarração da vara de aveleira

vara-de-aveleira-3
Recomende, partilhe e vote nesta matéria

Trabalhos de amarração da vara de aveleira

A vida sem amor não é vida!, e por isso mesmo é que são Cipriano – ao longo de décadas – tanto se empenhou estudando sobre os mistérios do oculto no que diz respeito aos remédios do espirito,(que são os remédios que dão cura aos infortúnios do amor!), conforme os médicos se empenharam em estudar os mistérios e remédios da medicina, (que são aqueles que dão cura aos infortúnios do corpo), pois que de nada serve ter o corpo saudável se o espirito não estiver saudável!, e de nada serve estar vivendo, se a vida não tiver amor!, pois a vida sem amor não é vida!
Pois nesses seus estudos de são Cipriano, ( que viajou em peregrinação desde as terras da ancestral Babilónia, os milenares templos do Egipto, e viajando por toda a rota marítima mediterrânica Fenícia até ás longínquas terras da península ibérica), eis que na sua obra oculta, se pode ler sobre o uso de VARAS ou varinhas magicas aplicadas a rituais mágicos, e é sobre isso que aqui iremos esclarecer.
Olhai:
Sobre o uso de varas ou varinhas na magia, eis que observou o ensinamento de são Cipriano:
Já Moisés usou uma vara para abrir o mar !, e com uma vara Moisés fez as águas do Nilo virarem sangue!, e por isso o poder de varas devidamente consagradas por espíritos já vem descrito na bíblia!
Mais assim se sabe, pois olhai que assim se pode ler na obra de são Cipriano:
Lúcifer mandou cessar imediatamente a trovoada.

– Vais ser castigado com três mil varadas das com a vara boleante – disse Cipriano a Lúcifer.
(…) Cipriano prendeu Lúcifer (…) e depois de o ter amarrado, disse-lhe: – vou castigar-te com três mil varadas (…) modo como se deve fazer a vara boleante para castigar o demónio (…) cortar vara de aveleira(…)

Obra de são Cipriano, versando sobre «Poderes ocultos», Capitulo 15º, ou «Requerimento que são Cipriano fez para retirar (…) o demónio do inferno (…) para ser castigado com a varinha de condão», Pag 192-193

Pois então:
Assim se sabe que na verdade as varinhas ou varas mágicas, elas servem para açoitar espíritos e forças espirituais, de forma a leva-los a obedecer e cumprir com as obras que lhes são requeridas!, e por isso se as varas de aveleira podem ser usadas para fazer vergar os mais poderosos e infernais espíritos, então quanto mais não farão vergar e ceder ate o mais teimoso homem ou mulher que se queira amarrar com uma amarração amorosa!
Então:
Por isso mesmo a vara de aveleira é importante neste feitiço de amarração da vara de aveleira, pois que é com ela que se garante que os feitiços de amarração feitos deste jeito vencerão a qualquer outro feitiço de amarração que antes haja sido lançado á criatura de que se pretende amarrar.
Olhai:
A bíblia ensina que os magos do Egipto – através de VARAS – usaram de magias tao fortes quanto as magias que Moisés usou contra o Faraó do Egipto, e isso foi feito por meio de VARAS, pois olhai o Livro de Êxodo, no seu capitulo VII, onde ali está escrito:

Moisés e Aarão apresentaram-se ao faraó e fizeram como o Senhor lhes tinha ordenado. Aarão lançou a sua VARA ao chão, diante do faraó e dos seus servidores, e ela transformou-se logo numa cobra.
Porém o faraó mandou chamar os magos do Egipto e eles fizeram o mesmo com as suas artes mágicas
Êxodo 7 – 10,11

Mais assim está escrito:

Moisés e Aarão fizeram o que o Senhor lhes mandou. Aarão levantou a sua VARA e bateu na água do rio, na presença do faraó e dos seus servidores; e toda a água se transformou em sangue.
Os peixes do rio morreram e a água do rio cheirava tão mal que os egípcios não conseguiam bebê-la. E havia sangue por todo o Egipto.
Mas os magos do Egipto fizeram o mesmo com as suas artes mágicas;
Êxodo 7 – 20,22

Pois então:
assim se fica sabendo que os saberes místicos de Moisés eram poderosos!, assim como os saberes ocultos Egípcios dos magos do Egipto também eram poderosos!, e eles lidavam com o uso de VARAS magicas!
Por isso, assim se sabe:

Moisés tinha uma vara mágica com a qual o profeta e mago invocou todo o tipo de sortilégios contra o faraó do Egito, com a qual abriu o mar vermelho, e com a qual tocando num rocha fez brotar água para saciar a sede do seu povo perdido no deserto. Conferi na Bíblia, e você vai ver isso mesmo.

Da mesma forma, repetimos:

São Cipriano na sua obra também fala de vara mágica com a qual se comandam espíritos, pois ali está escrito:

Lúcifer mandou cessar imediatamente a trovoada.
– Vais ser castigado com três mil varadas das com a vara boleante – disse Cipriano a Lúcifer.
(…) Cipriano prendeu Lúcifer (…) e depois de o ter amarrado, disse-lhe: – vou castigar-te com três mil varadas (…) modo como se deve fazer a vara boleante para castigar o demónio (…) cortar vara de aveleira(…)

Obra de são Cipriano, versando sobre «Poderes ocultos», Capitulo 15º, ou «Requerimento que são Cipriano fez para retirar (…) o demónio do inferno (…) para ser castigado com a varinha de condão», Pag 192-193

Pois então:

Assim se sabe que na verdade as varas ou varinhas mágicas, elas servem para comandar espíritos e forças espirituais, levando-os a realizar as obras e demandas que lhes são requeridas!, e por isso se repete:

– Se as varas de aveleira podem ser usadas para fazer vergar os mais poderosos e infernais espíritos, então quanto mais não farão vergar e ceder ate o mais teimoso homem ou mulher que se queira amarrar com uma amarração amorosa!

Pois então:

A vara ou varinha mágica é o instrumento através do qual o mago, a bruxa, o bruxo, o feiticeiro ou a feiticeira direcionam e canalizam energia, assim como manipulam as forças astrais e entidades espirituais que antes foram conjuradas para descer.

Como realizar a amarração da vara de aveleira
Na amarração da vara de aveleira, 14 bonecos vodu, ( 1 por cada 1 dia e 1 noite – ao longo de 14 noites e 14 dias – colocados num altar de magia vodu e assentados num papiro virgem riscado com símbolos ocultos traçados a sangue de oferendas animais), serão por 14 noites e 14 dias acoitados – conforme a técnica que são Cipriano usou no texto que acima citamos! – com uma vara de aveleira, ( realizando o símbolo da cruz de Cristo!), ao mesmo tempo que sobre eles se entoa um encantamento de amarração amorosa.
Como preparar uma vara de aveleira
vara-de-aveleira-1A vara de aveleira – usada em trabalhos de amarração com vara de aveleira – deve ter sido previamente consagrada aos actos mágicos, através de um procedimento místico que a santifica, e isso deve ser realizado em solo sagrado, e ao longo de 6 luares de lua cheia.
Depois disso, a vara de aveleira deve ser talhada e esculpida com uma faca de prata numa 7ª noite de lua cheia, e no local de uma encruzilhada assombrada.
Depois disso, deve voltar-se a essa mesma encruzilhada, onde a mesma vara de veleira deve ser aspergida com água benta ao longo de 6 noites.
Depois de assim ter sido oficiado, deve-se voltar a essa mesma encruzilhada assombrada, e deve ser a vara de aveleira ser aspergida com óleos virgens consagrados de baptismo ao longo de mais 6 noites.
Finalmente, deve-se voltar á encruzilhada assombrada e aspergir, ( ao longo de 6 noites), a vara de aveleira com vinho sagrado e Eucaristia.
No final deste ciclo, deve a vara de aveleira ser levada á água do mar, e ali ser purificada, pois que a água do mar purifica de todos os pecados, e por isso a vara poderá – sem pecado – obrigar e comandar aos espíritos que empreendam na demanda e no encantamento que lhes está sendo entoada pelo mago.
Continuando a explicar como realizar a amarração da vara de aveleira
Isto explicado:
Na amarração da vara de aveleira, ao usar-se a vara de aveleira para acoitar sobre o boneco vudu – executando a cruz de Cristo – está-se a afastar da criatura amarrada todo qualquer outro trabalho que antes ela tenha sido infestada, para que assim o trabalho do santo entre nessa criatura, e vença sobre qualquer outro trabalho antes feito !! Por isso mesmo o modo de feitura desta vara de aveleira é mantido em grande segredo, pois que ele é uma das chaves de vencer sobre qualquer outro trabalho.
Apos o trabalho estar concluído, os 14 bonecos vodu são aspergidos a sangue de 14 aves negras sem defeito e consagradas á magia, e depois ardidos num holocausto celebrado em solo sagrado.

Depois de tido isto estar celebrado, então a vara de aveleira conservada em segredo num local secreto, para quem ninguém lhe possa botar os olhos nem lhe tocar, ou caso contrário o feitiço poderia virar-se do avesso!, e causar grandes tormentos a quem o mandou executar.
Por isso: amarração da vara de aveleira deve apenas ser executada por magos devidamente treinados para lidar nesse tipo de trabalho de amarração!

Que efeitos tem a amarração da vara de aveleira

vara-de-aveleira-2Conforme a vara vai vergastando o boneco vodu por 66 vezes todas as noites ao longo de 14 noites – colocado que está o boneco vodu sob papiro virgem desenhado a sangue com símbolos ocultos e diante de um ídolo de bode negro – , ( e fazendo-se sobre ele a cruz de Cristo com a vara de aveleira), pois também dai em diante, 7 dias apos a amarração da vara de aveleira estar concluída – sempre por 66 noites apos 66 noites – ( sempre sem cessar, e demore o que demorar), o espirito e a alma da criatura amarrada será vergastada num purgatório de tormentos ate que essa criatura se entregue a que lhe mandou amarrar.

Por isso:

dai em diante a pessoa que foi amarrada pelas amarrações da vara de aveleira, ela vai poder ate espernear, rebelar-se, protestar, andar com quem quiser e por onde quiser, e teimar em fazer aquilo que bem quiser e entender!, que porem:

Faça aquilo que essa pessoa fizer, e teime como ela teimar, porem a pessoa amarrada por amarração da vara de aveleira, ( demore o tempo que demorar), no final a pessoa amarrada – acabará cedendo e ficando junto do mandante das amarração da vara de aveleira.

Por isso:

nos trabalhos de amarração da vara de aveleira, dai em diante, ( 7 dias após o trabalho ter sido feito com a força das vergastadas de são Cipriano, que até aos demónios conseguem comandar !!), então – por mais teimosa que a pessoa seja! – a pessoa amarrada por amarração da vara de aveleira, ela poderá até persistir teimando e resistindo conforme quiser e entender, porem – demore o que demorar – essa criatura amarrada jamais encontrará sol que sempre brilhe nem felicidade que sempre dure, senão quando ceder e se entregar a quem lhe mandou amarrar!

Perigos do uso de amarração da vara de aveleira
A vara de aveleira tem poder de comandar ate aos espíritos demoníacos!!, e por isso quanto mais poder não terá comandando e infestando ao espirito de um homem ou mulher!, por mais teimosos que eles sejam!!
Porem:
Estar a lidar com vara de aveleira sem saber com a consagrar aos espíritos, pode fazer com que a vara se torne inútil para comandar e dirigir aos espíritos, pelo que eles poderão virar-se contra o mago que ali esta operando, como também se pode virar contra quem mandou o mago ir ali operar em seu benefício !!, e isso poderá causar infernais possessões espirituais e fatalidades no mandante da amarração, ou nas pessoas amadas em seu redor!
Por isso:
Na hora de encomendar amarrações amorosas com recurso a vara de aveleira conforme são Cipriano ensinou!, então cuidai e encomendar apenas a magos sabedores dos ocultos segredos de são Cipriano.
Quer verdadeiros trabalhos de amarração de são Cipriano?
Então:
Escreva-nos!

*
trabalhos de amarração de são Cipriano, trabalhos de amarração da vara de aveleira

Recomende, partilhe e vote nesta matéria